Europa A-Z

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Este índice leva a todos os posts já publicados de cada destino, em ordem cronológica inversa. Os destinos em MAIÚSCULAS já têm fichas organizadas.

 

Alemanha a Finlândia

Alemanha: Munique

Alemanha

BERLIM

Colônia

Frankfurt

Füssen

Garmisch-Partenkirschen

Heidelberg

Munique

Potsdam

Rota Romântica

Vale do Mosel

Vale do Reno

Áustria

Innsbruck

Salzburg

Viena

Bélgica

Bruges

Bruxelas

Bulgária

Croácia

Dinamarca

Copenhagen

Espanha

Andaluzia

Aranjuez

Ávila

BARCELONA

Bilbao

Catalunha off-circuitão

Córdoba

Galícia

Granada

MADRI

Málaga

Montserrat

Pueblos Blancos

Ronda

San Sebastián

Santiago de Compostela

Segóvia

Sevilha

Sierra Nevada

Toledo

Estônia

Finlândia

França a Islândia

França: Nice

França

Alsácia

Biarritz

Bourgogne

Bretagne

Carcassonne

Champagne

Côte d'Azur

Dordogne

Giverny

Mônaco

Mont-St.-Michel

Nice

Normandia

PARIS

Périgord

Provence

Reims

St.-Tropez

Strasbourg

Vale do Loire

Grécia

Holanda

AMSTERDÃ

Keukenhof

Kinderdijk

Hungria

Budapeste

Irlanda

Dublin

Islândia

Itália a Portugal

Portugal: Lisboa

Itália

Arezzo

Assis

Basilicata

Bolonha

Capri

Cinque Terre

Como

Cortona

Costa Amalfitana

Florença

Gubbio

Lucca

Milão

Nápoles

Perugia

Piemonte

Pisa

Pompéia

Puglia

ROMA

San Gimignano

Siena

Sicília

Taormina

Toscana

Umbria

Val d'Orcia

Veneza

Volterra

Letônia

Lituânia

Malta

Noruega

Polônia

Auschwitz

Cracóvia

Varsóvia

Portugal

Alentejo

Algarve

Aveiro

Azeitão

Batalha

Coimbra

Douro

Évora

Fátima

Guimarães

LISBOA

Marvão

Óbidos

Porto

Serra da Arrábida

Serra da Estrela

Setúbal

Viana do Castelo

Viseu

Reino Unido a Turquia

Reino Unido: Greenwich, Londres

Reino Unido

Bath

Cotswolds

Edimburgo

Glasgow

Highlands

Inverness

Liverpool

LONDRES

País de Gales

República Tcheca

Cesky Krumlov

Praga

Romênia

Rússia

Anel de Ouro

Moscou

Rússia (interior)

São Petersburgo

Transiberiana

Sérvia

Suécia

Estocolmo

Gotemburgo

Suíça

Berna

Genebra

Interlaken

Lausanne

Lucerna

Lugano

Montreux

St. Moritz

Zermatt

Zurique

Turquia

1752 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

André Lot
André LotPermalink

Riq, sei que é detalhe técnico, mas se puder ajudar: qdo tento acessar o site usando o Safari (o browser da Apple), o índice aparece totalmente desarrumado.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Aconselho você a navegar pelo Viaje na Viagem no Firefox.

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

Riq, ficou incrível! Parabéns!

Sylvia
SylviaPermalink

Está bom demais esse indice !
Mas me conta só uma coisa : os posts que ficaram fora estão disponíveis onde ?
(não encontrei no google )

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Os posts da fase ViajeAqui que foram salvos pelo Alessandro & trips estão no http://viajenaviagem.t35.com. O pessoal do ViajeAqui me falou que os posts originais seriam restaurados; quando estiverem novamente no ar poderão ser achados via Google.

A minha idéia é linkar os importantes, seja lá onde estiverem, nas fichas definitivas de destinos. Clicando em Amsterdã, Barcelona, Berlim, Lisboa, Londres, Madri, Paris e Roma e rolando a página dá para ver como os posts relevantes estarão indexados.

Sylvia
SylviaPermalink

Entendi , Riq . Mas minha pergunta era sb como/onde localizar os nossos posts "não relevantes"
que estavam no arquivo até dez 09 , antes da mudança .

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ahn, 'tchindji.

A fórmula para fazer arqueologia no blog é https://www.viajenaviagem.com/category/...... Ponha amsterda, barcelona, berlim, lisboa, londres, madri, paris, roma nos pontinhos e carregam-se todos os posts anteriores em ordem cronológica invertida.

De repente vou acrescentar esta última linha nas fichas.

Savio Zambrotti
Savio ZambrottiPermalink

Como nós passamos por locais pouco comentados, segue o blog que eu e minha esposa fizemos de uma viagem bem bacana por Portugal e Espanha, indo até o País Basco, tudo de carro.
eurotripsavioeflavia.blogspot.com

Adelio Miranda
Adelio MirandaPermalink

Olá Ricardo!

Antes de mais nada, gostaria de agradecer pelo arsenal de informações (mais do que úteis) que você proporciona a nós, incautos viajantes, pois, quando lemos suas mensagens e publicações, percebemos que sempre estamos esquecendo algo.
Bom, eu e minha esposa estaremos viajando para a Europa de Maio a Julho de 2010, (os três meses mesmo). Dentre várias questões a serem pensadas antes da viagem, temos dúvidas quanto à necessidade ou não de se fazer um seguro/plano de assistência médica internacional. Afinal, é recomendável fazê-lo? É obrigatório? Caso seja obrigatório, quais coberturas são realmente necessárias? Um plano básico? Você indica alguma companhia em particular? Infelizmente, há uma carência de informações seguras a respeito do assunto, uma vez que, aqueles que já nos forneceram alguma informação a respeito, são os mesmos que querem vender o produto.
Até mais

Adelio

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

O seguro é obrigatório e útil. Precisa cobrir 30.000 euros em despesas hospitalares e outras coisas. É conhecido no jargão das agências de turismo como "seguro-embaixada". Todos se equivalem e oferecem mais ou menos as mesmas categorias e estão nas mesmas faixas de preço.

Ricardo Rabeno
Ricardo RabenoPermalink

CARO RIQ!
Estou pesquisando o trecho bate-volta Paris/Bruges no início de março, uma sexta-feira, prá duas pessoas.
No site da THALYS encontro tarifas por volta de 190 euros.
To achando caro, prum bate-volta!
Alguma outra sugestão prá baratear este trecho?
Saudações ga~uchas e coloradas,
RICCO

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Tente em http://www.voyages-sncf.com .

