RÉVEILLON 2012

Réveillon em CopacabanaFeliz viagem nova | Ricardo Freire

Sabe por que o Réveillon é tão caro no Brasil? Porque nenhuma outra cultura valoriza tanto a passagem de ano quanto a nossa. Em outras latitudes o Réveillon é uma festa, mas no Brasil é uma data praticamente religiosa. À meia-noite do dia 31, a ziquizira vai embora com a água salgada e podemos recomeçar do zero. Que tudo se realize no ano que vai nascer!

Ao cacifar um Réveillon no Brasil, você paga por um diferencial que não vai encontrar em lugar nenhum do mundo: o Réveillon à brasileira, em que todos vestem branco e acreditam piamente que estar ali onde estão vai influenciar positivamente tudo o que acontecerá no ano novo.

Já se você optar por um Réveillon mais em conta no exterior, tenha em mente que nunca será tão quente ou animado quanto no Brasil. Pense na viagem como um todo; desencane da noite do Réveillon como o ápice da sua viagem — assim você não vai se decepcionar.

Réveillon 2012 no Brasil Réveillon 2012 Europa/EUA Réveillon 2012 no Cone Sul Réveillon 2012 no Caribe
Réveillon em Copacabana Natal em Munique Rojo Tango, no hotel Faena, Buenos Aires Show em Barbados
Nesta época no Brasil, não dá para falar em custo x benefício. O negócio é procurar os lugares com o menor susto x benefício.

Com exceção do Rio de Janeiro, as capitais litorâneas experimentam um aumento de preços sensivelmente menor do que os vilarejos de praia. E sem os problemas de alguns vilarejos, como lotação demasiada, falta d’água ou de energia. Vitória, João Pessoa, Aracaju, Maceió, Natal, Recife, Fortaleza e Salvador são boas pedidas para a virada.

Mas se você está pensando em virar o ano no Rio, não se deixe abater pelos preços. O Réveillon de Copacabana é a festa mais bonita do país (mais bonita até que o Carnaval do Rio). Assim como todo muçulmano precisa ir uma vez na vida a Meca, todo brasileiro precisa passar ao menos um Réveillon em Copa.

Leia mais aqui.

Na Europa e nos EUA, a grande festa de fim de ano não é o Réveillon, mas o Natal.

Antecipe a viagem para meados de dezembro, e você vai pegar o período mais encantador do consumismo americano, ou a magia dos mercados natalinos da Europa Central.

Evite os Réveillons ao ar livre: faz muito frio e não existe essa estrutura das feirinhas.

Restaurantes não são um bom investimento: use o que você gastaria para jantar num restaurante estrelado numa noite comum.

Minha sugestão para o dia 31: passe em mercados e faça compras para uma deliciosa ceia-piquenique no hotel. Depois saia para a balada ou durma para curtir a cidade desimpedida na manhã do dia 1º.

Leia vários relatos abaixo.

No Cone Sul, o único lugar onde a passagem do ano é tão valorizada quanto no Brasil é Punta del Este — que realiza o Réveillon mais animado ao sul do Rio de Janeiro. Leia mais aqui.

Buenos Aires, Montevidéu e Santiago são mais em conta.

Em Buenos Aires, cacife um show de tango (vale a pena pela garantia do traslado de volta) ou vá ver os fogos do Puerto Madero (de preferência com carro alugado, porque os táxis somem). Leia mais aqui.

Em Montevidéu o bacana é ir almoçar no dia 31 no Mercado do Porto — além de comer churrasco, os montevideanos se divertem dando banhos de espumante uns nos outros. Leia mais aqui.

Em Santiago tem animação em Bellavista e uma festona com fogos em Valparaíso. Leia aqui.

O Réveillon marca o início da alta temporada no Caribe — mas, comparando ao que se cobra por aqui na mesma época, continua parecendo um bom negócio.

