Fotoblog: Rojo Tango 1

Fotoblog: Rojo Tango

rojotango14

Existem coisas que começo recomendando porque me parecem interessantes. Algumas dessas coisas são testadas por intrépidos trips, que depois contam até onde a minha intuição estava certa, ou não. O engraçado é que, quando a minha recomendação acaba testada e aprovada, eu não considero o dever cumprido; aí sim é que me bate uma vontade irremovível de experimentar a coisa na primeira pessoa.

rojotango10

Aconteceu com o Rojo Tango, o espetáculo de tango para turista do über-starckizito hotel Faena, em Buenos Aires. Eu comecei a indicar o show por conta (1) da beleza do site; (2) da minha pavorosa experiência no ultrabrega Viejo Almacén (onde os dançarinos fazem ora ginástica, ora acrobacia, e há um bloco interminável dedicado à música… andina), que me botou uma pulga argentina atrás da orelha com relação a shows de tango tradicionais; e (3) do fato de nem todo mundo curtir a minha outra indicação, o show intimista do pequenino Bar Sur, que eu adoro mas que (sempre aviso!) não oferece aquela produção de encher os olhos.

rojotango19

A recomendação ficou mais quente quando o entusiasmado do Breno B. foi conferir e gostou tanto que acabou dormindo aquela noite no hotel. (Um ano depois ele voltou e repetiu a dose, feliz da vida.)

rojotango12

Pois bem: fui. Vi. Adorei adorei adorei.

rojotango17

É pra turista, claro. Mas tem um bom-gosto que duvido que se ache em outro show de tango. O espetáculo é classudo do início ao fim. É de graaaande beleza e exuda sensualidade o tempo todo, sem nunca partir para a apelação. Os bailarinos dançam — não fazem acrobacia nem ginástica olímpica. A acústica é perfeita, e a banda — superjovem — brilha, especialmente na execução de “Adios Nonino”, o clássico de Piazzola, quando os holofotes se voltam para os músicos (e ninguém sente falta dos bailarinos).


rosedal600300-thumb
Buenos Aires verde

rojotango18

Se é para pôr defeito, aí vai: o palco é baixo, e da platéia a gente não vê as pernas dos dançarinos — e com isso acaba perdendo um pouco do tango. Se você jantar, peça para ficar na primeira fila — ou, se já o gargarejo já estiver ocupado, nas mesas mais altas ao fundo da sala. Quem vai só para ver o show não tem essa possibilidade de escolha.

rojotango13

Ao fim do show, estávamos em êxtase. Valeu cada centavo de dólar investido.

Ao fim do show, estávamos em êxtase. Não, não é barato. (Nenhum show de tango pra turista é.) Mas valeu cada centavo de dólar investido.

rojotango8

Mesmo sem jantar, um casal vai pagar para ver o show o mesmo que pagaria para dormir num apartamento standard do Faena. Mas quer saber? O show entrega a experiência Faena mais redondinha, e sem nenhum risco de decepção (já quem se hospeda nem sempre curte as starkizitices do apartamento).

Para uma, ahn, degustação mais completa do hotel, sugiro que você marque o jantar no El Mercado, o restaurante prêt-à-porter do Faena, que é lindo, tem comida razoável e não é caro. O show é às 22h; você pode marcar o seu jantar para as 20h ou a meia-noite.

(Caso façam com você o que tentaram fazer comigo — empurrar para o Bistró, o restaurante gastronômico do hotel –, recuse. O Bistró é starckizitíssimo e a comida não vale a conta.)

Rojo Tango

  • Preços e horários em 2017 | Todos os dias às 22h (jantar às 20h30). US$ 220 sem jantar incluso; US$ 290 com jantar. As duas opções incluem trânsfer e bebidas (champagne, vinho e bebidas sem álcool).
  • Assistido em 2009

Leia mais:

175 comentários

Oi, Riq e e turma do Viaje na Viagem,
Queria comprar ou reservar o Rojo Tango com antecedência , mas pelo site deles não consegui. Como vocês fizeram? Obrigada!

    Olá, Andrea! Tentou por email? Dá também para ligar por Skype ou então logo ao chegar. Não deve haver problemas para conseguir lugar.

Vou para Argentina com meu marido e filho de 9 anos. Não tenho com quem deixá-lo e gostaria muito de assistir a este show. Será que há algum empecilho, por parte da casa ROJO TANGO que ele veja o show? Obrigada pela atenção. As dicas são maravilhosas!!!

Vamos para BsAs em fevereiro e estamos muito na dúvida de qual tango assistir. O Rojo Tango com jantar está U$270 – impraticável. Li que o Viejo Almacén é hiper tradicional, mas desanimei com alguns comentários antigos (2010) aqui. Será que melhorou? O jantar também é ruim ou só a dança que não gostaram?

Prezado Ricardo, sou seu antigo seguidor, desde o 1º livro e artigos, antes da popularidade da internet, agora acompanho e me esclareço pelo site e rádio, tudo muito útil nas viagens pela Europa e Brasil. Vou pela 1ª vez para Buenos Aires e surgiu uma dúvida: qual a roupa adequada para o Tango no Faena (Rojo Tango) e no Bar Sur?
Boa sorte sempre e muito obrigado pelas ótimas dicas.

    Olá, Carlos! Aqui quem responde é A Bóia. Não tem um traje específico. Você pode usar camisa social, jeans e um sapato mais arrumadinho, como se fosse jantar em um restaurante.

Vou reservar o Bar Sur então. Se tiver outra ideia, jogue aqui que eu sou obediente 🙂

Oi, Bóia, a ideia de jantar no El Mercado, após o show, dia 17, sábado, é ótima. Vou fazer isso. Minha dúvida é o que fazer com esta turma dia 16, sexta-feira 😉
Obrigado,

    Hola, Ssemaría! Disculpe 😳

    Para a sexta, una buena idea pode ser organizar uma noitada Fuudis! Eles podem montar uma caminhada gastronômica (com entrada, prato e sobremesa em restaurantes diferentes) ou uma degustação num restaurante bacana.

    http://fuudis.com/pt/

    Outra idéia é ir ao Bar Sur, que é pequeno e tem interação com a platéia. Um grupo grande acaba tomando conta do lugar….

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.