Se continuar caro, tente desmembrar. Compre Paris-Bruxelas-Paris em http://www.voyages-sncf.com. A passagem Bruxelas-Bruges-Bruxelas dá pra comprar na hora pelo preço normal. Não é cara (acho que uns 13 euros por perna, escrevi isso em algum lugar, mas agora não posso carregar o post inteiro -- estou nos bastidores por conta de conexão lenta).

Fernanda
FernandaPermalink

Boa tarde Riq,
quero ir à Turquia em abril e me ofereceram um pacote da Uneworld.
Gostaria de saber se vcs têm referencia sobre essa operadora.
Como viajaria sozinha, não estou animada a ir sem pacote.

Obrigada,
Fer

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Pelo que vejo pelo site, acredito que ela agencie pacotes de terceiros. Se tem registro na Abav, é idônea. Googlando "Uneworld" e "reclamação" aparece um caso em que a agência precisou indenizar um casal em lua de mel. Mas shit happens.

Fernanda
FernandaPermalink

É eu vi essa reclamação! Obrigada pela tua atenção!
Abraço,
Fer

Dani Polis
Dani PolisPermalink

Riq, ficou sensacional!!! Estamos programando 20 dias de férias pela Europa entre Agosto e Setembro, e essas informações serão absurdamente úteis!

Abraço.

Pri Mc Kenzie
Pri Mc KenziePermalink

Oi Ricardo,

Sigo várias das suas dicas em todas as minhas viagens , sejam nacionais ou internacionais . São excelentes !!!

Estou indo agora em junho/2010 para a Europa ( Berlim, Praga, Budapeste e Viena ) e depois ficarei 10 dias na Croácia , mais precisamente na costa da dalmacia - Dubrovnik , Korkula , Hvar , Brac e Split.

Estou com dificuldades em achar informações sobre os ferryboats entre as ilhas, vc tem algum link que possa me ajudar ?

Obrigada,

Pri Mc Kenzie

Dani Polis
Dani PolisPermalink

Pri, inveja (boa) do seu roteiro.
Depois conta como foi, Leste Europeu é um projeto que tenho para ano que vem =D

Pri Mc Kenzie
Pri Mc KenziePermalink

Pode deixar Dani !

Obrigada Ric !

DEBORA
DEBORAPermalink

Ricardo, pretendo ir pra Europa no final de junho e ficar por la uns 14 dias. Ainda nao consegui chegar a uma conclusao sobre ser mais barato o deslocamento pelos paises de aviao ou de trem. Voce poderia me dar uma ideia? Muito obrigada. Muito "dez" seu site.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Cada roteiro é um roteiro, cada trecho é um trecho.

Antes de mais nada, tenha em mente de que viagens que cubram muito chão sempre têm deslocamento caro. Não é fácil conseguir vôos low-cost realmente baratíssimos exatamente nos trechos que você quer, trem para longa distância sempre é caro, passes não compensam.

Dri
DriPermalink

Trips,

Queria saber qts de vcs fizeram a carteira internacional de habilitação pra dirigir na Europa... Alguém já foi parado pela polícia sem ela e teve problemas??

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Se você tem tempo até a viagem, faça por desencargo de consciência, assim você nunca mais vai ter essa dúvida.

Eu nunca fiz, mas acho que vou fazer só para dar um post grin

Dri
DriPermalink

Riq, se dependesse de mim, que sou uber estressada com esses detalhes, com certeza eu faria. Mas eu nao sou a parte "diriginte" da viagem. E a "parte diriginte" é por demais enrolada!! Pra piorar, aqui no Rio o posto do centro do Rio faz o serviço e pra quem trabalha em horário comercial é um contratempo a mais...

Márcio Cabral de Moura

Dri, eu já fiz carteira internacional (melhor dizendo, Permissão Internacional para Dirigir - PID). Dependendo do país que você vai isso pode ser importante ou totalmente desnecessário.

Em tese, na Alemanha, ou você tem uma PID ou tem uma tradução juramentada de sua carteira brasileira.

Também em tese, na França você tem que ter uma PID.

Na Suíça, você tem que ter sua carteira do Brasil. Eles nem querem saber da PID e se você estiver só com a PID, vai ter problemas por lá. Lembrando que se você estiver na Europa Ocidental e não se envolver em acidentes, fora a locadora de veículos, o local mais provável a ter que apresentar carteira de motorista é na fronteira da Suíça (não interessa se com a França, Alemanha ou Áustria - nunca entrei na Suíça vindo da Itália, mas já entrei desses outros países e de todos eles - mas não em todas as entradas - já tive a carteira de motorista pedida).

Nunca me pediram a carteira de motorista em nenhum outro país, exceto nos balcões de locação. E nesses, eles acharam bom eu ter a PID, mas não me pareceu que fosse algo necessário. Em tempo, já aluguei carro na Inglaterra, França e Alemanha.

Sim, lá em cima eu falei em tese, quando me referi a Alemanha e França, pelo fato de, se você pesquisar, verá que é isso que eu disse, mas na prática, não me parece ser.

Sonia Granato
Sonia GranatoPermalink

Olá, estou programando uma viagem para Portugal em maio. Depois de conhecer Lisboa e seus arredores quero ir para Coimbra de carro. Qual o caminho mais interessante: pegar a estrada e ir em direção a Évora, Portalegre, Pombal ou pegar a estrada que passa por Óbidos, Alcobaça, Fátima, etc...Alguém pode me ajudar?
Obrigada.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Se você tem tempo, vá por uma e volte pela outra. A de Évora e Portalegre vai para o lado oposto a Coimbra -- você vai visitar o Alentejo. O caminho mais curto é o segundo.

Chris
ChrisPermalink

Oi Riq, Obrigada pela ajuda. Agora sim!!! Lá vai....Tenho 15 dias de férias (setembro) e adoraria visitar Portugal e Espanha. Tenho em mente 05 cidades (Lisboa, Valência, Barcelona, Madrid, Porto). Pensei em fazer essa ordem, de carro em 15 dias. É loucura? Dá para ir? Vale à pena essas cidades ou estou deixando de conhecer outras tb importantes? São muitas dúvidas…. Espero que vocês consigam me ajudar. Bjs. Chris.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

As distâncias são bastante grandes, Chris. Você pode simular todos os trechos em http://www.viamichelin.com.

Numa viagem só para cidades grandes, carro não vale a pena. Carro é para percursos mais delimitados, explorando estradas secundárias.

