Chile reabre fronteiras

Reabertura do Chile: adiada a reabertura de 4 fronteiras terrestres

ATUALIZAÇÃO: 5 DE JANEIRO DE 2022

Com receio da variante ômicron, o Chile anunciou o adiamento de 4 postos de fronteira que reabririam dia 4 de janeiro. Entre eles está o Paso Dorotea, que permite a travessia de visitantes entre El Calafate/El Chaltén na Argentina e Puerto Natales/Torres del Paine no Chile. Não há data prevista para a reabertura.

O único dos postos que teve sua reabertura confirmada para dia 4 de janeiro é o Paso Los Libertadores, que permite a travessia entre Mendoza e Santiago.

Veja nesta página os requisitos de entrada no Chile por via aérea ou terrestre e quais são os postos de fronteira já habiltados.

Requisitos de entrada no Chile

Fronteiras aéreas habilitadas

  • Aeroportos de Santiago, Iquique, Antofagasta e Punta Arenas

Fronteiras terrestres habilitadas

  • Postos de fronteira terrestre habilitados a partir de 22 de dezembro (em verde no mapa):
    • Paso Futaleufú, Los Lagos (Patagônia)
    • Paso Huemules, Aysén (Patagônia)
    • Paso Jeinimeni, Aysén (Patagônia)
    • Paso Integración Austral, Magallanes (Terra do Fogo)
  • Posto de fronteira terrestre habilitado a partir de 4 de janeiro (em verde claro no mapa):
    • Paso Los Libertadores (entre Santiago e Mendoza)
  • Postos de fronteira com abertura adiada sem data prevista de reabertura (em vermelho no mapa):
    • Paso Cardenal Samoré (entre Bariloche e Puerto Varas)
    • Paso Dorotea (entre El Calafate e Torres del Paine)
    • Paso Pino Hachado (entre Pucón e Neuquén)
    • Paso Agua Negra (entre La Serena e Córdoba)
    • Paso Challacuta (entre Arica e Tacna no Peru)

Regras para visitantes estrangeiros

  • Ter completado o esquema vacinal (com qualquer vacina aprovada pela OMS) há pelo menos 14 dias
  • Atenção: o esquema vacinal completo inclui a dose de reforço 6 meses depois da segunda dose ou da dose única
  • Preencher o formulário do site MeVacuno, que emite o Pase de Movilidad chileno
  • Apresentar teste RT-PCR colhido dentro das últimas 72 horas antes do embarque
  • Fazer seguro de saúde que inclua covid e ofereça uma cobertura mínima de US$ 30 mil
  • Fazer um teste RT-PCR ao chegar ao Chile (gratuito)
  • Esperar o resultado em isolamento, em Santiago ou no destino final
  • Saindo resultado negativo, está livre para fazer turismo
  • O isolamento é monitorado pelo governo chileno

Viagens ao Chile com crianças

  • Apenas crianças até 2 anos podem entrar sem PCR prévio
  • Crianças entre 3 e 5 anos estão dispensadas de apresentar vacinação, mas precisam do PCR prévio. Caso os adultos precisem fazer PCR e isolamento na chegada, faz o isolamento com eles
  • Crianças entre 6 e 11 anos que não tenham vacinação completa (como é o caso das crianças brasileiras) deverão cumprir as regras dos não-vacinados: PCR na chegada e isolamento de 5 dias, acompanhadas da família

É possível fazer o isolamento no destino final?

Sim. Um adendo publicado dia 2 de dezembro permite que, depois de fazer seu PCR no desembarque no aeroporto de Santiago, o visitante siga em voo de conexão e aguarde o resultado do teste em isolamento no hotel do destino final.

O resultado costuma sair entre 6 e 12 horas depois do teste.

Quando o resultado sai, o Passe de Mobilidade é reativado e você já pode começar a fazer turismo.

Conexões para outros países: é preciso fazer isolamento?

Não.

No caso de você passar pelo aeroporto de Santiago em conexão para outro país, valem as exigências da cia. aérea e do destino final da viagem.

Não é permitido sair da área de trânsito internacional do aeroporto (nem mesmo para se hospedar no hotel ao lado do aeroporto).

Requisitos para voltar ao Brasil

É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

542 comentários

Bom dia. Tenho viagem programada para Santiago em fevereiro, após realizar o PCR no aeroporto, posso ir até meu Hotel de transporte público ou somente de transfer?

    Olá, Rafael! Apenas transporte privativo, se as regras continuarem as de hoje.

    Obrigado pela resposta.
    E o transfer pode ser coletivo ou tem que der individual?

    Olá, Rafael! Privativo ou com pessoas que vão fazer isolamento com você. Você também pode esperar o resultado no aeroporto.

