Alguma companhia aérea já deixou você no chão?

Dentro de um avião da Ryanair

O carnaval de 2010 registrou uma verdadeira folia de mau atendimento a passageiros ao redor do planeta. Aqui no Rio, um vôo da U.S. Air que deveria levar cariocas para longe do carnaval na quarta-feira dia 10 só decolou de verdade na sexta-feira dia 12. Em duas tentativas anteriores, o avião que faria a rota apresentou problema na refrigeração e voltou ao Rio logo depois de partir. A companhia, novata na rota Brasil-EUA, demonstrou notável falta de capacidade de reação ao não conseguir nem trazer outro equipamento nem distribuir seus passageiros por outras companhias (sendo que United, Continental e de uma certa forma a TAM pertencem à mesma aliança). Mais uma vez a U.S. Air demonstrou o que o Rodrigo Purisch do Aquela Passagem já tinha dito — que se trata de uma cia. convencional com espírito de low-cost.

A maior papagaiada da temporada, porém, aconteceu com a notória Ryanair — que, não podendo pousar em Lanzarote, nas Canárias, aterrissou numa ilha próxima, Fuenteventura. Muitas outras companhias aéreas fizeram isso e acomodaram seus passageiros em hotéis para seguir viagem no dia seguinte. O que fez a Ryanair? Sem dizer nada a ninguém, trouxe seu avião de volta a Londres, abandonando os passageiros num aeroporto sem guichê da companhia. Todos tiveram que tratar sozinhos de sua hospedagem e demoraram para saber que no dia seguinte poderiam continuar a viagem de ferry-boat, tão logo o serviço fosse retomado. A Ryanair promete ressarcir a noite passada no hotel — mas, cá entre nós, a sensação de abandono mereceria uma senhora de uma indenização. Coisas de low-cost, que ficam ainda mais cruéis quando feitas pela Ryanair.

Passageiros de navio também tiveram suas viagens prejudicadas por causa de mau tempo. Em Fortaleza, um navio da MSC partiu uma hora antes do previsto, deixando 100 passageiros em terra. A explicação foi que os ventos tornavam arriscada a permanência do navio no porto e o comendante antecipou a partida. A companhia vai ressarcir os prejudicados ou oferecer outras datas para a viagem — mas, de novo, estragar férias desta maneira envolve um dano muito maior do que o preço pago pelo cruzeiro.

Finalmente, pesquisando sobre esse incidente, acabei sem querer achando mais uma notícia de navio que não conseguiu fazer escala em Noronha por causa do swell. Aconteceu na quinta-feira antes do carnaval, dia 11, e 650 passageiros não puderam desembarcar na escala mais desejada do roteiro. O swell estava tão forte que mesas e cadeiras viraram no restaurante (era hora do café da manhã) e na área da piscina; houve um princípio de pânico entre os passageiros. O que é mais uma prova de que esta é a época mais inconveniente possível do ano para esta rota (o swell é um fenômeno típico do verão no arquipélago, todo ano tem). Não desembarcar em Noronha não dá direito a nenhuma espécie de compensação; está no contrato de qualquer cruzeiro que as escalas podem ser abortadas em caso de mau tempo.

E você? Já foi abandonado alguma vez no chão? Como fez para se virar? Conseguiu ressarcimento? Conta pra gente!

Foto gentilmente surrupiada daqui.

84 comentários

Boa noite senhores,

Fiz uma besteira imensa e nem sei como proceder para consertar…comprei duas passagens pela nossa querida Ryanair para o mês de março, porém para a mesma pessoa. Mesmo nome, mesmo vôo, porém cartões diferentes. Vcs acham que eu consigo reaver esse valor? O vôo é no final de março/2012 e já possuimos uma outra passagem no mesmo vôo para a pessoa…
Alguém já passou por uma situação parecida???

    Olá, Wilson! Provavelmente existe na sua passagem um rodapé com todas as condições de cancelamento. Leia com atenção para descobrir as alternativas possíveis.

Olá, estou comprando uma passagem GRU – Havana, mas estou bem na dúvida entre a Copa e a LAN.
Já fiz o trajeto pela Copa, foi tranquilo, sem atrasos. A única ressalva foi quanto ao serviço de bordo. Os comissários se confundiram todos e parte dos passageiros demorou mais de uma hora para receber a comida, enquanto outros já haviam comido e repetiam a bebida.
A outra experiência foi com a Cubana, péssima, não recomendo a ninguém. Tem preços bem melhores que os da concorrência, mas só vale pagar se você tiver muito tempo de viagem e não se preocupar com overbooking, atrasos homéricos (9 horas!) e cancelamentos de voo, consequentemente perdendo conexões e passando dias em locais inesperados.
Pela LAN nunca fiz esse trecho, alguém já fez?
Para a data que consultei, os preços de LAN e Copa estão compatíveis.
E aí, alguém tem alguma sugestão?

    Olá, Marina! A maior diferença estará no entretenimento de bordo. Compare os tempos de permanência no aeroporto nas escalas e pense se você quer aproveitar para compras (neste caso, vá pelo Panamá) ou não.

Em 2007 fui abadonada a terra pela companhia aerea BRA, que faliu e ate agora nao reembolsou ninguem.
Era un natal e viagavo da Italia para o Brasil, e nenhum ressacimento ate agora.