Aqui tem um post sobre 15 dias entre Portugal e Espanha.

https://www.viajenaviagem.com/2007/07/14-dias-em-portugal-e-espanha-pra-carol/

Para realizar o seu roteiro, o melhor é descer em Lisboa, subir ao Porto de trem, pegar um vôo a Madri, um trem a Barcelona e voltar desde Barcelona ao Brasil. Eu tiraria Valência desta vez. Ou alguma outra cidade à sua escolha.

Chris
ChrisPermalink

Riq, Agora que me localizei (hahahaha...) vi que tem bastante material aqui mesmo no blog. Obrigada pela sua ajuda. Acho que vou deixar a Espanha para uma outra viagem e curtir Portugal. Mais uma vez obrigada.

Chris
ChrisPermalink

Riq, Andei pesquisando no blog e encontrei um comentário da Sylvia a respeito de possibilidades de viagens (virou até um post sobre o top 10 de viagens) e ela comentou sobre Portugal e Marrocos em uma só viagem. Você acha que vale a pena? Dá para fazer em 15 dias? Agradeço desde já pela paciência e ajuda.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não há vôos diretos, tem que ir via Espanha (voar desde Madri ou Barcelona ou de ferry desde a Andaluzia).

Em 15 dias não seria "Portugal e Marrocos" e sim quatro ou cinco cidades que você escolheria entre os dois países. É só escolher as que mais te apetecem.

Chris
ChrisPermalink

Riq, A idéia seria chegar direto por Porto, descer de carro até Lisboa e de lá pegar um voo para Casablanca. Pelo que vi a Tap voa direto. A idéia de ferry desde a Andaluzia pode ser melhor. Como seria o deslocamento no Marrocos. Avião, trem, carro. Alguém já fez essa viagem? Se alguém da tripulação puder dar algum palpite, agradeço desde já.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ooops! Perdão! Não sabia desse vôo direto a Casablanca.

Acho que o ferry é para quem vai passar mais tempo no Marrocos, pra fazer desde Tânger, daí a Fez, então Marrakech e Ouarzazate, talvez Essaouïra.

Os deslocamentos internos podem ser feitos de trem (mais confortável), ônibus ou carro com motorista.

Casablanca não tem graça, eu iria de lá direto a Marrakech e lá veria um trânsfer a Ouarzazate, atravessando a montanha Atlas, de onde dá para fazer passeios ao deserto.

Dá pra voltar de avião de Ouarzazate a Casablanca.

Mas para fazer o Marrocos bem feitinho o ideal seria devotar todos os 15 dias a esta viagem.

Chris
ChrisPermalink

Riq, Mais uma vez obrigada. Agora as coisas ficaram mais claras. Obrigada mesmo. Bjs.

Tita
TitaPermalink

Oi Riq, falando em Marrocos não achei muita coisa aqui no VnV sobre o país. É que não tem mesmo ou eu que não procurei direito? Obrigada

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Tem nadica de nada, Tita.

Mas se não me engano tem bastante no Arnaldo http://interata.squarespace.com

Erika
ErikaPermalink

Riq,
Vou viajar em lua-de-mel entre final de julho e inicio de agosto, totalizando 19 dias de viagem.
Estamos programando uma rota iniciando em paris e seguindo pela região da provence,budapeste,praga,berlim e finalizando em amsterdã.
O que acha?tem dicas para a rota ou sugere algum outro trecho para o período?
Espero ajudaaaaa!!!rs
Bjs.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

19 dias entre Paris e a Provence seria perfeito.

15 dias entre Budapeste, Praga, Berlim e Amsterdã estariam de bom tamanho.

Tem coisa demais no roteiro, e muito chão a ser coberto.

Erika
ErikaPermalink

E tem dicas para o roteiro entre Paris e Provence??Como foquei somente nas duas regiões da França não imagino como traçar essa rota em 19 dias.
E aproveitando a oportunidade, qual seria o roteiro ideal pra lua-de-mel na europa???Dentro de 19 dias.
Procuro um pouco de tudo: belas paisagens,museus,castelos,agito,boa comida...o romantismo e a calma podem ficar para o dia-a-dia.
Agradeço novamente.

Hugo
HugoPermalink

Erika, em setembro deste ano estou indo para a Europa com minha esposa, e uma parte da viagem envolve exatamente Praga-Provence-Paris.
No seu caso, eu sugeriria o seguinte roteiro:

Dia 1: Brasil para Praga
Dias 2 a 5: Praga
Dia 6: Praga para Lyon (em Lyon aluga um carro e vai para a região da Provence)
Dias 7 a 11: Provence
Dia 12: Lyon (ou outra cidade próxima) para Paris (via TGV)
Dias 13 a 18: Paris
Dia 19: Paris para Brasil

Talvez valha a pena tirar um dia da Provence e colocar em Paris, mas aí depende do seu gosto e do seu futuro marido. Em Praga eu deixaria 4 dias inteiros porque vocês vão enfrentar uma boa diferença de fuso horário, então precisarão se adaptar um pouco.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Hugo, as melhores portas de entrada para a Provence são Avignon ou Marselha (para vôos), Avignon ou Aix (para trem).

Não há vôos diretos de Praga para o interior da França, então se é para fazer conexão é melhor descer e reembarcar já na região.

Dependendo de onde se vem (acho que não é o caso da República Tcheca, não) dá pra considerar chegar por Nice, que tem muitas conexões internacionais.

Hugo
HugoPermalink

Riq, ainda vou dar uma olhada mais a fundo no trecho Praga-região da Provence, mas numa análise inicial os melhores preços e disponibilidades são para os voos que chegam em Lyon, principalmene pela Swiss Air. Em outras cidades o tempo de voo normalmente é muito longo por causa das conexões, ou então é muito caro.

Mas quando eu for realmente comprar vou fazer uma análise bem ampla e digo aqui o que encontrei de melhor.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

A Claudia Carmello tem muita coisa da Provence http://outromododeviajar.wordpress.com/category/provence; o Beto Paschoalini http://omeulugar.wordpress.com/category/provence e o Jorge Bernardes http://giramundo.wordpress.com/category/provence também.

É uma viagem para fazer slow. Com pelo menos 10 dias fica bacana.

Deixe os últimos 9 dias para Paris, e faça alguns bate-voltas (entre na página https://www.viajenaviagem.com/europa/paris-ricardo-freire e veja os links da parte de baixo).

Ou faça uma semana na Provence, quatro dias no Vale do Loire e o restante em Paris.