A vantagem do Caribe é que podemos fazer o nosso Réveillon brazuquinha mesmo se o resto do hotel não estiver na mesma sintonia.

O mar não estará morno como no meio do ano, mas basta entrar para se acostumar rapidinho. (Leia mais aqui.)

Não precisa encanar com festa. Todo grande hotel ou resort realiza a sua festa, e se houver outras festas acontecendo no pedaço, será fácil comprar um convite.

Para quem quer festa fora do hotel, os lugares mais animados são Cancún, Playa del Carmen, Curaçao e Barbados. O mais chique? St.-Barth.

finissimo-maonaroda

–> BRASIL

–> Réveillon no Brasil: onde encontrar o menor susto x benefício por Ricardo Freire

–> Miniguia inteligente: Réveillon 2012 por Ricardo Freire

–> Rio: decida seu Réveillon (Sem destino)

–> Búzios: decida seu Réveillon 2012 (Sem destino)

–> Santa Catarina: decida seu Réveillon 2012 (Sem destino)

–> Nordeste: decida seu Réveillon 2012 (Sem destino)

–> EXTERIOR (geral)

–> Réveillon fora do Brasil: o que (não) esperar por Ricardo Freire

–> AMÉRICA DO SUL

–> Argentina

Réveillon em Buenos Aires: leitores contam como é por Ricardo Freire

Réveillon em Buenos Aires: o relato da Fernanda por Ricardo Freire

Réveillon em Buenos Aires: o relato do Ale por Ricardo Freire

Réveillon em Buenos Aires: o relato da Erica por Ricardo Freire

Réveillon em Mendoza: o relato da Gabriela por Ricardo Freire

Réveillon em Ushuaia: o relato do PêEsse por Ricardo Freire

–> Chile

Réveillon em Santiago: leitores contam como é por Ricardo Freire

Réveillon em Santiago: o relato do Rafael por Ricardo Freire

Réveillon em Valparaíso: o relato do Henrique por Ricardo Freire

Réveillon em Viña del Mar: o relato da Andrea por Ricardo Freire

Réveillon em Viña del Mar e Valparaíso: como foi em 2010 (Boa Viagem.org)

Réveillon em Puerto Varas (De uns tempos pra cá)

–> Uruguai

Réveillon em Montevidéu e Punta del Este: leitores contam como é por Ricardo Freire

Réveillon em Montevidéu: o relato da Diane por Ricardo Freire

Réveillon em Punta del Este: o relato do FH por Ricardo Freire

Réveillon em Punta del Este: o relato do André por Ricardo Freire

Como comprar ingresso para a balada La Fiesta, no Serena (Tem a ver comigo)

–> Colômbia

Réveillon em Cartagena: como é (Boa Viagem.org)

ESTADOS UNIDOS & CANADÁ

–> Nova York

Réveillon no Hudson Terrace (Inquietos Blog)

Réveillon na Times Square (Aprendiz de Viajante; role a página)

Réveillon na Times Square (Cumbicão)

Réveillon na Times Square:  o relato do Fabio por Ricardo Freire

Réveillon no Central Park: o relato da Fabiana por Ricardo Freire

–> Outros lugares

Réveillon em Las Vegas: o relato da Guta por Ricardo Freire

Réveillon em Las Vegas: o relato da Andressa por Ricardo Freire

Réveillon em Orlando (Epcot): o relato do Mario por Ricardo Freire

Orlando: o que fazer no Natal e no Réveillon (Aprendiz de Viajante)

Réveillon em Orlando (CityWalk da Universal): o relato da Bia por Ricardo Freire

Réveillon em Washington (Aprendiz de Viajante)

Réveillon em San Francisco (Hotel California Blog)

Réveillon em Chicago com crianças (Colagem)

Réveillon no Havaí: o relato da Lucia por Ricardo Freire

Réveillon em Québec: o relato da Silvia por Ricardo Freire

EUROPA

–> Alemanha

Réveillon 2012 em Berlim, Munique, Colônia e Dusseldorf (Alemanha! Por que não?)

