Visto americano: o outro lado

Visto americano: o outro lado 3

O Bruno voltou impressionado de um encontro com o chefe da seção consular americana no Rio, William Weissman, em que foi exposto o interesse do consulado em melhorar a qualidade de atendimento aos postulantes ao visto americano.

(Cá pra nós: já não era sem tempo…)

Alguns dados e curiosidades que o Bruno anotou:

• Nos 4 consulados brasileiros, 87% dos pedidos de visto são aprovados;

Os postulantes esperam em média 2h para serem atendidos.

Por dia são feitas em média 1.400 entrevistas em SP e 350 no RJ, sendo que no Rio há apenas 3 oficiais para realizar as entrevistas;

Em breve será obrigatório deixar as 10 digitais no momento da entrevista e, quando isso estiver valendo, na renovação do visto não será mais necessária a presença do postulante.

O prazo médio para agendamento de visto é de 90 dias, mas a cada semana são criadas novas vagas para os dias seguintes de acordo com a média de produtividade dos oficiais consulares que trabalharão naqueles dias.

Os brasileiros, independente de onde morem, agora podem solicitar seu visto em qq consulado: Rio, Sampa, Recife ou Brasília.

Os vistos que são negados sem qualquer pergunta ou checagem da documentação levada pessoalmente, se deve a mentiras no preenchimento do formulário online (escola, trabalho, endereço…). Há pessoas que checam esses dados antes do postulante chegar para a entrevista.

Os vistos americanos hoje só têm validade máxima de 5 anos porque o Brasil também colocou esse limite para os vistos dos gringos… Apesar de várias solicitações do Departamente de Estado Americano, o Itamaraty se recusa a aumentar essa validade.

Meu visto vai vencer daqui a um mês, então vou ter a oportunidade de conferir essas informações na prática…

Alguém aí andou pedindo ou renovando visto ultimamente? Queremos os detalhes!

139 comentários

Fui renovar meu visto, há quatros meses atrás, abril. Meu visto ainda estava valendo, mas eu queria aproveitar uma viagem a Recife e então marquei a entrevista pela internet para o dia que me foi mais conveniente, tudo fácil e organizado. A entrevista estava marcada para as 9 horas, cheguei alguns minutos antes, tinha uma fila sim para entrar, mas as 9 horas em pontos abriram os portões e em pouco tempo (tempo para passar no raio X e na revista) entramos, recebi uma senha, aguardei ainda cerca de 30 a 40 minutos, fiz a entrevista muito rápida, o senhor que conversou comigo foi muito gentil e até ajudou-me a responder algumas perguntas que eu tinha deixado em branco (tipo a data da viagem, que eu ainda não sabia e iutras que tinha dúvidas). Terminei tudo pouco depois das 11 horas. Esta é a terceira vez que tiro visto e nunca tive qualquer dificuldade e nunca fiz por despanhantes. Agora eu incentivo a todos os amigos a ir direto através da internet, antes (tinha um visto de dez anos) também fui direto, através do telefone e tb não foi difícil. Eu acho que é sempre bom ter o visto a mão pois qq hora se aparece uma viagem ai estou com tudo pronto! Espero que todos tenham a mesma sorte que eu, pois realmente não encontrei qq dificuldade.

Eu renovei tem 1 ano, aqui em SPaulo.
Marquei pela internet, levou acho que 54 dias para a entrevista.
Fui lá, me perguntaram apenas quantas vezes eu havia estado nos EUA, pois eu coloquei na ficha uma vez a menos – esqueci uma conexão de retorno do México que fiz em Miami. Na hora eu lembrei e falei desta quando a moça me olhou esquisito.
Uma hora depois eu fui embora, pagando a taxa na Agência de Correios para receber via Sedex o passaporte.
Foi tão rápido que perguntei ao guardinha se era só isso mesmo…

Fui renovar o visto em Brasilia em marco – o prazo de agendamento (feito pela internet ) foi de cerca de 30 dias . Chegamos as 8 e antes das 11 hs ja tinhamos resolvido tudo . O que achei melhor foi a agencia do Correios – para quem mora fora de Bsb – paga-se uma taxa de sedex e seu passaporte e entregue em casa – chegou 2 dias depois . Agora vou de novo para o visto das minhas filhas . O que achei pior foi o prazo do agendamento – agendei semana passada e so consegui vaga para 12/12 . Como viajo dia 20/12 fiquei um pouco preocupada . Cheguei a procurar ate despachante … mas eles tb nao conseguem para antes . A agente de viagem me disse que e para acessar todo o dia o site de agendamento , porque as vezes aparecem novas vagas ( devem ser estas vagas extras !)

