Louvre

Países abertos para brasileiros: com ou sem vacina

Todos os dias aparece algum novo país abrindo as fronteiras para brasileiros. Desde junho de 2021 as regras vêm sendo flexibilizadas.

Este post vai acompanhar a evolução das regras nos destinos mais procurados por brasileiros com relação a turismo e vacinas. Favorite e volte sempre (e dê um refresh para ter certeza de que está vendo a versão mais recente).

ATUALIZAÇÃO MAIS RECENTE: 19 DE SETEMBRO

A Bóia explica:

Turismo e vacinas: Europa

Alemanha

Rothenburg ob der Tauber

Desde o dia 22 de agosto a Alemanha está aberta a todos os brasileiros que tomavam há pelo menos 14 dias as duas doses de AstraZeneca (Covishield/Fiocruz) ou Pfizer, ou a dose única da Pfizer.

E a partir de 19 de setembro a Alemanha vai estender a permissão de entrada no país a qualquer viajante brasileiro que apresente teste negativo para Covid.

Os viajantes que não completaram o esquema vacinal, ou tomaram Coronavac, ou não tomaram vacina (como crianças a partir de 6 anos) podem entrar apresentando um teste RT-PCR feito há no máximo 72 horas antes do embarque, ou teste de antígeno feito há no máximo 48 horas antes do embarque.

Quem já tem seu esquema vacinal completo com AstraZeneca, Pfizer ou Janssen há pelo menos 14 dias continua sem precisar fazer teste.

Crianças até 5 anos também não precisam fazer teste.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Alemanha no VnV

Bélgica

Trem entre Holanda e Bélgica: Bruges

A Bélgica aceita brasileiros completamente vacinados há pelo menos 14 dias com vacinas aprovadas pela EMA: AstraZeneca, Pfizer, Janssen e Moderna. Coronavac ainda não é aceita.

Ao chegar é preciso fazer um teste PCR e aguardar o resultado em isolamento.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Bélgica no VnV

Croácia

A Croácia voltou a exigir a quarentena de 14 dias de viajantes provenientes do Brasil. Além do auto-isolamento, é preciso apresentar teste PCR negativo e ter a hospedagem paga antecipadamente.

Espanha

turismo e vacinas: Madri

Desde 24 de agosto brasileiros vacinados há 14 dias com esquema vacinal completo podem entrar na Espanha. Todas as vacinas aplicadas no Brasil são aceitas: AstraZeneca, Coronavac, Janssen e Pfizer.

Todos os maiores de 12 anos precisam estar vacinados. Crianças até 11 anos precisam apenas estar acompanhadas de um adulto vacinado.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

França

Mont St.-Michel

Dia 17 de julho a França anunciou a abertura das fronteiras a viajantes provenientes de todos os países, desde que estejam completamente vacinados com vacinas aprovadas pela EMA – AstraZeneca, Pfizer, Moderna e Janssen. A Covishield (nome indiano da AstraZeneca) e a AstraZeneca da Fiocruz também estão permitidas. É necessário ter tomado a segunda dose 7 dias antes do embarque (no caso da Janssen, de dose única, a vacina precisa ter sido tomada 28 dias antes da viagem).

A Coronavac ainda não foi aprovada pela EMA.

Para entrar em museus, atrações turísticas, restaurantes e andar de trem, é preciso emitir um ‘passe sanitário’ neste site.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Grécia

turismo e vacinas: Grécia

A Grécia foi o primeiro país europeu a aceitar oficialmente viajantes vacinados com vacinas ainda não aprovadas pela EMA, como a Coronavac (internacionalmente conhecida como Sinovac) e a russa Sputnik V. A Grécia também anunciou que a vacina não será obrigatória: o país vai aceitar também visitantes que apresentem testes PCR negativos.

No entanto, o visitante precisa vir de uma lista de países pré-aprovados, da qual o Brasil não faz parte. Veja a lista aqui.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Holanda

Como se locomover em Amsterdã: bicicleta

A partir de 22 de setembro brasileiros vacinados (incluindo Coronavac) poderão entrar na Holanda sem precisar fazer quarentena na chegada.

