Vinhedo no Cerrado

#Linkódromo | Pirenópolis: os queijos e vinhos do Cerrado, no Ensaios de Viagem

Vinhedo no Cerrado

Foto | Camilla Kafino, do Ensaios de Viagem

Pirenópolis, a cidade-satélite histórica de Brasília (ops, exagerei), a 140 km da capital, não tem só casario centenário e cachoeiras, não.

No caminho de Brasília até lá encontram-se duas preciosidades curiosas: uma pequena vinícola de autor, que está conseguindo bons vinhos no Cerrado; e uma fazenda de suíços que produz queijos… suíços em Goiás.

Quer saber mais? Dê um pulinho no Ensaio de Viagem: a Camilla Kafino fez um wine tour que proporciona um queijos & vinhos in loco.

De Brasília ela saiu para Corumbá de Goiás, para acompanhar a produção de queijos na fazenda da Queijaria Alpina, e de lá para Cocalzinho de Goiás, onde visitou o vinhedo e degustou os vinhos da Pireneus.

Passa lá e aproveita para ver todas as superdicas de Brasília que a Camila tem 🙂

Leia mais:

6 comentários

Muito Legal!!!
Sou fã número 1 de Pirenópolis!!!
Na próxima vez que estivermos visitando a família da esposa, em Brasília, iremos nessas Boas!!!
Abraços,
Vladimir.

Só lembrando que Pirenópolis fica em Goiás e não no DF. Quando falam de Pirenópolis só se referem a Brasília e esquecem que Goiânia é ainda mais perto de Pirenópolis do que Brasília.

    Marcelo, são apenas 10 km mais perto. Mas o goianiense não dá a menor bola para Pirenópolis. Assim como não fez pela Cidade de Goiás, que é ainda mais interessante do que Pirenópolis, o que o brasiliense fez pelo turismo em Piri. Da mesma maneira como não dá a mais ínfima importância à herança art-déco de Goiânia, que está abandonada e é virtualmente desconhecida pelos moradores.

    Eu estou simplesmente abismado com a repercussão dessas três palavrinhas, cidade-satélite de Brasília. De um lado, brasilienses preconceituosos, que não conseguem enxergar a blague da proximidade e acham que cidade-satélite é sinônimo de lugar degradado ou inviável de visitar. E de outro, goianos com um orgulho ferido e um bairrismo fora de lugar. Pirenópolis fica em Goiás, a fazenda de queijos fica em Goiás, o vinhedo fica em Goiás, mas o passeio que a Camilla fez foi organizado por uma agência de Brasília. Em Goiânia duvido que vendam passeios que não sejam a Caldas Novas ou a Aparecida de Goiás.

    E a propósito, deixo aqui como registro o que aconteceu quando tentei ir de Goiânia para Pirenópolis.

    Passar bem todos vocês.

Cidade satélite de Brasília não foi um exagero, foi um descrédito para a cidade de Pirenópolis, que está para Brasília como Búzios para o Rio de Janeiro, isso sim!

    Búzios? Não seria mais adequado Paraty?!? 🙂

    Não quero dizer nada, mas acho que seu comentário foi um descrédito para Taguatinga…

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.