Uia! Ibismômetro na VEJA!!! Só esqueceram de dar crédito…

Veja o Ibismômetro!!!

O “Guia” da Veja desta semana, na página 177, traz um box intitulado “Índice Ibis de custo hoteleiro”, com um conceito igualzinho ao do nosso Ibismômetro.

Ficamos superfelizes pela, aham, coincidência de idéias — sobretudo porque pensamos nisso, com o mesmíssimo raciocínio e um nome bem mais divertido, há quatro meses e catorze dias.

Caso também tenha ocorrido à Veja tornar essa pesquisa mensal, como fazemos aqui no Viaje na Viagem desde julho, aproveitamos para passar algumas dicas aos coleguinhas:

–> Não esqueçam de mencionar a data em que foi feita a pesquisa e para que exato dia é a hospedagem! Quem viaja de verdade sabe que essa informação faz toda a diferença, já que os preços de hotéis, até mesmo dos Ibis, são voláteis. Por isso sempre mencionamos no texto essas datas.

–> Ao informar um hotel que não seja Ibis, digam qual é! Fazemos isso com todas as cidades que não possuam Ibis, indicando qual foi o hotel substituto. Em Miami, uma cidade sem Ibis, usamos um Holiday Inn Express, que é de categoria similar. Seria interessante dizer ao leitor qual hotel de Miami vocês estão usando.

–> Vale a pena dar a fonte de inspiração! Aqui no Viaje na Viagem, sempre que falamos do Ibismômetro, contamos que nos inspiramos no Big Mac Index da The Economist. Até porque, se não contássemos, sempre apareceria alguém para contar!

No mais, o leitor do Viaje na Viagem já sabe: as melhores estratégias parar viajar e os pensamentos mais originais saem primeiro aqui. Volte sempre!

(Obrigado, Val e Fabio!)

Conheça:

Calendário de Viagens 2013: um ano inteiro só de boas viagens

Veja (ops!):

12/7 – Ibismômetro, um termômetro do custo de hospedagem no mundo

13/8 – Ibismômetro, o termômetro do custo de hospedagem em outubro

24/9 – Ibismômetro, o termômetro do custo de hospedagem em novembro

24/10 – Ibismômetro: em dezembro, Londres e Paris em baixa

16/11 – Ibismômetro: em janeiro, Salvador, Nova York e Londres em baixa

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


58 comentários

Já mandei carta ao Diretor de Redação reclamando .
Para uma revista defensora da ética doeu a “chupiscada” sem crédito.

Que isso, Marcelo!! VEJA com mais credibilidade que o VnV?!?! Só pode ser deboche e eu não “peguei”. A ideia era tão deles que, uma revista SEMANAL, levou 4 meses pra publicar. Até parece.
Queria ouvir essa gravação…

VnV é o instrumento de turismo mais respeitado do país, inclusive muito mais do que a revista de turismo da editora abril (da qual sou assinante há anos e posso dizer, por experiência própria, que decai a cada dia. Matérias repetidas integralemente de uma revista pra outra, fotos de baixa qualidade, assuntos repetidos anos após anos, etc…)

Riq, essa kibagem que fizeram com vocês foi patética. Bem do nível dessa revista VEJA mesmo.

    Nossa Bárbara, por esses motivos ai eu parei de assinar a revista faz tempo já! Odiava sempre OS MESMOS assuntos… Pode pegar TODOS os seus números de Julho pra achar sempre reportagens de Bariloche e Serra Gaúcha e TODOS os números de Janeiro pra achar “as melhores praias do Brasil”… aff

Dizem que a Veja tem uma entrevista gravada com o Ricardo Freire onde ele assume que foi ele quem copiou a ideia da revista. A publicação da Editora Abril, claro, não divulgou o áudio. Como a Veja tem muuuuuito mais credibilidade do que o Viaje na Viagem, vou acreditar na revista mesmo que ele diga o contrário. Riq, faz isso mais não!

No mínimo antiético…acho que vale o email para a Veja pedindo a retratação com os créditos na próxima edição.. E viva o blog, que de tão legal, até copiado pelas revistas já está sendo! =)

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.