Para embarcar será preciso:

  • Ter tomado há mais de 14 dias a segunda dose da vacina (Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer) ou há 28 dias a dose única da Janssen
  • Fazer teste RT-PCR 48 horas antes do embarque ou teste de antígeno 24 horas antes do embarque
  • Preencher o formulário de saúde para viajantes

A partir de 25 de setembro o acesso a ambientes fechados será permitido apenas de posse de um passe sanitário que será lançado nos próximos dias.

Islândia

Viaje na Viagem 12 anos - Islândia

A Islândia está aberta sem necessidade de quarentena a turistas de todas as nacionalidades que tenham tomado duas doses de alguma vacina aprovada pela EMA ou pela OMS. São elas: AstraZeneca (incluindo Covishield), Janssen (Johnson & Johnson), Moderna, Pfizer, Sinovac (Coronavac) e Sinopharm.

Ou seja: brasileiros vacinados com a segunda dose da AstraZeneca, da Pfizer, da Coronavac ou com a dose única da Janssen já podem viajar à Islândia. Veja as exigências aqui.

É preciso certifiar-se de que o país da conexão permite trânsito internacional. Portugal, Espanha, França, Alemanha, Holanda e Reino Unido permitem.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Portugal

Lisboa: atalho ao Castelo

Portugal abriu suas fronteiras para todos os viajantes brasileiros dia 1º de setembro. A decisão pode ser revista até 16 de setembro, de acordo com a situação epidemiológica.

Não é necessário estar vacinado para viajar a Portugal. Basta apresentar teste negativo RT-PCR (feito até 72 horas antes do embarque) ou antígeno (feito até 48 horas antes do embarque). É recomendável fazer os testes em laboratórios formais.

Crianças até 11 anos não precisam fazer teste.

É preciso apresentar teste negativo para covid ao fazer check-in e para frequentar áreas internas de restaurantes nos fins de semana. Os testes podem ser PCR (válidos por 72 horas), antígeno (válidos por 48 horas) ou rápidos (feitos à porta do estabelecimento).

Receba a Newsletter do VNV

Serviço gratuito

Reino Unido

Londres dicas - London Eye

Por enquanto, a política de entrada no Reino Unido é ditada pelo risco de contágio no país de origem do viajante. Não há nenhuma política baseada em vacinação.

O Reino Unido divide os países em três listas: vermelha, âmbar e verde.

O Brasil atualmente está na lista vermelha (veja aqui).

Isso significa que, sem passaporte britânico ou residência no Reino Unido, brasileiros não podem entrar no país, estejam vacinados ou não.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

República Tcheca

Praga dicas

A República Tcheca está aberta a viajantes brasileiros completamente vacinados há pelo menos 14 dias com qualquer vacina aprovada pela EMA: AstraZeneca, Janssen, Pfizer e Moderna. Coronavac ainda não está aprovada.

Além disso, é preciso preencher um formulário de chegada antes de embarcar, e ter um seguro-viagem que cubra despesas com Covid.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Suíça

Brasileiros que já tenham tomado a segunda dose de qualquer vacina aprovada pela OMS – Pfizer, Moderna, Janssen, AstraZeneca, Sinovac (a nossa Coronavac) e Sinopharm – podem entrar na Suíça sem quarentena. Não há exigência de intervalo entre a segunda dose e a entrada na Suíça.

Desde 13 de setembro será exigido teste negativo PCR (válido por 72 horas) ou antígeno (válido por 48 horas) para entrar em museus e restaurantes fechados. Visitantes de fora da Europa poderão fazer exames gratuitos em laboratórios indicados pelo governo suíço. Não é necessário apresentar teste para frequentar hotéis, lojas, andar de trem ou consumir nas áreas externas de bares e restaurantes.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Turismo e vacinas: América do Norte

Estados Unidos

Onde ficar em Nova York: região da Penn Station e rua 34

Os Estados Unidos ainda não anunciaram a vacinação como critério de entrada no país.

No momento, brasileiros que não tenham dupla cidadania nem residência no país só podem entrar nos Estados Unidos depois de passar 14 dias num terceiro país (e fazer teste PCR até 72 horas antes do embarque).

O México e a República Dominicana têm sido os lugares preferidos dos brasileiros que viajam para lá.

Muitos brasileiros têm inclusive conseguido se vacinar gratuitamente nos postos de vacinação em todos os Estados Unidos, devido à abundância de vacinas por lá.

México

Chichén-Itzá

O México tem entrada livre. Não é preciso vacina, nem mesmo teste PCR.

