Equador pra Lu Malheiros: aberto para pitacos

QuitoA queridíssima e sempre prestativa Lu Malheiros, do Dividindo a Bagagem — praticamente uma Bóia honorária quando o assunto é Machu Picchu — está planejando uma superviagem ao Equador em julho.

Ela vai com milhas e não tem muito tempo; as Galápagos vão ficar para uma próxima. Dos 9 dias em que permanecerá no país, a Lu está pensando em ficar um dia em Guayaquil, quatro em Cuenca e quatro em Quito.

Ela já fez toda uma pesquisa (senão não seria Lu Malheiros!) nos blogs que eu copio mais abaixo.

O que a Lu ainda não decidiu é o transporte. De Guayaquil a Cuenca ela acha tranqüilo ir de ônibus, mas entre Cuenca e Quito ainda está em dúvida entre ônibus e avião — e é principalmente aí que ela pede opiniões.

Eu dei um rolezinho por aí e descobri que de Cuenca a Quito os ônibus levam de 9 a 12 horas, e que por isso ônibus noturno é mais indicado. Há duas companhias que fazem o trajeto, a Flota Imbabura e a Transportes Panamericana, mas nenhuma das duas parecem ter site. Achei o relato de um gringo que teve a sua mochila retalhada durante a noite, sem que ele percebesse. E o dossiê de um outro sobre viagens de ônibus no Equador (“se estiver muito frio à noite, alguma janela pode estar quebrada). Numa discussão de três anos atrás no Thorn Tree do Lonely Planet o consenso é que é melhor ir de avião, pela TAME ou Aerogal (45 minutos de vôo; a tarifa econômica é de US$ 56).

E você? Já foi ao Equador? Que dicas tem pra dar à Lu no circuito Guayaquil-Cuenca-Quito?

E se você não foi, viaje nos blogs sobre o Equador que a Lu Malheiros garimpou (valeu, Lu!):

Equador no Escapismo genuíno (Guayaquil e Galápagos)

Equador no Este mundo é nosso (Quito e Cotopaxi)

Equador no La chica de mochila (Quito, Cuenca e Vilcabamba)

Equador no Um mundo sob dois pés (giro completo pelo país)

Equador no Diário de um andarilho (Quito, Ruta del Sol, Guayaquil, Cuenca, Riobamba, Baños, Puyo, Tena)

Equador no 1000 dias por toda a América (Quito, Baños, Chimborazo, Cotopaxi, Cuenca, Guayaquil, Montañita, Otavalo)

Equador no Amigos de mochila (Quito, Baños, Lacutunga)

Equador no Mochileiros.com

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


54 comentários

Sra. Lu Malheiros e demais!!!
Enquanto o post sobre Equador vai demorar como vc mesmo diz e, como tenho viagem a serviço para aquele país. Te questiono como ´vc ve ou viu o quesito segurança e os controles(aduana e migra)??
Pela colaboração, se possivel, fico grato.
Bom dia para tds nós.
zefreitas

    Sr Jose Freitas,
    Não tive nenhum problema com relação à segurança nas cidades que visitei (Guayaquil, Cuenca e Quito). Tome as mesmas precauções que tomaria em uma grande cidade brasileira. Achei Cuenca uma cidade mais tranqüila. Evite caminhar pelo centro de Quito à noite.
    Aduana e migração normais.

Olá Lu.
Vou aguardar com muita expectativa seus post. Tenho interesse no Equador.
Abraço

Riq, Bóia e trips,
Passando para agradecer as dicas e dizer que a viagem foi ótima! Os posts vão demorar um pouco para sair, mas se alguém precisar de dicas é só perguntar que ajudo no que for possível!
Abs,

Lu, boa noite!

Uma boa pedida é você ir para a região da Imbabura e passar lá uns dois dias pelo menos.

Você poderá visitar as seguintes cidades e locais:

– Ibarra = Capital da Imbabura, a cidade que sempre se volta;
– Otavalo = Feira indígena;
– Atuntaqui = Tomar um Helado, comer uma fritada no restaurante Amazonas e visitar o pólo textil;
– Cotacachi = Visitar o Vulcão e o pólo de artigos de couro;
– Lagoa de Yaurcocha.

Dentre outras opções.

De Quito a Ibarra dura aproximadamente 2h e você poderá ir de ônibus uns 7 dólares ou por um serviço de táxi que vai buscá-la onde você quiser em Quito e custa 18 dólares. Segue o site: http://www.taxislagos.com/Entrada_0.htm
Para hospedagem você pode ficar em algum hotel/pousada em Ibarra ou neste aqui em Atuntaqui: http://www.hpuebloviejo.com.ec/

Você não se arrependerá.