Clarissa
ClarissaPermalink

Erika,
Eu não sei se você ou seu noivo têm alguma relação especial com Berlim ou Amsterdam, mas acho que nessa ordem vai haver um anticlímax na sua viagem. Numa lua-de-mel Paris é o ponto alto, acho que ficaria mais legal se você terminasse sua viagem com uns 5 dias nela. Eu sei que é clichê, mas não me arrependi.

Erika
ErikaPermalink

E qual o roteiro que vc fez em sua viagem?

Clarissa
ClarissaPermalink

Minha lua-de-mel foi de duas semanas, foram 3 dias em Roma, 2 em Veneza e 5 em Paris, sem contar os dias de deslocamento. Mas eu acho que eu buscava algo diferente de você, eu queria uma viagem mais calma, sem ter hora para acordar. Deixei de ver algumas coisas que pareciam legais, como a Via Ápia ou Giverny, mas é bom ter o que deixar para a próxima. Eu só acho que você vai passar muito tempo em avião para fazer todos estes destinos e aeroporto é chato.

Marina
MarinaPermalink

Chris,
Fui ao marrocos no ano passado e fiquei com pena de não ter feito a travessia de ferry até Tânger que deve ser interessante, mas eu tinha pouco tempo. Fui a Casablanca, é super sem graça. Algumas amigas fizeram os deslocamentos todos de avião e foi tranquilo, compraram pela internet, não sei em qual companhia. Eu terminei fechando trânsfer entre Fez e Marrakech com uma agência de turismo.

Marcia
MarciaPermalink

Conselhos sobre uma viagem de aproximadamente 1 mes com 3 pontos objetivos. Paris uns 4 dias. Toscana gastronomica, uns 15 dias e Toulouse e regiao uns 6 dias.
De carro. Meados de abril a meados de maio.
Pode ser aterrisando em um ponto e voltando por outro.
Obrigada.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Alugaria um carro na Toscana e outro na França.

Chegaria pela Itália (Milão ou Roma), alugaria uma villa na Toscana, voaria desde Florença ou Pisa a Toulouse (o que der melhor conexão em Paris), voltaria de trem a Paris, voaria de volta ao Brasil de lá.

Sonia Granato
Sonia GranatoPermalink

Eu, meu marido e 2 cunhadas vamos em Maio para Portugual e gostaríamos de fazer um tour tb por Budapeste, Viena e Praga aqui no Brasil a agente de viagem me deu o preço de 1.020 Euros por pessoa por 9 noites saindo de Portugal, o que vcs acham o preço está bom ou seria interessante tentar fazer por conta própria apesar da dificuldade de comunicação?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Sonia, a religião aqui do site é viajar de maneira independente... só em lugares muito complicados a gente pensa em excursão, e o Leste Europeu não está entre esses lugares. De modo que é difícil encontrar aqui quem saiba se está caro ou barato.

Caso você queira fazer a viagem de maneira independente, o ideal seria comprar a passagem incluindo os trechos europeus na passagem transatlântica. De Portugal desça em Budapeste, de lá vá de barco (pelo Danúbio, 6 horas) ou trem (3 horas) a Viena, de Viena a Praga de trem (4h30), voltando de Praga de avião.

Sonia Granato
Sonia GranatoPermalink

Desculpaê!!!!

FELIPPE DUINO
FELIPPE DUINOPermalink

Ricardo / Colegas de Blog,

Vou viajar para Europa em Setembro com minha esposa e escolhemos o seguinte roteiro :

PARIS (4 NOITES) / BRUGGES OU BRUXELAS (2 NOITES) / AMSTERDAM (2 NOITES) / FRANKFURT (2 NOITES) / STUTTGART (2 NOITES) / MUNIQUE (2 NOITES) / INNSBRUCK (1 NOITE) / LUCERNA (6 NOITES) - TEMOS AMIGOS LÁ / MILÃO (1 NOITE) E FINALMENTE PESCARA (10 NOITES) - TEMOS AMIGOS LÁ.

O que vocês acham ??? Tem palpites ??? Dicas ??? Sugestões ???

Um grande abraço.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Acho pouco tempo em Paris (ficaria 6 noites) e Amsterdã (ficaria três). Acho também que você picou mal a viagem pela Alemanha, escolhendo duas cidades grandes que são bem pouco interessantes (Frankfurt e Stuttgart). Eu cortaria Innsbruck também, porque você já vai ter paisagens alpinas nos arredores de Lucerna.

É possível fazer Bruges como pit-stop de uma viagem entre Paris e Amsterdã de trem. Saindo cedo, você não precisa dormir por lá, já dorme em Amsterdã.
http://viajenaviagem.t35.com/EUROPA/De%20Paris%20a%20Amsterda,%20com%20pit-stop%20em%20Bruxelas%20-%20Viaje%20na%20Viagem-%20Blogs%20viajeaqui.htm

Sugestão para cruzar a Alemanha: vá diretoa Würzburg, faça a Rota Romântica e depois fique uns dias em Munique, de onde é possível fazer bate-voltas ótimos (entre eles: castelo de Neuschwanstein e Salzburgo, que vai ser bem mais interessante que Innsbruck).

Silene Guterres
Silene GuterresPermalink

Ola Ricardo, seu blog e pra la de ótimo. Parabenizo e tiro o meu chapéu pra vc.
Estou precisando de um direcionamento pra eu começar a montar meu roteiro, pois e a minha primeira vez que vou a Europa (França – Itália – Espanha), pretendo ir final de agosto com inicio de setembro de 2010 e tenho 15 dias para desfrutar os melhores momentos. Vou por conta própria sem auxilio de agencia.
Minhas duvidas são em relação a:
- Qual a mehor rota entre esses 3 paises? Por onde começar?
- Qtos dias permanecer em cada um deles?
- Onde se hospedar?
- Qual trecho devo fazer de carro,de trem e de avião?

