Notícias do paraíso

A beijuquerida Adriana Didier manda um email para dizer que a filial do Beijupirá em Carneiros, de que eu tinha beijufalado aqui outro dia, ainda vai demorar um beijupouquinho.

A gente espera, tem problema não 🙂

E olha que bacana: a Adriana mandou também fotos da primeira reunião de TODOS os pousadeiros da Rota Ecológica alagoana para defender o destino e planejar um desenvolvimento sustentável.

   associacao200.jpg associacao201.jpg

Muito legal. Esse pedacinho do litoral brasileiro só me dá alegria…

27 comentários

Vixe, Thiago…

Me conta uma coisa: pra onde tão indo esses italianos que chegam de charter em Parnaíba? É pra Camocim, é?

Que o exemplo da Rota Ecológica seja seguido por outros pousadeiros do Brasil. Os empresários precisam “se tocar” que realmente não precisa esperar o governo pra fazerem as coisas. Aqui no litoral do Piauí, a melhor pousada ( a Islamar, vc já foi lá Riq!) ameaça na imprensa fechar as portas por que não tem incentivos do governo. Lá na rota ecológica o acesso é por um aslfalto muito ruim ou então por um carrocável transitável e balsa. E não falta luxo, requinte e prazer em bem servir o hóspede. Parabéns aos pousadeiros da Rota Ecológica!!!

Emília, com 4 dias inteiros em Bonito vocês vão se esbaldar! E concordo que pelo preço dos passeios o transporte bem que poderia estar incluído, sim…

Emília, Boipeba é mais perto de Salvador e, para o meu gosto, mais bonito que Barra Grande. Sem falar que, apesar de não haver carros na ilha (só uma jardineira que faz a linha Velha Boipeba-Moreré por dentro), o deslocamento é mais fácil — isto é, caso você goste de caminhar.

Meilin, em Salvador eu devo ficar na casa da tia do meu marido, portanto, nada de pousadinhas charmosas…mas nada de reclamar, a hospitalidade deles é inacreditável, é sempre bom ficar lá. Pena não poder te dar o feedback…
Adriane, acho que é questão de sorte mesmo, já que não tenho como mudar a data mesmo, mas nada que um pensamento positivo não ajude
🙂
Dessa vez quero só relaxar, bater perna quando der vontade, pegar uma prainha se o sol sair…sem pressa…

Carla, pelo preço que são esses passeios, bem que o preço do transporte do centro da cidade podia estar incluso, né? Mas sem problemas, como vamos de carro, teremos mobilidade. Parece loucura, mas adoramos pegar a estrada e devo fazer um pit stop em Presidente Prudente, onde moram alguns familiares. E os 4 dias serão livres, sem contar tempo de estrada. Deve dar para fazer algumas coisinhas… 🙂

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.