Salinas do Maragogi, o maior resort de Alagoas

Salinas do Maragogi

Em 2009, quando completou 20 anos, o Salinas do Maragogi se reinventou: tornou-se um resort all-inclusive, como os de Punta Cana. Literalmente: sem pertencer a nenhuma rede internacional, o hotel enviou uma equipe para estudar o funcionamento dos all-inclusive dominicanos.

O resultado, aperfeiçoado em alguns verões, é um resort redondinho, adaptado ao gosto brasileiro, e focado num público que não busca luxo, mas uma boa relação custo x benefício.

A localização

Maragogi vista do Salinas do Maragogi

Maragogi está a meio caminho entre Maceió e Recife: são 125 km para cada lado, pelas estradas litorâneas (AL 101 Norte em Alagoas, via Porto Calvo, e PE 060 em Pernambuco, via Cabo). O resort fica menos de 5 km ao sul da vila.

A praia

Salinas do Maragogi

O trecho onde está tem uma faixa larga de areia (algo inusitado na região) e águas que podem turvar na beirada, devido às águas do rio que deságua próximo. A água é sempre rasinha e só apresenta ondulações (muito pequenas) enquanto a maré está enchendo.

As instalações

Salinas do Maragogi

Fica numa propriedade enorme (dessas que, hoje em dia, comportariam um complexo de três resorts). Há um rio que corta o terreno.

As primeiras construções do resort ficam na metade do terreno entre o rio e a estrada. O bloco da recepção, térreo, contém o restaurante, a agência de passeios, a loja e, no subsolo, a sala de ginástica.

Cinco blocos de apartamentos, de dois andares (sem elevador) e o centro de convenções ficam nos fundos do terreno. O kid’s club, a piscina secundária e a estrutura de arvorismo encontram-se no meio do jardim.

Atravessando uma das pontes chega-se à parte da frente do resort, onde estão os blocos de apartamentos mais recentes (luxo, perpendiculares à praia), o parque aquático, os restaurantes de praia e as quadras de tênis.

Há uma grande faixa de terreno preservado, à esquerda (norte) do hotel e também do outro lado da estrada; esta área é usada para um “passeio ecológico” e também como mirante.

Os apartamentos

Salinas do Maragogi

São menos de 240 — o que resulta na melhor relação hóspede x m² da sua faixa de preço. Foram renovados nos últimos anos. As paredes de tijolinhos aparentes ganharam reboco e um simpático amarelinho; o piso agora é de lajotas claras. As TVs pegam Sky.

Os apartamentos standard têm uma cama de casal ou duas de solteiro; os superiores, duas camas queen; a categoria luxo praia vem com duas camas queen e vista lateral do mar (esses apartamentos ficam nos blocos mais novos). As suítes têm TV com tela de LCD.

As piscinas

Salinas do Maragogi

O parque aquático principal tem vista desimpedida para a praia e nichos de várias profundidades. A piscina não tem bar molhado. A equipe de animação é muito divertida — a aula de hidroginástica que vi valeu por um show de humor.

Salinas do Maragogi

A parte mais sossegada da piscina fica junto ao rio, com vista para o mangue. Há também uma segunda piscina, próxima ao kid’s club.

Salinas do Maragogi

Salinas do Maragogi

Kid’s club

Salinas do Maragogi

Está no canto esquerdo do jardim. Tem uma área coberta e um parquinho ao ar livre.

Refeições

Salinas do Maragogi

Salinas do Maragogi

O all-inclusive não tem fru-frus, mas é generoso. Entre as frutas do café da manhã há carne de coco verde (nham) — algo que eu nunca tinha visto antes em lugar nenhum. No final da manhã aparece um camarãozinho fritado na hora no buffet do restaurante da piscina. No meio da tarde é servido um chá completo, num quiosque entre o kid’s club e a piscina secundária.

No dia em que me hospedei havia bacalhau à portuguesa e codorna no buffet do jantar. É possível também fazer reserva num dos dois restaurantes à la carte, que funcionam junto à piscina.

Salinas do Maragogi

Bebidas

Salinas do Maragogi

Em 2011, quando visitamos, os refrigerantes eram Coca-Cola e o chope, Sol, mas havia Skol de garrafa, servida em copo. (As tulipas de cerveja são de acrílico e reutilizadas.) A vodka era Natasha e os whiskies incluídos eram todos nacionais. Se esses detalhes são cruciais na decisão da sua viagem, sugerimos contactar o hotel e confirmar as marcas (acordos comerciais podem ser feitos a qualquer momento).

A sala de ginástica

Salinas do Maragogi

Tem equipamentos novos — e vai ficar mais agradável quando for transferida para um bloco a ser construído especialmente para ela. Há aulas de Pilatas com hora marcada.

A estrutura náutica

Salinas do Maragogi

Lanchas fazem passeios (pagos) às Galés e a outras piscinas naturais da região; na maré alta a pedida são passeios à costa ao norte da cidade, onde estão as praias mais bonitas. Também é possível fazer wakeboard (prancha de surf puxada por lancha; atividade paga.

Há uma operadora de mergulho funcionando dentro do resort. Também dá para fazer aulas de windsurf e alugar barco laser.

Os caiaques para passear no rio são de uso gratuito.

“Coqueirismo”

Salinas do Maragogi

Uma área de arvorismo, espertamente rebatizada, funciona junto ao mangue. O uso é cobrado.

Entretenimento noturno

Salinas do Maragogi

A programação inclui música ao vivo e shows de humor.