Fico imensamente grata pela sua atenção, pois sendo a primeira vez, rola um friozinho de nervoso. Obrigada
Silene

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não pense em países, pense em cidades. Em 15 dias eu faria três cidades grandes e pronto. Por exemplo:1) Madri ou Barcelona; 2) Roma ou Florença e arredores; 3) Paris. Desceria direto na Itália, faria os trechos internos de avião incluídos na passagem transatlântica e terminaria em Paris.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2007/04/a-primeira-viagem-a-europa/
https://www.viajenaviagem.com/2007/08/europa-aviao-trem-ou-carro/
https://www.viajenaviagem.com/2007/04/italia-pra-aluna-da-carla/
https://www.viajenaviagem.com/europa/roma-ricardo-freire
https://www.viajenaviagem.com/europa/madri-ricardo-freire
https://www.viajenaviagem.com/europa/barcelona-ricardo-freire
https://www.viajenaviagem.com/europa/paris-ricardo-freire

Silene Guterres
Silene GuterresPermalink

Ricardo, so tenho a agradecer a sua gentileza e sabias palavras em relação a minha viagem. Todas as suas informações foram de grande valia com total aproveitamento.
Obrigada
Silene

FELIPPE DUINO
FELIPPE DUINOPermalink

Ricardo / Colegas de Blog,

Tinha um plano de viagem, como descrevi em minha mensagem do dia 19/02/10, mas, graças aos seus conselhos e uma " estudada esperta " no assunto Europa, acho que consegui melhorá-lo. Poderiam dar umas dicas/ conselhos/sugestões ???

PARIS (5 NOITES) - DISNEY / VERSAILLES / 3 DIAS P/ CONHECER + O DIA DA CHEGADA.
BRUXELAS (2 NOITES) - DIA DA CHEGADA + BRUGGES + DIA DA SAÍDA
AMSTERDAM (2 NOITES)
MUNIQUE (6 NOITES) - INNSBRUCK / SALZBURG / FUSSEN / NEUSCHWANSTEIN + 3 DIAS EM MUNIQUE.
LUCERNA (5 NOITES) – TEMOS AMIGOS LÁ
MILÃO (1 NOITE)
PESCARA (8 NOITES) – TEMOS AMIGOS LÁ.

Pensava em ficar em albergues, mas, em função da quantidade de dias em Paris e Munique acho que seria mais interessante ficar em um hotel !!!

Concorda ??? Tem alguma boa indicação ???

Obrigado e um grande abraço.

Felippe.

Oscar
OscarPermalink

Oi Juliana, eu ja fiz o Trajeto Stuttgart Paris com a Eurolines em 2005 quando morava na Alemanha, foi bem tranquilo e bem mais barato que ir de trem ou aviao, ja que nao havia programado com antecedencia.
Bem quanto ao conforto nao espere muita coisa, nao é como viajar de aviao, mas também nao é um onibus leito, mas dependendo do preço talvez valha o sacrificio!!

Juliana Amorim
Juliana AmorimPermalink

Obriga da Oscar e Silvia

Dani Polis
Dani PolisPermalink

Trips, mais uma vez ajuda de vocês...
Na min ha milésima alteração no meu roteiro pela Europa, chegamos ao seguinte acordo:

- Roma: 4 noites
- Munique: 2 noites
- Paris: 4 noites.

Vamos sair do BR com destino a Roma, e voltaremos por Paris. O trecho interno (Roma-Munich-Paris) achei por 43 dólares na Air Berlin. Acho que vale a pena, não? Temos amigos para visitar em Munich e Paris...

Qualquer opinião será bem vinda!

Obrigada,

Dani Polis

Ludmila Yassim
Ludmila YassimPermalink

Vou pra Europa em abril com meu marido (Ai, falta menos de um mês!) Pretendemos rodar por França, Holanda, Suíça e Itália... Gostaria de saber oque é melhor Alugar um carro ou comprar o passe Eurail. O custo sem contar pedágio, estacionamento e combustível é mais ou menos o mesmo mas tenho receio dos lugares pra estacionar nas capitais já que pretendemos passar por algumas tipo Paris, Amsterdam, Zurich e Roma. Conto com sua ajuda! Obrigada desde já...

Dri
DriPermalink

Ludmilla, por tudo que tem escrito aqui no blog (especialmente no post carr0 x trem x aviao na Europa) eu acredito que não seja uma boa opção ficar com o carro todos os dias. O que vc tem que pensar é ONDE vc quer ir nesses países. Se for passar a maior parte do tempo em cidades grandes, esqueça o carro. Carro na Europa é bom pra explorar vilarejos da Toscana, da Provence etc. Em grandes cidades só dá aborrecimento.

Quanto ao passe, pesquise primeiro o preço individual das passagens nos principais sites. Muitas vezes nao compensa o Eurail, mesmo pq com ele em diversos trens vc precisa pagar suplemento de marcação lugar, por fora do valor do passe. Se vc tivesse se programado com um pouquinho mais de antecedencia, certamente ira conseguir OTIMOS descontos nos sites da SNCF (ferrovia francesa, que faz inclusive a ligaçao Amsterdam-Paris) e na trenitália. Eu, por exemplo, consegui um descontao na passagem Paris-Reims-Paris comprando com 60dias de antecedencia (paguei 12E em cada trecho, pegando o trem rápido x 109E que está custando se vc quiser passagem pra mesma semana -no horario q eu escolhi). Na trenitália foi bem fácil conseguir o desconto de 30% em relaçao a tarifa cheia comprando com 60 dias...

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não sei opinar sobre esse tipo de viagem de carro por grandes superfícies da Europa, Ludmila.
O que penso está resumido nesses dois posts:
https://www.viajenaviagem.com/2007/04/a-primeira-viagem-a-europa/
https://www.viajenaviagem.com/2007/08/europa-aviao-trem-ou-carro/

Beth
BethPermalink

Ricardo, tenho um compromisso em Gothemburg de 7 a 10 de outubro e gostaria de aproveitar para conhecer a Escandinávia. O que me sugere? Pensei em Estocolmo, Copenhagem ( qtos dias em cada lugar???) e estou em dúvidas qto à Oslo( vale a pena?? consigo ver os fjordes nesta época do ano?). Gostaria tb de uma sujestão de como me locomover entre as cidades; prefiro trem, é possivel???

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Eu não ficaria menos do que dois -- idealmente três -- dias em nenhuma cidade.

Para ver os fiordes você precisa ir a Bergen. Um bom passeio é o Norway in a Nutshell, que combina trem e navio.
http://www.norwaynutshell.com/en/explore-the-fjords/norway-in-a-nutshell/

Para Estocolmo e Copenhague você pode ir de trem; a Bergen, de avião.

Beth
BethPermalink

Ricardo, obrigado pelas dicas. Se alguem souber de mais alguma coisa, agradeço.
Beth

Trixx
TrixxPermalink

Riq, estou com uma viagem programada para a Itália este ano. Chego dia 10/05 em Milão e saio dia 21/05 de Roma.

Ainda não fechei as conexões internas e estou na dúvida de qual o melhor meio de transporte para conhecer as cidades italianas bem como o número de dias em cada local. Meu tajeto é o seguinte: Milão, Veneza, Florença (e as principais cidades da Toscana) e Roma.

