Paris: chegando por Charles de Gaulle, Orly e Beauvais

Paris é servida por dois aeroportos na região metropolitana imediata: Charles de Gaulle, o CDG, é o maior e mais importante; Orly é o mais próximo. Beauvais, a uma hora e meia da cidade, é usado sobretudo pela low-cost Ryanair.

Veja como chegar por cada um desses aeroportos.

Chegando pelo aeroporto Charles de Gaulle (CDG)

O CDG fica 30 km a nordeste de Paris, na cidadezinha de Roissy (por isso há quem se refira ao aeroporto simplesmente como “Roissy” — diga: Ruassí). É o destino de todos os vôos diretos do Brasil para a França (operados por Air France e TAM).

Táxi

Táxi é sempre o transporte mais indicado para quem passou 12 horas preso num avião, sem dormir direito. Você merece o conforto de ser deixado na porta do seu hotel, principalmente se não conhece a cidade. Pegar um táxi no Charles de Gaulle é simples e seguro. Basta ignorar os espertinhos que vêm oferecer o serviço a quem desembarca (são piratas, você vai ser explorado) e seguir as placas para a fila oficial do táxi. (Há um grande contingente de taxistas portugueses em Paris, de repente você dá sorte de pegar um.) Desde março de 2016, as tarifas são fixas. Um táxi do CDG até a Rive Droite vai custar 50 euros; até a Rive Gauche, 55 euros. Não há suplemento para bagagem. Para voltar, peça para o recepcionista do hotel reservar um táxi com hora marcada (haverá um suplemento de 7 euros).

Ônibus especial

É a segunda opção mais confortável. Você pega o ônibus até a região central e continua a sua viagem de táxi. Se você escolher o ônibus certo, o seu táxi de continuação não vai sair mais do que 10 euros. Há dois ônibus a escolher: o RoissyBus, que é um ônibus utilitário, sem luxos, com amplo espaço para bagagem no corredor, e os Le Bus Direct, que são mais confortáveis (as poltronas reclinam, a bagagem vai no bagageiro).

  • RoissyBus a Étoile: passa em quase todos os terminais do CDG e depois só pára no ponto final, nas esquinas das ruas Scribe e Auber, perto da Ópera Garnier. A estação Opéra do metrô é servida pelas linhas 3, 7 e 8. A viagem leva 1h15; os ônibus saem de CDG entre 6h e 0h30 (de Paris, saem das 5h15 à 0h30). Custa 11,50 euros por pessoa. Mais informações (e compra de passagem online) aqui.
  • Le Bus Direct à Tour Eiffel: passa nos terminais 1 e 2 do CDG e ruma a Paris, com uma parada intermediária na Porte Maillot (entrada norte da cidade) e ponto final na Av. Carnot, esquina com Place de l’Étoile (próxima ao Arco do Triunfo). A estação Porte Maillot é servida pela linha 1 do metrô e pelo RER C; a estação Charles de Gaulle-Étoile, pelas linhas 1, 2 e 6 do metrô e pelo RER A. A viagem a Tour Eiffel leva 70 minutos. Os ônibus partem dos pontos finais das 5h45 às 23h. Custa 17 euros por pessoa. Mais informações e compras online aqui.
  • Le Bus Direct às Gares de Lyon e Montparnasse: passa nos terminais 1 e 2 do CDG e ruma a Paris, com uma parada intermediária na Gare de Lyon e ponto final na Gare Montparnasse. A Gare de Lyon é servida pelas linhas 1 e 14 do metrô e pelo RER A e D. A viagem leva 1h até a Gare de Lyon e 1h15 até a Gare Montparnasse. Os ônibus partem dos pontos finais das 6h e 22h. Custa 17 euros por pessoa (15 euros por pessoa para grupos a partir de 4 pessoas). Mais informações e compras online aqui.
  • EasyBus ao Palais-Royal: parou de operar em outubro de 2016.

Van

A legislação aeroportuária impede que você compre seu transporte de van (shuttle) na hora no aeroporto. É preciso reservar com antecedência, o que abre a porta para toda série de transtornos. O fórum do Tripadvisor está lotado de gente que ficou esperando e a van não apareceu. Como a economia não é significativa (o preço para duas pessoas é de 45 euros), o táxi é muito mais recomendável. Se você estiver sozinho (tarifa: 28 euros) e disposto a encarar o perrengue, o site da SuperShuttle é este.

