Munique-Füssen

Passo a passo: como ir de Munique ao castelo de Neuschwanstein

Neuschwanstein

Derradeira fantasia do excêntrico rei Ludwig II da Baviera (que morreu antes que a obra tivesse sido terminada), o castelo de Neuschwanstein costuma estar no topo da lista de lerês de quem passa uns dias em Munique. Pudera: este deve ser o castelo mais famoso do mundo (mais do que qualquer um do Vale do Loire individualmente). É um dos cartões-postais da Alemanha. Serviu de fonte de inspiração para o castelo de Cinderela na Disney. Foi finalista do concurso para eleger as Novas Maravilhas do Mundo. Resultado: 1.300.000 visitantes por ano.

O bate-volta desde Munique é perfeitamente factível — mas conte em perder o dia inteiro nessa função. São duas horas de trem até Füssen, mais dez minutos de ônibus até a bilheteria em Hohenschwangau, mais algo entre 20 e 40 minutos para subir até o castelo (dependendo do meio de transporte escolhido — e da fila para subir no meio de transporte escolhido). Além disso, deve-se levar em conta o fato de que as visitas têm hora marcada e cada grupo tem vagas limitadas. Ou seja: se você não comprar com antecedência pela internet, pode encontrar ingressos só para duas ou três horas. E se comprar antecipadamente e não chegar a tempo, perde a vez e o dinheiro do ingresso.

De carro, dá 125 km, que podem ser percorridos em 1h40min, ou seja, apenas 20 minutos menos do que de trem (ponha como cidades de origem e destino Munique e Schwangau).

A maior barbada, porém, é ir de trem, com o Regio-Ticket Allgäu-Schwaben, um passe que vale o dia inteiro em trens regionais (Regio) na rota Munique-Füssen, e que custa 20 euros para uma pessoa, mais 6 euros extras para cada pessoa viajando no mesmo passe.

Vamos ao passo a passo da operação toda.

Escolha seu horário (e compre online, se quiser)


Munique-Füssen

Entre em bahn.de/international e selecione “return journey”, para já ver ida e volta numa pesquisa só.

Se, além de pesquisar horários, você queira comprar o passe, então use a data real da viagem e o número de pessoas que vão viajar com o mesmo passe.


bt-prefer-fast

Bayern Ticket

Bayern Ticket

Detalhe: para pegar trens onde o passe regional seja válido, desabilite “prefer fast connections” e habilite “local transport”.


Munique-Füssen

Importante: de 2ª a 6ª o passe vale apenas para trens que partem depois das 9h. Nos sábados e domingos, valem o dia inteiro.


Regio Ticket

Depois de selecionados o horário de ida e de volta, o site vai oferecer as opções de compra. Se você selecionou os trens e horários certos (trens regionais, que saiam depois das 9h da manhã de 2ª a 6ª, em qualquer horário no sábado ou no domingo, e voltem antes das 3h da madrugada do dia seguinte), o site vai oferecer o Regio-Ticket Allgäu-Schwaben.

Caso você decida comprar, vai precisar se registrar. Você vai poder escolher entre e-ticket (que deverá imprimir em casa) ou um ticket digital para carregar no celular (você vai precisar baixar o aplicativo da Deutsche Bahn).

Comprando pela internet, saiba que será necessário levar com você o cartão de crédito usado na operação e apresentar para o fiscal quando passar (é a forma que a cia. tem de evitar fraudes).

Comprando o passe na maquininha na estação

É possível comprar o Bayern Ticket na hora, em qualquer máquina de auto-atendimento na estação de Munique. Ao chegar, aperte na bandeirinha da Inglaterra para instruções em inglês. (Tem também instruções em espanhol, mas não testei.)

1. Selecione “All offers”


Bayern Ticket

2. Selecoine “Offers per Federal Land”


Bayern Ticket

3. Selecione “Bavaria” e depois “Bavaria Ticket”

Bayern Ticket

Tenha uma caneta à mão para preencher os dados no passe.

Ao trem!

Confira sua plataforma

Chegue mais cedo do que eu à plataformaProcure no painel o número da plataforma do trem para Füssen e tente chegar uns 15 minutos antes para pegar um bom lugar. Não há lugares reservados em trens regionais na Alemanha.