–> Espanha

Réveillon em Barcelona: perguntas freqüentes (Achados)

Madri: o que fazer no dia 1º (Turomaquia)

–> França

Sugestões de Réveillon do Conexão Paris

Réveillon em Paris: o relato do José Luiz por Ricardo Freire

Réveillon em Paris: o relato do Fabio por Ricardo Freire

Réveillon em Paris: o relato da Luciana por Ricardo Freire

Réveillon em Paris: o relato do Vinicius por Ricardo Freire

–> Holanda

Réveillon em Amsterdã: o relato da Adri por Ricardo Freire

Réveillon em Amsterdã (Ducs Amsterdam)

–> Itália

Réveillon em Milão: o relato do Gustavo por Ricardo Freire

Réveillon em Milão (Achados e Perdidos da Bia)

Réveillon em Veneza: o relato da Renata por Ricardo Freire

Réveillon em Roma: a dica da Adri por Ricardo Freire

–> Portugal

Réveillon na Ilha da Madeira (Giramundo)

–> Reino Unido & Irlanda

Réveillon em Londres: o relato da Dri por Ricardo Freire

Como foi o Réveillon 2011 em Londres (Dri Everywhere)

Virada do ano em Londres (Dri Everywhere)

New Year’s at London Eye (Mala de rodinha e nécessaire)

Réveillon em Londres: o relato da Juliana por Ricardo Freire

Réveillon em Londres: o relato da Roberta por Ricardo Freire

Réveillon em Edimburgo: o relato da Deb por Ricardo Freire

Réveillon em Dublin: o relato da Juliana por Ricardo Freire

–> República Tcheca

Réveillon em Praga: o relato do André por Ricardo Freire

OUTROS LUGARES

Réveillon em Dubai: o relato da Fê por Ricardo Freire

Réveillon no Monte Sinai (Mala ou Mochila)

Réveillon em Palau (Uma Malla pelo mundo)

Réveillon na Nova Zelândia: o relato da Chris por Ricardo Freire

Réveillon em Sydney: o relato do Mario por Ricardo Freire

Maratonas de Réveillon no mundo inteiro (Correndo pelo mundo)


78 comentários

Ricardo, você sabe como é o Ano Novo em Bariloche? Quais as opçoes? Vamos ficar no Panamericano e lá terá uma festa, mas nao sei se é a melhor opçao…

    Ola Mylena! Vc conseguiu comprar passagem para Bariloche??? Com qual empresa vc vai? To tentando comprar para dia 7 de Janeiro e não consigo. Não sei o que fazer. Alguem mais aí sabe alguma coisa? Obrigada

    Fabiana, olha o rolo que vamos fazer… Vamos de Santiago pra Puerto MOntt de aviao, e de la vamos de onibus (andesmar, tipo cama) para Bariloche. Iremos e depois voltaremos de onibus tb para Puerto Montt, pra depois pegar um voo pra Santiago.. os precos, quando olhei, estavam inviaveis. Li em algum lugar que os voos nao estao mais pousando em Bariloche.. Vao para alguma outra cidade e depois pega-se um onibus (isso pela aerolineas argentinas). E desculpe-me pela demora em responder..

Ola Ricardo
Vou passar o reveillon em Bangkoc( Tailandia) , estou indo por conta própria, sem agencia de turismo. Vc tem alguma dica de qual o melhor lugar para passar o ano novo?
Agradeço desde já

    Olá, Ricardo! Nosso palpite é que vale o que vale na Europa — caia na balada! Vamos colocar sua dúvida no Perguntódromo, para ver se surgem outras sugestões 🙂

