Machu Picchu

Machu Picchu: regras de visitação mudam dia 1º de julho

Ingresso Machu Picchu mudanças

Este post se referia à mudança de regras de 2017.

Pois as regras de visitação a Machu Picchu mudaram de novo em janeiro de 2019.

Conheça as novas regras clicando para ler este outro post:

Machu Picchu: as novas regras de visitação para 2019

59 comentários

Nossa, ainda bem que já fui! Parece uma forma de aumentar a arrecadação, porque meio dia, mesmo não fazendo nenhuma das caminhadas longas, é pouco tempo. E não poder sair e reingressar, meu Deus, eles vão construir um banheiro lá dentro? A entrada já é bem cara, assim como a ida e volta de lá, etc. Dessa forma ficará ainda mais dispendioso.

Estamos com a programação para irmos de carro , é permitido a entrada na cidade ?

    Olá, Meire! O único meio de chegar a Aguas Calientes é de trem. O único meio de ir de Aguas Calientes a Machu Picchu é com o ônibus do parque. Volte à casa zero e leia sobre o destino antes de programar uma viagem maluca.

Mas sabe que se realmente for pra evitar a deterioração do lugar eu acho válido. O nosso prazer de usufruir o local deveria ser menos importante que manter o local preservado. Claro, a gente quer usufruir nossa viagem ao máximo, mas convenhamos, o ser humano anda destruindo toda a natureza ao redor. Tomara que o objetivo seja atingido.

Primeiro, MUITO obrigada pelo post. Vi o aviso sobre as mudanças, mas não estava entendendo porque não mostrava disponibilidade de ingressos para visitas a partir de julho (quero ir no início de julho). Resolvido o enigmas rs. Tenho duas dúvidas :
Durante o mês de julho, para fazer o passeio sem as montanhas precisa comprar com muita antecedência? É arriscado deixar para comprar dois dias antes, por exemplo? Outra questão, com a limitação por turno se eu quiser ficar o dia todo precisarei de dois bilhetes ou mesmo que queira comprar dois bilhetes não poderei ficar o dia todo?

    Olá, Lorena! Você pode comprar dois bilhetes, claro, um para cada turno. É possível comprar ingressos comuns a poucos dias da data de entrada, mas não é aconselhável. Julho é alta temporada.

Oi Ricardo.
Estou indo para Cusco em Julho, chego 16/07 e saio 22/07 em direção a Puno. Pretendia comprar primeiro o ingresso para Machu Picchu e em seguida o trem e os hoteis (Cusco/ Águas Calientes), mas com as novas medidas não sei se devo esperar até 1º de Junho para reservar tudo ou se já garanto o trem e hoteis, antes de comprar a entrada para Machu Picchu. A idéia seria após um tour em Pisac e Ollanta (dia 19/07), ficar em Ollanta e pegar o trem a partir das 17 hs para Águas Calientes. No dia 20 conhecer Machu Picchu e retornar no meio da tarde para Cusco. Acha que corro o risco de não conseguir ingresso assim que retornem as vendas? É melhor esperar para reservar tudo após a compra do ingresso?
Sem querer abusar, o trekking a Vinicunca deve ser feito no dia anterior ou posterior à visitação de Machu Picchu?
Parabéns pelo Blog, sempre que viajo, busco informações nele. Muito show seu trabalho.
Desde já agradeço.

    Olá, Beatriz! Comprando cedo em junho você certamente conseguirá seu ingresso para qualquer dia de julho.

Se eu comprar hoje o ingresso com Huaynapicchu ou Montaña Machu Picchu ficarei o dia todo ou meio período? Digo isso, pois pela consulta feita hoje não há ingresso disponível para dia todo em 24/09.
Abcs

    Olá, Tiago! Os ingressos para qualquer data depois de 1º de julho só começarão a ser vendidos em 1º de junho. A subida a Huaynapicchu pode ser feita em dois horários, que você vai escolher na hora de comprar o ingresso. Pelo que podemos entender hoje, sim, será necessário completar o circuito de visita à cidadela e a trilha específica dentro de um turno de 6 horas (manhã) ou 5 horas e meia (tarde).

No início do texto diz sobre o endurecimento das regras de visitação com o objetivo de reduzir os danos à cidadela, mas, pelo que entendi, vão aumentar o número de visitantes por dia podendo até dobrar esse número. Se não me engano eram 2600 por dia. Agora poderá ser 2600 por turno. Ou será 1300 por turno…. vamos aguardar. No mais acho que deveriam ter implementado estas mudanças em dezembro ou janeiro quando a visitação diminui e seria mais fácil corrigir eventuais problemas.

Olá Ricardo, estou indo a Machu Pichu no dia 15 de maio (chegamos às 16:00 no aeroporto de Cusco, se não tiver atraso). Estava pensando em dormir em Aguas Calientes no próprio dia 15, para poder chegar o quanto antes em Machu Pichu. O que você acha da ideia? Infelizmente será uma visita super rápida. Chego no dia 15, tenho apenas 16 e 17 para passear, e dia 18 às 12:00 eu já volto. Por isso, minha ideia é chegar dia 15 em cusco, ir para Aguas, visitar Machu Pichu no dia 16, e no voltar para Cusco a tarde, para curtir os passeios por lá no dia 17. Minhas duas duvidas são: (1) acha que vale fazer isso de ir dormir em aguas calientes n dia 15 ou vc dormiria em cusco e pegaria algum transporte no dia 16 cedinho?; (2) caso você ache melhor a opção de dormir em aguas calientes, existe algum transporte facil de cusco para Calientes a noite, lá para as 18-19:00? Muito Obrigado pela ajuda. abraços

    Olá, Ivo! Consulte os posts linkados no texto, por favor.

Choquei!
Ricardo, estamos com passagens e hotéis reservados utilizando seu post dos 9 dias no Peru. Ainda não compramos os ingressos pra Machu Picchu, agora nessa versão, o que recomenda das três modalidades de ingressos ser mais “proveitoso” para conhecermos lá? Peguei dois dias inteiros (acrescentei no roteiro) se puder me ajudar agradeço muito!

    Olá, Tati! Quem responde é A Bóia. Se for antes de 1º de julho, não muda nada. A partir de 1º de julho, a maior mudança é que você precisará escolher entre o turno da manhã e o da tarde, só isso. Quem dormir em Aguas Calientes deve comprar o ingresso matutino (mas também pode comprar o vespertino se o matutino acabar). Quem vier de Cusco terá que comprar necessariamente o vespertino.

    Não há três tipos de ingresso; os outros dois ingressos são para quem vai combinar com Huaynapicchu ou Montaña Machu Picchu. A decisão de qual circuito de visita (o 1, o 2 ou o 3) fazer não é determinada na compra do ingresso. O Ricardo Freire deixou claro no texto que recomenda o Circuito 1, não há por que ter dúvidas.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.