Termo de pesquisa do dia: “nudismo em Nannai”

Nannai: bangalô, visto da varanda de um apartamento
Nannai: bangalô, visto da varanda de um apartamento

Às vezes o canto mais divertido dos bastidores do blog é o relatório de palavras e termos procurados nos buscadores que trouxeram leitores até algum post.

Muitos deles revelam dúvidas que certamente não foram respondidas — ou porque não faziam sentido, ou porque a pessoa passou tão rápido que não se deu ao trabalho (ou não levou fé) de perguntar.

Hoje, por exemplo, caiu alguém aqui no blog, provavelmente de Portugal (pela escolha da preposição), pesquisando sobre “nudismo em Nannai“.

É uma questão procedente — afinal, num bangalô superluxo, com piscina privativa, talvez os hóspedes pudessem tratar de apagar suas marquinhas de bronzeado.

Agora deve ser tarde demais para responder, mas caso alguém mais aporte por aqui com a mesma indagação, cumpre-me informar que não, isso não é possível.

Praticamente todos os bangalôs são devassados, não apenas pelos lados, como sobretudo pelo alto — já que o predinho de apartamentos convencionais dá vista para as duas alas de palafitas.

Esse é, na minha opinião, o único senão do (ótimo) resort: quem está no bangalô tem platéia, e quem está no predinho tem inveja… 

(Alguns outros termos de pesquisa de hoje: “gripe suína em Bento Gonçalves”, “viagem de carro do Rio de Janeiro a Gramado”, “Santiago x Valparaíso de trem”.)

23 comentários

Ótimo tópico, até pq viajar em casal para um lugar desse e não ter essa curiosidade é difícil!!!
E tenho essa mesma curiosidade em relação a Maldivas. O que acha Ricardo?
Abraço

    Olá, Igor! Quem responde é A Bóia. As ilhas Maldivas são um país muçulmano bastante puritano.

A minha pergunta não tem relação direta com o tópico, mas fiquei sem saber aonde perguntar, se puderem me ajudar agradeço. Dei uma pesquisada na internet, mas algumas respostas pareciam semelhantes demais para serem de hóspedes de verdade.
Alguém conhece a Pousada Doce Cabana de Porto de Galinhas?

Não sei se esse é o post adequado, mas queria falar sobre minha viagem recente a Porto de Galinhas ( “Pela nona vez melhor praia do Brasil na eleiçao V&T”)
Estive em Porto de Galinhas em junho 2010, para convenção,e já havia visitado previamente o local em 2005. A praia é INSUPORTÁVEL! Falo isso sobre a faixa de areia na Vila de Porto. É impossível ficar na praia um minuto sequer sem ser importunado por alguém querendo oferecer algo: passeio, buggy, ponto de apoio, foto, tatoo, etc. Voce passa o tempo inteiro do seu descanso negando o que lhe oferecem! Dá vontade de levar uma placa : ” Não quero comprar nada!”
Obviamente depois de embarcar em uma jangada até uma piscina natural, é possível perceber que a água realmente é muito bonita, e as piscinas ficam cheias de peixes… Mas ficar na areia não dá. É um caso clássico onde a exploraçao comercial estragou um local dotado de belezas… Minha vontade é não voltar pra tal muvuca… Ainda bem que Muro Alto ainda não foi tão contaminada por esse espírito!
abraços!!

    Victor…

    concordo em gênero, número e grau contigo. Para mim, Porto de Galinhas é muito barulho por nada. Pipa dá de mil a zero.

Escrevi sobre a mesma ferramenta no dia 19. Coincidência, não? E só hoje entrei aqui depois de dias, quando te mandei o link do meu blog 😉

Não sei por que, mas tem sempre um que bota “sexo com cachorros” e cai n’O Meu Lugar. 🙁

    Beto 😆 😆 😆 😆

    Lá no BBZ a palavra mais procurada é “Tulipas” 😆 😆 😆 😆

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.