    Ricardo , no Central World Plaza tem sempre um festão de ano novo que é um dos mais concorridos da cidade;no Siam Paragon tem shows (Park Paragon na frente do Siam Paragon na Praram Street No. 1 a partir das 17h).São muitos as festas e eventos em Bangkok , vais poder escolher lá mesmo entre as tantas opções
    oferecidas em áreas abertas e fechadas . Os grandes hotéis tb tem eventos e shows na noite do ano novo.
    http://www.youtube.com/watch?v=CgGV5CSf6w8

    Concordo com a Liliana: caia fora de Bangcoc e vá pra alguma ilha. Se ficar na cidade, a unica opção são baladas, e não tenha grandes expextativas.
    Eu já passei um revellion na Tailandia (em Koh Samui) e foi legalzinho, mas nada que se compare com um ano novo de proporções Brasileiras.
    http://drieverywhere.net/categoria/viagens/tailandia/
    O Revellion em Koh Samui foi assim: http://drieverywhere.net/2009/01/01/samui-sub-aquatico/

    O unico lugar que acho que deve rolar uma festinha com um estilo de revellion mais ou menos Brasileiro é no bar Dome no hotel Lebua: http://www.lebua.com/en/the-dome-dining/new-year-eve-2011/
    Mas se prepare pra desenbolsar uma graninha…

Olá Ricardo e leitores do “viajenaviagem”!

Estou indo à Paris no dia 24/12 com minha namorada e ficaremos até o dia 02/01. Alguma dica de restaurante/balada com uma boa relação custo-benefício para a passagem de ano? Algo mais barato que 200 euros por pessoa? Agradeço antecipadamente!!

    Olá, Rogério! Nesta mesma página você achará posts sobre Réveillon em Paris. Há um link para “sugestões de réveillons no Conexão Paris”. Recomendamos que vcoê dê um pulinho lá.

Vamos (eu, meu marido e dois filhos 19 e 24 anos) passar o Revellion 2011-2012 em um navio ( serenade/Royal Carribeann)saindo de San Juan exatamente no dia 31/12, já fizemos um cruzeiro antes, mas gostaria de alguma dica para o Ano Novo em um navio…alguém tem??

    Olá, Clara! Os gringos se produzem como para uma festa chique, com algum detalhe engraçado/brilhante.

Hello Ricardo!
Meu nome é Miriã Caixêta,sou Goiana moro em Miami e presto serviço de Assessoria aos Turistas Brasileiros, fazendo o Receptivo como Guia Turístico e auxíliando meus Clientes nas compras em Outlets da região. Falo Inglês e Espanhol e presto um serviço totalmente diferenciado, com a garantia de qualidade e responsabilidade! Meu trabalho é cobrado por dia e minha tarifa é individual, dependendo das necessidades de cada Cliente. Meu principal objetivo é fazer com que todos meus Clientes voltem ao Brasil, completamente satisfeitos com o meu trabalho!
Tenho um Blog http://www.destinoamiami.blogspot.com
que além de divulgar meus Serviços, foi criado com a finalidade de estabelecer um link entre os Brasileiros, que estão em Destino à Miami.Este espaço é para que todos possam se ajudar e assim, criarmos uma grande rede de amigos.
Afinal a união faz a força!
Gostaria muito de receber sua visitinha por la…
Adorei conhecer tudo isso aki!!
Congrats:p

Miriã Caixêta

?Contato:
[email protected]
Fone:786-4996573

Oi pessoal, vou passar o reveillón em Madrid. Alguém sabe se esse ano haverão fogos de artifício na Puerta del Sol? Pesquisei, mas não consegui encontrar nada… Será que dá para ir para Toledo no dia 01/01 sem correr o risco de pegar igrejas e museus fechados?

Este ano vamos passar as festas de final de ano em Nova York. A princípio estaríamos com outros dois casais de amigos, mas um casal desistiu e o outro só estará lá no Natal, vão voltar antes da virada do ano. Resultado: estou quebrando a cabeça pra decidir o que fazer (eu e o marido) na noite do dia 31.

