Serra do Rio do Rastro: a nuvem e o passageiro

mirante-serra-rio-do-rastro

Esperei a névoa se dissipar em São Joaquim para pegar a estrada.

À medida que eu avançava pelo caminho (são 53 km da cidade até o início da descida da serra), o tempo só fazia melhorar.

Até que… faltando pouquíssimo para chegar, percebo o paredão de neblina lá adiante.

Tinha uma nuvem estacionada bem na beira do mirante.

Fui visitar o Eco Resort, que fica na outra margem da estrada (e estava todo visível), na esperança de que aqueles 45 minutos fariam a névoa se dissipar.

Que nada…

serra-rio-do-rastro-1

Este quati, por exemplo, não está na frente de um parede branca. Ele está na mureta do mirante. A parede atrás dele é a neblinona, mesmo.

Bastava descer um pouquinho, porém, para ficar embaixo da nuvem.

Os mirantes já não ofereciam a clássica vista “aérea” da estrada, mas ainda assim o caminho era impressionante. 

O vale é bem estreito e a gente desce por bastante tempo rente a um poderoso paredão verde.

serra-rio-do-rastro-2

Esta é a visão do último mirante, já no final da descida:

serra-rio-do-rastro-4

Depois de descer a serra, porém, é difícil achar bonita a continuação da estrada até a BR 101 (à altura de Tubarão, bem no sul do litoral catarinense).

Se você não vai combinar esta serra catarinense com uma visita a Laguna ou uma estada na Praia do Rosa, é mais bonito dar meia volta e regressar a Floripa por Urubici e pela BR 282, que é belíssima.

36 comentários

Isso me faz lembra época da faculdade em 2005…Serra da Graciosa com a galera do 4o ano do Turismo. Foi com tanta neblina que ficou na lembrança por esse motivo. Bom demais.

Riq, quase que eu escolho o Madero!!! Obrigada pela dica, achei que desse para sair a pé a partir dele. Depois que a gente vê o site do CasaSur fica tão difícil gostar de outro…Mesmo o quarto king do Art Hotel é beeeemmmm mais em conta que o executivo do Casa Sur. Vou contar as bala$$ da carteira,hehehe.
Mais uma vez obrigada, viu?

    O Madero é bem pertinho do Faena, Ana.

    Eles ficam num canto mais afastado do Puerto Madero propriamente dito. É um lugar que se pretende badalado (o Faena é, pelo menos com gringos), mas ficando por lá a gente perde a experiência mais bacana da cidade, que é curtir a pé, como a Zona Sul do Rio.

    (Nada, claro, que um taxizinho de 8 reais e menos de 10 minutos não resolva. Mas esse Casa Sur parece ser mesmo o máximo.)

    Ana, uns tempos atrás estava olhando uma viagem para BAs e cheguei a ver o Casa Sur. Ele parece bem interessante, mas o preço é alto. A localização é ótima e entre ele e o outro em Porto Madero, eu sugiro o Casa Sur.

Riq e tripulação, sei que o assunto é batido mas será minha primeira vez em BsAs. Irei dia 30 de maio com meu marido e filhos de 17 e 12 anos, e ficaremos 4 dias. Estou em dúvida entre o Hotel Madero em Puerto Madero e o CasaSur na Recoleta. Pensei tbém no Art Hotel, mas o site não mostra muita coisa. Alguém conhece ou já se hospedou num destes?

    Ana, o Hotel Madero é muito bacana, mas a localização é ruim (só dá pra sair de táxi).

    Recoleta nunca tem erro. E esse Casa Sur, que eu não conhecia, parece sensacional, mesmo http://www.casasurhotel.com/Hotel-Buenos-Aires-Argentina/Home.

    O Art Hotel é um hotel beeeeeem mais simples do que esses. Do povo aqui da comunidade, o Beto gostou muito (porque ganhou um upgrade para os quartos maiores) e a Rosa não gostou nada (achou os quartos standard pequenos demais).

    Na mesma categoria do Casa Sur, mas talvez um pouco mais em conta, considere este também: http://www.urbanrecoleta.com/home-p.htm.

    Riq, passei algumas vezes pela porta do Casa Sur agora em fevereiro.
    É chique, cheio de seguranças na porta e só a recepção já dá a entender o que se espera.
    Muito bonito mesmo!

Decepção e tanto. Me lembrou eu acordar na manhã que ia conhecer o Beto Carrero com um quase dilúvio.
Mas tenho certeza que pelo menos o caminho rendeu boas fotos.
Estamos no aguardo!

A cidade de S. Joaquim e seu povo moram no meu coração desde sempre… Mais precisamente, desde a minha pré-história. Meus pais, quando eram jovens e aventureiros, sem lenço nem documento nem filhos, estavam viajando pelo sul do país, indo a Caldas da Imperatriz, quando se depararam com uma plca indicando o caminho de São Joaquim. “Ei, não é lá que é frio? Nós estamos no inverno… Que tal mudar de planos?” E lá foram eles encarar subir a serra e acampar de barraca no CCB de S. Joaquim, em pleno inverno. E nevou, e minha mãe apareceu embrulhada em cobertor no Jornal Nacional, e eles acabaram dormindo as noites gelada na cantina do camping, com lareira e a companhia da família do guarda-camping (será qeu ainda tem hífen?). Não sei se foi coincidência, mas eu nasci nove meses depois 😉 Surgiu uma grande amizade entre meus pais e essa família, e passei muitos invernos (alguns com neve) na casa deles, depois que eles saíram do camping. Festa da Maçã, bailes com roupa de prenda, CTG, muito churrasco, carreteiro, matambre, biscoitos… Ainda vamos para lá, de vez em quando. É uma linda região, um povo muito acolhedor, e uma das estradas mais incríveis do mundo!

Mas ainda bem que ao longo do caminho o bom tempo deve ter ajudado uma ou outra foto… 😉 Também me lembrei de um fato que aconteceu comigo: fiquei 3 dias hospedada de frente pro Lago Llanquihue, em Puerto Varas, na cara do vulcão Osorno – mas a neblina era tanta que eu só sabia que o vulcão estava ali por causa dos cartões postais… 😛

Ufa!
Imagina o meu susto ao entrar no site do viajeaqui e não achar o blog!! Não sou de escrever, mas sou leitora, fã e falo pra todo mundo do Ricardo Freire, pra comprar o livro (os), para ler o blog…. estou escrevendo só para parabeniza-lo pela nova etapa e, depois de muitas pesquisas com TODAS as dicas do “Riq” e cia, vou para Europa mês que vem e espero ajudar com boas dias na volta. Boa sorte e sucesso!

Sem querer parecer pretensioso, me lembrei de quando NÃO vi o Monte Fuji. Que decepção….

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.