Horas vagas: Londres

city450.jpg

O Rodrigo e o Diogo viram primeiro, e você não pode deixar de conferir o relato da temporada londrina do nosso Gira, o Jorge Bernardes do GiraMundo.

Dá para conciliar trabalho com alguma qualidade de vida turística? O Jorge prova que sim. Vai lá!

40 comentários

Oi Ricardo, eu e meu marido vamos para Europa em agosto e nosso roteiro inclui pouco tempo em Londres, então queremos planejar bem o tempo que passaremos por lá, e visto que a troca da guarda no verão ocorre um dia sim um dia não, gostaríamos de saber onde podemos encontrar informações sobre quais os dias em que ela acontecerá.
Desde já obrigada pela ajuda… e seu blog é maravilhoso! Está ajudando muito no planejamento de nossa viagem

Gosto do inverno carioca quando fica assim com sol e agradável, mas vou tem que me contentar porque nos próximos dias a frente fria chega, e depois vem outra, quando começa assim fico com medo, ano passado foram meeses de céu nublado depois de um inverno com belos dias de sol, ficamos a primavera toda e metade do verão com um dia de sol a cada 15 dias nublados e olhe lá, um porre. Frio eu só gosto com neve, este frio de Porto Alegre com chuva eu não quero nem de graça.

Sylvia, o médico falou mesmo para amamentar no pouso e aterrisagem!!!!
Carla, eu curti demais Bath. Um casal de amigos ingleses que morou lá me levou, preciso dizer que foi bem especial? Eu nunca tinha saído de Londres. Foi bem legal!

Jorge, você foi a Bath? Que delícia!!! Eu sou absolutamente apaixonada por aquela cidade – foi um daqueles episódios do tipo “não esperava muito mas me encantei completamente”… E foi ótimo, porque em seguida fui para Liverpool e tive “a” decepção da minha vida – esperava muito e não gostei da cidade nem um pouquinho… 🙁

Jorge , já vais inseminar a nossa mascote com virus do
“cartão de embarque ” ? 😆
Dica preciosa ( de uma mãe que nunca levou crianças em viagem )
que indico sempre nos voos quando os bbs começam a chorar de dor
( na decolagem e aterrisagem ) : quando começam a ficar desconfortáveis ( com dor de ouvido ) dar uma mamadeira com água
ou cházinho . Chupar o bico da mamadeira e ingerir liquido faz o mesmo
efeito do que fazemos para aliviar a pressão.
Fala com o pediatra a respeito ( e uma hora antes, nada de liquidos,
para que não recuse ).

Um post desses com a minha foto e eu o dia inteiro ofilaine!!!!
Meu momento Tommy aqui rolando solto e eu ralando!!!!

Riq, valeu pela enésima vez! Eu queria ter o talento do Sheyllo ou do Arnaldo para escrever um discurso de Miss aqui para agradecer.

Galera, muitíssimo obrigado pelos comentários! Hoje tinha vários para eu responder lá no GiraMundo. Valeu!!!!

Carla, eu tinha visto que vc tinha sugerido com a Mari sobre Bayswater. Eu li, mas não consegui ir, fica pra próxima.

Sylvia, se eu pudesse eu preencheria todas as fichas que perguntam a profissão como turista ou viajante…

Eu não acabei de postar tudo não! Ainda falta um post com algumas fotos que tirei no meu último compromisso: uma reunião ao lado da Tower Bridge e que terminou no Borough Market, a escapada a Estocolmo no final de semana e o tour que fiz em Bath no dia em que embarquei de volta!!!!

Eu juro que foi viagem a trabalho!!!! 🙂 Ralei pra caramba!!!!

Estou devendo as fotos do Diogo e do Diego do restaurante natural aqui de SP, do lado do bagulho maravilha: Borba Gato e…

Preciso terminar tudo isso até sábado quando embarco de férias com a Tati e a pequena Clara!

Adeus jejum de viagens!!!!

Sylvia:
Agora sou eu que “pego no seu pé” (coisa que por cá não se diz…)

Não é “cesta”, é “cabaz”. Achei muita graça… Às vezes faço uma coisa terrível (não conte a ninguém) que é um “copy-paste” de aulas de professores brasileiros (que depois adapto). O primeiro procedimento a seguir a esse é, quase sempre, pedir a word que substitua “cesta” por “cabaz”, pois esse é um conceito económico que aparece muito nas aulas que dou.

Mais do que esse, apenas, substituir “demanda” por “procura”.

Mas nunca me posso esquecer de uns alunos que fizeram um trabalho sobre o Brasil e que foram tão esmerados que nem se deram ao trabalho de “traduzir” e levaram o tempo todo a falar da importância do “suco” de laranja na economia do Brasil… Para nós é mais “sumo” (ainda que possa fazer confusão aos japoneses).

Bem, e já chega de “apartes”.

Acho esse espigão de Londres tão feio… Parece aquele perfume popular “Pinho” – ou algo assim. I can’t help myself, mas sempre lembro do perfume de embalagem verde quando vejo o predião.

Bah! 🙂

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.