Orlando: qual foi a sua estratégia de visita?

Islands of Adventure, na Universal

Pessoal, desculpaê a falta de posts dos últimos dias. Orlando não é pra principiantes como eu 🙂

Depois de saracotear pra cima e pra baixo, e de me hospedar em três pontos diferentes da cidade, acho que finalmente entendo um pouquinho do lugar. Claro que não virei um expert instantâneo; qualquer criança riquinha que tenha vindo três vezes à Disney tem mais autoridade do que eu.

O que eu queria — como foi também o objetivo do zig-zag entre Chile e Argentina — era ser capaz de processar a montanha de informações disponíveis por aí e ajudar outros neófitos a entenderem o lugar.

(Fora o monte de insights e iluminações sobre o ato de viajar que estão aparecendo.)

Depois que acabar de fazer a ronda dos parques, vou postar minhas recomendações. Mas antes disso queria ouvir a experiência de vocês.

Em que parte da cidade você ficou? Alugou carro? Tentou ver tudo ou deixou alguma coisa para a próxima? Qual foi a sua estratégia para compras? E sobretudo: o que você faria diferente da próxima vez?

Obrigado!

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


410 comentários

Ola,
Eu perdi a cont6a de quantas vezes fui a Orlando. A primeira vez fui com meu filho mais novo que na época tinha 2 anos… ele agora tem 25 anos e ano passado estivemos lá (ele com a namorada).
Já fiquei em hotéis 5 estrelas, como também já fiquei em hotéis 1 estrela.Hoje em dia, prefiro ficar em hotéis situados na Int’l Drive, isso porque, ficando ali vc se locomove para onde quiser. Sempre alugo carro, com exceção de 1 vez que viajei somente com meu filho e somente para Orlando.Ficando na Int”l drive vc tem o bondinho que te leva aos outlets, ao Sea world,Wet’n Wild e, para os outros parques, o hotel dispunha de free bus.
Bom, eu sou suspeita para falar de Orlando, pois até hj, qq viagem que eu faça para os EUA , tenho que dar uma paradinha em Orlando.
Bjs

Lere sem fim define também é a minha impressão de Orlando. Passei dezenove noites em Orlando tentando dar um toque slow travel. Não consegui. Há tantas opções que você não para.
Minha opinião é não tentar ir a todos os parques em uma só viagem e casar Orlando com outro destino como Miami ou Nova York, onde você pode tentar reduzir a rotação.
Há um termo em inglês que designa a exaustão provocada por esgotamento físico e mental, “burn out”. Após o terceiro dia de parque eu brincava com meus filhos dizendo que estava com “burn out”. Logo o termo se incorporou ao nosso dia a dia pois no fim da tarde todos pediam, estamos em “burn out”, vamos embora para casa.
Não, Orlando não é ruim. É apenas exaustivo.

Fiquei no Orlando Vista Inn. Do lado do complexo Disney, muuuuuiiiito mais barato e atendia ao q eu precisava. O quarto muito bacaninha, cama confortabilíssima, café mais ou menos, uma pequena sala de ginástica, piscina…..Por fora ele parece um abacaxi gigante, levei um susto, mas vale o custo benefício. Alugamos carro com GPS desde Miami então valeu a pena.

NUNCA TENTE IR AOS PARQUES E FAZER COMPRAS NO MESMO DIA. VOCÊ VAI FAZER OS DOIS PELA METADE.

Os ingressos dos parques não são assim tão baratos para não serem aproveitados ao máximo. Separe os dias. No dia de parque, vá ao parque e no dia de comprar, compra. Nem que você deixe de ir em um ou dois parques. Pelo menos você vai aproveitar bem cada momento.

Como os outlets (que é isso que a gente procura em Orlando além dos parques) funcionam até as 23h, dá pra fazer as compras em um ou dois dias, se em dedicação exclusiva. Não precisa nem almoçar. Gastar alimenta, acredite!

