Viena pra Dani

    Viena pra Dani 3

A Dani Velloso vai passar cinco dias em Viena no fim de outubro e pede dicas de hospedagem, restaurantes e passeios.

Acho que é uma das capitais européias de que falamos menos por aqui.

Quem pode ajudar?

144 comentários

Cristina, não me lembro de haver ônibus do aeroporto pra Beira-Mar de Fortaleza, não. Se não me engano, existem táxis especiais e comuns; ambos tabelados.

Perto de Fortaleza você pode ficar na Prainha (40 km a leste); o melhor hotel é o Laguna Blu http://www.lagunablu.com.br . A oeste, eu não gosto do Cumbuco (vendedores de passeios grudentos, mar turvo). Consideraria Taíba (70 km a oeste), que tem bons restaurantes (todos franceses…); acho que o Volta ao Mundo também aluga quartos ( http://www.taiba-ceara.com.br ). Mais adiante um pouco (110 km a oeste) tem a Lagoinha, que é a praia mais fotogênica do Ceará. Ali há um bom hotel, o Vivamar ( http://www.vivamarhotel.com.br ).

Nossa, Matusa não! Em Jeri fique na Ibirapuera ( http://www.pousadaibirapuera.com.br ) ou na Cabana ( http://www.pousadacabana.com.br ).

E em Noronha, se puder, fique na Solar dos Ventos ( http://www.solardosventos.com.br ) na Teju-Açu ( http://www.pousadateju.com.br ) ou na Pousada do Vale ( http://www.pousadadovale.com.br ). Senão, veja aqui:
http://viajenaviagem.wordpress.com/2007/07/30/enquete-da-semana-pousadinhas-em-noronha/

Ricardo,
meio fora do lugar, mas já fuçei tudo por aqui – estou voltando a Fortaleza pela 3a vez em Novembro e queria saber se alguém sabe se lá tem aqueles ônibus executivos do aeroporto para o Centro ou alguma dica boa nos arredores de Fortaleza para ficar de bobeira 2 dias antes de eu dar uma palestra na capital.

Aceito tb dicas de pousada em Jeri (já fiquei na Matusa) e Noronha (esta eu vou pela primeira vez). Vou aproveitar para tirar mais 15 dias de férias este ano. Afinal eu trabalho para que!? 😛

Tentei postar ontem mas deu erro na página. Muitas dicas já estão aqui, então darei uns adendos, ok Dani? 🙂

Como já botaram hotel aqui, acho que vale registrar para os próximos viajantes solitários e a fim de novas amizades como eu que o hostel Ruthensteiner, na Robert Hamerling Gasse 24, perto da Westbahnhof Train Station me acolheu muito bem em Maio. Foi minha primeira experiência em albergue e a recepcionista fez um quarto virar feminino qdo eu pedi.

O Schobrun Palace é obrigatório!!! Tomei café no restaurante deles – um prato típico com frutas vermelhas e panquecas deliciosos! Com o café e um suco 10 euros não tem preço para um dia de sol daqueles!!! Na bilheteria compre o ticket para as 5 atrações – a diferença é pouca e vc vê as duas coleções – e fica feliz ao escutar o nome do nosso país quando dizem da princesa austríaca que casou com um príncipe português e foi para o Brasil – ainda visita o mirante de Maria Teresa e ainda vê como se faz apfelstrudel.

Não fui ao Sissi pq me disseram que quem tinha visto o primeiro, não gostaria. No meu último dia, preferi ficar caminhando pelos monumentos do Museum Quartier e ao encontrar um grupo de Brasileiros (o primeiro em 3 dias rsrs) peguei uma dica meia macabra mas que adorei – fui nas catacumbas da Igreja de San Vito – lá vc vê a história da peste na Europa e o maior muro de ossos que já vi na vida. O jardim do Belvedere Palace fica vazio no final do dia e transmite uma paz sem igual. Cheguei tarde para ver “O Beijo” e o dia estava lindo para bater perna…

A história do lenço para marcar lugar na fila do standing seats (em pé) na Ópera de Viena é verdade – eu tava sem lenço, marquei com um saco do supermercado Zona Sul que estava na minha bolsa não sei pq!!! rsrs

Ninguém soube me dar informação para chegar até a bilheteria, mas entre na ópera e pergunte a um dos seguranças “cheap tickets” que indo à esquerda dentro da ópera vc consegue pagar 2 euros para ouvir boa música – uns minutos depois muita gente desiste e vc até senta com direito à legenda em inglês!!! Para quem estudou canto clássico … eu amei!!! A acústica é excelente nas palavras do meu primo que é maestro na Alemanha.

Sacher Torte no Hotel Sacher é uma tradição. E qq doce com os melhores morangos que vc já comeu vc prova na Demel que é pertinho também. Em Praga eu comi uma sacher torte que é de chocolate com algum vinho ou licor na receita, mas não foi igual. As imitações tb são boas mas essa é única.

oi pessoal!

Também vou para Viena em novembro, e adorei as dicas.
Me indicaram ficar num suíe hotel, da rede accor, próximo ao parque de diversões Prater.
Disseram que o hotel é novíssimo, mas estou em dúvida quanto a localização, pois é distante.
Alguém conhece a região? qual o melhor local e não tão caro para se hospedar?

Tenho um motivo especial para gostar de Viena. Meu sogro nasceu lá, pertinho de Grinzing (valeu Ric) e todo ano ele volta para lá. As duas vezes que fui para lá, foi com ele, minha sogra e minha mulher. E fui do melhor jeito: na faixa! Minha única obrigação era dirigir. Valeu sogrão.

Amigos Tripulantes, vocês são uns amores! Estou anotando tudinho! Podem mandar mais viu????? Nem sei como agradecer!!! 🙂

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.