Roteiro Bariloche

Primeira viagem a Bariloche: roteiro de 4, 5 ou mais dias

Roteiro Bariloche

Colaboraram | Ricardo Freire e Mariana Amaral

Bienvenido, bienvenida. San Carlos de Bariloche é a capital brasileira do inverno. Nas agências, restaurantes e lojas, o português é a primeira língua falada pelos funcionários — pelo menos no meio do ano. Por que amamos Bariloche? Porque é um perfeito vilarejo alpino, à beira-lago e ao pé de montanhas nevadas, com direito a arquitetura suíça, chocolate e fondue. Passado o inverno, porém, Bariloche volta a ser território argentino. Pasme: a alta temporada dos hermanos é o verão, quando fazem trekking nas montanhas verdes, praticam esportes náuticos nos lagos e percorrerem estradas vicinais de paisagens deslumbrantes, como a Rota dos 7 Lagos e o Paso Córdoba. Veja como aproveitar Bariloche no inverno e por que vale a pena voltar nas outras estações.

Quando tem neve em Bariloche?

Roteiro Bariloche

A temporada oficial de inverno vai da última semana de junho ao fim de setembro. Nem sempre, porém, a neve chega junto com os turistas. Quanto mais para o fim de julho você programar sua viagem, mais chances terá de aproveitar a neve. Agosto é normalmente o mês de neve mais garantida.

Que moeda levar para Bariloche?

100 pesos

Se você prefere viajar com dinheiro vivo, leve dólares para Bariloche. No inverno de 2017, a cotação para dólares em Bariloche estava parelha com a de Buenos Aires.

Reais têm cotação desvantajosa. Se quiser levar reais, passe um dia de semana em Buenos Aires para trocar nas corretoras da Calle Sarmiento (veja aqui).

Em Bariloche, troque na Andina Cambio (Mitre 102), pertinho do Centro Cívico. Não há casa de câmbio no aeroporto de Bariloche, apenas caixa eletrônico.

Conexão em Buenos Aires: pegadinhas

Aeroparque

Os únicos vôos diretos entre o Brasil e Bariloche acontecem em julho e agosto, quando a Latam e a Azul fazem vôos regulares.

A rota mais comum é via Buenos Aires. Note que Buenos Aires tem dois aeroportos: Aeroparque, central, e Ezeiza, a 50 minutos do centro. A maioria dos vôos para Bariloche sai do Aeroparque. Caso você compre uma passagem com chegada em Buenos Aires por Ezeiza e saída pelo Aeroparque, o trajeto entre os dois aeroportos corre por sua conta. Nesse caso, você vai precisar de pelo menos três horas de intervalo entre um vôo e outro (1 hora para a imigração, 1 hora para o traslado de táxi, 1 horas para novo check-in. Veja como se deslocar entre aeroportos em Buenos Aires aqui.

Do aeroporto de Bariloche ao hotel

No balcão da agência de remis (carro com motorista) Auto-Jet a corrida privativa até o centro sai por 350 pesos. A empresa também oferece transporte compartilhado a 150 pesos por pessoa. Preços de julho/2017.

O ônibus da linha 72 tem tarifa de 21,34 pesos (julho/2017) e vai do aeroporto ao centro, mas são poucos os horários por dia (consulte no site da MiBus) e é preciso já chegar em Bariloche com um cartão de transportes SUBE carregado.

No aeroporto também há ponto de táxi. As corridas são pelo taxímetro. Até o centro, sem trânsito, espere pagar 300 pesos (julho/2017).

Taxistas e remises aceitarão reais ou dólares (a cotação não vai ser boa, mas o gasto é pequeno, não vai fazer diferença no seu orçamento).

Hospedagem: no Centro ou à beira-lago?

Bariloche: onde ficar

Bariloche tem uma estrutura hoteleira bem diversificada. São inúmeros tipos de acomodação: de hotéis de luxo aos mais básicos, além de cabañas, albergues e campings.

A dúvida que persiste: hospedar-se no Centro, com todos os restaurantes e lojinhas na porta do seu hotel, ou na avenida Bustillo, a estrada que leva para o Cerro Catedral e para o Parque Nacional Nahuel Huapi?

Hospedando-se no Centro, você terá restaurantes, agências e lojas por perto. Mas precisará de cuidado extra para selecionar seu hotel, já que a hotelaria por lá é mais antiga. No inverno, o centro é tomado por adolescentes em viagens de formatura, que voltam tarde da balada, fazendo barulho.