Qual seria a melhor opção para deslocar-me entre as cidades? Avião, trem, carro ou outro? Quantos dias devo permanecer em cada cidade?

Um abraço!
Trixx

Kitty Viana
Kitty VianaPermalink

Riq e tripulação,
Tô numa super indecisão... Depois de uma semana entra Paris e Lisboa, fechando no Rock'n Rio Lisboa, dia 29 de maio. Vou, com meu marido e mais um casal, ter os 5 dias que eu mais queria: interior da França. Eu estava sonhando com a PROVENCE, mas minha amiga (que vai ter uma semana a mais de viagem) pensou em começar por NICE e depois ir para AVIGNON. Já até reservou o hotel (Hotel West End, parece uma graça, alguém conhece?). Eu já estou com a passagem Lisboa-Barcelona comprada e pretendia pegar um carro lá para seguir pela Provence 4 dias e voltar.
Para não perder a companhia do casal, pensei em mudar tudo e ficar na Côte D'Azur, deixando a Provence apenas como passagem. Faria, então:
30 – Barcelona – Avignon 431 km – aprox. 4 horas 6 minutos
31 – Avignon – Nice - 260 km – aprox. 2 horas 32 minutos
01 – Bate e volta em Cannes – Nice 34,5 km – aprox. 36 minutos
02 – Bate e volta em Mônaco – Nice 19,2 km – aprox. 23 minutos
03 – Nice - St. Tropez - 112 km – aprox. 1 hora 35 minutos
St. Tropez – Aix-em-Provence - 120 km – aprox. 1 hora 33 minutos
Aix-em-Provence – Montpellier – 157 km – aprox. 1 hora 39 minutos (dormiria lá)
04 – Montpellier - Barcelona 347 km – aprox. 3 horas 15 minutos
A pergunta: Isso é loucura? Devo perder a passagem pra Barcelona e ir direto pra Nice (U$ 475 cada - voo)? Pulo a Côte e fico só na Provence? Outras opções???? Não consigo decidir sozinha...
Brigadão,

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

O maior problema é essa passagem Lisboa-Barcelona já comprada. Barcelona é longe pra caramba tanto da Provence quanto da Côte d'Azur. Chegar em Barcelona e pegar um carro pra andar 450 km... é que como descer do avião no Rio para viajar a São Paulo! Não vale o investimento, você vai se cansar à toa.

Achar que você vai conseguir ver St Tropez e Aix no mesmo dia é como achar que dá pra ver Búzios e Petrópolis no mesmo dia. Não é porque o mapa aceita a distância que dá pra fazer a viagem. Não adianta só chegar. A gente chega, se acha, se perde, tem que comer, tem que ir atrás das coisas.

A segunda opção -- gastar 500 dólares de avião por pessoa para ver a Côte d'Azur em 4 dias -- acho que, sinceramente, também não compensa.

Tente reemitir a sua passagem inteira, incluindo Lisboa-Nice-Lisboa na passagem transatlântica, e deve ficar bem mais em conta.

Com 4 dias e aproveitando a passagem já comprada, eu alugaria um carro e exploraria a Costa Brava, que está perto de Barcelona. Monte base em Cadaqués, ou fique dois dias em Cadaqués, dois dias em Girona. Deixe para ir à Provence ou a Côte com calma, do jeito certo. Indo desse jeito você vai se arrepender, não vai ver quase nada e vai estar num ritmo tão frenético que vai voltar precisando de férias.

Letícia
LetíciaPermalink

Kitty, eu fiz a Provence e passei pela Cote d´Azur indo para a Italia!!! Sinceramente, acho que vc deve escolher um ou outro, pq 5 dias para os dois é muito corrido e o gostoso da Provence são os vilarejos, apesar de Avignon ser bacana e de todos falarem que Aix tb é!! Eu fiz uma viagem pinga-pinga e apesar de ter aproveitado, não faria de novo pq fiquei morrendo de vontade de ficar mais dias, por exemplo, em Nice e não podiamos!!! Pelo q vi neste seu roteiro vc deixou so um dia para Nice eu fiz isso e achei um pecado!!! Este seu dia incluindo St tropez, Aix e Montpellier me parece uma loucura sim.. rs é muita cidade bacana para um dia só!!! Se vc optar so pela Cote d´Azur passe esse dia em St Tropez ao inves de fazer tantas cidades!!!

Kitty Viana
Kitty VianaPermalink

Leticia,
Obrigada pela dica. Esse dia louco é mais para garantir a chegada o mais perto possível de Barcelona. Eu volto de lá para o Brasil às 12h do dia 04. É mais o caminho ... Com paradas para esticar as pernas e comer alguma coisa. Já estou até achando que é inviável dormir em Montpellier. O voo é muito cedo! Esse esticão, por garantia, deve ser até Barcelona mesmo. Nossa! Tá uma loucura esse roteiro! Acho que o melhor seria aproveitar a época das lavandas floridas e deixar a Côte D'Azur de lado.

Leticia Greco
Leticia GrecoPermalink

Kitty, se vc for para a Provence previlegie os vilarejos e leia os posts e blogs dos trips sobre a região, são dicas imperdiveis!!! Eu acho que vale a pena ficar em algum hotel na região do Luberon!! Cuidado para não colocar paradas para esticar a perna em cidades grandes pq a gente pega transito e isso acaba atrasando a viagem!!! Peguei o maior engarrafamento em Cannes que nos atrasou um bocadinho!!!

Kitty Viana
Kitty VianaPermalink

Vou repensar tudo... depois eu volto com o que eu decidir. 450 km não é problema se o caminho valer a pena, meu marido é trilheiro e adora dirigir. Mas essa questão do ritmo já atrapalha tudo mesmo. Já vamos estar vindo de uma semana dividida entre Paris e Lisboa (que já conhecemos e só vamos ter tempo de ir nos lugares que mais gostamos). Maldita agente de viagens que me sugeriu comprar a passagem de Lisboa para Barcelona se eu queria ir para Provence (desde o ano passado!). E maldita loucura de vida que não me deixou vir perguntar a opinião de vocês antes de fechar. Dou notícias.
vcs são o máximo!