Canadá

Turismo e vacinas: Canadá

Brasileiros totalmente vacinados há pelo menos 14 dias com vacinas aprovadas no Canadá podem viajar a turismo desde 7 de setembro.

As vacinas válidas são Pfizer, Janssen, Moderna e AstraZeneca, incluindo Covishield e Fiocruz. Coronavac ainda não está habilitada.

Além da vacina é preciso fazer um teste RT-PCR 72 horas do embarque, e preencher o formulário ArriveCAN também até 72 horas antes do voo.

Lembre-se que brasileiros precisam de visto ou eTA para entrar no Canadá. Leia sobre o eTA aqui.

Turismo e vacinas: América do Sul

Argentina

Viagens de Natal: El Calafate

A Argentina ainda não anunciou nenhuma política de permitir a entrada de viajantes vacinados.

As fronteiras permanecem fechadas para o turismo. Os voos diretos para o Brasil estão suspensos.

Chile

O que fazer em Santiago: Sky Costanera

O Chile anunciou a abertura de suas fronteiras para visitantes estrangeiros no dia 1º de outubro. Ainda não é uma reabertura ao turismo, porque a exigência de uma quarentena de 5 a 7 dias na chegada inviabiliza viagens de lazer.

Para entrar no Chile será preciso:

  • Ter completado o esquema vacinal (com qualquer vacina aprovada pela OMS) há pelo menos 14 dias
  • Apresentar teste RT-PCR
  • Fazer seguro-viagem com um valor mínimo de US$ 30 mil
  • Cumprir isolamento de 5 dias (para quem solicitar o passe sanitário chileno) ou 7 dias (para quem não tiver o passe) no local escolhido pelo visitante

O passe sanitário chileno pode ser solicitado neste site. O isolamento será monitorado pelo governo chileno.

Uruguai

Uruguai devolução IVA problemas MasterCard

O Uruguai anunciou que deve receber turistas estrangeiros a partir de 1º de novembro. As condições ainda não estão definidas, mas é provável que seja exigido a combinação de vacinação (por qualquer vacina aprovada pela OMS) + PCR negativo.

Antes disso, desde 1º de setembro, o Uruguai está aberto para estrangeiros que tenham propriedades no país. Será exigida vacinação completa e teste PCR negativo. Crianças não vacinadas terão que tomar vacina na chegada, e a família vai ter que fazer quarentena.

Colômbia

San Andrés dicas: praia Spat Bright

A Colômbia reabriu ao turismo de brasileiros em 11 de maio. Há a exigência de um teste PCR feito até 96 horas antes do embarque.

Peru

Machu Picchu novas regras

Desde 6 de setembro brasileiros já podem voltar ao Peru como turistas, sem necessidade de quarentena.

Viajantes que tenham esquema vacinal completo de qualquer vacina aplicada no Brasil (2 doses de Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer, ou 1 dose de Janssen) só precisam do certificado de vacinação do ConecteSUS.

Viajantes que tenham tomado apenas a 1ª dose (de Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer) precisam apresentar teste RT-PCR negativo feito até 72 horas antes do embarque.

Turismo e vacinas: Caribe

República Dominicana

Turismo e vacinas: Punta Cana

Desde 31 de maio é necessário apresentar um teste RT-PCR feito a no máximo 72 horas antes do embarque.

A República Dominicana também exige vacinação contra febre amarela.

Aruba

Aruba

O país reabriu a fronteira para brasileiros no dia 7 de junho. Não é preciso estar vacinado, mas são exigidos teste e seguro-viagem da ilha. Veja todos os requisitos.

Curaçao

Kenepa Grandi

Curaçao está aberto a visitantes de todos os países que apresentem teste PCR negativo.

Ainda não há nenhuma política de entrada vinculada à vacinação.

Costa Rica

A Costa Rica está aberta para turismo. É necessário ter um seguro-viagem que cubra Covid e preencher o formulário Pase de Salud.

Quem está completamente vacinado com Pfizer, Janssen, AstraZeneca ou Moderna não precisa do seguro-viagem.

Turismo e vacinas: Ásia

Dubai

turismo e vacinas: Dubai

A Emirates voltou a vender passagens a brasileiros com destino final Dubai.

Brasileiros podem entrar nos Emirados Árabes apenas com teste PCR negativo.

Ainda não foi anunciada nenhuma política de entrada vinculada à vacinação.