Chegando em Füssen

A estaçãozinha é micro. Atravesse o saguão e saia pela porta: a parada de ônibus fica em frente. Qualquer ônibus 73 ou 78 serve. Deve haver pelo menos um a postos, coincidindo com a chegada do trem. Apresente o seu Bayern Ticket ao cobrador, e você não vai precisar pagar passagem. É permitido viajar em pé.

FüssenFüssen

(Para quem estiver fazendo um pit stop, há lockers para malas na estação; você vai perder o bumba de conexão imediata, mas outros virão.)

Em menos de 10 minutos o ônibus chegará a Hohenschwangau/Castles, onde todos os turistas vão descer.

Como comprar/retirar ingresso

Do ponto de ônibus de Hohenschwangau até a bilheteria é uma caminhadinha de três minutos ladeirinha acima. Lá você escolhe entre a fila de compra e de retirada de ingresso.

A compra online é feita no site de Hohenschwangau. Comprando pelo site há um acréscimo de 1,80 euro por pessoa, por castelo. Mesmo comprando online, preveja um intervalo de pelo menos 90 minutos entre a sua chegada a Füssen e o horário do tour, já que você vai pegar a fila de retirada e depois vai ter que subir até o castelo.

Tanto pela internet quanto no local você pode comprar ingresso para Neuschwanstein (13 euros), para o castelo de Hohenschwangau (13 euros) e para os dois juntos (“King’s Ticket”, 25 euros). Menores de 18 anos não pagam.

HohenschwangauEscolha seu tour

Todas as visitas são guiadas. Você pode escolher entre grupos guiados em alemão, em inglês ou com audioguia.

Na compra dos dois castelos, recomenda-se começar por Hohenschwangau e marcar Neuschwanstein para duas horas mais tarde.

Como subir ao castelo

O tempo está bonito? Você não é fumante? Então suba a pé. Em 40 minutos você chega ao castelo respirando o ar puro da montanha. (Para descer são 25 minutos.)

Neuschwanstein

Está muito frio? Chovendo? Pegue o ônibus. Atenção: não está incluído no Bayern Ticket. Custa 1,80 euro para subir, 1 euro para descer. Deixa você na Mariensbrücke (Ponte Maria), de onde você caminha 10 minutos por uma descida íngreme até o castelo (dizem que é o melhor ponto para fotografar o dito cujo). Dizem que para voltar é melhor descer a pé do que subir de volta à ponte para pegar o bumba, porque a subida, além de cansativa, leva quase o mesmo tempo de descer a pé até Hohenschwangau. Infelizmente eu não posso dar meu depoimento pessoal, porque com neve o ônibus não opera, então não pude checar nada disso (e ainda perdi a vista da Mariensbrücke).

Hohenschwangau

Subindo a Neuschwanstein

O único meio de transporte que funciona com qualquer tempo é o de charrete. Custa 6 euros para subir, 3 euros para descer. Paga-se diretamente ao cocheiro. Te deixa e te busca praticamente na porta do castelo. Foi o meio que usei, porque com zero grau e neviscando subir a pé não era uma alternativa sensata. Mas morro de pena dos cavalos. Atenção: no meu dia, a fila das charretes levava mais tempo do que a subida (a subida deu menos de 15 minutos).

A visita

Neuschwanstein

O ingressoNeuschwanstein

Os grupos são numerados. Repetindo: quem perde a hora perde o ingresso. E a visita dura só… meia horinha. O itinerário é fixo e o tempo é contado. Mas vale a pena. Cada ala foi desenhada como um cenário, inspirado em óperas de Wagner, por quem o rei era obcecado. Tem até uma gruta artificial no meio dos aposentos reais. Não é permitido tirar fotos do interior do castelo.

Neuschwanstein

Neuschwanstein

A volta

Se você conseguir sair de Munique cedo (usando o passe no fim de semana), pode aproveitar a passada por Füssen para dar um rolezinho pelo centro e almoçar antes de pegar o trem de volta.

Caso pense em alugar um carro, vale a pena considerar Füssen como bate-volta de alguma base da Rota Romântica, como Augsburg.