Os passeios

Fazenda Marrecas

Um passeio original do hotel é o day-use da histórica Fazenda Marrecas, que fica a 12 km e também pertence ao hotel. Há um lago com pedalinhos, piscina e uma casa de farinha que vale a visita. O lugar já foi cenário de filmes e novelas, como “A Indomada”.

Os passeios convencionais são operados pela Tropicana. Em 2011, esses eram os preços: Praia dos Carneiros, R$ 55; São Miguel dos Milagres, R$ 40; Porto de Galinhas, R$ 65; Recife e Olinda, R$ 80; Maceió com Gunga e Pontal da Barra, R$ 75. Devem ter aumentado um pouco.

Um cantinho

Salinas do Maragogi

A paisagem do passeio guiado pelo mangue e pelo morro atrás do hotel.

O hotel Salinas do Maragogi, em Maragogi…

  • É para você: que procura um all-inclusive de preço moderado numa praia que não seja perigosa.
  • Talvez não seja pra você: que precisa se sentir num ambiente luxuoso.

Salinas do Maragogi

Leia mais:

Passagens mais baratas para Maceió no nosso parceiro Kayak

Encontre seu hotel no Booking

Faça seu Seguro Viagem na Allianz Travel

Alugue carro em Maragogi na Rentcars em até 10 vezes

399 comentários

Ricardo, os melhores preços que achei pra resorts como salinas e iberostar foram nos sites logiviagens.com.br e skoosh.com , vc os conhece? são confiáveis?

Alguém pode me dar uma ajuda? O clima em Maragogi em julho, final do mês, é bom ou chove muito? Outra coisa, pretendo ir com duas crianças, de 09 e 11 anos. A dúvida é, vale mais a pena a praia melhor do Miraram ou a estrutura melhor do Salinas? Pra qual ir???

Renato,acabei de chegar de maragogi (fiquei no salinas ).Bem o Resort diferncia de preço dependendo do ponto da maré.Saindo do salinas maragogi o valor para as galés era 75,00 por pessoa e após dois dias da minha estadia estva saindo 50,00 por pessoa.Ainda vou relatar toda a minha viagem para maragogi,maceio…. a unica coisa que eu já informo é que são miguel dos milagres e praia dos carneiros(pernambuco.Sendo que é no final de pernambuco praticamente colado com maragogi)são os dois lugares mais lindos que já vi!!!

Claro, bate e volta de 125 km ida e volta nao rola…
Minha duvida é se alguem fez o passeio com a operadora do resort, quanto custa e se tem que fazer alguma reserva com antecedência.
Há alguma vantagem entre os 2 resorts para ir mergulhar nas galés?

Alguem tem informaçao do custo para ir às galés? Existem restriçoes de dias de semana ou no número de pessoas (precisa reserva ou algo parecido?).

    Os passeios agora estão organizados e cada operador tem direito a alguns dias da semana, com limitação de lugares.

    Outras piscinas naturais da região estão sendo visitadas.

    O preço vai variar conforme o operador, a necessidade de traslado etc.

    O Comandante NÃO recomenda vir de Maceió para fazer esse passeio. Só faça se você já estiver em Maragogi.

Aline,estive hospedada em julho/2009 e achei um resort fraco em termos de acomodação e alimentação,o que vale a pena é a natureza Se tiver condições de gastar um pouco mais na lua de mel, sugiro o Nannai em Porto de Galinhas ou Iberostar Praia do Forte,ficará mais satisfeita .Felicidades Mariza

Estive em set/2010 nesse resort, achei muito fraco, já postei um comentário, a comida é fraca o quarto luxo deixa a desejar, é rústico e com decoracao cafona, nao vale o que cobram.

Sou agente/consultor de viagens e estive no Salinas de Maragogi em outubro de 2009.
Minhas impressões foram as melhores !
O staff é de fato excelente e o grande diferencial.Apartamentos simples, mas com sky, confortáveis, cheirosos e o banheiro era bem clean e com uma ducha deliciosa.
O restaurante perto da recepção parecia mais antigo, mas os cafés da manhã eram fartos. Sem fru frus ,mas fartos !
O restaurante próximo ao mar é mais bonito e os jantares foram MARAVILHOSOS, na minha opinião superiores ao salinas de Maceió, Sauípe, Ocaporãn ( não é bem um resort ) entre outros resorts que conheci. ( Perde apenas para o Transamérica Resort que tem uma cozinha muito acima da média )
A equipe de recreação era pequena mas muito engraçada. Deixava todos a vontade. No salão de jogos cheguei até a jogar WI, mas achei a dependência pouco velha. Parecia que eles estavam iniciando as reformas.
Não tive nenhum problema com bebidas quentes e sempre fui muito bem servido. Num geral o hóspede vai até as comidas/bebidas, mas no bar da praia várias vezes fomos atendidos por garçons. A piscina da praia é muito boa ( mas do Salinas de Maceió, apesar de menor é mais bonita. )
A região onde fica o hotel é um espetáculo à parte. O mar da praia da frente é quase sempre turvo, mas a medida que a maré sobe ele vai ficando cada vez mais claro ( mas na beirinha é sempre turvo mesmo ). Caminhando pela mesma praia cerca de 30 minutos , seguindo a vila, o formato da praia modifica-se, forma-se bancos de areia e pequenas lagoas de águas claras. Riozinhos entre coqueiros desaguam no mar. É bem bonito. A vila é feinha e está um pouco mais estruturada que anos atrás.
As outras praias são as mais imperdíveis. São praias de mar caribenho, mas na minha opinião com formatos ainda mais lindos.
Experimente Patacho, toque ( em São Miguel dos Milagres ), Burgalhau etc É O PARAÍSO !

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.