Vai passar no shopping? Aproveite e…

bandnews … faça uma compra que você sempre se esquece de fazer, mas que é de primeira necessidade.

Você não troca de carro?

Não troca de laptop?

Não troca de celular?

Então! Também tem que trocar de…. ouça aqui.

31 comentários

Falando nisso, graças a Deus, faz uma semana que acabei minhas compras e tô evitando passar perto dos Shoppings desde então. Deus me livre!!

Super coincidência. Acabo de voltar de NY onde aproveitei para trocar de mala. Comprei duas (uma minha e uma da “patroa”) Samsonites médias (durinhas) de 4 rodinhas na Century 21 por U$ 160,00… eu achei um super preço! E realmente… as 4 rodinhas fazem toda a diferença…!

    Mas a Century 21 é mesmo o melhor lugar pra comprar malas em Manhattan…inclusive, aquilo vive cheio de Brasileiros em fim de viagem… 😆

Eu não tenho dúvidas de que essas malas são o máximo, mas quando penso no preço delas e na forma como as coitadas são tratadas nos aeroportos (a TAP já destruiu, literalmente, uma mala minha) eu me contento com a minha de duas rodinhas mesmo.

    Concordo inteiramente. Este foi um serviço que piorou muito. Dá a impressão que o pessoal encarregado está descarregando toda a frustração nas malas (e tem acontecido nos mais diversos aeroportos nacionais e internacionais).

    Uma explicação técnica: para reduzir os custos de mão-de-obra, o manuseio das malas está cada vez mais automatizado. Isso agilizar o processo mas diminui o cuidado físico com as malas, que cada vez mais são jogadas, despencadas e empurradas sem o menor cuidado.

Falando em shopping, fui ontem e a livraria tava um caos Riq – tinha que trocar uns livros que acabei não dando (e não ia encontrar com a pessoa a tempo dela trocar)e adivinha a lacuna que corrigi? 100 Praias rsrs – ainda vendi mais um para a moça que me perguntou se o livro era bom 😉

Malas duras só tem um inconveniente: não dá pra abarrotar e sentar em cima pra fechar depois e rezar pra não abrirem na vistoria, porque não fecharão nunca mais, rsrsrs.
Brincadeira, eu sou adepta de pouca bagagem, na maioria das vezes.

    Hahaha… 😆 Concordo totalmente! Também sou adepta de ir com pouca bagagem – voltar, nem sempre… 😉

    Sem falar que do jeito que andam os cuidados com bagagem aeroportos , o risco de chegarem quebradas é muito alto !

Coincidência: acabei de trocar de malas. Sim, malas: a grande, a de bordo e a do maridão. Quatro rodinhas é o must.
Pra ficar perfeito mesmo eu só precisava de alguém que desfizesse mala pra mim, colocando tudo no lugar…algum candidato?? 😉

A Sansonite pretinha e levinha tá mil reais!
Agora, pra voltar da Europa pela Tam direto, bom mesmo é duas jumbos de 32 kl cada, pois os preços das coisas no Brasil são vergonhosamente pornográficos: sapatênis, calças jeans, blazers, óculos, camisas, vinhos, etc, etc, etc…
Eu comprei vinhos em Montalcino por 50 reais que custam mil em SP.
Quem perde uma oportunidade dessas?
Daí só com duas big-malas.
Fazer o quê?

    Quem for pro Uruguai , Punta ou Montevideo , aproveite para comprar lá as 4 rodinhas : na Tienda Inglesa tem malas médias ótimas , em todas as cores , por menos de 150 reais . É isso mesmo gente , reais ! 😉

500% de acordo com com a dica do tamanho médio Riq!!
é o tamanho exato pra não ter problemas com os famosos 20 kgs… nem coisa de mais, nem coisa de menos

abraço