Hotéis BBB em Praga e Budapeste

Budapeste: rua em Buda

A Geo deixou um pedido num post recente: você tem algum hotel bom, bonito e barato para indicar em Praga ou Budapeste? Pesquisei as fases anteriores do blog e encontrei resultados esparsos (a maior parte das dicas da fase ViajeAqui está perdida em Perguntódromos impesquisáveis).

Praga

Há dicas quentes nos comentários do post Praga pra Thamy e uma coleção respeitável de hotéis indicados pelos trips neste índice feito a unha do ViajeAqui (role a página).

Recentemente, o Marcelo Galvão elogiou a agência HotelsPrague.cz e a Mariana Martins agradeceu a indicação do Slatystrom, que ela pegou aqui, e que fica próximo à Ponte Carlos.

A Geo se entusiasmou com o Hotel Chopin, que parece mesmo bem bacaninha, e tem tarifas camaradíssimas (desde 60 euros). O hotel fica bem perto da estação principal (Hlavní Nádrazí), que por sua vez é ligada pela linha C do metrô à estação secundária (Holesovice, onde chegam os trens vindos de Berlim).

Confesso que da última vez que estive em Praga (em 2001) não circulei por essa região, então não sei se o entorno da estação está agradável ou não. Mesmo que esteja, porém, acho que valeria a pena fuçar hotéis mais próximos do rio, ou em Malá Strana (o bairro ao pé da ponte na outra margem), antes de fechar negócio.

O que vocês acham, pessoal?

Budapeste

Foi bem mais difícil achar dicas anteriores de Budapeste. Alguns hotéis estão compilados neste índice da fase ViajeAqui do blog, mas são poucos. Sei que houve um Perguntódromo em que se discutiu bastante uma viagem da Marcie a Budapeste, mas não consigo localizar os comentários.

Minha última vez em Budapeste foi em 1998, e hoje eu não saberia dizer qual a melhor região para ficar (acho que eu apostaria em Buda, por questões estéticas, mas não sei se é muito prático).

E aí, povo? Vocês que estiveram por lá recentemente, o que dizem? Têm hotéis recomendáveis?

Eurocheapo

Não, os caras não me pagam merchã, não. Mas sempre que vem a pergunta sobre hotel na Europa abaixo de 100 euros, meu reflexo imediato é indicar uma pesquisa no Eurocheapo.com, que é o melhor site para procurar hotéis baratos nas principais cidades européias.

Esta é a página do Eurocheapo de Praga, e esta, a de Budapeste. Vale a pena ler as resenhas dos hotéis com atenção (se o seu inglês não é afiadíssimo, peça ajuda aos universitários), porque os pontos fracos costumam ser mencionados.

Sim — porque é preciso ter em mente uma coisa ao pesquisar hotéis baratos: nenhum hotel de cidade grande na Europa cobra menos de 100 euros porque quer. Se o hotel ganhar nota alta em todos os quesitos (espaço, conforto, charme, serviço e localização), certamente vai cobrar uma nota alta na diária também.

:mrgreen:

Que venham as dicas, pois!

202 comentários

Riq & trips,

Fiquei lisonjeada de ver que minha perguntinha tímida mereceu espaço neste blog IMPERDÍVEL (para tentar resumir os muitos elogios que ele merece).
Riq, muito obrigada pela atenção! Trips, idem! Vou percorrer todas as dicas.
Engraçado, Riq, que você tocou num ponto que eu vinha me perguntando: ficar em Buda ou em Peste? Já andei por alguns blogs tentando pescar essa dica mas não vi nenhum comentário favorecendo um ou outro lado da cidade. Achei apenas algumas referências a hotéis. Sobre o Hotel Chopin em Praga: encontrei referência a ele como sendo o antigo Hotel Express,´por sua vez indicado no site da Tania, indicada pelo Arnaldo. Achei as fotos lindas e a localização parece estar dentro das indicações perto da praça Wenceslau). Vou dar uma olhada em tudo.
Aproveitando o post… alguém já voou na click4sky???? Pelo que entendi é um braço virtual da Czech Airlines. Vou fazer Praga/Veneza e ela (salvo engano) tem uma franquia de bagagem mais favorável que a Skyeurope, além de um horário melhor e chegar no Marco Polo ao invés de Treviso. Alguém comenta?
Obrigada a todos!