Erika
ErikaPermalink

Riq e viajantes...
Agora está feito!!! Viajo em 18 de julho para Nice, chegando la dia 19 a tarde, e tenho passagem de volta comprada a partir de Amsterdã, para o dia 08 de agosto a noite...
Minha intenção é conhecer o sul da França (não sabendo onde exatamente) e subir até Paris (gostaria de saber o que há de bom pra ser visto nesse caminho)....e depois conhecer Bruxelas (Bruges talvez???) e por fim Amsterdã....
Idéias???Lugares???O que vale a pena ir e pular???Qto tempo em cada lugar???Qtos dias pra Paris e Amsterdã???Afinal são uns 20 dias q devem ser bem aproveitados...
Ufa....Socorrooooo!!!
Bjs e obrigada a todos!!!!

Marcello
MarcelloPermalink

Estou viajando pra Italia e gostaria de saber como comprar um bilhete de trem no trenitalia, já li sobre isso em algum lugar por aqui, mas gostaria de tirar umas dúvidas:

Eles me mandam o bilhete por e-mail, como uma passagem de avião?
Fiquei em dúvida pois tem 4 tipos de tarifa para comprar, tem a flessibile, base, meno 15 e meno 30, posso comprar esssa meno 30?

Agradeço pela ajuda.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Pode. O bilhete é eletrônico, é só imprimir. A dificuldade está em fazer o site acertar o seu cartão.

O post mais recente sobre isso é este aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2009/06/trem-na-europa-qual-e-a-antecedencia-necessaria-para-conseguir-as-tarifas-promocionais/

Marcello
MarcelloPermalink

Poxa, estou tentando mas o site diz, Il pagamento non è stato autorizzato. Sabe porque? Como conseguiu? Obrigado.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Dá galho com bastante gente, Marcello. Vá naquele post que eu linkei e leia os comentários mais recentes.

AMÉLIA
AMÉLIAPermalink

RIQ, já te pedi opiniã m lçã a minha primeia viagem Europa, com meu marido, que será em agosto- 15 dias
Sugeri Paris 7 dias (com direito a bate-volta em Rems - Champagne) + Vale do Loire 2 dias + 4 dias em Praga (como volto sem passar em paris? qual a rota?) e vc achou que era um bom roteiro.
Estou em dúvida se deixo paris por último (me disseram que tudo fica sem graça depois de paris!!)Isso é bobagem?
Como arrumar? Quero fazer o Vale do Loire de carro e Paris-Praga (ou Praga-paris) de avião.
Iria direto para Praga e depois Paris, deixando o vale do Loire por último e na voltá já embarcaria para o Brasil???

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Três opções.
1) Fazer Brasil-Praga, Praga-Paris, ficar em Paris e no fim ir para o VAle do Loire, devolvendo o carro em CDG para voltar
2) Fazer Brasil-Praga, Praga-Paris, chegar e pegar imediatamente o carro para o Vale do Loire, retornar e ficar em Paris até embarcar de volta
3) Fazer Brasil-Praga, Praga-Paris, ficar 4 ou 5 dias, ir para o Vale do Loire, ficar 2 ou 3 dias derradeiros em Paris, embarcar de volta

A primeira e a segunda são mais práticas; a terceira tem uma dinâmica que me agrada.

ricardo macedo
ricardo macedoPermalink

estou preparando minha primeira viagem a europa,,,irei sozinho, mas com um probleminha...nao domino nenhum idioma....meu ingles é bem simples...encontrarei muitos problemas por la? agradeço a atençao...ricardo

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Compre bons guias em português, leia bastante antes de ir e tudo dará certo.

Hugo
HugoPermalink

Riq, como a dúvida agora não envolve somente o aeroporto de Frankfurt, vou colocar meu post aqui.

Fiz algumas buscas e encontrei duas passagens interessantes.

A primeira sai de Praga às 07:00 e chega em Munique às 07:55. Depois sai de Munique às 10:55 e chega em Marseilha às 12:30. O preço dessa passagem é 620 reais. Nesse caso a conexão é de 3h e já chego em uma cidade que quero visitar, mas a passagem é mais cara.

A outra opção sai de Praga às 06:00 e chega em Frankfurt às 07:10. Depois sai de Frankfurt às 08:35 e chega em Lyon às 09:50. O preço dessa passagem é 410 reais. Nesse caso a conexão é de 1h e 25 min e o voo chega bem cedo, mas em Lyon, sendo que meu destino final é o Luberon.

Então, vocês acham que qual dessas é a melhor opção?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Oi Hugo, esqueci como você está indo pra Europa. É com milhas? Já comprou a passagem transatlântica?

Vendo esses preços, se ainda dá tempo acho que vale a pena pedir uma cotação com um agente de viagem para ver se ele consegue acomodar o teu itinerário na milhagem de alguma tarifa transatlântica interessante.

Entre as duas, eu escolheria Marselha, que está a 100 km do Lubéron; Lyon está a 260 km, acho meio pesado depois de dois vôos e uma conexão tensa.

(Caso você escolha Lyon, acho que vale a pena pernoitar por lá, ou em Annecy, sem muita preocupação de turistagem, só pra esticar as pernas, comer bem e descansar.)

Considere mais uma possibilidade: voar a Paris/CDG (ano passado eu comprei no site da Air France para amigos este trecho por menos de 100 euros) e lá em CDG mesmo (tem uma estação de TGV ligada ao aeroporto), pegar um TGV direto a Avignon (estação Avignon TGV). São cinco horários ao dia (8h21, 11h43, 14h28, 17h01 e 19h), e a viagem leva três horas redondas. Com antecedência você consegue tarifas em conta em http://www.voyages-sncf.com. Talvez haja tarifas em conjunção com o vôo da Air France, fuce no site pra ver.

Em Avignon você aluga um carro (provavelmente haverá locadoras com escritório na estação Avignon TGV) e em 40 km chega a Gordes.

Aconselharia também a não sair tão cedo de Praga. Pegar um vôo às 6h significa acordar no máximo às 4h. Com o fuso horário do Brasil ainda na cabeça, o seu corpo vai entender como meia-noite -- isso vai acabar com a sua noite anterior e vai te quebrar pro resto do dia.

Hugo
HugoPermalink

Riq, mantendo-me fiel à política do viajar mais pagando menos, peguei minha passagem e da minha esposa com pontos Smiles.

Vendo seu comentário já descartei Lyon como destino.

A sugestão de ir para Paris e pegar o TGV só me desanima porque se o voo atrasar e eu perder o trem quem terá que resolver o problema sou eu. Indo de avião, se tiver algum atraso na conexão, a companhia é que vai organizar tudo.