    Olha, na prática não há qualquer controle, no aeroporto de Santiago, em relação ao tipo de transporte a ser utilizado pelos passageiros que chegam do exterior. Inclusive há casos de empresas que, sabendo que estão levando passageiros para quarentenas, realizam cobranças excessivas, justificando a utilização de um “kit sanitário”.
    Eu tenho utilizado o aplicativo Cabify, que ao contrário de outros, chega ao aeroporto. Na chegada deve-se subir ao setor de embarques e esperar o motorista lá, parecido ao procedimento utilizado no Galeão, no Rio. O translado há uma semana, para Las Condes, me custou aprox 130 Reais + 20 reais de pedágio (19 mil Pesos + 3 mil). Ir para o aeroporto geralmente é um pouco mais barato.
    Sinceramente, com uma boa máscara e cuidados, também não vejo inconveniente em pegar um dos ônibus que vão ao metrô, lembrando que o transporte público de Santiago não exige o “Pase de Movilidad”.

Ola, eu e 4 amigos vamos de moto percorrer carretera austral. Ja estamos vacinados, faremos teste pcr antes de partir no brasil. Levaremos 4 dias entre brasil, argentina e fronteira do chile em chle chico regiao ayssen. Sera nescessario fazermos outro pcr na argentina pra entrarmos no chile???

    Olá, Samuel! Pela regra, vão precisar sim. O PCR tem que ter no máximo 72 horas desde a coleta para que seja aceito.

Olá, boa tarde. Tomei a Jahnsen nos Estados Unidos, dose única. irei precisar de outra vacina? Ja entrei com o pedido de validação da vacina no site.

    Olá, Willian! Se já faz 6 meses dessa dose, vai precisar de uma dose de reforço de qualquer vacina. Aliás, no Brasil já estão dando segunda dose de Janssen com dois meses ou uma dose de reforço de qualquer vacina depois de 4 meses.

Estou querendo ir para Calama, para ir para o deserto de Atacama. Então nesse caso eu colho o exame no aeroporto de santiago e continuo meu voo até Calama, se vier positivo fico isolado, é isso?

Boa tarde Ricardo. Chile está aceitando a coronavac?

    Olá, Luma! Quem responde é A Bóia. Sim! O Chile vacinou boa parte da população com Coronavac. Mas depois de 6 meses da segunda dose, não importa qual vacina você tenha tomado, é necessário ter tomado uma dose de reforço (também de qualquer vacina).

Boa tarde. pretendo viajar para Santiago dia 07 Abril e voltar dia 11 de Abril,
portanto 4 dias. o teste RT-PCR terei que fazer no aeroporto de Santiago no dia 9 ou 10 para poder voltar ao Brasil?

    Olá, JOsé Rubens! O Brasil aceita teste de antígeno. Nâo temos como saber se a regra continuará valendo em abril.

Olá. Sabem me informar a condição do Paso Mamuil Malal entre Pucon e San Martin de Los Andes? E no caso do meu filho, ele está duplo vacinado, mas não tem terceira dose prevista pras ele (14 anos), será que ele precisará de quarentena?

    Olá, Juliana! Não está aberto ainda. A terceira dose só é exigida de quem tomou a segunda dose há 6 meses.

Pelo cronograma da minha cidade vou tomar a 3ª dose (reforço) dia 29 de janeiro. Estou programando uma viagem ao Chile, à trabalho, para o mês de março. Acha que posso ser barrada?

    Olá, Camila! O Brasil está aplicando a dose de reforço 4 ou 5 meses depois da segunda dose. O Chile só exige de quem tomou a 2a. dose há 6 meses.

Atenção: o esquema vacinal completo inclui a dose de reforço 6 meses depois da segunda dose ou da dose única

isso significa se eu, que tenho menos de seis meses da segunda dose e por isso não tomei a dose de reforço , não poderei entrar no Chile ?

    Olá, Rafael! Se você tem menos de seis meses desde a segunda dose, não percisa. Mas veja: no Brasil já estão dando a terceira dose com 4 (e em alguns lugares, 3) meses de diferença. Se for o seu caso, vacine-se, é a melhor proteção contra a ômicron.

    Obrigado pela resposta .
    Estou aguardando ansiosamente pela minha vez na terceira , na quarta e quantas doses forem recomendadas .

bom dia, estou tentando preencher o formulário c19 e pede o decreto 295. pode me explicar o que é isto?

    Nesse caso, o decreto 295 se refere às exceções, como por exemplo a entrada no Chile de diplomáticos, esposos ou filhos de chilenos, etc…
    Um turista estrangeiro que entra no Chile raramente está dentro de um caso especial. Ignore então.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.