Visto americano: isenção de entrevista

Visto americano: decreto de Trump muda regras de isenção de entrevista

Visto americano: mudanças

Colaborou | Natalie Soares

Atualizado em 1º de fevereiro de 2017

A mesma canetada que baniu viagens aos Estados Unidos de cidadãos de 7 países muçulmanos também aumentou a burocracia para viajantes de todos os países que precisam de visto para entrar no país.

A ordem executiva expedida na sexta-feira dia 27 de janeiro explicitamente revogava a isenção da entrevista para renovação de vistos (“visa interview waiver”), criada durante o governo Obama. A imprensa americana (veja aqui e aqui) interpretou a lei ao pé da letra: a partir de agora, quem fosse renovar o visto americano perderia o benefício da isenção de entrevista, e precisaria agendar entrevista como os solicitantes de primeiro visto — o que causaria confusão em consulados ao redor do mundo.

Depois de 48 horas de vigência prática do decreto, porém, já se sabe que os termos de aplicação do decreto são mais brandos.

O que mudou:

  • Viajantes que solicitam a renovação do visto podem ser dispensados da entrevista se o visto estiver válido ou vencido há menos de 12 meses (antigamente, o prazo era de 48 meses)
  • Adolescentes de 14 e 15 anos não são mais dispensados de entrevista na solicitação do primeiro visto; apenas crianças até 13 anos continuam dispensadas da entrevista
  • Idosos de 66 a 79 anos não são mais dispensados da entrevista na solicitação do primeiro visto; apenas a partir de 80 anos há a dispensa da entrevista


Nova York - Fulton Center
New Nova York

One World Observatory, Oculus, Eataly, Le District: um passeio a pé por Lower Manhattan

O site da embaixada americana no Brasil já publicou a tradução do decreto (a revogação da isenção de entrevista consta da seção 8), mas ainda não atualizou os novos requisitos.

De todo modo, a agência de intermediação de vistos Globalvisa e o portal de notícias G1 confirmam as novas regras.

As entrevistas de visto são feitas exclusivamente nos consulados americanos de São Paulo, Rio, Brasília e Recife.

Pesquise seguro de viagem com nosso parceiro Mondial Assistance

Continua valendo o conselho de sempre para quem quer viajar aos Estados Unidos: solicite seu visto com a maior antecedência possível. Não é necessário (nem é recomendável!) ter comprado passagem aérea nem hotel — e com o aumento do número de entrevistas, devem aumentar o tempo de espera e processamento do visto.

E você? Foi surpreendido pelas novas regras? Conte pra gente!

Leia mais:


orlando

Passagens mais baratas para Miami no nosso parceiro Kayak

Passagens mais baratas para Orlando no nosso parceiro Kayak

Passagens mais baratas para Nova York no nosso parceiro Kayak

Passagens mais baratas para Las Vegas no nosso parceiro Kayak

Passagens mais baratas para Los Angeles no nosso parceiro Kayak

Encontre seu hotel nos EUA no Booking

Faça seu Seguro Viagem na Allianz Travel

Alugue de carro nos EUA  na Rentcars em até 12 vezes e sem IOF

Passeios e excursões nos EUA com a Viator

Ingressos para os parques temáticos de Orlando na RCA

90 comentários

Olá Ricardo! Estou renovando o visto americano de minha esposa e filho porém, quando chega no momento do agendamento (após pagamento da taxa), o site não disponibiliza nenhuma data. Você saberia informar se há previsão de normalização do serviço e quando eu poderia esperar conseguir esse agendamento? Gostaria de programar uma viagem mas assim fica muito difícil…Grato.

    Olá, Fabio! Quem responde é A Bóia. A expectativa é que, com a reabertura das fronteiras, o consulado faça algum esforço concentrado para descontar o atraso.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.