Viajar de novo

Quando vamos viajar de novo? Acompanhe nossas postagens no Insta, Face e Twitter

Viajar de novo

Quando vamos viajar de novo? E postar de novo?

Por causa da pandemia de covid-19, o Viaje na Viagem não tem publicado posts novos aqui no blog. Mas estamos comentando notícias e refletindo sobre os futuros da viagem no Instagram, no Facebook e no Twitter.

Por que não estamos publicando notícias no blog

É uma questão de princípios editoriais. O Viaje na Viagem não publica notícias meramente especulativas. Não somos adeptos dos posts caça-cliques. Quando você lê alguma informação aqui, é porque está confirmada e pode afetar (de maneira positiva ou negativa) os seus planos de viagem. Sem pressa: entre dar uma notícia em primeira mão e dar uma notícia devidamente ponderada e analisada, a gente sempre vai preferir perder o furo mas fazer você ganhar a análise mais aprofundada.

Pois então: desde que a pandemia se instalou e viajar saiu da pauta, ainda não apareceu nenhuma notícia que possa acender o sinal verde para marcarmos novas viagens.

A Europa reabriu — mas não para brasileiros. A América do Sul e os Estados Unidos continuam fechados. No Brasil, a quarentena começa a ser relaxada nas maiores cidades, mas restaurantes e atrações turísticas permanecem fechados ou com restrições. Alguns destinos nacionais iniciaram a retomada, mas focados em visitantes que moram no entorno.

A verdade é que ainda não está na hora de marcar viagens. Há vários motivos, mas o principal é que ainda não é responsável viajar.

Nossas postagens no Instagram, Facebook e Twitter

Sabemos que muitos seguidores do Viaje na Viagem gostariam de saber a nossa opinião e ver os nossos palpites a respeito de quando poderemos viajar de novo, e como serão essas viagens.

Por isso, desde o dia 7 de junho, estamos fazendo uma postagem diária (exceto sábado) nas nossas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter.

Esses posts trazem comentários sobre o noticiário (hashtag #ViajandoNasNotícias) e reflexões sobre o futuro das viagens a curto, médio e longo prazo (hashtag #PensamentoViaja). De vez em quando os posts serão feitos em formato de vídeo.

As postagens são as mesmas nas três redes — escolha a sua favorita e nos acompanhe por lá.

E assim que for novamente responsável viajar e tivermos indicações seguras para dar, retomaremos os posts aqui no blog.

Enquanto isso, viaje no nosso conteúdo

Não é por que não dá para marcar viagens que a gente não pode sonhar em viajar, não é mesmo? Todo o conteúdo do Viaje na Viagem continua disponível para você planejar a viagem que vai fazer num futuro — seja próximo ou distante.

Também não paramos de trabalhar em atualização de conteúdos existentes e criação de novos guias. Tudo para que, quando der para viajar de novo, você continue viajando com a gente.

Vai passar!

Viaje nas nossas redes sociais:


A Bóia

23 comentários

Parabéns pelo posicionamento. Sou fã do site há anos e sempre utilizo nas escolhas e organização de roteiros.

Vc não me decepciona Ricardo Freire! Profissional nota 10! Parabéns pelo posicionamento. Sou sua leitora já há trocentos anos kkk desde a época dos guias físicos nas bancas de revistas.

Extremo bom senso e responsabilidade pela parte de vocês! Por isso que sou fã de carteirinha e sigo vcs há anos! Parabéns !

Excelente postura Rick,

Sempre recomendo o site a todos que planejam uma viagem. Enquanto eu não posso viajar fico aqui relendo posts antigos e viajando através deles.
Tudo de bom pra você e seus entes queridos!

Bom dia, embora pareça banal nesta circunstância complicada do covid, muitas pessoas trabalham com algo diretamente ou indiretamente relacionado ao turismo. O turismo também está ligado ao comércio. No meu país, a indústria foi desmantelada e boa parte foi levada para outros países, incluindo a China. Troco indústria por turismo. Indústria foi mudada para o turismo. Uma parte importante do nosso PIB esta relacionada à atividade turística. Por exemplo, na Grécia, o turismo responde por 23% do PIB, na Espanha, 13%. É um assunto complicado, com muitas arestas e um grande problema mundial.
Saúde para todos

    Bom ponto!
    lembro que, anos atrás, o próprio Riq escreveu algo parecido com “qualquer industria pode ser transferida para outro país, se for mais conveniente”.
    A única indústria que não permite isso é a do turismo.

A União Europeia publicou um site oficial com informações consolidadas da re-abertura. Você escolhe o país, clica na opção de acesso de fora do bloco, e ele te dá o resumo país por país.

Claro que a permissão de saída é apenas uma das duas pontas da equação de viagens.

Fica o link da versão em português: https://reopen.europa.eu/pt

Eu achei excelente a iniciativa: informação oficial, consolidada das várias fontes nacionais, amigável para consulta. Exemplo que deveria ser seguido por todas as autoridades nacionais de países territorialmente grandes.

    Excelente post, não seria diferente em se tratando do Viaje na Viagem.
    Ricardo eu comprei passagens antes da pandemia, quando terminei minha viagem pelos Bálcãs e quero fazer uma pergunta, viajo sempre de carro e o roteiro é de Lisboa a Riga, ida e volta, iniciando no natal, a cia troca as datas sem cobrança mas o tempo é de ferias.
    Quero perguntar, devo cancelar ou pode ser que em dezembro já esteja sem pandemia.
    Obrigado,
    Souza

    Olá, Souza! Quem responde é A Bóia. Infelizmente, não temos como saber. Será preciso acompanhar as notícias. Pode acontecer de tudo até lá: abrir e continuar aberto, abrir mas voltar a fechar, ou nem mesmo chegar a abrir.

Gostaria de parabenizar o site (que é incrível!), e em especial, essa reportagem, que mostra o bom jornalismo, feito com responsabilidade e coerência! Descobri esse site durante o isolamento causado pela pandemia, e já “viajei” um bocado nos conteúdos.
Com uma publicação como essa, só tenho mais certeza de continuar acompanhando vocês e indica-los sempre que alguém me perguntar sobre dicas de viagens…
Abraços a todos!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.