Espanha e Portugal no inverno, pro Renato (e pra Vanessa)

Sevilha, dezembro de 2002

Sevilha, dezembro de 2002

O Renato Mechica só pode viajar em janeiro e está pensando em ir para o sul da Espanha (Andaluzia), continuando a Portugal.

A dúvida principal dele é se estará frio demais para aproveitar. E se estiver frio mesmo, se não valeria a pena trocar a parte de Portugal por uma extensão aos Pirineus, as montanhas relativamente próximas a Barcelona, para ter um gostinho do inverno ibérico.

Já a Vanessa tem 10 dias entre o Natal e o Réveillon para viajar por Portugal e está com dificuldades para decidir.

Achei que dava para reunir as duas perguntas numa enquete só, e assim beneficiar a todos os que queiram viajar para a Europa no inverno sem enfrentar um frio rigoroso demais.

Começando pela minha experiência: estive na Andaluzia em dezembro de 2002 e peguei dias lindos. Fez sol quase todos os dias, e depois de caminhadas acabava sempre tirando o casaco. Por tudo o que leio por aí, a Andaluzia é um dos lugares da Europa onde não há dúvidas de que é melhor ir no inverno do que no altíssimo verão.

Fui a Portugal nesta época duas vezes. Estive em Lisboa em dezembro de 2001 e em Lisboa, no Bussaco, em Chaves e no Porto em dezembro de 2002. As duas vezes o tempo esteve mais cinza do que ensolarado; no norte de Portugal peguei bastante chuva (o que é bastante normal nesta época do ano). Acho que Lisboa fica bem mais bonita com calor (o frio tende a acentuar sua melancolia), mas a temperatura é perfeitamente palatável. Em 2001 tirei o casaco algumas vezes (em 2002, não).

Para a Andaluzia recomendo ler a Paula Bicudo. Para Portugal, o Arnaldo (leia também este, este e este posts) e a (que já esteve por lá no inverno duas vezes). Para os Pireneus, a Carmen.

E você que já foi à Península Ibérica no inverno, o que recomenda para os nossos queridos consulentes?

161 comentários

Riq e companheiros do VnV muito obrigado pelas dicas me ajudaram muito.
Com o frio eu não tenho problema(aliás até gosto) mas de chuva to fugindo então foi bom saber que no norte é mais chuvoso.
Sem querer abusar já abusando alguem teria uma dica de um hotel bom em Lisboa com um precinho honesto?

Obrigada

O inverno das áreas baixas do sul da Espanha é bem agradável, a Andaluzia fora das montanhas tem temperaturas médias um pouco mais baixas que Porto Alegre no inverno e mais altas no verão, em Sevilha o mês mais frio é janeiro tem média de 10,5ºC (madrugada 5 tarde 16), o mais quente julho com média de 27,5ºC (madrugada 20 tarde 35), calor de 40, 45 pode fazer mas não é regra, no geral não foge muito do verão de muitas cidades brasileiras exceto por ser muito mais seco, entre alguns o verão andaluz tem uma fama como se fizesse 45 graus todo dia, mas é bastante raro chegar a tanto.

Puxa Ricardo, nem sei agradecer que minha humilde pergunta tenha virado um post. Obrigado mesmo, adorei!!! Obrigado a todos pelas dicas que vieram até agora.

Queria abusar mais um pouco e colocar mais algumas dúvidas que tenho:
– Vocês acham que vale a pena fazer de carro o trecho Madrid-Andaluzia ou vice-versa, ou é um deslocamento desnecessário? Não sei, mas fora Toledo, a região de Castilla-La Mancha não me parece tão interessante… E por onde começariam a viagem, Portugal ou Espanha?

– Será que 15 dias é um bom tempo para aproveitar Espanha (Andaluzia e Extremadura) e sul de Portugal?

– E sobre os Pirineus? Vocês acham que valeria a pena o deslocamento até lá, ao invés de Portugal? Queria ajuda também para saber se lá nessa época as atividades se restringem aos esportes de neve, ou se dá para passear pelas montanhas e cidadezinhas também? É que eu e minha esposa já viajamos no verão para os Picos de Europa (junto às Astúrias) e para as Dolomitas, e adoramos as caminhadas por trilhas e as pequenas estradinhas cheias de curvas, mas não sei se dá para curtir muito esse tipo de passeio no inverno.

Obrigado a todos de novo!! Um abração

    Olá, Renato. Já morei em Portugal e moro na Espanha então também vou dar as minhas opiniões. Acho que o inverno na Andaluzia é totalmente viável e com certeza bem melhor do que o (insuportável) verão. Para esquiar, uma opção é Serra Nevada, bem pertinho de Granada. Eu não acho a cidade em si uma gracinha, mas as pistas são boas. Fiquei numa pousadinha entre Granada e Serra Nevada que eu adorei (http://www.laalmuniadelvalle.com/index_es.htm), mas tem que pegar carro tanto para uma cidade quanto para outra.