Enfrentar o frio na Times Square não faz mesmo a minha cabeça, então comecei a procurar alternativas. Algumas opções de festas me pareceram legais (caríssimas, mas considerando prós e contras, até me animei). O problema: sou uma pessoa jovem (25 anos), com espírito de velha (bota aí uns 70 anos…). Tenho horror a passar uma noite inteira em pé, sem lugar pra sentar, apoiar bebidas etc. As mesas nestas festas normalmente são pra grupos de pelo menos 4 pessoas e estou com medo de nos colocarem pra sentar com pessoas estranhas e a gente passar a noite inteira dividindo mesa com gente esquisita (que nem fale inglês, por exemplo… sei lá… e fique aquele clima chato…).

Achei poucas opções de festas com mesas para 2 (a do Bryant Park – http://newyearseve.com/events/new-york/2292/bryant-park-grill/bring-in-2012-in-style-at-bryant-park-grill e a do Hudson – http://newyearseve.com/events/new-york/2319/hudson-terrace/new-york-cities-1-nightclub-a-nye-party-you-wont-forget) e elas são sempre MUITO mais caras que as mesas para 4 (mais ou menos o dobro).

Alguém tem alguma experiência nesse sentido pra me acalmar? Alguma recomendação de festa mais voltada para casais? Ou alguém vai estar lá nesse período e quer dividir a mesa? 🙂

    Obrigada Val, vou dar uma olhadinha no Lavo sim! O Central Park também é uma opção que estamos estudando, só fico com medo de não aguentar o frio… nunca peguei temperaturas negativas… rs.

    Oi Maria Célia!
    Eu também vou passar o ano novo em NY só com o meu marido! Podemos combinar alguma coisa!
    Só que eu acabei de confirmar a viagem e não pesquisei quase nada!
    Vc já fechou algo? Me mande um email! [email protected]
    Bjs

    Pessoal, só pra contar o desfecho da minha peregrinação por um reveillon em NY: eu e a Sophia (do comentário acima) fechamos uma mesa num rooftop chamado 230 fifith ( http://www.230-fifth.com ).

    Depois volto aqui pra dar o feedback!

    Obrigada a todos que deram seus valiosíssimos pitacos 😉

    Olá, Maria Célia! Nós é que agradecemos o feedback! Aguardamos seu relato! Feliz ano novo!

    Gente, nosso reveillon foi ÓTIMO!

    Conheci a Sophia e o marido (que, aliás, são pessoas maravilhosas!) e fomos retirar os ingressos no dia 30.

    Avisamos na véspera o(a?) champagne (Perrier-Jouet Grand Brut) e o whisky (Johnny Walker Black) da nossa preferência (entre as opções que nos foram dadas). No dia seguinte estava tudo lá na nossa mesa, champagne no balde de gelo, tudo certinho.

    O lugar é bem bonito. São dois andares: o inferior, onde estavam as mesas, as comidas, o bar, o telão e a pista de dança, é fechado mas tem uma vista parcial da cidade; no andar de cima fica o terraço, que é aberto e tem uma vista maravilhosa, incluindo uma vista imbatível do Empire State. Esse terraço possui vários aquecedores que o tornam mais suportável no frio. Para ficar aquecido mesmo, só com os casacos/cobertores que eles emprestam. Neste andar eles montaram uma grande churrasqueira onde eram feitos hamburgueres e hotdogs maravilhosos. O terraço também possuía mesas e banquetas altas de uso livre, então quem escolheu a opção que não dava direito a mesa marcada também poderia ficar sentado, se desse sorte. O duro seria aguentar o tempo todo no frio, porque mesmo com aquecedores e casacos, lá em cima não é tão quentinho.