A TAM só não me deixou no chão porque eu briguei muuuuito com ela dias antes da viagem. Compartilho com vocês a mensagem que enviei à Anac, Ministério Público, Reclame Aqui e outros.
“Quero manifestar minha indignação diante do completo desprezo da TAM Linhas Aéreas pelos seus clientes no tocante ao problema com o cancelamento das operações em La Paz – Bolívia. Emiti minha passagem em 14-7-2010, reserva XXXX, utilizando pontos do programa fidelidade, e planejei toda minha viagem com antecedência, já no intuito de evitar problemas. No dia 14-9-2010, cinco dias antes do embarque, resolvi verificar minha reserva e me deparei com a alteração completa dos trechos, para destinos que não me interessavam. Pensei que se tratasse de um equívoco e liguei imediatamente para a TAM. Fiquei perplexo ao descobrir que a empresa havia cancelado suas operações em La Paz e não se prontificou sequer em avisar aos seus clientes, muito menos a tomar qualquer iniciativa de solucionar o impasse causado pela própria companhia. Desnecessário mencionar o estresse causado por esse despautério, constatado cinco dias antes do embarque, com a viagem toda programada, compromissos assumidos, reservas e pagamentos efetuados. E tudo poderia ter sido evitado se a TAM tivesse um pingo de decência e respeito pelos seus clientes e os tivesse informado com antecedência, oferecendo-lhes uma solução digna para o impasse. Ressalta-se que em momento algum fui informado, seja por e-mail, telefone ou qualquer outro meio. E que todas as iniciativas de resolver o imbróglio partiram de mim, mediante muita paciência e insistência com os atendentes, que são bastante educados e não têm culpa por essa política nefasta de uma empresa aérea que não tem o mínimo de respeito pelo consumidor de seus serviços. Questionei todos os atendentes sobre o motivo de não terem me mandado sequer um e-mail. Alguns me disseram que eu iria ser avisado. Quando? No balcão de check in? Outros me ofereceram minhas milhas de volta, na última hora, com toda a viagem programada. É simplesmente revoltante escolher uma empresa para voar e ser tratado com tamanho desprezo, tamanha falta de respeito pelos meus direitos. Não viso a obter nenhuma vantagem, quero apenas ser tratado com respeito e dignidade; e, acima de tudo, ver os meus direitos respeitados. Não estou pedindo nenhum favor. É lamentável a atitude da TAM”.

Eu simplesmente ODEIO a American Airlines. Alem das aeromoças serem super grossas, o atendimento êh péssimo!!!! Já fui deixada na rua da amargura pela American Airlines junto com Gol que êh outra bela porcaria de empresa. Tinha uma viagem marcada para o Brasil, moro em Boston, e ficaria por lá somente por 11 dias, estava indo para batizar meu sobrinho/afilhado.
O primeiro imprevisto foi no aeroporto de Boston. Por conta de uma neve branda que estava caindo em NY, que seria a minha porta de entrada no Brasil, o meu avião não poderia levantar voo porque o trecho Boston- NYC êh feito por um teco-teco daqueles bem vagabundos que só tem uma cadeira de cada lado e só cabem umas 45 pessoas…
Implorei pra atendente da AA me remanejar para o voo de Miami mas a mA vontade não deixou. Tive que voltar pra casa, perdendo assim um dos poucos dias da minha viagem.
Ate aí tudo bem, estava tudo tranquilo, mas no próximo dia a saga começou. Peguei o teco-teco para NYC, cheguei lá encima da hora e perdi o voo pra Sao Paulo por imcopetencia da pessoa que remarcou o voo. Fiquei 8 horas no aeroporto de NYC esperando outro voo, mas como não tinha nenhum fui remanejada para Miami. Cheguei em Miami e esperei mais 5 horas pra embarcar. Ah, finalmente vou chegar ao fim da saga…
Que nada!!! Cheguei em Guarulhos, as 6:30 am do outro dia, corri pra pegar minhas malas, não fiz nem xixi por medo de perder a conexão da Gol que me levaria ao destino final, Vitoria/ ES.
Chegando no guiche da Gol que estava lotado, a atendente não conseguia de jeito nenhum achar meu bilhete porque como meu voo era pro dia anterior, seria um pouco mais complicado de achar minha reserva. Meu voo para Vix era as 10:40 am e já eram 9:40… A atendente saiu para ligar para uma central e localizar minha reserva. Mas antes de ligar ela me assegurou que eu ia conseguir pegar aquele voo, que estava tudo certo. Passaram-se simplesmente 40 minutos e nada da moca. O voo estava com overbook e apareceu uma cliente aos berros dizendo que tinha que embarcar, mas não tinha reserva. A minha atendente reapareceu depois de 40 minutos e foi atender a cliente escandalosa… Quando me dei conta que só faltavam 15 minutos para a decolagem, eu perguntei para minha atendente se estava tudo certo para o meu embarque e a criatura sumiu de novo. Ela só voltou quando o voo já tinha decolado, e eu fiquei pra trás… Quando a infeliz voltou e eu nervosamente pedi pra ser colocada em outro voo, fui informada que só teria outro voo saindo para Vitoria as 10:30 da noite e eram 10:40 da manha!!!! Eu literalmente chorei de raiva!!!!
Para encurtar, tive que passar 12 horas no aeroporto de Sao Paulo e do cheguei em Vitoria, 2 dias inteiros depois do esperado!!!!! Minha viagem que seria de 11 dias, acabou sendo de 9 e eu quase perdi o batizado do meu afilhado, tudo graças a American Airlines!!!!! Pesadelo êh pouco!!!
Pra piorar não ganhei NADA para amenizar meu transtorno!!! E olha que eu reclamei e MUITO!!! O máximo que consegui foi um voucher para lanchar no aeroporto!!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.