RER B

O trem suburbano é indicado para quem viaja com pouca bagagem e não tem medo de escada (em algum momento você vai precisar enfrentar uma). A viagem no pinga-pinga (há alguns horários com menos paradas) leva 50 minutos até a Paris central (com saídas entre 4h45 e 22h55). Você pode descer na Gare du Nord (conexão com linhas 2, 4 e 5 do metrô), Châtelet-Les Halles (linhas 1, 4, 7, 11 e 14), St.-Michel-Notre-Dame (linhas 4 e 10), Luxembourg, Port-Royal e Denfert-Rochereau (linhas 4 e 6). A passagem custa 10 euros. O bilhete do RER dá direito a continuar de metrô.


Onde ficar em Paris
Onde se hospedar em Paris?

Chegando pelo aeroporto Orly

Orly fica menos de 20 km ao sul de Paris. Recebe vôos domésticos e internacionais. Se você for a Paris com a portuguesa TAP, é este o aeroporto que vai usar.

Táxi

Se você pensar pelo lado do custo x benefício, o táxi de Orly é imbatível. Custa cerca de 30/35 euros até a Paris central — em duas pessoas, é só um pouquinho mais caro que o ônibus da Air France ou o RER (e mais barato se você acrescentar um táxi do ponto final ao seu hotel). Não aceite ofertas de caçadores de passageiros no terminal: esses são taxistas piratas. Siga a sinalização até a fila do táxi oficial e vá com conforto até a porta do seu hotel. A viagem deve durar pouco mais de meia hora. Desde março de 2016, as tarifas são fixas. Um táxi de Orly até a Rive Gauche vai custar 30 euros; até a Rive Droite, 35 euros. Não há suplemento para bagagem. Para voltar, peça para o recepcionista do hotel reservar um táxi com hora marcada (haverá um suplemento de 7 euros).

Ônibus especial

Viajantes avulsos e/ou mão-fechadas podem pegar o ônibus até a região central e continua a sua viagem de táxi. Se você escolher o ônibus certo, o seu táxi de continuação não vai sair mais do que 10 euros. Há dois ônibus a escolher: o OrlyBus, que é um ônibus utilitário, sem luxos, com amplo espaço para bagagem no corredor, e o Le Bus Direct, que são mais confortáveis (as poltronas reclinam, a bagagem vai no bagageiro), são pagos e podem ser usados por clientes de qualquer cia. aérea.

  • Le Bus Direct a Montparnasse, Invalides e Étoile: passa nos dois terminais de Orly (Ouest e Sud) e ruma a Paris, com duas paradas intermediárias — Gare Montparnasse, no 14e. arrondissement e estação estação Invalides, no 7e. (rue Esnault-Pelterie), e ponto final na Av. Carnot, esquina com Place de l’Étoile (próxima ao Arco do Triunfo). A estação Montparnasse-Bienvenüe é servida pelas linhas 4, 6, 12 e 13 do metrô; a estação Invalides, pelas linhas 8 e 13 do metrô e pelo RER C; Charles de Gaulle-Étoile, pelas linhas 1, 2 e 6 do metrô e pelo RER A. A viagem leva 45 minutos até Montparnasse, 55 minutos até Invalides e pouco mais de 1 hora até Étoile. Os ônibus partem de Étoile entre 5h e 22h40, e de Orly entre 6h e 23h40. Custa 12 euros . Mais informações e compras online aqui.

OrlyVal + RER B

O trem suburbano é indicado para quem viaja com pouca bagagem e não tem medo de escada (em algum momento você vai precisar enfrentar uma). A primeira parte da viagem é feita no monotrilho moderninho OrlyVal, que leva até a estação Antony, onde você pega a linha B do trem suburbano RER. A viagem leva 8 minutos no Orlyval + meia hora a 40 minutos de RER, dependendo de onde você parar. Você pode descer em Denfert-Rochereau (conexão com linhas 4 e 6 do metrô), Port-Royal, Luxembourg, St.-Michel-Notre-Dame (linhas 4 e 10), Châtelet-Les Halles (linhas 1, 4, 7, 11 e 14) e na Gare du Nord  (linhas 2, 4 e 5). A passagem Orlyval + RER custa 12,05 euros. O bilhete do RER dá direito a continuar de metrô.


Louvre, Paris
O que fazer em Paris?

Chegando pelo aeroporto Beauvais

O aeroporto de Beauvais fica a pouco menos de 90 km ao norte de Paris. Serve como base de operações da low-cost RyanAir.

Ônibus especial

O jeito de ir e voltar de Beauvais é com o ônibus oficial do aeroporto, que faz o trajeto entre o terminal e o ponto final na Porte Maillot (estacionamento Pershing) em 1h30. Os ônibus são coordenados com os vôos. Saem ônibus 20 a 25 minutos depois da chegada de um vôo. No sentido contrário, recomenda-se chegar ao estacionamento Pershing, na Porte Maillot (linha 1 do metrô) pelo menos 3h15 antes do embarque. A passagem custa 17 euros em cada sentido (15,90 se comprada online).