    A comida estava muito boa (petiscos variados, além dos sanduíches da churrasqueira), o open bar incluia, além da champagne e do whisky, regrigerantes, sucos e drinks variados que eram preparados no bar. O bar estava bem cheio, mas com um pouco de paciência consegui pegar um drink na única tentativa que fiz (o bartender, que provavelmente também já tinha tomado algumas, derramou metade do meu drink na minha roupa, mas tudo bem…). Sucos e refrigerantes (em garrafas e um pouco sem gas) eram trazidos na mesa por uma garçonete muito atenciosa.

    Ganhamos cartolas e tiaras temáticas, além de cornetas e outros “badulaques”. O telão (enorme e de altíssima qualidade) passava clipes e de tempos em tempos entrava o link ao vivo da Times Square.

    Pouco antes do início da contagem regressiva entrou em definitivo o link ao vivo e foram distribuídas taças de champagne para que todos brindassem a chegada do ano-novo. Vimos a Lady Gaga e o prefeito darem início à descida da bola, a contagem regressiva e a chuva de papel picado. Tudo isso confortavelmente instalados e sem passar frio, fome, sede ou qualquer perrengue.

    O custo foi alto (incluindo taxas, IOF etc, a festa saiu quase US$ 300,00 por pessoa), mas foi uma experiência única! Eu recomendo.

    Oi JP! Achei a ideia fantástica, mas será que no barco não vou pegar um frio absurdo? Porque no ano passado quando fui no alto verão quase morri derretida aguardando naquela fila interminável… e imagino que o frio ali na beira do rio seja ainda mais cortante… mas vou ver se tem alguma resenha no trip advisor! Muito obrigada!

    Oi! Eu sou novo, mas com espirito de novo… mas tbm nao teria saco de ficar o dia inteiro em pe no Times Square, sem banheiro, e num frio absurdo! So que eu sempre quis passar um reveillon em Times Square!

    O que eu fiz quando fui, foi ir no Olive Garden que tem no Times Square, foi caro (em 2008/09 foi uns USD 250 por pessoa, ah… reservamos para 2 sem problema) mas o legal eh que voce vai la pelas 9, come e bebe quanto quiser (varios tipos de massa e tal) e fica la no quente.

    Faltando 15 minutos pro ano novo, eles abrem a porta, e vc fica num “puxadinho” no meio do Times Square pra ver a bola cair…. 5 minutos depois, ta todo mundo pra dentro de novo! Ficamos la depois ate uams 2 da manha, quando a rua ja estava vazia.

    A unica coisa eh que na epoca o Olive Garden de NY nao tinha site, tive que ligar e ver como era:
    Telephone: (212) 333-3254
    Address: 2 Times Sq
    New York NY 10036+7301 Subway: 1, 2, 3 to 42nd St/Times Square

    Recomendo uma vez na vida 😉

    Oi Fabio, fiquei bem entusiasmada com essa ideia! Me parece a opção mais adequada àquilo que estamos procurando, uma experiência memorável com uma boa dose de conforto! Concordo que o valor é extorsivo, mas é aquela coisa, uma vez na vida… vou tentar saber mais coisas sobre o Olive Garden e posto aqui o que descobrir. Obrigadíssima!

    O Olive Garden não vai funcionar na noite de Reveillon neste ano. Mandei um e-mail para eles e recebi a seguinte resposta:

    Dear Maria:

    Thank you for taking the time to contact us at olivegarden.com.

    We appreciate your interest in joining us on New Year’s Eve. Unfortunately, our Times Square Olive Garden will not be hosting a New Year’s Eve celebration this year. The restaurant will be closing at approximately 4:00 PM on New Year’s Eve. We apologize for any inconvenience this may cause you. For your dining convenience, our Chelsea, NY restaurant will be open for lunch and dinner on New Year’s Eve. The telephone number for Chelsea is 212-255-1240.

    If Guest Relations can be of further assistance, please write us again through olivegarden.com (www.olivegarden.com/company/contact_us/ ) or call us at 800-331-2729. We look forward to serving you with Hospitaliano at any of our Olive Garden restaurants.