    Quanto a carro de Madrid a Granada, depende do tempo que você tem. Uma viagem de AVE (trem rápido) até Sevilha é mais rápida e lá você pode alugar o carro quando já estiver saindo da cidade para rodar pela Andaluzia, já que em Sevilha mesmo você não precisa de carro.

    Eu não recomendo o Algarve (sul de Portugal) no inverno. Apesar de o inverno não ser rigoroso, não dá para curtir as praias, que é o que a região tem de melhor. Portugal tem regiões mais gostosas para o frio.

    E fique atento que alugar um carro na Espanha e devolver em Portugal pode sair muito caro. (Aliás, se alguém souber de uma locadora que não cobre por alugar em um país e devolver no outro, me avise!).

    Eu não fui aos Pirineus, mas meu marido que faz snowboard foi no inverno passado e adorou. Mas se é a sua primeira vez nos dois lugares acho que Portugal tem mais para oferecer.

    Espero ter ajudado um pouquinho.

    Beijos.

    Aline

    Aline,
    Não ajudou um pouquinho não, ajudou muitão!! obrigado mesmo. Um abraço, Renato.

Conheci Granada e o Alhambra no inverno e acho difícil que em outra época a beleza seja a mesma. Peguei um frio ameno e até muito agradável, com dias claros e brilhantes. A mesma coisa em Barcelona. Em Madri estava bem mais frio, mas lá são tantas as atividades indoor que não dá nem tempo de lembrar do frio. Assim, acho que o inverno não apenas não é empecilho, mas até um plus.

Estive em Portugal (Lisboa/Porto/Guimarães) e na Espanha (Madri e Santiago de Compostela) em janeiro do ano passado. Tirando a chuva em Santiago, foram dias muito ensolarados, apesar do frio em Madri. Em Lisboa e no Porto, à noite fazia muito frio mas durante o dia, ficamos muito à vontade. E olha que estava com uma criança de 8 anos, que nunca tinha enfrentado inverno no hemisfério norte. Recomendo, no Porto, a pousada (para eles, residencial) Castelo de Santa Catarina. É simples, lindinho, barato e charmoso. Os donos são super gentis. E a internet é de graça.

http://www.castelosantacatarina.com.pt/

Obrigada, Riq! Eu quero fazer uma viagem bem slow, a passos de tartaruga mesmo, ainda mais pq estarei com o baby…Se eu entendi direito, é decadente mas não é deplorável, certo? 😉

    De maneira nenhuma… mas ainda assim é bom lembrar que minhas impressões são de dezembro de 2002. As resenhas no TripAdvisor são beeem divididas. Tem os que sabem que o hotel não é mais um 5 estrelas e adoram, e outros que pensam que vão encontrar um palácio e se decepcionam.

    Ricardo, estive no hotel o ano passado e as suas impressões continuam actualizadas. O charme decadente mantem-se.
    Sílvia, não se preocupe, o hotel está longe de ser deplorável 🙂

Riq, vc acha que vale a pena ir ao Bussaco?

Estou planejando passar 20 dias em Portugal ano que vem e estou em dúvida quanto a esse destino.

    Eu só fiquei no hotel. Tinha só um dia, chovia muito, acabei não indo a Coimbra, conforme tinha planejado. Mas o hotel é uma das grandes pechinchas da Europa — por estar decadente, claro. Combinado com um leitão da Bairrada no Pedro dos Leitões, é um pit-stop perfeito entre Lisboa e o Porto; e pode também ser a base para explorar o centro de P’r’t’gal.

Estive em Portugal jan/fev do ano passado. Frio (18.ºC/10.ºC), mas suportável, com dias ensolarados e sem chuva. Fui a Lisboa, Sintra, Cascais, Estoril, Óbidos, Nazaré, Batalha, Alcobaça e Fátima. A noite esfriava um pouco, mas não chega a ser desagradável.
Quem tiver disposição ainda pega a estação de sky na Serra da Estrela. O local é bonito, o queijo da serra é ímpar e, por não ser muuuuito badalada, tem um preço acessível. O site do hotel “Varanda dos Carquejais” vale uma visita.
Saldo: Portugal no inverno é um bom passeio.

Fui para Portugal no final de janeiro de 2005. Não sei se foi sorte, mas estava um frio suportável (eu diria até agradável) e os dias estavam ensolarados. Passei por Lisboa, Sintra, Cascais, Óbidos, Guimarães, Fátima, Porto, Coimbra. Foi tudo ótimo.
Também fui para a Espanha no inverno (começo de janeiro de 2006). Só fiquei em Barcelona e Madri. Em Barcelona chegou a fazer uns 15 graus. Parecia o frio de São Paulo.
Em Madri estava mais frio e choveu no primeiro dia, mas depois disso o tempo abriu e saíamos sempre a pé.
Enfim, acho que a península ibérica é bastante recomendável no inverno.

Frio de Lisboa é perfeitamente suportável! Em dez 2006 peguei dias lindos e ensolarados que a temperatura de manhã era 9 graus e ao meio dia 16, 17 graus. Nada demais, visto que tem se aquecimento nos hoteis!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.