O que é que Cuiabá tem?

Verdão, o estádio de Cuiabá para 2014
Verdão, o estádio de Cuiabá para 2014

A surpresa na escolha de Cuiabá para figurar entre as doze sedes da Copa 2014 foi dupla.

Por um lado, a tradição futebolística da banda norte do Mato Grosso é inexistente. (No sul, o Operário de Campo de Grande — existe ainda? — foi um time tinhosíssimo na década de 70.)

E por outro, o Mato Grosso é um destinos turísticos menos falados do Brasil. Até o Tocantins, que apareceu no mapa bem depois, é mais valorizado turisticamente (graças ao Jalapão) do que Mato Grosso.

Sabe-se, porém, que falta de cobertura na imprensa não significa falta de atrativos. Outros Estados do Brasil são injustamente subestimados — como o Pará, o Piauí, Sergipe, a Paraíba, o Espírito Santo.

Juca Kfouri, em sua coluna de hoje na Folha (para assinantes), fala sobre a impropriedade de premiar o Estado que é o maior desmatador do Brasil com uma das sedes de uma Copa que se pretende ecológica.

Pode ser.

Mas a indicação de Cuiabá vai ajudar a chamar atenção para os tesouros do Mato Grosso — e, quem sabe, fazer com o turismo se firme como uma atividade mais atraente do que o gado e a soja.

Cuiabá é porta de entrada para:

Chapada dos Guimarães — a menos conhecida do trio de chapadas brasileiras (as outras são a Diamantina, na Bahia, e a dos Veadeiros, em Goiás) é a que fica mais perto da capital: são apenas 70 km de Cuiabá.

Nobres — a resposta do Mato Grosso a Bonito tem rios de águas transparentes com peixinhos, a uma temperatura bem mais encarável. Fica 150 km ao norte de Cuiabá.

Transpantaneira — a maior atração do Pantanal Norte são os 150 km que restaram do equivalente pantaneiro da Transamazônica. Entre Poconé (na verdade, 20 km adiante) e Porto Jofre a estrada tem trechos permanentemente alagados, e é mais freqüentada por bichos do que por carros. O início dela fica 130 km ao sul de Cuiabá.

Cristalino Lodge — na Amazônia mato-grossense, à beira do rio Cristalino, é o hotel de selva brasileiro com a melhor relação conforto x sustentabilidade. Recebeu inúmeros prêmios internacionais. É preciso ir de avião de Cuiabá a Alta Floresta (vôos diários com a Trip); de lá o traslado é feito de jipe e barco.

Rio Araguaia — no meio do ano aparecem as praias neste rio que faz a divisa entre Mato Grosso, Goiás, Tocantins (e lá, em cima, o Pará). A cidade mais próxima de Cuiabá é Barra do Garças, a 510 km. São Félix do Araguaia está na ponta norte, com acesso mais organizado desde Goiânia.

De vez em quando aparecem notícias sobre turismo no Alto Xingu, com interação com os índios. Mas não achei nada oferecido atualmente por aí.

E você? Já foi ao Mato Grosso “do Norte”? Tem alguma dica para compartilhar? Conta pra gente.

85 comentários

Vamos falar então o q cuiabá tem, cuiaba, parque mão bonifacia, 77 hectares de are verde com mirante, parque tia nair, temos pontos hostoricos em cuiaba como o museu que conta a historia do estado e de cuiaba, la tem objetos de muitos anos atras a igreja conhecida aqui como, a notredame de loudes cuiaba, a catedral metropolirana, morro da caixa d agua velha, temos casarões coloniais no centro histórico, exlentes casas de shows, gerônimo, musiva, etc, excelente peixarias no tradicional bairro de são gonçalo beira rio
Temos a arena pantanal com uma arquitetura moderna, temos o parque dom aquino tambem, horto florestal. Parque zé bolo flôr, casa de artes luiz beccari, teatro zumira canavarros tambem moderno, sesi parque, lagoa trevisan, morro santo antonio na região metropilitana, casa de shows populares de rasqueado e lambadão, como o galpão, colônia show bar, temos excelentes churrascaria, peixadas e restaurante, choppão, getulio, peixaria okada, etc lago do manso tambem na região metropolitana, resort nessa mesma região, igreja do rosario e são benedito, igreja construida por escravos feita de adubo, temos os tradicionais pontos históricos como a ponte de ferro na região do coxipó, o pelourinho na praça da mandioca, a antiga bica, o antigo chafariz na praça bispo dom josé, temos exelentes hospitais particulares, exelente frota de taxis, hoteis para todos os niveis, desde hoteis em bairros luxosos, a hoteis simples, cuiaba é conhecida como cidade verde, por ser muito arborizada. Cuiaba tem problemas estruturais como toda cidade grande, temos um transito pessimo e violento, ruas esburacadas, transporte coletivo de pessima qualidade, mas temos um povo forte, hospitaleito caloroso, isso ja vale a pena conhecer cuiaba