    É uma descoberta sensacional, Geo.

    Na definição da Wikipédia, a Click4sky http://www.click4sky.com é uma “low-cost virtual”.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Click4Sky

    Na verdade é o braço “promocional” da CSA (cia. aérea tcheca), vendendo os assentos baratos da companhia-mãe.

    A franquia é de 20 kg + 12 kg de bagagem de mão. E os aeroportos são os principais. Só o fato de usar VCE ao invés de Treviso em Veneza já valeria uma eventual diferença.

    Pois é, Riq, gostei da idéia da franquia ser mais favorável, o que vai me ajudar bastante pois irei no inverno para passar 20 dias ao todo. Não sei se vc viu, o único porém é que eles só vendem ida e volta, o que sai num valor de 98 E no total. Mas, acho que vale a franquia. No site da Skyeurope sairia mais barato porém são tantas taxas, por mala, por quito, por etc…
    Fiquei na dúvida por serem 3 voos diários na click4sky. Cancelariam um? Não sei.. acho que a Sylvia comentou algo a respeito em um post aí pra trás. Mas, o fato de o voo ser operado pela CSA é um ponto a favor da manutenção dos horários previstos. Chequei e o numero do voo é exatamente o mesmo. Como vc falou, é só um meio de vender os assentos mais baratos. Perguntei lá no Rodrigo Purish se ele conhecia e ele me disse que estava doido pra arrumar um voo por lá pra testar a companhia.
    Com tudo isso estou tentada a fazer Budapeste – Praga pela TAP (76 E, ficou mais barato que incluir na passagem intercontinental) e Praga -Veneza pela Click4sky ao invés da Skyeurope.
    Pessoal, obrigadíssima por tudo!!!
    Beijos

    Você está fazendo tudo direitíssimo, Geo! Checando todas as possibilidades e fazendo bastante conta.

    Nas rotas operadas por low-cost as cias. convencionais acabam oferecendo alguns assentos a preços compatíveis; se você chega cedo, e/ou o trecho alterar a faixa de milhas da sua passagem, fica mais barato sim.

    Mas a gente só descobre desse jeito: no lerê :mrgreen:

    Mr Comandante!!!!
    Sabe o que é? Sou leitora assídua do blog!!! ( espero um dia ser colaboradora tb). Estou fazendo o dever de casa e adoro o “netcurso sa Sylvia”. Depois de começar a “viajar na viagem” fico me perguntando como se viajava antes da internet. Sério… impressionante como esse tipo de informação compartilhada faz a diferença na viagem. Obrigada a todos. Vamos continuar o lerê. Ainda vou perturbar muuuuito!

Ai, esse post é pra favoritar ! Veio em boa hora ! Estamos querendo ir em Budapeste após o verão. Vou ficar de olho aqui !

OBS: Mas, eu não economizaria em Praga não! É uma cidade maravilhosa e que merece um bom hotel em boa localização (que eu acho fundamental)! Eu ficaria na cidade velha (onde fiquei) ou do outro lado da Ponte Carlos, na Rua Nerudova (que achei ótimo tb)! 😉

A minha dica recentíssima é pra Budapest.
Eu recomendo muitíssimo o Town Hall Apartments http://www.booking.com/hotel/hu/town-hall-apartments.pt.html

Não é um hotel. É mais ou menos como ficar em uma “casinha”. Tem fogão, geladeira, TV a cabo, internet wi-fi GRÁTIS E BOA! Limpíssimo, bem localizado, novinho, com varandinha gostosa! Perto do mercado, câmbio, metrô, dá pra fazer muita coisa andando! Enfim, eu e marido adoramos! Ficaríamos lá outras vezes fácil! 😉

Praga, minha experiência foi ruim…então, não posso indicar. 🙁

Estivemos em Praga e Budapeste no início do mês.
Em Praga ficamos no Emmy Praga Hotel- Zelene Louce, 2A (tlf: 420246020000), hotel bom, ao lado de um hospital, mas super mal localizado, para irmos ao centro era preciso pegar um bus e um trem(30 minutos no minímo) e uns amigos nossos que usaram taxi foram enganados, como comentaram em outro post.

