Férias B&B: Bonito e Boipeba

cairu450.jpg

Depois de postar um ótimo guia-resumo de Bonito (em que recomenda, sim, ir para lá em julho), a nossa Emília começa a colocar no ar sua viagem à ilha de Boipeba. Chegar lá é complicado, mas o trajeto inteiro é interessante. Aí na foto está Cairu, uma das cidades mais antigas do Brasil — se você vier de Salvador, vai passar por ela na ida e na volta.

30 comentários

Sylvia, te entendo…mas será que não dá para arriscar fora de datas complicadas, como feriados e férias?
Eu não tive problemas para ir e voltar de Salvador (tive um atraso chatíssimo de 5 horas na ida para Campo Grande, com a TAM 🙁 , mas essa é outra história…).
Mas você sabe que eu gosto muito de viajar de carro? Adoro colocar o pé na estrada, num dia bonito, música boa no carro, vários mapas 😀 Como você sugeriu no post do Ernesto, realmente temos muitas coisas boas ao redor de nossas cidades e essa é uma ótima oportunidade para descobri-las 🙂

A Emília anda provocando conflitos mentais no nosso dia-a-dia no trabalho, com esse moooooonte de fotos coloridas e refrescantes que ela posta!

Nem fala Emilia … essa era para ser a minha proxima viagem,
com post do comandante e tudo mais …sniff…não vai rolar esse ano 🙁
Não dá para encarar estes voos saindo aqui do sul com este caos aéreo.
Para sair de Poa agora só de carro , então as opções são Florianopolis
e Punta del Este . Boipeba fica na manga, quem sabe ano que vem ? sniff..

Que bom que gostou, Riq…e obrigada pelo post 😀
O próximo vai ser sobre o que realmente interessa: as praias 😉

Renata…eu não perguntei sobre salva-vidas, não 🙄 , mas eles deve ter, sim. De qualquer maneira, quando for combinar o transfer, já fale da sua preocupação e que você pre-ci-sa de um salva-vidas. Eu achei o pessoal de lá muito atencioso, eles provavelmente irão te atender. Talvez para você seja melhor ir por Torrinha, mesmo: vendo pelo mapa, o trajeto cai para menos da metade daquele que eu fiz. Riq, de lanchinha você levou uns 20 minutos para chegar na Boca da Barra, eu imagino?

Meninos, obrigada pelas visitas à minha salinha de estar 😀

ok, ok, vocês me convenceram. acredito que não vou morrer afogada desta vez. vou passar o reveillon em Boipeba, finalmente! é que meu medo de água é sério – não é de lancha não, Riq, é de qq coisa que flutue..rsrs. já pensei em ir pelo Morro, na Jardineira, mas com certeza a travessia pequenininha não tem salva vidas. vai parecer algo do tipo a travessia de Caraíva e juro que não aguento. acho que vou de Torrinha mesmo, vou descobrir se tem colete na lancha (nunca é tão óbvio), senão levo daqui. cada mico que a gente paga…

Vindo de Salvador, o jeito mais bonito de chegar é esse que a Emília fez.

Pra ficar menos tempo na água, é melhor ir por Torrinha, que é o ponto do continente mais próximo da ilha. (Ou ir de jardineira, desde Morro de São Paulo; você só vai precisar atravessar o Rio do Inferno para chegar.)

Dá também para ir pelo jeito roots, pegando o barco de linha que vai devagarzinho (leva umas três horas de Graciosa a Boipeba). Se você tem medo de lancha, acho que esse é o canal.

Sempre peguei a lancha em Torrinha. Não me lembro de ter posto colete salva-vidas, mas acredito que os lancheiros tenham, sim.

Emilia
thanks. Boipeba é “meu destino” faz anos, mas nunca dá certo.. Pra você ter noção, já fiz amigas por telefone lá, de tanto que ligo.. 😆
me ajude em uma coisita só: os caras têm colete salva vidas no barco????
o grande impasse de mi vida é que amo a bahia mas tenho medo, pavor, paúra, de água. já passei situações horríveis em Caraíva, Barra Grande, até em Búzios!! rsrs Affe, tenho medo até da Balsa de IlhaBela.
Será que consigo ir pra Boipeba sem risco de morrer afogada?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.