Novidades do Canadá: apps, Picasso, jazz, trem e carnaval

Carnaval em Quebec

No final do mês, viajei convidada pela CTC (Canadian Tourism Commission) para Whitehorse – Yukon para participar do Go Media, um evento que acontece anualmente e busca promover os principais destinos e atrações do Canadá. Voltei com algumas notícias fresquinhas para quem planeja visitar o Canadá nos próximos meses.

Picasso em Toronto

Se você vai para Toronto e se interessa pelo mundo das artes, não deixe de visitar a exposição especial do Picasso na Art Gallery of Ontario. A exposição fica até o dia 26 de Agosto e ainda conta com o apoio do Museu Nacional do Picasso de Paris que ainda está fechado para reforma e pretende reabrir suas portas somente no verão de 2013. Uma ótima oportunidade de apreciar as obras desse gênio das artes. O ingresso para adultos custa 25 dólares canadenses.

Québec App

Se você pretende conhecer Québec, não deixe de fazer o download do aplicativo oficial da cidade. Disponível para IOS e Android, a app oferece, tanto offline quanto online, diversas informações sobre as atrações, os museus, as atividades de aventura e esporte, os spas, os programas para a família toda e os tours gastronômicos oferecidos na cidade. Se a fome bater, a app ainda mostra uma lista de restaurantes de acordo com a sua geolocalização e dividida por tipo de cozinha oferecida e valores do cardápio. Para quem não resiste às compras, também é possível encontrar uma relação de lojas na cidade. Não tive a oportunidade de testar a app na prática na própria cidade, mas ela me pareceu ser bem completa e uma mão na roda para o turista.

Carnaval de Quebec

Cansado de passar calor durante o Carnaval no Brasil? Já pensou em festejar o carnaval na neve? O carnaval de Québec, considerado o maior carnaval de inverno do mundo, é assim. Durante o carnaval de inverno, a cidade ganha novos ares e pode parecer um pouco inusitada para nós, brasileiros acostumados a aproveitar o Carnaval em baixo de um sol escaldante. O Carnaval de 2013 já tem data marcada: do dia 1 de fevereiro até o dia 17 e é uma forma de celebrar o inverno. São 17 dias de intensa programação e, segundo a organização do eventos, eles se preocupam em oferecer diversos tipos de festas e atividades que agradem ao público das mais diferentes idades (festas com DJs, desfiles temáticos, palácio construído no gelo, corridas de trenós de cachorros, sem contar a programação de atividades para as crianças).

Festival de Jazz de Montreal

Famoso por ser considerado o maior e mais importante festival de jazz do mundo, o Festival de Jazz de Montreal é um ótimo programa para os apreciadores da boa música. São oferecidos mais de mil shows e atividades ao longo de toda a programação e dois terços dela é gratuita. Após uma breve pesquisa, descobri que mesmo os shows tarifados não costumam custar tão caro. Os ingressos mais caros que encontrei custavam cerca de 100 dólares canadenses. O festival costuma receber cerca de 2 milhões de visitantes durante os dias dos shows. Este ano ele acontece entre os dias 28 de junho e 7 de julho e conta com a participação de nomes ilustres como Liza Minnelli, Seal, Norah Jones, James Taylor e Janelle Monáe.

Le Train du Massif de Charlevoix

O Train of Massif de Charlevoix, como é conhecido o novo o trem panorâmico que sai de Québec e vai até La Malbaie, foi inaugurado no segundo semestre de 2011 e é um programa perfeito para um bate-e-volta saindo de Québec. A proposta do trem não se resume apenas aos seus 140 km de belos cenários, ele também oferece jantares especiais assinados pelo chef Patrick Turcot do hotel Fairmont Le Manoir Richelieu. Os menus são elaborados de acordo com a estação do ano e buscam sempre utilizar e valorizar os ingredientes frescos da região. O menu também pode ser adaptado caso o viajante tenha alguma restrição alimentar. Nada mais de snacks no fim do dia :mrgreen:

O trem oferece 3 diferentes pacotes e, com exceção do pacote “Dinner Cruise”, todos os pacotes oferecem a possibilidade do turista dormir uma noite na região de Charlevoix e retornar no dia seguinte*

Baie-Saint-Paul Discovery, custa 175 dólares canadenses mais taxas (ida e volta) e inclui café da manhã na ida e tapas “gourmets” no retorno.

