Ó só proncovô

Tradução: megablasterjumbo dos mares
Tradução: megablasterjumbo dos mares

Trips, daqui a pouco embarco aí nesse trem. Digo, embarco aí nesse maior navio de cruzeiro já construído, o Oasis of the Seas.

Diz-que o wifi vai funcionar, então espero já transmitir alguma coisa ainda hoje (sempre lembrando que o meu hoje continua por mais três horas depois que o seu acaba).

Algo me diz que eu deveria levar o meu GPS junto…

112 comentários

Se a sua nutricionista sabe…rapaz!!!!!

Sei não… Vamos esperar as impressões do Riq, mas minha idéia de divertimento não é compartilhar um navio com outros 5999 turistas, sem tempo nenhum pra conhecer as cidades onde ele fica parado. Sempre achei que o MINIMO que um cruzeiro devia fazer era chegar de manha num dia e sair só a tarde/noite do outro. Que graça tem dizer que “conheceu” o Caribe quando na verdade vc passou 5hs em St-Marteen, 4h30 em Curacao, etc etc etc??

    ahhhhhhh… mas e o “glamour” de fazer um cruzeiro e poder contar para os amigos???? rsrsrrss

    eu odeio cruzeiros – independente demais para ficar indo com a orda.

    Verdade. Imagina a fila ou escala infernal para visitar algum ponto turístico que não tenha porto com calado suficiente e os passageiros tenham que ir nas lanchas. Até desembarcar todo mundo, já estaria na hora de voltar…

    Cristina L, “glamour” em navios e aviões acabou mais ou menos pela década de 80, se muito… Hoje é tudo cata-corno.

Se não “balançar” provocando aqueles famosos enjôos, vou pensar na segunda chance. A primeira foi horrível…

    Rosa, um amigo que foi comigo no cruzeiro me disse que já existem remédios contra enjôo de movimento que não causam sonolência – ele tomou pelos 3 dias do cruzeiro, aproveitou bastante e não enjoou nadinha… (Não posso falar por experiência própria, porque o “vaso ruim” aqui não quebra, nem enjoa… 😉 )

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.