    Jibri
    Olive Garden Guest Relations

Olá!

Para os que pretendem passar o Reveillon na Alemanha, segue meu relato da festa em Berlim. 1 – Frio, frio, muito frio. 2 – Para chegar perto do Portão de Brandemburgo tem que começar a passar frio cedo (lá pelas 18:00h), porque depois de um certo horário/lotação, a polícia fecha a Unter den Linden. 3 – Depois da queima de fogos as pessoas desaparecem rapidinho. 4 – Tem “queima de fogos privada” na rua também, ou seja, as pessoas ficam soltando foguetes e rojões no meio da multidão (achei aflitivo). 5 – Reservar mesa em um restaurante na Unter den Linden não necessariamente resolve o problema. Então, acho que a solução pode ser comprar ingresso para um festa fechada, como as que o “Alemanha, por que não?” sugere, ou seguir a sugestão do Riq e fazer compras para um pique-nique. No outro dia, de fato, a cidade está super tranquila para passear.

Também já passei um Reveillon em Cancún (Cozumel, na verdade), que foi mais animado. Estávamos hospedados em Cancún mas compramos convite para uma festa na ilha de Cozumel e foi bacana. Talvez porque a maior parte dos festeiros fosse de brasileiros e, juntando isso ao fato de estarmos numa praia, ficou parecendo um Reveillon no Brasil…

No Brasil, desisti de tudo… Acho os preços horrorosos. Nem mesmo tendo família em Florianópolis e, portanto, um lugar para ficar, me animo. A ilha fica insuportavelmente cheia e as festas nas praias (em Jurerê sobretudo) são caríssimas.

Este ano vou passar o Reveillon em Malta. Vamos para a Alemanha para passar o Natal com parte da família e, como já temos experiência de ano novo no frio, decidimos procurar um lugar um pouco mais quentinho… Sei que existem festas de rua em alguns pontos/cidades da ilha (em Valetta, por exemplo) e que os hotéis e restaurantes também organizam festas privadas mas, como ainda não tenho idéia de preços, nada está resolvido. Depois eu conto como foi. De todo modo, já entendi que Reveillon como no Brasil só tem aqui mesmo…

Oi galera,

esse ano vou passar a virada de ano em NY. Bom, como vou sozinho pensei em ir a alguma balada, alguem tem alguma para sugerir¿ Pensei na boate Amnesia, alguem conhece ou teria outra indicacao¿ P.S… teclado ta meio doido, desculpem a nao acentuacao!!

Oi Ric, sou adepta do Reveillón pra deixar a ziquizira pra trás, por isso todos os anos procuro uma festa ou viagem legal para essa virada de ano. Em Floripa, cada ano as festas elaboradas em Jurerê ficam mais concorridas e a ilha lota na semana de natal/reveillón. É uma boa pedida pra quem é solteiro. A Praia do Rosa, nossa Trancoso do sul, tem um charme e energia especiais e há uma mega festa organizada na praia (dicas no post http://viagemcomgosto.blogspot.com/2011/08/rustico-chique-praia-do-rosa.html), sendo uma boa opção para casais e solteiros. Este ano cotei Trancoso (dicas no post http://viagemcomgosto.blogspot.com/2011/09/trancoso-praia-do-espelho-e-caraiva.html ) mas os preços impossíveis me fizeram decidir por Punta del Este. Outra sugestão muito boa é ir para Pipa, um balneário super charmoso e certamente bem-frequentado nesta época no RN e a pouco tempo de Natal (dicas no post http://viagemcomgosto.blogspot.com/2011/10/natal-e-pipa.html). Quem quiser uma festa black tie em um cruzeiro pelo caribe, não perca o maravilhoso Allure com direito a compras em Miami depois (dicas no post http://viagemcomgosto.blogspot.com/2011/08/reveillon-no-allure-e-compras-em-miami.html. Boa virada pra vcs!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.