Passaporte da vacina: onde estão exigindo

Passaporte da vacina: que lugares do Brasil estão exigindo?

Com o avanço da vacinação, o ‘passaporte da vacina’ começa a ser exigido em alguns destinos turísticos.

Este painel vai acompanhar as exigências de certificado de vacinação pelas cidades e estados do Brasil.

A cidade com maior nível de exigência é o Rio de Janeiro, onde a comprovação de vacinação é agora é necessária até para fazer check-in em hotéis e comer em áreas internas de restaurantes.

(Se você procura exigências de vacinação para viajar ao exterior, veja neste outro post.)

O que é o ‘passaporte da vacina’?

Passaporte da vacina, ou passaporte de vacinação, ou ainda passaporte sanitário, nada mais é que o certificado de vacinação quando usado para entrar num local de acesso exclusivo a pessoas vacinadas.

O certificado gerado pelo aplicativo ConecteSUS é aceito em todo o Brasil. Os certificados de papel, entregues no momento da vacinação no posto de saúde, também estão sendo aceitos. Há também certificados digitais estaduais, que são aceitos dentro dos estados.

O ConecteSUS é aceito no exterior?

O certificado digital do ConectSUS pode ser emitido em inglês e espanhol e é aceito para entrar nos países que estão recebendo brasileiros vacinados.

Em alguns países, no entanto, será necessário emitir um passe sanitário local ou fazer testes de antígeno para entrar em alguns ambientes. Veja todos os detalhes neste outro post.

Ceará

Desde o dia 15 de novembro o certificado de vacinação é exigido para frequentar:

  • Restaurantes
  • Bares
  • Barracas de praia
  • Eventos

A exigência vale para todos os clientes a partir de 12 anos. Caso ainda não tenha chegado a data de tomar a segunda dose, a primeira dose vale para entrar nos ambientes.

Fernando de Noronha

Desde 1º de outubro de 2021, Fernando de Noronha exige vacinação – total ou parcial – dos visitantes a partir de 12 anos.

  • Quem já tomou há pelo menos 21 dias as duas doses de Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer, ou a dose única da Janssen, fica dispensado de fazer teste para embarcar. Só precisa apresentar o certificado do ConecteSUS.
  • Quem só tomou uma dose, ou está completamente vacinado há menos de 21 dias, vai precisar apresentar um teste (veja os testes aceitos aqui).

A partir de 1º de dezembro, visitantes maiores de 18 anos só entrarão com as duas doses já tomadas.

Testes aceitos por Fernando de Noronha

Quem precisa apresentar teste pode escolher entre essas alternativas:

  • Teste RT-PCR negativo (“não-reagente”) para covid, realizado em laboratório até 48 horas antes da viagem
  • Teste sorológico positivo (“reagente”) para anticorpos de covid (IgG), realizado em laboratório até 90 dias antes da viagem
  • Teste de anticorpos neutralizantes positivo (“reagente”) realizado em laboratório. 

Florianópolis

Desde 16 de novembro, o município de Florianópolis exige o comprovante de vacinação para participar de eventos para mais de 500 pessoas, como:

  • Shows
  • Feiras
  • Festas
  • Convenções

O passaporte da vacina não é exigido em shoppings, restaurantes, cinemas ou centros culturais.

Manaus

Desde 24 de agosto Manaus exige vacinação (1 ou 2 doses) para frequentar:

  • Bares
  • Restaurantes
  • Flutuantes
  • Museus e centros culturais

Não é necessário certificado de vacinação para entrar em lojas.

Paraíba

Desde o dia 14 de outubro é preciso apresentar certificado de vacinação para frequentar:

  • Restaurantes
  • Bares
  • Eventos
  • Casas de shows
  • Boates
  • Estádios de futebol

Rio de Janeiro (cidade)

Dia 1º de dezembro a cidade do Rio de Janeiro ampliou a exigência de certificado de vacinação.

Maiores de 18 anos precisam apresentar certificado de 2 doses de vacina (ou dose única da Janssen) para entrar em todos esses ambientes:

  • Hotéis e aluguéis de temporada
  • Áreas internas de bares e restaurantes
  • Atrações turísticas com acesso controlado (como Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Roda Gigante Rio Star, AquaRio)
  • Museus, centros culturais, cinemas e teatros
  • Academias de ginástica
  • Salões de beleza e barbeiros
  • Estádios de futebol
  • Shows
  • Eventos

As praias e parques têm acesso livre.

Rio Grande do Sul

A partir de 18 de outubro, comprovante de vacinação será necessário para entrar em:

  • Casas noturnas
  • Cinemas, teatros, casas de show
  • Feiras e eventos
  • Parques temáticos e de diversões
  • Eventos fechados do Natal Luz em Gramado

Todos os adultos vão precisar comprovar pelo menos uma dose.

  • Pessoas de 40 anos ou mais: exigência da segunda dose a partir de 18 de outubro
  • Pessoas entre 30 e 39 anos: exigência da primeira dose de 18 a 31 de outubro. Exigência da segunda dose a partir de 1º de novembro
  • Pessoas entre 18 e 29 anos: exigência da primeira dose de 18 de outubro a 30 de novembro. Exigência da segunda dose a partir de 1º de dezembro

São Paulo (cidade)

Desde 1º de setembro a cidade de São Paulo exige certificado de vacinação com pelo menos 1 dose tomada para participar de eventos com mais de 500 pessoas:

  • Shows
  • Feiras
  • Congressos
  • Jogos

Não é exigido o certificado para ter acesso a bares, restaurantes, cinemas, teatros ou lojas.

150 comentários

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.