Transporte entre os aeroportos de Paris

Dica para a vida: não compre passagem que envolva conexão com troca de aeroportos. A economia jamais valerá o perrengue. Caso você tenha caído nessa, porém, aí vai como se virar:

Entre CDG e Orly (ou vice-versa)

O trem suburbano RER B liga os dois aeroportos. A viagem leva entre 1h20 (nos horários expressos) e 1h45 (nos horários com mais paradas). O trajeto entre a estação Antony e o aeroporto de Orly é feito pelo monotrilho OrlyVal. A tarifa total (RER + OrlyVal) vai sair 21,50 euros.

O Le Bus Direct também faz a ligação entre os dois aeroportos, por 21 euros. A viagem leva 1h20. Mais informações e compras online aqui.

Entre Beauvais e Orly ou CDG

Chegando por Beauvais, pegue o ônibus especial a Porte Maillot. Se o seu destino for CDG, poderá pegar o RoissyBus ali mesmo. Se o seu destino for Orly, vá de metrô de Porte Maillot a Charles de Gaulle-Étoile (linha 1) e lá pegue o OrlyBus. No sentido oposto, é só inverter o trajeto.

Leia mais:


Torre Eiffel

Passagens mais baratas para Paris no Kayak

Encontre seu hotel no Booking

Faça seu Seguro Viagem na Mondial Assistance

Alugue carro em Paris na Rentcars em até 12 vezes e sem IOF

Passeios e excursões em Paris com a Viator

360 comentários

Pegar uma van no CDG ou Orly é sempre um grande problema. Os motoristas trabalham com a paciência no limite. Talvez até com esse limite já ultrapassado. Qualquer atraso no avião, mudança no local de desembarque, etc., eles simplesmente vão embora. Tenho parentes que trabalham em Agências de Viagem e é sempre assim. Seria bom se alguém soubesse de algum confiável.

Perfeito esse post! Estou indo para Paris e será a primeira vez que irei por Orly. Obrigada pela ajuda!!!

Em 2011, reservei transfer pelo site do Yellow Van Shuttle (parece que foi comprado pela Paris Shuttle) ida e volta Orly-San Germain. A orientação era para ligarmos do aeroporto assim que pegássemos a bagagem (ligação grátis do telefone público e com possibilidade de atendimento em inglês). A atendente nos orientou a esperar perto da saída indicada pelo motorista – esperamos uns 20 minutos. Achei que íamos em uma van coletiva, mas ao chegarmos no estacionamento, surpresa: o carro era uma minivan Peugeot 5008 (pra comparação, aqui no Brasil seria como um Chevrolet Zafira). Ou seja, fomos só nós dois e o motorista, como se tivéssemos pegado um táxi. Na volta, a empresa ligou na véspera para o hotel e deixou recado avisando que não poderia nos buscar no horário reservado (não deu maiores informações) e o gerente do hotel reservou um táxi. O valor do transfer foi estornado na fatura seguinte do cartão. A conta: reserva on line 36 euros por trecho para 2 pessoas (os 36 da volta foram devolvidos) e o táxi custou 41 euros. Depois de ter reservado, a Iberia inaugurou seu próprio serviço por 17 euros por pessoa por trecho em van coletiva (valor da época), mas não sei se o serviço é exclusivo para passageiros da companhia.

    Boa tarde,
    Estou em Paris e de fato a Ibéria esta imbativel…são 17 euros e lhe deixam na porta do hotel. Para quem descer em Orly nao há nada melhor na relação custo beneficio. Nao precisa ter voado pela empresa.

Hummmm…. Li o texto e as mensagens do Conexão Paris e acho que vou optar pelo táxi mesmo, pois estou achado meio arriscado ficar sem saber exatamente qual a situação do RER no momento da chegada. Nessa etapa da viagem, já estarei com minha mãe e meu irmão, e então o custo do táxi acabará sendo diluído por três. Sem contar que eles são muito estressados, e então toda minha calma que eu mantive até agora me de usando o metrô e S-bahn durante os deslocamentos entre cidades pode se dissipar, hehehe.

As duas opções de ônibus não são interessantes para nós, já que nosso hotel é no Quartier Latin.

Obrigada pelo alerta, bóia!

Olá, pessoal,

Nunca cheguei a Paris pelo Charles de Gaulle, só pelo Orly. No final do mês, na última etapa da minha viagem, chegarei em Paris pelo CDG, em um vôo da Lufthansa vindo de Berlim. Estou tentada a pegar o RER. Meu hotel é perto da Notre Dame, e eu poderia descer na estação Saint Michel Notre Dame. Nesta estação eu sei que tem rolantes e pelo menus uma saída para rua rua tem elevador.