Nos dias dedicados aos parques, chegue cedo. Cedo significa antes do horário de abertura. Caso contrário, você vai estacionar tão longe que é possível que consiga ver seu hotel de onde parou o carro (rsrs). Chegando cedo aos parques da Disney, por exemplo, você economiza fila nos brinquedos mais populares. Basta pegar um Fast Pass (um corta-fila) em uma das maquininhas. Todos os melhores brinquedos possuem essa maravilha. Só um detalhe: antes de pegar o fast pass, certifique-se do tempo de espera (existe um reloginho em cima das filas). Ás vezes o horário da fila comum está tão próximo (20 minutos de espera, por exemplo) e a fila tão pequena que não vale a pena pegar o fast pass.

Obs.: quer compras bichinhos da Disney? Compre no outlet… é muito mais barato.
Obs2: não perca promoções em outlets… você pode pensar: “no outro pode ser mais barato”… na maioria das vezes isso não se confirma e você fica de mãos abanando. Quando há diferença de preço, ela não é muito significativa.

Não deixe de ir ao Hard Rock e coma o maior harburguer que eles iverem. Peça a carne bem passada, acho que o sabor fica bem melhor.

No Magic Kigdom, não deixe de fazer o passeio pelos países… e coma muito… a comida é boa (não ótima) e o passeio é de encher os olhos.

Qualquer tentativa de comer comida brasileira vai ser frustrada por um sabor muuuuito estranho de comida pronta. Mas para os menos exigentes existem vários restaurantes brasileiros que deixam a gente mais perto de casa, ao menos durante o almoço. A coisa mais difícil vai ser achar algum lugar que use frutas frescas para fazer smoothies ou coisa parecida. Não se encha de esperança. E suco, só de laranja. Não peça DR. Pepper. É o pior refrigerante já fabricado (apesar de muito popular por lá). Tem gosto de xarope pra tosse com Emulsão Scott.

Existem lojas como a ROSS, Dress for Less e a Marshall’s (que é uma ROSS melhorada) que são o Outlet do outlet… Precisa de tempo e paciência para garimpar e achar coisas muito baratas. Precisa de malas extras? Compre em uma das duas… existem ofertas imbatíveis.

Fora dos outlets existem lojas tipo “onta de estoque”de grandes marcas, lá também é possível comprar roupas e acessórios a preço de banana.

Quando for pedir comida no hotel, certifique-se se o estabelecimento tem um atendente que fala português. Ajuda na hora de fazer o pedido. Não se deixe levar pelo preço barato das comidas de delivery… Um prato serve duas pessoas com fartura. Se não quiser desperdiçar comida, peça meia porção ou uma pra duas pessoas.

Para tomar café da manhã, vá ao Panera’s Bread. Existem vário pela cidade. A comida é boa e não é tão cara como a do hotel.

OUTRA DICA EM MAIÚSCULO: SE ALUGAR CARRO, PEÇA UM GPS (configurado em português). É INDISPENSÁVEL.

Visite ainda o Best Buy, para eletrônico, Walmart (os eletrônico lá às vezes são mais baratos que no Best Buy), Babies R Us (para as mamães de plantão).

Ainda para as mamães: Macro Baby e Toys R Us também são indispensáveis.

Abs… Boa Viagem…

Raquel

    “Gastar alimenta” entrou para a minha lista de verdades sobre viagens. Obrigado! =)

    Muito divertida essa expressão ” Não precisa nem almoçar. Gastar alimenta!” hahahah

    Tambem me chamou muita atencao o “Gastar alimenta” , na verdade sempre usei e nao sabia!
    Adorei 😀

    Apesar de gostar muito de comprar, não estou muito bem convencida disso… rs…A impressão que tenho é que abre o meu apetite ::-):

