“O que você está perdendo se não está no Twitter”

perrin1

O título não é meu — é de um post da Wendy Perrin, a mais influente jornalista de viagem dos Estados Unidos, autora dos dossiês mais quentes da revista Condé Nast Traveler e blogueira das ótimas.

Nos últimos meses, Ms. Perrin tornou-se também a mais prolífica tuiteira de viagem, tuitando ao vivo conferências em que estava na platéia, apontando tendências, repassando ofertas de última hora, recomendando outros tuiteiros.

Semana passada ela pediu a seus mais de 3.300 seguidores (há três meses eram 800; há um ano, zero) que indicassem outros tuiteiros de viagem que fornecessem informações úteis e diferenciadas.

E olhem só no que deu: Momento Tommy! A Marcie e a Alexandra Forbes conseguiram emplacar o meu twitter na hot list de Wendy Perrin.

perrin2

E afinal, o que você está perdendo se não estiver no Twitter?

Nos Estados Unidos, está perdendo um monte de bons negócios. O pessoal avisa direto quando aparecem promoções. O Rick Seaney, dono do site FareCompare, fala de promoções em rotas que só vão aparecer umas duas horas depois nos sistemas de metabuscadores de passagens.

No Brasil a gente ainda não tem um mercado tão sofisticado — então, por enquanto (por enquanto!) ainda não dá para usar o Twitter como a senha para aproveitar barbadas. Mas é um lugar incrível para ficar sabendo de coisas em primeira mão — em todos os assuntos.

Funciona assim: você cria um perfil e então vai atrás de pessoas com quem você se identifica. Podem ser seus amigos, pode ser gente que você acompanha de longe. Com o Twitter você passa a seguir essas pessoas de perto. Basta tornar-se um “follower”, um seguidor — e tudo o que essas pessoas escreverem aparecerá na sua página.

E mais: por meio dessas pessoas você vai descobrindo outras pessoas interessantes, que você pode passar a seguir também.

Se você não gostar do que alguém tuíta, é só parar de seguir (ou, no jargão do Twitter, “dar um unfollow”). E se você não se sentir confortável com alguém te seguindo, é só bloquear (ou, melhor ainda, tornar a sua página privada, dando acesso apenas por convite).

Twitter é uma mistura de Bom Bril com Neston — existem mil e uma utilidades e mil modos de usar. Você precisa entrar para descobrir.

Já temos muitos tripulantes :mrgreen: a bordo. Em alguns momentos, nosso povo transforma o Twitter na sua sala particular de chat…

Clique para entrar nas nossas páginas: @Danibelgium, @LadyRasta, @CassiaZanon, @Aleforbes, @Sylviatravel, @Majozinha, @Marcie14, @AJanelaLaranja, @ZeJET, @FatosEFotos, @EmiliaGF, @CarlaPort, @MoGribel, @Merel, @MariCampos, @PBicudo, @Turomaquia, @GuiBetinho, @FNGomes, @EduLuz, @LeaDorf, @CarlinhaZ, @ArthurPF2009, @Agiesbrecht, @TatiKlix, @BrunoVilaca, @TPRodrigues, @LuciaMalla, @Destemperados, @Mikix10, @Paula_RJ, @BetoPaschoalini, @PatZanetti, @MaluParis, @Vambora, @TravelForever, @Travel_Trips, @Aventureiros, @Lagostini, @ViajeAqui , @Zayram, @DeniseMustafa, @CarlaTolosa, @WanessaLima, @LuMalheiros, @RogeriaVianna, @CamilaNavarro, @MCdeMoura, @AFMarques, @CarolBSB, @MundosdoMundo, @Penelophy, @marcelalcantara e @Riqfreire.

Se eu esqueci alguém (ou alguém resolver entrar), vocês me avisam? #obrigadinho

62 comentários

Tem mais uma ‘coisinha’ :mrgreen: bem legal , que é praticar outro idioma ao seguir os extrangeiros . Por exemplo , com um indiano a gente aprende que “baguan keliê ” quer dizer , sempre e em qualquer situação : PQP 😳 , mesmo que no dicionario conste algo como : por-deus!- como é possivel ?? 😆
A outra ‘coisinha’ :mrgreen: é que twittar – no longo prazo- vai num futuro proximo , mostrar aos estudiosos das sinapses cerebrais , que é melhor do que sudoku ou palavras cruzadas .
A gente tem que adivinhar , supor, imaginar .. (e na maioria das vezes boiar totalmente ) o que é que está rolando nos papos telegraficos !! 😎

Parabéns!
Estou que nem a Wanessa, me cadastrei (@LuMalheiros) mas ainda não sei usar nadica e devo ficar só como “ouvinte”. Tô incluindo o pessoal do post aos poucos.

Riq, de tanta curiosidade, acabei me cadastrando (@wanessalima), mas acho q vou ficar só de “ouvinte” por ali. Ninguém que eu conheça no mundo real (q eu saiba) usa o twitter…

Olha nóis tudo aí 🙂

Deixei até de ler jornal depois que virei tuiteira ! Ali as notícias chegam mais quentes do que o pão das 4 horas da padaria perto de casa !

Pronto, me rendi! Só que twitter desgramado travou, travou o computador, tive que reiniciar tudo. Se ele não se comportar, eu abandono!! 👿 Aí vai: @carlatolosa

Ui, ainda não tuíto. Deixa eu aprender primeiro a mexer no blog, que completa três anos em abril. Sei, sei… já era tempo. Mas ainda “si confundo toda” com templates e publicações. Sou fraquinha nisso… não sei o que é MSN (embora tenha skype) e o Orkut para mim, atualmente, é tão misterioso quanto uma confraria maçonica. Mas – apesar das minhas limitações internáuticas – até que subi na vida: registrei o domínio http://www.matraqueando.com.br há tempos, só que ainda não fiz a transferência. Morro de medo de perder os post! hahahaha! Por enquanto, quem digita o ponto com ponto br é direcionado para o blogspot! TWITTER… ainda chego lá!

Ricardo, muito legal está lista, já descolei outros companheiros de Twitter!!! Beijos (Obrigada pela inclusão!)

Riq, parabéns por mais esse reconhecimento. Ainda não tinha te parabenizado pelas tuas últimas conquistas. Você merece muuito.
Apesar de eu não postar muito, sou @zayram no twitter. 🙂

Riq, vc merece todas as indicacões do mundo… seu blog e seu twitter são 100% (posso confessar uma coisa, coloquei voce no meu resume, pode?! eu estou mudando de area e coloquei que meu blog foi citado no seu livro e no seu blog eheheh… como nao tenho experiencia concreta em turismo, estou tentando atrair os possiveis recrutadores de alguma forma… vai vendo!).
Mas voltando ao assunto, o twitter vc apresentou para a maioria de nós e agora estamos todos “viciados” em mais uma tecnologia… ai ai ai!
Bjs e boa semana!

    Ah… brigadin por ter me incluido nessa listinha de twitteiros 😉