Tem um post de Réveillon? Manda o link!

Réveillon em CopacabanaSemana que vem vou lançar uma página especial pro Réveillon 2012. Vou organizar e indexar todos os posts aqui do VnV sobre o assunto. E vou aproveitar a página para linkar outros blogs que tenham descrito Réveillons recentes.

Então, se você tem um post contando como é o Réveillon em qualquer lugar do mundo, deixe o link na caixa de comentários, que a gente vai indexar bonitinho, organizado por destino.

Se você tem blog mas não tem post sobre o Réveillon, não tem pressa: quando fizer, é só avisar que a gente acrescenta.

E se você não tem blog mas quer contar sobre algum Réveillon que você passou, fique à vontade para comentar na caixa; estamos também vendo um  jeito de compilar os depoimentos de todos os trips.

Obrigado e boas festas 😀

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email
Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire
Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem


43 comentários

Bom, é mais historinha, mas não deixa de contar um pouco do Réveilon em Koror, Palau:

http://www.luciamalla.com/blog/2006/01/alii-2006-1.html

    Lucia, tudo bem! Tenho lido seus comentários por aqui e acabei visitando seu blog…como amante do mergulho, estava pensando em dar um pulinho até o Havaí e ver com meus próprios olhos o que esta terra (ou mar!) tem de bom! acredito que ninguém melhor que você para dar umas dicas sobre a melhor época pra se merguhar…estou pensando em aproveitar o fim do ano, última semana de dezembro e primeira de janeiro, o que me diz?

    Abraços!

    Kika, fim de ano é época de swell alto no West e North Shore, o que significa que não tem mergulho por aquelas bandas. O ano inteiro dá pra mergulhar no Havaí, mas acho que janeiro particularmente fica-se mais limitado por conta do swell. Entretanto, dá pra mergulhar tranquilamente do lado leste e sul, o que já te garante diversos naufrágios e recifes. Tem uns shore dives saindo de Portlock e de Hanauma Bay, por exemplo, que são ótimos e que no inverno (dez/jan/fev) estão mansinhos.

Ha uns dias atras eu deixei uns links no post sobre o revellion em LOndres, mas vou deixar aqui de novo:

Londres:

http://drieverywhere.net/2011/01/02/ano-novo-em-londres-20102011/
http://drieverywhere.net/2010/12/29/virada-do-ano-em-londres/
http://drieverywhere.net/2009/10/28/sal-ano-novo-em-londres/

E tenho tambem esses posts de revellion na Tailandia (Koh Samiu):

http://drieverywhere.net/2009/01/01/samui-sub-aquatico/

Nova Iorque:

http://drieverywhere.net/2008/01/01/wtc-e-ano-novo/

Adorei!
Estou começando a fazer planos para o próximo Reveillon e dicas serão super benvindas agora.
Já tenho uma proposta para Punta Cana.
Alguém já passou o Reveillon por lá?

Muito legal esse post. Por questões de logística vou passar o natal em Madri e o Revellion em Barcelona.

No últimos 5 anos tenho passado a “virada” ou voando ou em Londres e Paris.Concordo com o Fábio. Meu primeiro Réveillon foi em Paris, e experava ver a Torre Eiffel em fogos… Nada! A minha impressão é que os europeus, não supervalorizam esse data, pelo menos em termos de festas públicas como acontece no Rio. Em Londres, tem os fogos em London Eye escrevi esse post http://wp.me/pIXYE-b.E esse sobre a virada nas alturas http://wp.me/pIXYE-Tw. Seria uma boa idéia convocar uma blogagem coletiva, o que acham os Trips?

Ano passado passei o Reveillon em Paris e não foi lá essas coisas. A impressão é que a virada do ano é solenemente ignorada. Juntei-me à multidão embaixo da Torre Eiffel e exatamente à meia-noite a torre se apaga e se acende piscando, exatamente como ocorre às onze, às dez, etc. Fogos, nem pensar, champagne, nem uma gota. Um pouco antes das onze horas do dia 31 fiz um passeio pelo Rio Sena (embarque e desembarque ao lado da Torre), achei interessante ver a movimentação da cidade e as festas nos barcos ancorados. A ida foi bem tranquila, o metrô é gratuito e como cada um vai em um horário não passei perrengue. A volta foi mais complicada, todo mundo no mesmo horário!!! Acabei voltando a pé para o hotel. Saí da Torre e fui até Madeleine, perto da estação St. Lazare e da Galeria Lafayete. Uma caminhada enorme, num bom frio. Mas até que não foi o pior dos programas, foi quase isso. Valeu a passada pela Champs-Elysees. O que mais decepciona é que uma multidão fica olhando para a torre esperando a virada do ano e a sensação que se tem é que ela te ignora e repete o que faz a toda hora. Esse ano vou para Edimburgo, parece que é mais legal, quem tiver dicas mande. Ricardo, não esqueça de Edimburgo no seu post!!!

Vale reveillon de São Carlos 🙂
… Esse post vai ser bom!!! Sempre legal ter dicas de reveillon pelo Brasil e o mundo! …

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.