Olá, estou aqui para informar que a foto do estádio acima não representa a atual Arena Pantanal, já construída em Cuiabá. Gostaria de pedir que essa imagem fosse atualizada, para que as pessoas vejam a verdadeira forma da Arena, que se não me engano, seu projeto foi até premiado.
Obrigado.

engraçado… o tema da coluna é: ” O que é que Cuiabá tem”? mas não fala especificamente de Cuiabá, e sim de cidades turisticas mato-grossenses… agora eu pergunto: “O que é que tem sobre Cuiabá nessa coluna?” A cidade não apresenta tanta diversidade para turismo, mas tem.

    Olá, Naielly! Este post é de 2009. O Ricardo Freire esteve em Cuiabá ano passado e logo teremos uma página inteira dedicada aos atrativos de Cuiabá. (Mas sem dúvida que no fato de estar tão próxima de destinos tão diversos reside o seu maior apelo turístico.)

Cuiabá tem um grande potencial turístico, pena que não há infra-estrutura, ou sequer divulgação para isso. Existem poucas agências que fazem o turismo receptivo, logo não há concorrência, e as poucas agências que fazem esse tipo de turismo acabam cobrando preços abusivos para os passeios Full Day, com saída de Cuiabá. Eu pesquisei em várias agências, e os preços mais baratos são: Chapada dos Guimarães por 170 reais, Pantanal por 185 reais e Nobres 195 reais. Eu fiz o passeio do Pantanal e Nobres, pela agência Confiança que faz os passeios receptivos (uma das poucas de Cuiabá que dispõe a fazer esses passeios), e que sequer passa no hotel para buscar os clientes (na minha opinião é por preguiça por parte da agência, eles alegam que é pra não perder tempo, mas não faz sentido, uma vez que as vans que fazem os passeios levam pouquíssimas pessoas, logo eles poderiam fazer essa gentileza de buscar/deixar os turistas nos hotéis, mas não o fazem por pura preguiça!). Eu digo que não vale a pena pelo seguinte:
– Em Nobres, o passeio foi totalmente desorganizado. O motorista da van corria demais numa estrada que em grande parte encontra-se esburacada. Chegou-se no balneário estivado e estava totalmente lotado. O plano seria primeiro fazer a flutuação no reino encantado, mas a agência não se preocupou em reservar os melhores horários para o pessoal que pagou 195 reais pelo passeio para Nobres. Furo total da agência!
– No passeio do Pantanal são quase 4 horas de estrada na ida e na volta. Passa-se mais tempo dentro da van, que no passeio em si. O guia, na verdade não é guia, é um motorista que de vez em quando pára o carro para explicar uma ou outra curiosidade. O passeio de barco que na verdade é o mais interessante, é muito rápido, e na época das cheias, avista-se poucos animais. Antes de entrar na transpantaneira, passa-se pela transburaqueira, afinal a rodovia até Poconé tem mais buracos que queijo suiço.
Ou seja, se vc deseja fazer passeios receptivos com a Confiança Turismo, desconfie, pois embora os preços sejam os “mais camaradas” (na verdade estão caríssimos, se comparados com os receptivos das praias nordestinas), eu esperava mais em termos de organização, e qualidade dos passeios.
Outro ponto negativo é o aeroporto, e o acesso para desde o aeroporto na cidade de Cuiabá. Como que uma cidade há menos de 2 meses de sediar uma Copa do Mundo, pode ter um aeroporto naquelas condições? Parece que a reforma acabou de começar! E o acesso a cidade então? Que caos, e cidade mais cheia de crateras!
Enfim, em termos de ecoturismo, eu acho que o Pantanal Sul Matogrossense, em especial Bonito, está muito melhor estruturado para receber os turistas.
Em tempo: eu passei em frente a Arena Pantanal, e esta pelo menos, ao que me parece, se encontra pronta. Mas na maquete virtual parece ser mais bonita, além do que não existem essas árvores no estacionamento, como ilustra a foto desse post.

Boa tarde!
Gostaria de uma indicação de agencia de locação de carros em Cuiabá. Ouvi falar mal da Express, que está com o melhor preço. Alguem me indica uma agencia no aeroporto de Cuiaba por favor?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.