Neuschwanstein

Leia mais:

607 comentários

    Parabéns pela foto Luciana, está fantástica! Você saberia dizer se, como no inverno o ônibus não opera, conseguiríamos chegar nesse ponto de onde você tirou a foto com um carro, ou se a estrada fica fechada?

    Carlos,
    No inverno nao dá para chegar na Marienbrücke, devido ao perigo de escorregar no gelo.
    Fomos lá no ano passado nessa época, e perdemos essa vista.

    Obrigado pela informação Marcelo. Sempre temos que arrumar desculpa para voltar né? Nesse caso teremos que voltar em outra época para tirar uma foto igual a de Luciana! 😉

Fui em outubro enquanto estava morando em Munique, o dia estava lindo e quente. Mas a paisagem no inverno é tão linda!

Nem comprei esse passe baratão, eu usei um dia do meu passe Eurail. Fiz besteira 🙁 Mas agora já sei para as próximas ocasiões!

Esse post, para variar, bombou. Só faltou terminar com um “entendeu ou quer que eu desenhe?”.

Minhas perguntas:

– qual a melhor época do ano para ir e conseguir um céu azul, vegetação exuberante ao redor etc.?

– existe algum dia da semana e/ou horário em que a lotação seja menor?

    PêEsse, eu fui no comecinho de maio e peguei uma paisagem linda, com neve no alto, e vegetação verdinha – mas ainda estava um tico friozinho (tipo inverno brasileiro, não alemão).
    Nessa época, funciona o ônibus, e subimos por ele até a Marienbruck, que tem uma vista maravilhosa mesmo. Dali, é descida até o castelo, numa paisagem linda. E como pra descer todo santo ajuda, descemos do castelo a pé, aproveitando o caminho (que é asfaltado, mas dentro de um parque) e vendo o povo subir bufando.
    Duvi-de-o-dó que tenha algum dia menos lotado naquele castelo. Minha experiência foi só que, como dormimos em Füssen e pegamos uma das primeiras visitas, ainda não havia muita gente nos mirantes pra cima do castelo, dando pra tirar fotos legais. Pra entrar, é uma fila braba, mas eles têm um esqueminha tipo Disney de filas sobre si mesmas, que vc não percebe que está láaaaaa longe. Os horários são super germânicos, e funcionam.
    Ai, mas que saudade que está me dando…

    Tive o prazer de ver este castelo nas 4 estações do ano, e posso dizer que cada estação o encanto do lugar é diferente. Se fosse escolher a minha época preferida esta seria o Outono pelo espetáculo de cores da floresta.
    As visitas ao castelo costumam ser “Menos cheias” bem no inicio da manha, pois como muita gente vem apenas para passar o dia, neste horário você só pega aqueles que se hospedaram na região. Minha dica também é evitar o periodo de férias na Europa, mas como esta é uma das atrações mais famosas da Alemanha voce sempre terá companhia no interior do castelo.
    No outono a melhor época para se visitar é preferencialmente na última semana de Setembro e as 2 primeiras semanas de Outubro quando as árvores estão em pleno espetáculo de cores. Além disso você ainda pode conciliar com a Oktoberfest.
    A última vez que visitei o Neuschwannstein foi mês de março e apesar de ser um dos meses mais secos só pegamos chuva… Este foi um dos primeiros posts do nosso Blog => http://mauoscar.com/2008/08/26/021-%e2%80%93-neuschwannstein/

    PêEsse, no comecinho de julho o tempo já está lindo e quem ficou de recuperação ainda não está de férias na Europa =D
    Mesmo assim… uma filinha de espera sempre vai ter! O bom é que vale cada minuto!

Riq

Perfeito!

Voce poderia colocar no Perguntodromo.

A) Dicas para 3 dias em Medelin, na Colombia
B) Villa de Leya, Colombia, alguem já foi? Como ir? Vale a pena?

    Vou abrir um post participativo. (Para botar no Perguntódromo você deveria ter posto a pergunta num post da Colômbia; se eu puser esta lá as informações vão ficar acumuladas aqui em Neuschwanstein. Mas Medellín merece mesmo um post à parte.)

Riq
Como poderia ser mais perfeito o post??? Nao sei como vc consegue…se supera a cada dia! Detalhadíssimo!
Riq, vc vai pro céu non stop(de novo, kkkk)!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.