Villa Huinid Lodge

Os hotéis mais novos, de melhor estrutura (piscina térmica, spa…) ficam em sua maioria na avenida Bustillo. Muitas cabañas também estão nesta área. O inconveniente de se hospedar na estrada é depender de transporte para o centro (táxi, remis — carro com motorista com corrida acertada previamente — ou ônibus). A exemplo de Buenos Aires, porém, as corridas são baratas (pense no equivalente a 5 dólares entre um hotel no km 5 da Bustillo e o centro). Existem também restaurantes nesta área (mas você também vai precisar de táxi ou remis para ir a eles). É fácil descobrir a localização do seu hotel ou cabaña na estrada: a quilometragem do endereço indica a distância exata até o centro.

Conheça 20 hotéis no Centro, na av. Bustillo e em Villa La Angostura comentados pelo Viaje na Viagem.


Bariloche: onde ficar
É só escolher

Transporte em Bariloche: táxi, remis, ônibus, carro alugado, trânsfer

onibus em bariloche cerro catedral

Em Bariloche dois tipos de transporte são muito comuns entre os turistas: os trânsfers compartilhados oferecidos pelas agências locais e os remises, que são um tipo de táxi com preço fechado e sem taxímetro.

Caso você contrate os passeios com uma agência de receptivo, você não precisará se preocupar com o transporte: os trânsfers estão incluídos no valor do tour. Um ônibus (ou van) faz a ronda dos hotéis, apanha e deixa todos os passageiros no horário combinado. Neste caso, você só vai depender dos remises ou táxis quando quiser se deslocar entre o seu hotel na estrada e um restaurante no centro (ou entre um hotel no centro e um restaurante na estrada).

Táxis (no taxímetro) e remises (com preço combinado) são excelentes para pequenos deslocamentos e, a partir de dois passageiros, já saem mais barato que o trânsfer compartilhado para as atrações.

Para usar os ônibus, é preciso comprar um cartão SUBE e carregar com quantos pesos forem necessários para o total de viagens que você pretende fazer. Esse cartão é vendido em alguns kioskos do centro da cidade. Muitas das principais atrações de Bariloche são servidas por linhas de transporte público, mas os ônibus passam em poucos horários (e viajam bem cheios). Lembre-se que esperar ônibus ao relento no inverno não é lá muito agradável.

Alugar um carro é uma opção para quem quer evitar o pinga-pinga de hotel em hotel dos tours, ou não gosta de negociar corridas de remis. Mas é uma opção melhor no verão, quando não há gelo na estrada e é possível percorrer estradas vicinais panorâmicas. É bom lembrar que a belíssima Rota dos 7 Lagos, entre Villa La Angostura e San Martín de los Andes, já está totalmente asfaltada desde 2015.

Veja mais detalhes dos transportes, incluindo preços de 2017, aqui.

Onde alugar roupas e equipamentos de neve?

Bariloche

As calles Mitre e San Martín concentram as lojas de aluguel de roupas. Os preços (e a qualidade do estoque) variam de uma loja para outra; vale a pena comparar. O aluguel pode ser diário ou semanal. A Patagonia Showroom (Palacios, 151) é a loja de aluguel de roupas mais bacana da cidade, mas há diversas outras na rua Mitre e suas transversais.

Já equipamento de esqui e snowboard deve ser alugado diretamente na estação de esqui (porque você pode trocar se descobrir que precisa de um número diferente). Também é possível alugar roupa nas estações (mas é melhor alugar roupas na cidade).

Bariloche: roteiro de passeios

bariloche cerro catedral

A página O que fazer em Bariloche do nosso Guia de Bariloche foi reformulada e traz roteiros completos de 4 dias e também de 6 dias para fazer no inverno e no verão.

Você vai encontrar a descrição de todos os passeios, como fazer para comprar ingresso e preços de 2017.

Clique para ir direto ao tópico:

Restaurantes em Bariloche

Em Bariloche, os bifes de chorizo e ojos de bife ganham a companhia de carnes de caça e peixes de rio nos menus. As massas têm molhos fortes, para acompanhar o frio. E que tal uma cerveja artesanal produzida localmente? As de Bariloche são ótimas.

Para ver nossas indicações de resturantes, no Centro e arredores, veja a página Onde comer em Bariloche do nosso Guia de Bariloche.

Bar de Hielo

Uma curiosidade para antes ou depois do jantar é o bar de gelo IceBariloche  — que foi o primeiro da América do Sul.

Compras em Bariloche

bariloche chocolate

As lojas que mais chamam a atenção do turista ficam espalhadas pela calle Mitre, no centro de Bariloche. São diversas lojas de roupas de inverno, sapatos, aluguel de equipamentos, chocolates patagônicos e souvenirs.

Note que o símbolo $ não significa dólares, mas pesos argentinos. (Dólares são expressos com “US$”.)