Maldivas

Anantara Dhigu

Brasileiros podem entrar nas Maldivas.

Depois de anunciar que viajantes vacinados com duas doses estariam isentos de apresentar PCR na chegada, as Ilhas Maldivas voltaram atrás.

Todos os viajantes precisam apresentar um teste PCR negativo feito até 96 horas antes da chegada.

20 comentários

Oi Ricardo
Por que vocês não colocam a Bolivia no seu radar de vacinas? Quero ir para Yuni em Janeiro/22 e estou de olho…

    Olá, Maria Claudia! Quem responde é A Bóia. Se as fronteiras abrirem, a gente acrescenta. Atualmente o país exige quarentena de 10 dias.

Oi, com o início da aplicação da dose de reforço, como fica agora a entrada nos países que não aceitam a Coronavac? A dose de reforço é Pfizer, mas é só 1 dose… não serve ou será que poderá ser aceita como vacinação completa?

    Olá, Rejane! É preciso esperar que algum dos países que não aceitam Coronavac emitam pareceres oficiais.

No caso de uma minha esposa que tomou a 1a dose de astrazeca e agora deram a 2ª pfizer … isso será aceito no exterior?
Obrigado
Carlos Secaf
16 98121-1601

    Olá, Carlos! Acreditamos que sim, é uma combinação usada também em países da Europa e no Canadá.

A vacina Coronavac é aceita desde o dia 17 dedte mês sem restrições na Alemanha.

    Olá, Martin! É a partir do dia 19, e não foi a vacina que passou a ser aceita. Brasileiros não-vacinados com vacinas aprovadas pela Alemanha podem entrar com teste PCR ou antígeno.

    Já atualizamos o texto, obrigada pelo toque!

Socorro! Cadê os comentários do site? Mudaram o layout, vão perder os comentários de todos esse anos?
Bom, vou perguntar de novo: como estão as conexões na Europa (em Paris e Amsterdã)? Meu filho vai a Portugal com visto de estudo, mas ainda não foi vacinado. Pode fazer a conexão apenas com o PCR?

    Olá, Márcio! Na migração para o novo layout tivemos que abrir mão dos comentários de maio para cá. Gostaríamos de ter lançado a nova versão mais cedo, o que faria com que menos comentários fossem perdidos, mas não foi possível. De todo modo, os comentários de 2006 a abril de 2021 continuam no ar 🙂

    Sim, ele pode fazer a conexão para Portugal apenas com PCR. A maioria das cias. aéreas está exigindo PCR para embarcar, e é necessário que o viajante cumpra o requisito do destino final – no caso de Portugal, o PCR.

    Obrigado pela informação Bóia!
    Quanto ao site, está mais clean e bonito, parabéns! Ainda bem que preservaram os comentários desses anos todos, tem um valor inestimável.
    Uma nota para a equipe técnica: quando acesso esta página: …/turismo-vacinas/ pela home-page aparece o conteúdo com apenas 4 comentários, sem este meu. Quando acessei a mesma página pelo link do facebook, aparecem 9 comentários, incluindo o meu. Achei muito estranho e creio que seria bom dar uma verificada no comportamento do sistema.

Só vim aqui para parabenizar pela clareza de informações que este site apresenta … sem dúvida o melhor acervo para consultar viagens desse país … o único lugar que consegui informação dos lugares que aceitam a vacina Astra Zeneca covidhield , mais uma vez o meu obrigado e parabéns. Pelo volume e conteúdo de informações precisas … vcs são nota 1000

oi cade vcs quero ler os comentarios

    Olá, Maria Helena! Infelizmente perdemos os comentários feitos nos últimos três meses na migração do site. Mas logo logo a caixa de comentários deste post estará cheia novamente.

Olá, estou em Paris, vacinado e pretendo voltar para o Brasil nesse sábado, sabe se preciso de algum documento a mais que os de rotina ?

    Olá, Sérgio! Precisa fazer um exame RT-PCR 72 horas ou menos antes da viagem. A vacina não dispensa o teste.

olá pode me dizerse preciso o teste pcr para entrar na espanha além do comprovante das vacinas? obrigada

    Olá, Maria Helena! Só o comprovante de vacinação. Mas dependendo da cia. aérea e do lugar de conexão você pode precisar de PCR, informe-se com a cia. aérea.