Tchau,

Fábio Lima

    Fábio Lima,
    Muito obrigada pelas dicas!
    Devo acabar ficando pouco tempo em Quito, só 3 dias inteiros, e acho que não vai dar para seguir a sua sugestão. Anotei tudo direitinho, se não para esta viagem fica para uma próxima! 😉
    Abraço,

Olá Lu,

Com relação a ir de Cuenca a Guayaquil me recomendaram fortemente não ir em ônibus de linha devido a problemas de segurança. Pagando um pouco mais existem umas vans que fazem o transporte de forma bem segura e confortável. Se quiser acho que tenho aqui ainda o contato da empresa que utilizei. Todas as pessoas com quem conversei no Equador me aconselharam a não viajar de ônibus pinga pinga de noite. Ou você pega um diretão (desses que ninguém entra ninguém sai no meio do caminho). Ou vai de dia, sempre de olho nas suas coisas.

Nunca aconteceu nada comigo no Equador, mas eu sou bastante precavida. Conversei com muitos, muitos turistas que tiveram problemas com relação à segurança. Agora mesmo minha prima está no Equador e levaram a carteira dela com cartão e tudo mais. É bom estar sempre alerta!

Espero ter ajudado!
Abraços e boa aventura!

    Luiza,
    Desculpe-me, só vi seu comentário agora. Já tinha lido algo sobre os cuidados que se deve ter viajando de ônibus e a recomendação de não se viajar à noite.
    De Guayaquil para Cuenca, estava pensando em ir de ônibus, de dia e direto, pela empresa Alianza ou da Cooperativa Super Semeria. Parece que o melhor trajeto seria o que passa por Molleturo ou pelo Parque Nacional de Cajas (4h). Entretanto, agradeceria muito se você deixasse aqui o contato da empresa que usou!
    Muito obrigada 😀
    Abraço,

Cuenca é maravilhosa, vale muito a pena visitar o parque de Cajas, a vista é encantadora.

    Michelle,
    Obrigada!
    Pelo que andei lendo, acho que vou achar Cuenca mais interessante do que Quito!

Fui em agosto do ano passado para mergulhar em Galápagos, o que é incrível! Não posso dar pitaco sobre o transporte entre Cuenca e Quito pq fiquei só em Quito, como parada para as Ilhas. Mas posso dizer que gostei muito da Aerogal! me surpreendeu! Bons aviões, muito melhores do que a maioria do que ando vendo… Em Quito, amei o Passeio ao Cotopaxi de bike. Fomos num carro até o pé da montanha e de lá descemos 32 km pedalando, sem esforço, já que é uma descida 😉 . Teve paradinha pra piquenique, muitas fotos e risadas caminho. Boa viagem!

    Ju Naliato,
    Valeu! Farei o passeio ao Cotopaxi, mas sem bike!
    Abraço,

Riq,
Muito obrigada por abrir este post! 😀
Nunca ganhei um troféu da Bóia, mas estou toda prosa com a “bóia honorária” 😳

Lu

O passeio das montanhas do Equador é bonito,e deve ser feito de dia . Há um trem bem interessante. Tenha um pouco de cuidado na Cidade antiga e $e vo$e puder, vá até Galapagos que é inesquecivel. Sei que é caro, mas vale o sacrificio, na minha opinião é disparado o melhor passeio do Equador, e um dos lugares mais interessantes a que já fui, especialmente para quem gosta de natureza. A feira de Otovalo, no domingo também é interssante. A Cidade de Quito é bonita, mas não tem nada de exepcionalmente interessante. Eu gostraria de ir a Vicabama, onde moram os centenários, alguem já foi?

    Ernesto,
    Obrigada!
    Galápagos ficou de fora, pois devo viajar sozinha e se ir acompanhada já sairia caro, sozinha fica impo$$ível. Além disso, julho é alta temporada.
    A Camila do La Chica de Mochila já esteve em Vilcabamba e gostou muito. Pensei em incluí-la na minha viagem, mas decidi fazer um circuito mais tradicional. De qualquer forma, também fiquei com vontade de conhecer a cidade e acho que consigo encaixá-la em uma outra viagem.
    O trem de que você fala é o El Nariz del Diablo que sai de Riobamba?
    Abraços

    Lu

    É este mesmo. Quando fui estava fechado, mas ja ouvi realtos que vale a pena. No site mochileiros tem muitas informações uteis sobre o Equador. Há uma praça em Quito onde vendem tours de ultima hora para Galapagos. Não é uma pechincha, mas principalmente voce estando sozinha e havendo um unico lugar disponvel, dá para negociar um desconto, embora somente a passagem deva estar por volta de 350 dólares ida e volta.

Obrigado por colocar meus relatos do Esse Mundo E Nosso acima. E tem mais! Estou indo pra Cuenca e Guayaquil no feriado de maio e posso voltar com varias dicas! Passo aqui na volta! Abraços

    Rafael,
    Obrigada! Gosto de caminhadas, mas descer o Cotopaxi de bicicleta nem pensar! 😯
    Vou ficar de olho nos posts do Esse Mundo é Nosso, porém agradeço se você puder colocar dicas fresquinhas de Cuenca e Guayaquil quando voltar!
    Abs,

    Com certeza, Lu! Muito obrigado! Ah, e o passeio ao Cotopaxi pode ser feito sem a bike também! Abraços

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.