O que é que Cuiabá tem?

Verdão, o estádio de Cuiabá para 2014
Verdão, o estádio de Cuiabá para 2014

A surpresa na escolha de Cuiabá para figurar entre as doze sedes da Copa 2014 foi dupla.

Por um lado, a tradição futebolística da banda norte do Mato Grosso é inexistente. (No sul, o Operário de Campo de Grande — existe ainda? — foi um time tinhosíssimo na década de 70.)

E por outro, o Mato Grosso é um destinos turísticos menos falados do Brasil. Até o Tocantins, que apareceu no mapa bem depois, é mais valorizado turisticamente (graças ao Jalapão) do que Mato Grosso.

Sabe-se, porém, que falta de cobertura na imprensa não significa falta de atrativos. Outros Estados do Brasil são injustamente subestimados — como o Pará, o Piauí, Sergipe, a Paraíba, o Espírito Santo.

Juca Kfouri, em sua coluna de hoje na Folha (para assinantes), fala sobre a impropriedade de premiar o Estado que é o maior desmatador do Brasil com uma das sedes de uma Copa que se pretende ecológica.

Pode ser.

Mas a indicação de Cuiabá vai ajudar a chamar atenção para os tesouros do Mato Grosso — e, quem sabe, fazer com o turismo se firme como uma atividade mais atraente do que o gado e a soja.

Cuiabá é porta de entrada para:

Chapada dos Guimarães — a menos conhecida do trio de chapadas brasileiras (as outras são a Diamantina, na Bahia, e a dos Veadeiros, em Goiás) é a que fica mais perto da capital: são apenas 70 km de Cuiabá.

Nobres — a resposta do Mato Grosso a Bonito tem rios de águas transparentes com peixinhos, a uma temperatura bem mais encarável. Fica 150 km ao norte de Cuiabá.

Transpantaneira — a maior atração do Pantanal Norte são os 150 km que restaram do equivalente pantaneiro da Transamazônica. Entre Poconé (na verdade, 20 km adiante) e Porto Jofre a estrada tem trechos permanentemente alagados, e é mais freqüentada por bichos do que por carros. O início dela fica 130 km ao sul de Cuiabá.

Cristalino Lodge — na Amazônia mato-grossense, à beira do rio Cristalino, é o hotel de selva brasileiro com a melhor relação conforto x sustentabilidade. Recebeu inúmeros prêmios internacionais. É preciso ir de avião de Cuiabá a Alta Floresta (vôos diários com a Trip); de lá o traslado é feito de jipe e barco.

Rio Araguaia — no meio do ano aparecem as praias neste rio que faz a divisa entre Mato Grosso, Goiás, Tocantins (e lá, em cima, o Pará). A cidade mais próxima de Cuiabá é Barra do Garças, a 510 km. São Félix do Araguaia está na ponta norte, com acesso mais organizado desde Goiânia.

De vez em quando aparecem notícias sobre turismo no Alto Xingu, com interação com os índios. Mas não achei nada oferecido atualmente por aí.

E você? Já foi ao Mato Grosso “do Norte”? Tem alguma dica para compartilhar? Conta pra gente.

85 comentários

Riq,
Obrigada mesmo pela ajuda! Eu não tinha noção dessa diferença que é muito importante na hora de curtir o aviagem. Aliás, a idéia de alugar um apê e as dicas postadas nas matérias anteriores têm sido essenciais no nosso planejamento. 😉
Ah, meu computador não consegue responder, por isso escrevo sempre no final das msgs :-(.

Olá Riq, sou leitora assídua do seu blog embora quase não comente..
Aproveito então essa oportunidade para deixar uma SUPER HIPER MEGA DICA para os amantes da natureza.
Vou todos os anos à POUSADA KURYALA http://www.kuryala.com.br
Fica em São Félix do Araguaia – MT. É um pequeno munícipio banhado por lindas águas do Rio Araguaia e Rio das Mortes. No mês de julho quando o rio baixa formam lindas praias de areia branca e é um sonho para os pescadores (apaixonei-me pela arte da pesca).
Bom, a pousada é bem familiar, os donos são Gaspar e Salete Ritter. A idéia deles foi construir a pousada no mesmo lugar onde passaram a Lua de mel.. Depois de aposentados montaram a pousada.(romântico não?)
Gaspar é aviador há muitos anos e tem o seu próprio avião para buscar os hóspedes que fecham os pacotes, por ser uma região bem remota a melhor maneira é ir até Goiânia (onde moro)onde o Gaspar estará esperando com seu avião.
Em Goiânia tem a agência responsável por fechar os pacotes também chamada Kuryala fone: 62-3215-1313.
Bom, está aí minha dica, o site deles não está muito atualizado não, mas podem ter certeza que quem ama natureza e pescaria vai amar.
Riq, se desejar fotos me mande um e-mail, tenho várias..rs
bjs
Dayanna

    Obrigado, Daiana. Vou acrescentar o Rio Araguaia às atrações mato-grossenses.

Praia em Cuiabá? Essa pessoa comeu hipoglós???
Adoro Cuiabá, apesar de todo calor de lá. Acho a cidade super arborizada, cheia de bares ótimos, restaurantes deliciosos e um povo muito,muito gente boa…

Olá,

Estamos fazendo uma pesquisa, se você entrar nesse blog por favor responda esta pergunta:

Você gostaria que Cuiabá tivesse praia?

Se sim, mande um e-mail para: [email protected]. Apenas: “Sim, seu nome INTEIRO e a cidade de onde você é” Ex: Sim. Tony Ramos. Rio de Janeiro. Se não, não mande e-mail nenhum. Se não for de Cuiabá, se acha que a praia iria melhorar o turismo para a Copa de 2014, por favor, também mande um e-mail que SIM!!!!
Obrigado!