Mas eu lembrei que você havia me dito uns tempos atras que Nice também é uma bom lugar para se chegar na Provence. Fiz algumas buscas e encontrei o seguinte voo:

Saída de Praga às 09:45 e chegada em Zurique às 11:05. Saída de Zurique às 12:50 e chegada em Nice às 14:05. O tempo de conexão é de 1h 45m e a saída de Praga não é tão cedo. O preço é em torno de 500 reais. O único problema é que Nice fica mais distante.

Ou seja, ficaram duas opções.

Voo para Nice: sai mais tarde, tem bom tempo de conexão, é um pouco mais barato, mas chega em Nice.

Voo para Marselha: sai muito cedo, o tempo de conexão é até um pouco exagerado (3h), mas chega em Marselha às 12:30.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Beleza.

Procurei no site da Air France e da SNCF alguma conjunção vôo + trem, mas não achei. Provavelmente confundi com Lufthansa + Deutsche Bahn.

Nice é tão distante do Lubéron quanto Lyon; a diferença que é o caminho é todo visitável. Fazer sem parar, porém, dá no mesmo smile

Pra fazer direto sem parar pelo caminho, acho melhor Marselha.

Tentações para fazer caso chegue por Nice:
1) pegar o carro, fazer os circuitos das Corniches até Mônaco, passando por Èze, dormir em Nice, e continuar no dia seguinte pela auto-estrada;
ou
2) pegar o carro, ir pianinho pela costa até Cannes, passando por Antibes, e dormir em Cannes ou St Paul de Vence, continuando no dia seguinte.
(Caso optem por esse, nunca deixem bolsas à mostra no carro estacionado).

Hugo
HugoPermalink

Riq, nesse final de semana decido qual voo. Quero olhar com antecedência porque minha esposa tem pontos na TAM que irão vencer, e como a Lufthansa e a Swiss Air são parceiras TAM, tentarei pegar pelo menos uma passagem com pontos.

O voo de Marselha me parece melhor. Só atrapalha o fato dele sair muito cedo (07:00h), o que pode incomodar por causa do fuso, como você bem disse.

Alexandre Magrineli dos Reis

Comandante e demais trips, estou neste momento em conexão no aeroporto de Lisboa indo participar de um Congresso em Faro. Alguém já esteve lá e me passas aquelas boas dicas ou já viu, leu, ou ouviu informações sobre lá??? Abraços lusitanos a todos

Silvia
SilviaPermalink

Olá Ricardo, olá trips!

Alguém tem alguma informação sobre viajar com o passaporte europeu? Vale a pena? Vou só para França, Protugal e Espanha. Me disseram que tenho que apresentar o brasileiro na hora de entrar e sair do Brasil e o europeu por lá? É isso mesmo? Não dá problema?
Valeu!!!!
Abs,
Silvia

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não dá não, muita gente faz isso. Para entrar e sair do Brasil é obrigatório usar o passaporte brasileiro.

silvia
silviaPermalink

Obrigada, Riq! e parabéns pelo site.... na volta passo por aqui p/ contar como foi!
abs

Otávio Bulhões
Otávio BulhõesPermalink

Me desculpa, mas ouvi um conselho seu hoje na Band que não concordo muito.
O Leste Europeu de trem é um pouco perigoso.
Em 2009 viajei com meu cunhado bastante, entre outros, Munique (ocktoberfest) - Viena; Viena-Praga; Praga-Frankfurt, , e neste último trecho "o buraco foi mais embaixo", sendo que todos os outros são bem tranquilos.
Não sou fresco e por força da profissão sou obrigado a andar em lugares que poucos tem coragem de ir no RJ, contudo, sofri um certo "desconforto" pela República Tcheca no trem e não foi por causa de não estar habituado ao local, uma vez, que conheço Praga muito bem, consigo até mesmo andar de bonde ou ônibus pelo local.
Bem, resumindo, acho perigoso para uma família ou no mínimo desconfortável encarar um trem com pessoa que fumam e bebem a viagem toda.
Aliás, os trens são bem ruins, com cheiro muito forte de mofo, sem serviço de comida, tendo apenas no último vagão um Sr. vendendo cerveja.
O trem que peguei em Praga, e foram duas vezes em viagens diversas, parecia saído do início do sec. XX e a estação de trem de Praga é uma porcaria, falta informação e os tchecos não são muito solícitos.
Como sua dica era para lugares um pouco menos desenvolvidos que Praga acredito que os problemas relatados devem acontecer na maioria dos lugares.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Dentro do Leste Europeu, é melhor ir de trem do que de carro. Praga-Frankfurt eu faria de avião, é longe demais para fazer de trem.

Alexandre Schmid
Alexandre SchmidPermalink

Prezado Otavio,
Voce lembra o tipo de trem que utilizou? Os EC (EuroCity) que fazem o mesmo trajeto são bons.

Sonia Granato
Sonia GranatoPermalink

Olá Ricardo,
Pra viajar de trem entre Budapeste-Viena-Praga em maio é melhor sair daqui do Brasil com as passagens compradas ou melhor deixar para comprar lá?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Você pode tentar comprar os bilhetes no site das ferrovias austríacas, http://www.oebb.at/en/index.jsp .

(Nunca tentei, então não sei se no final é e-ticket ou se eles mandam o bilhete pelo correio.)

Se não conseguir, deixe para comprar lá, ao chegar.

Há também a alternativa de usar http://www.raileurope.com.br , mas há sobretaxas.

Hugo
HugoPermalink

Na minha viagem para a Europa separei 4 dias inteiros em Praga. Ainda devo aproveitar um pouco mais porque chegarei na cidade às 10:30, então no total serão 4 dias inteiros e meio.

Minha dúvida é se vale a pena separar um dia para ir em Cesky Krumlov. Já vi que é um bate e volta muito cansativo (3 horas de ônibus para ir e mais 3 horas para voltar), mas já vi relatos de pessoas que fizeram e acharam que valeu a pena.

Fico somente com receio de 3 dias e meio serem pouco para Praga. O que acham?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Deixe pro último dia, caso já tenha dado a cidade por vista. Mas no meu caderninho 3 horas pra ir e 3 pra voltar é perrengue demais...

Hugo
HugoPermalink

É verdade Riq, 6 horas de viagem para um bate e volta realmente está parecendo um programa de índio.

O pior não é nem ficar 6 horas viajando, mas são as 6 horas que poderíamos estar passeando em Praga. Vou pensar mais um pouco, mas me parece que Cesky vai ficar para um próxima oportunidade.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Acho que Cesky se encaixa bem no trajeto entre Viena e Praga. Fora isso... você vai ter a chance de encontrar por outros caminhos na Europa outras cidades tão bonitas quanto.