Não vai ser pro nosso bico, mas…

tropical450.jpg

Fiquei feliz de saber que o grupo Orient-Express ganhou a licitação para operar o Hotel das Cataratas, o único dentro dos limites do parque nacional de Foz do Iguaçu.

Tinha um zunzunzum lá em Foz defendendo que o hotel virasse museu — uma desculpa para ele parar de fazer concorrência aos hotéis de fora do parque.

Com o Orient-Express na parada, o Hotel das Cataratas, que era simpático mas já tinha visto dias muito melhores, deixa de ser apenas clássico e volta a ser classudo.

cataratas450.jpg

Daqui a um ano, quando reinaugurar depois da reforma de 10 milhões de dólares prometida pelo O.E., o Hotel das Cataratas vai formar com o Copacabana Palace e ao Convento do Carmo o nosso trio de hotéis-monumento de primeira classe.

(E esse novo Hotel das Cataratas não vai competir com a hotelaria de Foz, não — está em outro patamar, e vai atingir outro público, e trazer Foz à baila em revistas e jornais bacanas.)

Além dos três, o time de hotéis top top top do Brasil que não são pro nosso bico inclui o trio paulistano UniqueFasanoEmiliano, o futuro Fasano Vieira Souto, o Txai e o futuro Warapuru em Itacaré e a Ponta dos Ganchos em Santa Catarina.

Nunca fui ao Refúgio Caiman, no Pantanal, mas me parece que seja um belo “lodge” de nível internacional. E na Amazônia, quando teremos um hotel à altura da paisagem?

53 comentários

Menina Eva, eu tb sou de Manaus, apesar de não morar mais ai… trabalhei 4 anos na gestão de turismo da prefeitura e por conta disso precisava visitar hotéis, pousadas e afins… O Ariau é um pseudo hotel ecologico, que joga poluentes no rio, que nem aos gringos agrada mais tanto por conta da dimensão que ele tomou… não vale um milésimo do que cobra. Eh um hotel que recebe estrelas e faz midia, mas não possui nenhum diferencial… Infelizmente o turismo no Amazonas esta ha anos luz de ser uma coisa decente… e falo isso por experiência e pesquisas dentro da area, não como hospede ou visitante. Acho uma pena !

Ariaú, faude? Porque?

É Hotel pra gringo. E é um super hotel.

Tem o Tropical, em Manaus – onde moro.

Mas, cá entre nós, prefiro hotéis mais simples.

Tambem fiquei feliz com a noticia. Sou fã das Cataratas e acho que o melhor lugar para se hospedar é dentro do parque mesmoç mesmo mofado 😉
Há 3 anos organizei a viagem de meu chefe que vinha de fora e não tive dúvidas em colocá-lo no hotel. Ele não reclamou 🙂

Quando eu tiver 500 mil sobrando farei um roteiro por esses hotéis.

Se eu tiver 1 milhão, aí o roteiro será fora do país.

Sylvia,

Concordo com você. As Cataratas são de tirar o fôlego, qualquer um que invista seriamente vai ser lucro na certa.

Pessoal, tô indo pro Rio (bate-e-volta, infelizmente).

A gente se vê no GNT, hoje, 7 da noite.

Fui!

A minha primeira vez em Foz foi no Cataratas.
Eu tinha uns 12 anos e achei o hotel mais do que o máximo.
Muitos anos depois passei lá novamente e estava abandonado ao mofo.
Mas convenhamos, com aquela localização qualquer investimento
retorna rapidinho com os estrangeiros .

Na Amazônia ? Nunca ! Com aquela fraude do Ariau…

Mas li essa noticia num jornal de Manaus em abril:

“Uma cooperativa italiana sem fins lucrativos investe na construção de um hotel ecológico em Novo Airão (a 115 quilômetros de Manaus). O empreendimento de R$ 27 milhões deve ser inaugurado em dezembro deste ano com a bandeira Accor. O projeto chamou a atenção da Universidade da Paz, da Organização das Nações Unidas (ONU), que vai mandar dois técnicos para estudar o método empregado – fazer intervenção social por meio de empresas. A velha fórmula dos projetos sociais dá lugar ao desafio de desenvolver o espírito empreendedor nos interioranos para que gerem renda…”

Vai ser o Mercure Amazonas… mas eu soube disso nos anos 90 e nunca mais tive noticia que esse hotel realmente saisse… vamos ver se vai mesmo vingar.

esse hotel ainda funciona ou nao? To querendo visitar Foz e queria um hotel que ficasse proximo das Cataratas

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.