Minha mulher e filha fizeram todo o tramite muito rapidamente e sem muita burocracia (em fevereiro e junho). O atendimento nao demorou muito e em Brasilia (nossa experiencia) e que esta melhor organizado e mais rapido.
Abraco

O meu de 10 anos venceu esse mês. Mas no meu caso, vou ter ir a São Paulo renovar….Aí o visto sai mais caro ainda e por apenas 5 anos…

Mas na época em que se podia renovar por despachante, eles cobravam o olho da cara e agente tinha que aguentar o mal humor dos funcionários do antigo onipresente despachante de Belo Horizonte.

Sei não, acho que é melhor comprar uma passagem de ônibus e aproveitar para emendar um final de semana em Sampa. Estou precisando ir na Liberdade…

Eu fui renovar o meu visto em julho aqui em sp mesmo. liguei no consulado, marquei a entrevista pra semana seguinte, às 9:00… cheguei umas 7:00… existe uma fila dentro e outra fora dos portões do consulado. Esperamos uma meia hora e um dos funcionários chamou as entrevistas marcadas para as 9:00. Entramos, ficamos em uma outra fila (pequena) e fomos aos guiches. Eles fazem algumas perguntas, tiram a digital e é só. Vc entra, paga a taxa de correio e sai. Como fui renovar dentro do período de 1 ano após o vencimento, foi bem tranquilo. Espero q dê tudo certo na sua renovação!

Nós desistimos de fazer a famosa RTW justamente por conta dos EUA (e agora a viagem virou vai-na-Asia-pela-Europa-e-volta) – na hora de marcar a entrevista no Consulado, só estavam aceitando entrevista para depois de 20 de dezembro, data em que a gente já teria voltado da viagem (sem contar o transtorno que é pra gente que mora no interior ter que ir a São Paulo). Detalhe: até em Recife a gente olhou! E pra não passar nos EUA, vocês precisam ver que ginástica a gente fez na calculadora de milhas da Star Alliance…
Depois da gente desistir, o agente de viagem explicou que eles têm um contato no Consulado ou na ABAV, para casos especiais, e que seria possível enviar os documentos pra lá, e eles marcariam a entrevista pra nós (diz ele que sairia em uma data dentro de umas duas semanas) – a um preço, imagino. Agora entendo que devem ser essas “novas vagas criadas todas as semanas”.
Em conclusão: achamos o visto do Japão (desculpaê, Majô) mais fácil de conseguir que o dos EUA – custa caro (em Minas, a onipresente Despachatur cobra R$200,00 por visto para providenciar tudo) e envolve uma papelada, mas a gente não tem que ir no Consulado láaaaaaaaa longe, um transtorno.

Eu estou precisando renovar o meu há 1 ano, mas andava muito desanimada… Agora, se sair a minha bolsa, vou conferir os trâmites dos vistos para estudantes – sempre me disseram que é tudo mais rápido… 😉

Fui ao consulado essa semana em SP, Riq. As filas continuavam desanimadoras, gigantescas e andando devagar. 🙁

Já que estamos falando dos EUA, alguém aqui já foi ou conhece alguem que já visitou as Ilhas Marianas? Do Sul ou do Norte?

Me deparei com as Ilhas Marianas ao ler sobre o campeonato de futebol da Ásia Oriental…

; )

    Em 1997 visitei Guam que necessita de visto americano, ate entao Saipan que tive a oportunidade de ir em setembro deste ano 2009 nao necessitava de visto. Porem a partir de novembro nao sei ao certo, para Saipan esta sendo obrigatorio o visto americano. Vale a pena conhece-las apesar que mais da metade dos visitantes sao provenientes do Japao. Apenas evitem o mes de setembro e outrubro pois nessa epoca ha muitos furacoes.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.