Vulcão Calbuco

Vulcão Calbuco: Puerto Montt com vôos; Bariloche ilhada; nova erupção possível

Vulcão Calbuco

ATUALIZAÇÃO

  • Veja post mais recente clicando aqui.

Vamos ao boletim matinal da situação da região dos Lagos Andinos chilenos e de Bariloche em virtude da erupção do vulcão Calbuco.

Puerto Montt/Puerto Varas

Ontem (23 de abril) à noite a LAN retomou os vôos a Puerto Montt. Houve dois pousos e duas decolagens entre 22h e 23h, de aviões na rota Santiago-Puerto Montt-Punta Arenas, nas duas direções.

Aeroporto Puerto Montt

É possível monitorar as operações do aeroporto de Puerto Montt no site do aeroporto, de onde tirei o print acima.

Os vôos da manhã de hoje também estão previstos normalmente.

Para ver o estado do seu vôo, clique nesta página, que foi onde gerei os prints acima.

LAN

LAN

O site brasileiro da Lan redireciona sempre para o da TAM; para consultar as informações oficiais mais recentes, use este link da página de comunicados à imprensa do site chileno da cia.

Por outro lado, o SoyChile.com informa que existe a previsão de nova atividade vulcânica no curto prazo.

Se você está pensando em manter planos de viagem neste momento, leve em conta que alguns dos passeios da região, como Saltos de Petrohue e passeios de barco no lago Todos los Santos, não estão operando, por estarem na zona imediata ao vulcão. As cidades, porém, parecem estar limpas, sem cinzas.

Bariloche

De novo Bariloche acaba sofrendo pela erupção de um vulcão do outro lado da fronteira. Por receber cinzas trazidas pelo vento, a cidade está com aulas suspensas e transporte público reduzido. O aeroporto continua fechado, assim como o Paso Cardeal Samoré, a ligação por terra com o Chile. O aeroporto operacional mais próximo é o de Esquel, a quatro horas de ônibus.

29 comentários

Minha amiga e família estão em Santiago desde 23/04 esperando conexão para a Austrália. Ontem marcaram a viagem para hoje as 17:00h, sem garantia de partida. As informações para os passageiros não são precisas. Eles estão aflitos e nos pedem relatórios dos nossos noticiários, que por sinal, não são nada bons. Será que, se viajarem, será seguro?

    Olá, Marta! Cias. internacionais como Air France, American, Delta e Qantas — que deve levar seu filho à Austrália — ontem evitaram voar sobre o Chile por causa do deslocamento da nuvem de fumaça, que não atinge as cidades mas está no ar. A Lan tem tecnologia para driblar essa nuvem, e outras cias., como Gol e TAM, mantiveram todos os seus vôos.

    Trata-se de excesso de zelo da Qantas; seu filho logo seguirá viagem.

Meu marido está de moto pelos Andes próximo a essa região. Me ligou ontem dizendo q as estradas estão fechadas, c caminhões do exercito tentando limpar, n se vê absolutamente nada. Só conseguiu passar pq estava de moto, e mto possante, e pq è meio louco. Disse q nunca viu nada igual. E olha q ele tinha feito na véspera, antes do vento trazer as cinzas p esse lado, 230 km de off road cruzando os Andes! A água potavel nos mercados ja acabou, só estão chegando caminhões tanque p o abastecimento. Ele foi de El Bolson ate Neuquen, via Bariloche. N dava p ver o lago!! Ele foi informado pelo pessoal da policia da estrada q pode levar meses p normalizar a situação, pq é mta cinza. O chão parece neve, só q cinza, c as trilhas deixadas pelas marcas dos pneus, só q é mto fina e derrapa mto, alem de entrar por tdd os poros. N da p imaginar! Depois desse relato dele, q é uma pessoa extremamente aventureira, recomendo escolher outro destino, sob pena de n poder aproveitar a beleza da região. Mas, claro, ninguém tem bola de cristal … e estamos falando da mae natureza …

Olá, estou com viajem marcada para Santiago dia 30/4 e dia 4/5 vou para o Atacama. Estou com receio por conta das erupções e as cinzas estragarem a paisagem principalmente de Santiago. Se puder me de um Help. tenho até segunda pra cancelar tudo. abs

    Olá, Eliane! Não aconteceu absolutamente nada com Santiago. Está a 1.000 km de distância.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.