Cruce Andino para o Chile

Vulcão Osorno

É possível viajar entre Bariloche, na Argentina, e Puerto Varas, no Chile, por via lacustre. O passeio Cruce andino dura o dia inteiro e leva você pelos lagos Nahuel Huapi, Blest, Frías e Todos los Santos, com dois pequenos trechos terrestres. No verão, a parada na ilha de Peulla serve para o almoço; no inverno, é necessário pernoitar num dos dois hotéis da ilha e prosseguir viagem no dia seguinte.

A viagem entre as duas cidades também pode ser feita de ônibus (são 5 horas de viagem), o que é ideal para retornar. No inverno, se você quiser evitar o pernoite em Peulla, pode fazer o passeio do Lago Blest no lado argentino, ir de ônibus para Puerto Varas e fazer o passeio pelo lago Todos los Santos no lado chileno.

Leia mais:


Praia no rio Correntoso

772 comentários

É obrigatório fazer o seguro viagem pra esquiar??Como que é o aluguel da roupas?

    Olá, Dáfne! Os seguros convencionais não cobrem acidentes na prática de esportes. Você precisará de um seguro que cubra isso.

    O aluguel de roupas e equipamentos é por dia.

Bariloche é tudo de bom e mais um pouco.

Obrigada pelo link e pelo elogio! 😀

[]’s

Boia, deram uma dica no seu site do hotel EL FARO em Villa Angostura, onde eu quero ir além de Bariloche, porém infelizmente o mesmo está fechado sem previsão de abrir. Falei hj. com eles.
Se tiver alguma indicação parecida estou aceitamndo.
Valeu !!!??

Olá Bóia,
Eu só viajo desempacotada,rss… mas para Bariloche vale a pena viajar desempacotado? O que estou vendo é que a maioria dos hotéis tem pacote fechado com as operadoras e os quartos restantes ficam com a tarifa muito alta. Como o pessoal está indo para lá?

    Olá, Alene! Os melhores preços costumam aoarecer três meses antes da data. As cabañas não fazem eswuema con as operadoras. Os pacotes mais vantajosos são os que usam vôo charter.

Bóia, mais uma dúvida, rs.. Acha que seremos mt prejudicados qto a neve se formos na semana do dia 01 a 07/set? Os preços de setembro estão bem melhores do que os de agosto… Na semana do dia 08 a 14/set então!!! Acha que pegaríamos menos frio e ainda teria neve?

    Olá, Paolla! Infelizmente não temos bola de cristal. Agosto é o mês mais certo de ter neve. Quando o inverno começa ou termina é com São Pedro. É provável que haja neve no início de setembro, mas é mais difícil de garantir do que em agosto.

Obrigada Bóia!

Estou com o Booking aberto… o check in do Desing Suítes só pode ser feito às 15h. Meu voo chega em Bariloche às 09h35! Sabe dizer se consigo deixar as malas no hotel?

Outra dúvida… Feito a reserva pelo Booking (eles não cobram taxas antecipadamente), consigo incluir ou excluir alguma diária? É possivel alterar a reserva?

    Olá, Paolla! Todo hotel guarda malas até que o quarto esteja disponível. Verifique as condições de cada reserva. Normalmente são 100% alteráveis e canceláveis sem multa, mas há exceções.

Pessoal,

Estou pretendendo ir a Bariloche dos dias 19 a 24 de agosto! Mesmo sendo mais final do mês, temos chances de pegar neve?

    Olá, Paolla! O mês de agosto inteiro é o mais garantido para pegar neve em Bariloche.

    Ola Paolla..estarei nesse período por Bariloche (de 19 a 26 de agosto)..ainda estou vendo local para ficar mas eh provável que seja o Bariloche Hostel Inn. Estou tentando achar um pessoal para reunir por lah e trocarmos informações sobre a viagem..Anote meu email por favor. [email protected].. Abraco.

Boa tarde..Gostaria de saber se poderia me informar gasto medio em julho com tudo incluso para familia de 4 pessoas sendo 2 criancas de 12 anos?Grata.

    Olá, Fernanda! Depende de inúmeros fatores — hotel escolhido, atividades, hábitos alimentares.

Olá!!! Queria ir com meu marido em agosto para bariloche.
Quantos dias voce acha ideal para esta estréia???
Obg celia

Não aluguem carros na Lagos Rent a Car. Somos clientes deles desde 2003, e fizemos uma reserva em setembro, para agora o fim do ano. Pensei que estava tudo certo, enviamos um formulário preenchido e ninguém pediu mais nada. Quando entro em contato agora, no início de dezembro, a moça me diz que não tem nada reservado no meu nome, e simplesmente não pode fazer nada porque não tem mais nenhum carro disponível. Uma total falta de consideração com o cliente! Nenhum pedido de desculpas!