A Copa do Mundo tem um componente geo-político-econômico, que é o de contemplar a elite do futebol (Porto Alegre, Curitiba, SP, Rio e BH) – que por acaso também é a elite econômica e de infraestrutura do pais – e destinos clássicos de turismo (Recife, Natal, Salvador, Fortaleza, Amazônia-Manaus e Pantanal-Cuiabá). Só Brasília entra como penetra, porque é o centro da politicagem nacional. Agora, vai ser bonito de ver seleções jogando a 5 graus celsius em Porto Alegre e outras a 35 em Cuiabá. Bota país bacana o nosso. Quase nenhum pode ter essa diversidade.

Olha, o Operário de Campo Grande-MS ainda existe, mas está na 2ª divisão estadual.

E em Mato Grosso, o Mixto de Cuiabá e o Operário de Várzea Grande são tradicionais. O primeiro, inclusive, disputa a 3ª divisão do Campeonato Brasileiro.

E o MT também um atrativo para Grêmio e Inter: todo ano, um dos dois joga lá pela Copa do Brasil. O duelo de colorados (União de Rondonópolis x Inter) foi sugerido pelo governador, que nasceu no PR mas é colorado.

Agora falando em turismo, o Mato Grosso é um estado que eu gostaria de visitar. Já sonhei com Nobres e Chapada dos Guimarães.

Chapada dos guimarães é contemplada com diversas cachoeiras, rios e trilhas lindíssimas, é considerada o centro da américa do sul, e é uma cidade mística. Em barão de melgaço (1 hora e meia de carro de cuiabá) que é a outra porta do pantanal existem 3 baias gigantescas sendo que uma delas é duas ou três vezes (não me lembro direito)maior que a baía de guanabara,o passeio é lindíssimo !! existe um outro passeio em que você sai de chalana de Barão de melgaço ou de Santo Antonio percorrendo o rio cuiabá já em solo pantaneiro entra no rio Paraguai podendo descer até Corúmbá em MS ou apenas voltar, dependendo do passeio, recomendo ainda mais para quem gosta de pesca. Se não, a paisagem, beleza e calma de tudo já valem a pena.
Cuiabá possui uma vida noturna agitada (é um dos primeiros em consumo de cerveja per capita do pais) o seu povo é caloroso, claro, além da cidade ser quente mesmo.
Tem uma culinária regional fantástica, com peixarias e churrascarias de primeira !
por enquanto é só mas se alguém tiver alguma dúvida sobre a região acho que posso responder !!!!

    Oi Leo, tudo bem?
    Estou indo a Chapada, no feriado de 02/11, terei 3 dias cheios para visitar, o plano é visitar as cachoeiras da Chapada em um dia, no outro a Caverna Aroe Joari, e no 3, ir a Nobres para visitar o Aquario Encantado. O que acha?
    Fico em dúvida se alugo um carro e pego um guia, ou se fecho um pacote… sabe algo sobre isso?

Riq,

Tem a péixaria popular, com preços nada populares, mas é um fantástico rodizio de peixes.

Quando fui ao Pantanal, fiquei no SESC e recomendo. É um resort 5 estrelas, quase de graça para quem é comerciário, e bem em conta para quem nao é.

Sugiro tambem alugar um carro, e ir bem cedo, por volta das 5 da manha para a Tranpantaneira…

E, depois vou colocar em Gramado, um achado, uma pousada bem charmosa, novinha e muito confortavel (mas em Nova Petrópolis) por R$ 90,00 com café da manha.

    Ernesto, qual é a da Transpantaneira? Vou me divertir só andando de carro por lá vendo a bicharada? Ou tem pontos de parada? Contaaeeeee

Ricardo, tem uma curiosidade para Cuiabá. A maior parte das pessoas não sabe, mas é uma das cidades chave na construção do circuito independente de música nacional. É de lá uma das bandas mais comentadas atualmente (o Macaco Bong http://tramavirtual.uol.com.br/artista.jsp?id=32552, cujo disco foi considerado o melhor do ano passado por muitos jornalistas) e um coletivo de artistas e produtores que é um case de gestão de recursos escassos (o Espaço Cubo http://www.espacocubo.blogger.com.br/). Estive tocando lá no Festival Candango em 2007. Havia cerca de 3.000 pessoas na platéia e nenhuma grande banda (em termos de vendas de disco ou nome nas paradas) fechando a noite. 3.000 pessoas pra ver um line up formado por bandas do cenário dito independente.

Talvez não sejam informações muito úteis para a maior parte dos turistas, mas achei que valia comentar. O mesmo acontece com Goiânia, cidade fundamental no rock nacional nos últimos dez anos por sediar pelo menos dois festivais e um selo de música importantíssimos que não só fazem a conexão com bandas locais mas trazem várias bandas de fora que depois acabam indo até SP ou RJ.

Abraços!

Olá, eu sei que é totalmente off topic mas estou perdida: seguindo dicas do blog encontrei dois apartamentos pra Alugar em NY na mesma operadora, com o mesmo preço. O problema é a localização: cada um de lado do Central Park (W. 49th street between 8th to 9th e 232 East 82 Street). Como nunca fui á cidade, será que alguém poderia me ajudar com uns pitacos sobre o que é mais agradavel na cidade.Muito obrigada pela ajuda de novo 😉 Y

    Os dois endereços têm BASTANTE diferença, Yara.

    A rua 49 lado Oeste fica na região de Midtown, perto do Times Square e da zona de teatros da Broadway. É uma região bem comercial e movimentada.

    A rua 82 lado Leste fica bem mais adiante, à altura do parque mesmo. Ali você ficaria perto da maioria dos museus bacanas.

    Os dois endereços tem suas vantagens. O da rua 49 é mais “central”, o da 82 mais agradável.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.