Ola Riq,

ja fui 2 vezes e estou planejando voltar este ano para levar meu filho de 8 anos. Na primeira vez fui com um grupo em excurssão janeiro de 1995, as filas eram poucas, foi bom. Fiquei naquele hotelzão do Florida Mall na epoca era o Sheraton: amei o hotel, descer do quarto e ja estar dentro do shopping. Eu tomava café da manha todo dia na praça da alimentação, tinha uns croissants de amendoas imperdiveis. Mas nunca mais retornaria de excurssão, eu tinha 20 anos e estava sozinha, por isso meus pais decidiram assim.
Na segunda vez eu tinha 25 anos, fui em setembro de 2000, as filas eram inexistentes; aluguei um carro com meu esposo e ficamos no Sleepinn main gate.Foi confortavel, café da manha incluso…Amei. Com o carro a disposição fomos aos leres basicos, mas tambem demos uma fugida a um museu bacana da aviação, onde alem de recuperar os aviões antigos, da até para voar num T6, que foi da segunda guerra mundial. Fomos a Cape Canaveral, achei bacana tambem. Depois deixamos o carro em Tampa e pegamos um cruzeiro para o Caribe com parada em New Orleans no final
( adorei a cidade, vale a viagem, mas não voltaria a fazer um cruzeiro nem tão cedo…)
A terceira pretendo ir em setembro ou outubro deste ano, ja que ano passado fui para a Eurodisney com meu filho em julho nas ferias europeias, e tava lotado..não deu pra ver quase nada. Como vou com ele, pretendo ficar num dos hoteis da Disney, acho que para a criança é bem magico mesmo aquele mundo ali, mas não vou abrir mão do aluguel do carro, já que é barato e o combustivel tambem. Parques que irei com certeza: Animal Kingdom, Epcot, Bush Gardens…Estou em duvida quanto ao Sea World, ja estive la uma vez, mas hoje depois de 10 anos, percebo que é como se fosse um circo dentro d’agua onde os animais são domesticados para nosso entretenimento…
A minha estratégia de compras é sempre deixar 1 dia para zanzar por orlando a procura de algo bacana, não tenho muito o que comentar onde comprar bom e barato porque em nenhuma das viagens que fiz foi para fazer somente compras de roupas de grifes, ja que eu morava na Europa na epoca e não tinha essa loucura por eletronicos e roupas boas e baratas…Mesmo assim eu recomendo o Florida Mall como um lugar central e bacana pra achar um pouco de tudo…

Abçs

Passei pela Universal semana passada e o Harry Potter ainda está em “obras”e fechado. Acho que inaugura na alta.
Bom, como disse em outro post recomendo o Worldquest Resort (bem localizado, perto do hotel da Nickelodeon, barato, com café da manha(simples) incluso. Aluguei um carro, e isso torna tudo mais facil(com GPS, claro). Detestei os parques da Disney desta vez de tao insuportavelmente lotados que estavam (em maio, imaginem julho/agosto), estavam o inferno na terra!!!Adorei os parques da Universal e Sea World e recomendo um jantar asíático no Benihana.
Tinha lido uma entrevista com um especialista em Disney dando várias dicas, e ele recomendou maio como o melhor mes para ir. Discordo, fui em janeiro e estava muito melhor!!!Acho que todo mundo leu esta entrevista e teve a mesma idéia…Rsrs.
Discordo de me sentir de férias em Orlando pois quando se volta , é urgente tirar férias das férias!!!!!Pelo menos esta é minha experiencia…por mais que se tenha carro, é bastante cansativo, um lere sem fim.

Olá!! Estou ansiosa aguardando as dicas…
Vou para Orlando com uma amiga e ficarei do dia 13 ao dia 30 de julho, nos hospedaremos no all star dentro do complexo Disney… Montamos a seguinte estratégia: alugaremos carro na primeira semana do dia 13 ao dia 19 e faremos nestes dias Sea World, Universal, Island of adventure, Busch gardens outlets, best buy e florida mall. No dia 19 devolveremos o carro e ficaremos somente dentro do complexo Disney do dia 20 ao dia 30, com folga para repetição dos 4 parques temáticos e ida nos dois aquaticos e adendos que o complexo Disney oferece.
O que vocês acham a respeito? o que mudariam?

    Eu fiquei uma vez há dois anos num hotel no complexo Disney(ALL star Sports) e acho que nao vale a pena. Paga-se mais por isso e com esse dinheiro vc pode ficar num hotel super perto da Disney, imediatamente fora do complexo e ainda manter o carro ou simplesmente economizar e gastar com outras coisas . O All Star Sports(e todos do mesmo nível) sao bem fraquinhos pelo preço que se paga e a única vantagem é a dos onibus, mas sao sempre os que param mais longe dos parques( é por faixa de preços, os onibus dos melhores hotéis Disney param mais perto)e estao sempre bem lotados.
    E também acho que 17 dias em Orlando é too much , enjoa. E prepare-se pro inferno na terra que estarao os parques em julho, principalmente os Disney. Eu nao volto aos parques da Disney tao cedo, muito menos duas vezes na mesma viagem, mas essa é minha experiencia!Se vc pudesse alternar para outras datas seia melhor.Fora o calor que vai estar horrível!