Escape to La Malbaie, custa custa 275 dólares canadenses mais taxas e inclui, além do café da manhã na ida, um jantar de quatro passos durante o retorno.

Dinner Cruise, o trem parte às 19:30 e retorna às 23:00 e custa 119 dólares canadenses mais taxas. Durante o passeio é oferecido um jantar de quatro passos.

Você pode passar o dia conhecendo a região de Charlevoix tranquilamente ou pode optar por contratar alguns dos tours sugeridos de acordo com as suas preferências: tour gastronômico, atividades de aventura ou até mesmo walking tours históricos e culturais. Se você gostou de algum em específico, é recomendável fazer uma reserva antecipada.

*valores disponíveis no site para primavera/verão no hemisfério norte.

Para completar essa bonita viagem de trem, o hotel La Ferme, de um dos executivos fundadores do Cirque du Soleil, será inaugurado agora no final de junho. O hotel terá sua própria estação para o trem, diversos tipos de quartos e lofts, três tipos de restaurantes diferentes, trilhas que levam direto para o pier e uma praça pública. Um projeto que buscar integrar linhas contemporâneas da arquitetura com a paisagem local. O detalhe mais interessante desse projeto é o compromisso com a valorização dos produtos regionais. Tem tudo para ser um ótimo hotel.

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


24 comentários

Olá Ricardo e Bóia!
Eu tenho 17 dias de férias para tirar em agosto com meu marido.
Tenho algumas opções de destinos em mente. Vai depender de fatores como clima e $$.
Uma das opções é o Canadá, passando por NY (poucos dias) na volta ao Brasil.
Quantos dias vcs me sugerem para cada cidade (Montreal, Toronto e Quebec)? E qual seria a melhor ordem de visita?
Estou meio perdida. O Canadá é um pouco mais difícil de ser pesquisado na rede…
Super obrigada, queridos!
Bjsss

    Olá, Ana Paula! Quatro dias inteiros em Toronto e Montreal e dois dias em Quebec são as permanências mínimas ideais.

    Voe a Quebec, siga de trem a Montreal, voe a Toronto e siga a Nova YOrk de trem, com escala em Niagara Falls.

Oi Boia
Tenho 20 dias e, setembro para ir ao Canada. É suficiente para juntar Toronto e região com Vancouver, Victori e Rochosas? fosse vc, quantos dias ficAria em cada cidade?obrigada

Oi Boia,
Preciso de informacoes sobre excursoes de onibus no Canada. Ja dei uma googlada, mas soh achei em ingles. Meus tios vem para NY e querem pegar uma excursao em portugues de 10 dias para o Canada saindo de NY. O que achei na net sao excursoes em ingles ou pacotes de operadoras do Brasil.Sera que alguem da comunidade sabe de alguma dica? Estou perdida pois nunca me interessei pelo assunto – excursao de onibus. E tb nao vou nem tentar convence-los a fazer a viagem de forma independente pq vai sobrar pra mim para organizar 🙂
Obrigada.

    Tá,

    Aqui no interior tem uma operado que é bem conhecida por trabalhar com pacotes e excursões para o Canadá. Ela se chama Canadá Turismo (http://www.canadaturismo.com.br/) Nunca utilizei os serviços da empresa e não tenho outras referências, mas talvez seja um bom ponto de partida 😉

    Nat,
    Querida. Obrigada pela resposta. Vou encaminhar para o meu tio e ver se ele larga do meu pe 🙂
    Bjs

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.