LATAM

LATAM, a nova marca de TAM e Lan

LATAM

Depois de dois anos de estudos e discussões, TAM e Lan começam a aposentar suas marcas originais. “Não foi fácil”, dsse Mauricio Amaro, filho do Comandante Rolim e chairmain do grupo LATAM. “A marca TAM já tem 40 anos; a marca Lan, 80 anos”. Enrique Cueto, CEO do grupo, comentou a dificuldade dos chilenos em se desvencilhar da estrela que é o símbolo da Lan há 50 anos: “es algo que costa y duele”.

Foi anunciada hoje, num evento simultâneo no Brasil e no Chile, a nova marca conjunta das cias. aéreas que formam o grupo LATAM. E a nova marca é justamente… LATAM.

LATAM

Para a expectativa criada em torno do anúncio, a falta de novidade do nome é frustrante. Mas a escolha faz sentido: o nome junta as marcas originais e ainda significa “América Latina” — uma qualidade importante de uma empresa que tem subsidiárias na Argentina, no Peru, no Equador, no Paraguai e na Colômbia. O novo símbolo da cia. é um mapa estilizado da América do Sul (que num primeiro momento eu etendi como uma tocha acesa).

Se o novo nome tem um defeito, é o de soar mal em português: piadinhas com latão e lata-velha agora serão lugar comum quando os passageiros tiverem qualquer entrevero a bordo dos jatos da cia. renomeada… (Acredito que boa parte desses dois anos de estudos da nova marca tenha sido consumida pela avaliação de como o novo nome soa aos ouvidos brasileiros.)

As marcas individuais Lan e TAM não morrem imedaitamente; a nova marca foi anunciada, mas ainda não foi lançada. O primeiro avião pintado com a nova marca vai aparecer no primeiro semestre de 2016. O site da LATAM também só vai vender passagens no próximo ano.

A integração entre as cias., porém, vai se estreitando rapidamente. Por exemplo: a partir de novembro, o vôo São Paulo-Milão vai ser originado em Santiago e operado em aviões da atual Lan. O futuro hub do Nordeste, dsputado entre Fortaleza, Natal e Recife, vai servir de centro de distribuição de vôos para as várias bases sul-americanas do grupo.

E você? O que achou da marca? Conta pra gente!

21 comentários

Olá,
Comprei duas passagens no site da expedia para vários destinos, POA-SANTIAGO DO CHILE E SANTIAGO DO CHILE – CALAMA (IDA E VOLTA). Ao receber o email da compra, me deparei com DOIS códigos de localização, LATAM Airlines Brasil e
LATAM Airlines Group. Porém, ao localizar no site Brasileiro da latam, o trecho de ida de POA-SANTIAGO DO CHILE, não aparece, somente aparece os trechos de SANTIAGO DO CHILE-CALAMA e a volta CALAMA-POA. Mas, ao entrar no site latam.com, e entrando com o localizador da LATAM Airlines Group, que é diferente do outro localizador é possível visualizar todos os trechos (correto). Comunicando-me com a expedia pelo 0800, o atendente me falo que as passagem foram compradas em mais de um grupo da latam. Pergunto a vocês se essa operação é frequente pela empresa, e se não terei problema para viajar?

    Olá Boia, irei lhe incomodar mais um pouquinho, mas a minha ansiedade fala mais alto. Liguei para o 0800 da LATAM e eles me informaram que somente conseguem ter acesso a um dos códigos localizadores que me foi fornecido, e nesse não aparece o trecho supracitado. Quero acreditar que os atendentes são terceirizados e não funcionários da própria LATAM pois esses não conseguem me dar uma informação conclusiva de eu ter dois códigos localizador e um deles não aparecer um dos trecho da viagem. Preciso saber se isso já aconteceu com você, pois a sua resposta sim foi conclusiva, “[…]Está tudo certo.”,

    Olá, Tiago! O Ricardo Freire já viajou várias vezes com itinerários comprados em agências online, sempre deu certo. A integração Tam-Lan é notoriamente ruim. Você tinha visto os vôos no outro localizador do site chileno, não tinha? Se você está com dúvida, pode ligar no atendimento telefônico da agência online que vendeu a passagem e se não gostar da explicação pode solicitar o estorno da compra junto ao cartão de crédito.

tem pessoas que so sabem criticar as coisas mas eu acho que o nome ficou muito bom mesmo omenagem aos latinos isso sim é saber fazer as coisas certo

Eu gostei. Muito melhor que os logos atuais de Lan Chile e TAM. E o fato de o símbolo ora parecer com a América do Sul, ora com uma tocha, eu achei positivo por associar o fogo ao temperamento dos latino-americanos. Só acho que o mapa poderia ter uma extensão estilizada para cima para englobar toda a América Latina, já que foi esse o mote do acrônimo LATAM. Mas no geral eu daria nota 9.
Agora estou curioso para saber como será o esquema de cores das aeronaves!

O logo em especial merecia mais cuidado e sem dúvida criatividade dos Publicitários. Quem sabe uma sugestão enviada aos próprios passageiros?
Tipo… – Ajudem-nos a escolher a nossa nova marca.

Interessante o conceito do Mapa, mas se parece mesmo com uma tocha queimando a América Central. Isso sem contar nas associações negativas a LATAM (latrina e aí vaí…)
Merecia mais cuidado até mesmo com os 40 anos de nossa TAM que é um patrimônio nacional com o saudoso Comandante Rolim.
Lembro-me agora de seus mandamentos que transcrevo logo abaixo:

“O sonho brasileiro”, livro de Thales Guaracy, é um dos meus preferidos, pois conta a história de como Rolim Adolfo Amaro criou a TAM e sua filosofia de negócios.
No livro, uma das partes mais interessantes é quando o autor transcreve uma palestra que o comandante deu em São Paulo, no dia 12 de Nov. 1995, para revendedores de motocicletas Honda. Nesta, Rolim
explicou um a um seus sete mandamentos:

1º mandamento: Nada substitui o lucro;
2º mandamento: Em busca do ótimo não se faz o bom;
3º mandamento: Mais importante do que o cliente é a segurança;
4º mandamento: A melhor maneira de ganhar dinheiro é parar de perder;
5º mandamento: Pense muito antes de agir;
6º mandamento: A humildade é fundamental;
7º mandamento: Quem não tem inteligência para criar tem que ter coragem para copiar;
Livro: “O sonho brasileiro”, Thales Guaracy, 1ª Edição, Editora A Girafa.
Por Ricardo Fenelon Junior – Fonte: Hangar20

Gostei do logo, de cara já associei a América do Sul, mas o nome não me soou bem mesmo. Também fiquei com dó da Tam terminar assim.

Bom, parece que o som de LATAM é ótimo pra todo mundo menos para os brasileiros. Até aí tudo bem. Mas dizer que essa tocha aí (que era pra ser o mapa da América Latina) é atual e dinâmico já é demais. Logo totalmente feia (apesar do conceito ser bem subjetivo) e primitiva, eu diria.

O fato é o seguinte: o logo e a marca são feitos para passar uma mensagem aos clientes. De uma forma geral, (me parece) os brasileiros não gostaram. Logo, o trabalho foi mal feito, ou não atingiu seus objetivos. Ponto.

Em todo caso, até por conta da extrema falta de concorrência nesse país, não imagino que alguém vá deixar de utilizar a Tam por conta do logo. Então que venham preços melhores e vamos em frente.

Logo e Marca… soa como LATrina AMerica… terceiro mundo e pela porta dos fundos. Vermelho e Branco… e ás cores do Brasil ?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.