http://www.emmy.cz/?lang=en

Já em Budapeste foi ótimo, ficamos no Ibis Budapest Vaci UT Hotel
Dozsa Gyorgy UT, 65 (tlf: 3613290200), em Pest.
O metrô fica em frente,a diária está em 68$ o casal, sem café da manhã.

http://www.accorhotels.com/pt/hotel-1685-ibis-budapest-vaci-ut/index.shtml

Em tempo: para os tripulantes que, como eu, cansarem de comida típica (goulash, páprica), recomendo insistentemente os restaurantes Cowboys em Praga (na Nerudova, bem na ladeira do Castelo), com uma vista linda, e Pampas Steakhouse, em Budapeste (isso mesmo, carne arrrentina da melhor qualidade).

Em Praga, recomendo MUITO o Ibis Praha Old Town. É novo, muito bem localizado e a diária para casal fica em torno de 80 euros.

http://www.ibishotel.com/pt/hotel-5477-ibis-praha-old-town/index.shtml

Em Budapeste, recomendo o Mercure Korona. É um pouco antigo, mas bem localizado (faz-se tudo a pé, com uma curta caminhada), bem cuidado e tem até piscina aquecida. Diárias a partir de 62 euros o casal.

http://www.accorhotels.com/pt/hotel-1765-mercure-budapest-korona/index.shtml

Tem um outro Mercure, o City Center que é ainda melhor localizado, na Vaci Utca, com preços a partir de 89 euros. Tb há vários Ibis bem localizados, mas os hotéis Mercure sempre têm promoções muito boas.

http://www.accorhotels.com/pt/hotel-6565-mercure-budapest-city-center/index.shtml

Nossa, estou parecendo garota-propaganda da rede Accor!

    Olá, estou no Íbis Old Town neste momento e não tenho do que reclamar.
    Na verdade sempre procuro um hotel com mais personalidade e nunca havia ficado em um Íbis fora do Brasil, mas esse me surpreendeu. Novo, limpo, bom atendimento, ótima conexão wifi grátis no quarto ( que eu estou usando agora) e além de fazer TODOS os passeios a pé, ele fica colado a um dos maiores shoppings da cidade, o Palladium, o que e uma mão na roda pra sacar dinheiro, tomar café da manha e comprar qq coisa.
    Recomendo!

Minha recomendação é:

Entrar em contato com Tania Sochorova, uma tcheca que fala português e é guia de portugueses e brasileiros em Praga. Escreva para ela em [email protected], cite o blog Fatos & Fotos de Viagens (dê meu nome, Arnaldo) e peça para ela dar também opções de hospedagem e tudo mais que precisar.

A Tania estudou português na Faculdade de Letras em Praga e oOferece seus serviços de city tour em português, a pé, incluindo todo o centro histórico, dicas, tradições do povo tcheco, indicação de restaurantes, bares, teatros, concertos, hotéis, etc.

    Arnaldo

    Obrigada pela dica. Eu já havia pego o endereço no seu blog. Aliás, estava na dúvida sobre o meu roteiro quando li no seu blog os posts sobre Praga ( do tipo “Vá a`Praga ao menos uma vez na vida”. Foi assim que eu me decidi! Obrigada pelas dicas. Vou escrever para a Tania e vou marcar com ela o City tour.

Budapeste e Praga são duas cidades que hotel serve só pra dormir , e ao meu ver , localização é muito muito importante . Praga 1 , o mais perto possivel da Ponte Carlos é a melhor pedida 😉

Eu tenho um hotel s-e-n-s-a-c-i-o-n-a-l em Praga, dica do PeEsse:
Hotel Atlantic, super bem localizado na cidade velha, ao lado do Teatro Nacional. Atendimento super ultra simpatico, com cafe da manha. Super bom custo X beneficio, voltei de la há menos de 1 mes atras. http://www.hotel-atlantic.cz/en
O Ibis fica ao lado e o Hilton Old Town na mesma regiao.Muito melhor ficar por ali, do que no lado do Castelo

    Bom, eu vinha dar a dica mas a Maryanne já deu antes. Em maio de 2008 eu fiquei no Hotel Atlantic e gostei muito. Foi uma bela surpresa. Não tenho aqui comigo informações precisas sobre o preço exato que paguei mas seguramente foi menos de noventa euros. Recomendo com força.