    Leticia, Marilia, obrigada pelas dicas!

    Sei que 15 dias é muita coisa pra ficar na Disney, mas já reservei essa quantidade toda porque sei do inferno que vai estar o parque… estou almejando fazer uma viagem mais slow e ficar dentro da Disney me dá direito as extra magic hours, que deixam o parque aberto só pra quem está hospedado no Disney durante 3 horas no fim do dia… estou pensando em ir aos parques de manhã, voltar ao hotel na hroa do almoço qdo o sol estiver a pino, curtir uma piscina e voltar aos parques no fim da tarde pra ficar até meia noite neles… o que acham?
    Não queria viajar em julho, mas é a única data que posso tirar férias… não tenho muita alternativa mesmo… :-\

    beijos

    Bianca,
    Esquece o Florida Mall, se quiser comprar bem e muito barato , vai no Prime e no Premium Outlet , que voce vai fazer a festa e antes de comprar no Best Buy pesquisa os preços no Walt Mart que na maioria das veces voce consegue preços mais baratos, agora 15 dias não é muito tempo , eu já foi 3 veces e todas por 15 dias este ano vou a quarta ves e realmente é muito bom , dirigir em orlando é uma delicia só com gps, dicas para voce em todo shopping voce vai no guest room e solicita o carne com cupons de desconto que variam de 10 a 25% nas lojas e no Macys voce tambem se apresenta e mostra documento de identidade e te dão por 3 dias desconto de 10% em todas as compras

Riq,
Em jan 2011 pretendo ir pela 3ª vez!! Algum trip disse em outro post de Orlando que em nenhum lugar se sente tão em férias como aí e é exatamente assim que me sinto, EM FÉRIAS.
Como vou só com minha filha, e não me garanto de dirigir (aquelas avenidas enooormes), olhar GPS, ler as placas, procurar vaga, lembrar onde ficava a vaga, enfim, tudo sozinha, vou sempre de pacote e, no meu caso, acho ótimo.
Tem um ônibus que me deixa e me busca nos parques e nos outlets e caso eu queira algo diferente é só pegar um táxi. Lá, vc faz o que quer. Não me preocupo com nada, vc é sempre super bem tratado, tudo é muito organizado, limpo, enfim perfeito! Sem falar nos parques, claro. Amoooo!
P.S. Tb não vou nas montanhas russas, mas minha filha ama
P.S.2 Estava ansiosa esperando vc falar do Harry Potter, aí vi um coment seu dizendo q não vai, snifff…

Riq,

estou deixando um relato do test-drive do Japão-dois-palito lá no curtindoojapao.com
passa lá
Beijos

Já fiquei em hotel Hilton dentro do complexo Disney e recomendo se você quer realmente férias, sem preocupação com carro, já que ônibus servem tudo ali (menos Bush Gardens e Sea World).

Já fiquei em um motel bem em conta, Days Inn, com aluguel de carro. É a opção se você carrega muita gente com você (11 pessoas), fica mais barato e os quartos não perdem em conforto para o Hilton. Dica forte: GPS!!!!

Já alugamos uma casa em condomínio, como aquelas de filme, todas iguais sem portão. Muito aconchegante, vale a pena mas ainda fica a dica do GPS.

Ano que vem volto à Disney para levar os sobrinhos e quero ficar numa hospedagem em conta, All Star, dentro do complexo, sem preocupação de estacionamento, seguro de carro, combustível.

Não voltaria ao Sea World, mas nunca deixaria de fora o Bush Garden

    agora em 2012 fiquei dentro do complexo disney no Disney Port Orleans Riverside Resort
    o hotel é grande arborizado, os quartos são confortáveis, há todo a magia disney num tom calmo e sem overdose de mickey

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.