Minha dúvida é se do Terminal 1 do CDG até a plataforma do RER no Aeroporto tem algum lance de escada sem rolante.

P.S.: amanhã será a metade da minha viagem. Planejei toda a viagem com dicas daqui do VnV. Está tudo dando muito certo. Muito obrigada pelas dicas preciosas. Estou em Viena agora onde fico até sábado. E bah, em relação ao metrô, quanta diferença entre Viena e Paris. Aqui pode nao ter muitas linhas, afinal, a cidade é até pequena comparada a Paris, mas dá para ir para qualquer lugar com malas sem se preocupar com escadas. Eu vim da Westbahnhof até a Praterstern de metrô com duas malas de 4 rodinhas (a que quebrou em Munique, vazia, e a nova que eu tive de comprar lá). Foi a coisa mais fácil!

Abs,

Cris

    Olá, Cris! Que bom que está tudo dando certo 😀

    Atente para o que a Fernanda disse um pouco acima, alertada pela Lina do Conexão Paris: o RER B está em obras, e de vez quando há interrupções. Informe-se antes de embarcar.

    Desculpe a intromissão, mas o RER é o melhor meio de sair do CDG mesmo. Vale a pena e custa nem €10! Se não for horário de rush e vocÊ estiver de saco cheio pegue um taxi, não é tão longe do centro, fiz de carro 1x e foi bem tranquilo.

Valeu Boia,

a mala precisa despachar mesmo sendo de bordo? Devo embarcar somente com uma mala pequena!!!

Pode comprar a passagem quanto tempo antes? Essa é a melhor tarifa??

    Olá, Douglas! Para a bagagem de bordo, valem as regras dos aviões. Compre com 60 dias de antecedência.

    Oi Bóia, as passagens já estão a venda há mais ou menos 120 dias. Acabei d comprar a minha. O desconto é maior quanto maior a antecedência da compra.

Boia,

nao sei onde perguntar isso!!! rs

perguntei no forum de Bruxelas sobre trem entre Paris e Bruxelas, agora com esse post aqui lembrei que farei Londres – Paris de Eurostar!!

Tem algum post sobre isso?? Como pegar o Eurostar em Londres? Imigração? Horarios? Comprar a passagem precisa ser meses antes? Ou compra na hora??

Valeu

    Bóia,
    não tem despacho de mala não. Tem check-in, imigração e raio-x das malas; mas passando no raio-x cada um pega a sua mala e é responsável por ela o tempo todo, como num TGV normal.

    Pelo menos no trecho paris-londres realmente não há despacho de mala, ao menos na segunda classe; eu não lembro sequer de ter feito check-in.

    O check-in que eles falam é passar a passagem na máquina para abrir a catraca. É muito simples, a única coisa é que às vezes forma fila para isso, então é necessário chegar cedo.

Ricardo / Boia:
Esse preço de 55 a 60 euros do táxi é um preço fechado ou é pelo taxímetro mesmo?

Minha ideia é pegar o Roissybus após chegada no CDG já que minha hospedagem fica perto da Ópera e depois pegar um táxi que ficaria baratinho até lá.

Merci!

    Henrique, vá pelo ônibus sim. Os vôos da Air France chegam em CDG às 8:00 da manhã bem na hora do rush (dos subúrbios para o centro). Fui informado que a corrida de táxi era pelo taxímetro e, portanto, ficaria muito cara. Peguei o ônibus da Air France, e, de fato, levou mais de duas horas até Paris, por causa do engarrafamento. Abs!

    Pq não pegar o metro dentro do CDG ? Não demora e sai uns €10 apenas. Fiz isso, apesar de não ser a coisa mais glamurosa do mundo (metro de lã não é bonitão), funciona bem, é o meio mais rápido na hora do rush e é bem barato.

    Dentro do aeropoto ( proximo a saida do metro) tem umas maquinas de auto-serviço para você comprar o bilhete de saida, certifique-se de se manter com ele até o fim da viagem ( o bilhete é usado para sair da estação de chegada). E lembre-se de certificar a compra do bilhete para o centro de Paris, pois existem algumas zonas e o preço se não me engano varia.

    Alguém me ajuda não percebo nada de frança e nunca la fui tenho medo de me perder, não arenjei hotel mais perto por isso fiquei na ibis budget Paris Porte de Montmartre (ex ETAP HOTEL)
    45, Rue du Docteur Babinski – 75018 PARIS, e fico no aeroporto de orly como faço para chegar ao hotel e difícil, que bilhetes compro, depois para andar em paris como faço os bilhetes são caros o que me aconselham vou eu e minha esposa por favor ajudeme sou português.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.