Casamento de espanhol

Estamos no auge da temporada das chuvas do Nordeste (sempre lembrando que o sul da Bahia não pertence, “climaticamente”, ao Nordeste), então eu sabia o que me esperava em Alagoas.

No fim das contas, dei sorte. Peguei dois dias ruins (sexta e sábado, chuvosíssimos) e quatro dias óóóótimos (domingo a quarta). Quer dizer: choveu um pouquinho todos os dias, mas rápido.

Assim — de repente, passava uma nuvem carregada e, durante quinze minutos, era isso:

    Casamento de espanhol 5

Quando a nuvem esvaziava (ou continuava sua trajetória, levada pelo vento), virava isso:

    Casamento de espanhol 6

Quem veio para o feriado, porém, não teve a mesma sorte. Hoje o tempo está feio, e a previsão para amanhã não é boa. (Mas sábado e domingo devem ser de sol.)

Eu acho que a gente é muito desorganizado. As autoridades dos lugares turísticos do planeta deveriam se reunir com os responsáveis pelo clima lá em cima e combinar um esquema que ficasse bom para todo mundo.

Por exemplo: esse sistema de chover um pouquinho por dia, chuva-e-sol-casamento-de-espanhol, sol-e-chuva-casamento de viúva, é muito bom para todas as partes envolvidas.

Podem contar comigo para organizar a cúpula. Acho que Belém do Pará é um bom lugar para a assinatura do tratado.

46 comentários

Tô trocando um pouco de frio aqui do Chile por um pouco de chuva aí de Alagoas… Vai fazer frio assim lá na p…

Aliás, estou transmitindo toda minha viagem utilizando a lenta internet sem fio de alguma bondosa alma que esqueceu de colocar a senha. Que Deus lhe pague, seja lá vc quem for 🙂

Bom sol

Oi Riq!! Pois é… ano passado nessa época, estive na Bahia e chuva sempre!!! Esse ano, acabei de chegar de Natal… ninguém tá acreditando no meu bronzeado!! A nuvem passava e a chuva acabava mesmo!!!

Mas mesmo com chuva podemos aproveitar um pouco dependendo do local. Ano passado marquei de encontrar minha prima em Barcelona e bem no dia estava uma chuva danada, procuramos passeios indoor, e eu comprei um bone na rua para o cabelo nao ficar um desastre, e foi bom mesmo assim, mesmo com muito cafe, e paradinhas para secar o pe.

Chuva e Sol, casamento de espanhol! Sol e Chuva, casamento de viúva!

O interessante é que nunca contamos com esses contra-tempos.
Um comment da Sylvia em outro post traduziu bem isso. Não calculamos, (pelo menos nós os iniciantes 🙂 ) o mau tempo que pode atrasar ou impedir passeios, um lugar que reputamos imperdível e que pode estar fechado naquele dia, a grosseria de um local que pode obscurecer nosso dia ensolarado, fatos que indicam que é bom ficarmos, qdo possível, mais de 1 dia em cada cidade. Mas nem sempre dá…

Ricardo:
Tem um resort aí que muitos comentam por ser muito bom e mais barato que os demais do Nordeste. Vc avaliza?

Aprendi essa coisa de casamento de Espanhol desde pequeno.

Chuva e Sol – casamento de espanhol. tá certo Riq!

Abrs

wb, muito bonitas as fotos de Itacaré!!!. Eu gosto muito Itacaré, as praias son espectaculares.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.