Gotthard Panorama Express: trem + barco entre Lugano e Lucerna

Gotthard Panorama, Suíça - Lago Lucerna

Assim como o Bernina Express, o Gotthard Panorama Express (antigo Wilhelm Tell Express) cruza os Alpes no eixo norte-sul.

Pode não ser a rota panorâmica mais espetacular da Suíça (o Bernina é mais bonito, e as subidas ao Jungfraujoch em Interlaken e ao Kleine Matterhorn em Zermatt, mais vertiginosas), mas é o trajeto mais diversificado: combina um trecho de trem com uma travessia de lago, num passeio encantador.

Outra vantagem do Gotthard Panorama Express é que, à diferença do Glacier Express ou mesmo do Bernina, este roteiro não obriga você a nenhum grande desvio. Se você vem do norte (França ou Alemanha) para o sul (Itália), ou vice-versa, e quer usar um único dia de viagem para ter um gostinho de Suíça, este é o percurso com melhor relação tempo x benefício. Recomendo dormir em Lucerna, que para mim sintetiza as melhores características das cidades suíças de médio e grande porte (explico melhor neste post).

Fiz o passeio no sentido sul-norte — por acaso — e acredito que seja o itinerário mais interessante, porque a parte do barco me pareceu mais bacana do que a do trem. (É bom ter em mente, porém, que eu já estava ziguezagueando há uma semana pelos trilhos suíços.)

Vamos por partes

Gotthard Panorama Express, Suíça

Funciona assim: você sai de manhã de Lucerna (de barco) ou de Locarno (de trem panorâmico). Quem sai de Lugano, como eu, vai de trem comum até Bellinzona (20 min.) e faz baldeação para o trem de janelas panorâmicas.

Barco e trem se encontram em Flüelen, na margem sul do Lago Lucerna, e trocam de passageiros. O trecho de trem leva duas horas; o de barco, quase três. A viagem toda leva 5 horas entre Lucerna e Locarno (e meia hora a mais pra quem sai ou chega por Lugano).

Entre 14 de abril e 30 de junho o circuito completo só é operado nos fins de semana. Entre 1º de julho e 22 de outubro, a operação será diária. Neste momento a página de reserva online está em manutenção. Vamos continuar monitorando; mas de todo modo você pode comprar seu bilhete em qualquer estação na Suíça.

De Lugano a Flüelen

Quem sai na direção sul-norte contempla, no primeiro momento da viagem, a vegetação exuberante do Ticino — a região mais verde da Suíça. Aproveite, porque rapidinho o trem vai entrar no Túnel da Base de São Gotardo.

Com 57 quilômetros, o túnel inaugurado em 2016 um que tinha sido construído em 1882 (no exato caminho onde existia, desde o século 13, a passagem mais usada para atravessar os Alpes. (Há um outro túnel para carros.)

Quando os trilhos finalmente emergem do longo túnel, começa a parte mais aguardada do trecho ferroviário: a passagem por Wassen, uma cidadezinha pitorescamente suíça cujo ponto focal é a igreja barroca de São Galeno, postada no alto de uma colina.

Wassen, Suíça

A rampa de acesso ao túnel foi construída em espiral; ao fazer a curva, o trem passa por uma seqüência de pequenos túneis. Isso cria um efeito sensacional, porque a cada nova saída do túnel você vê a igreja de um lado diferente do trem. Isso acontece três vezes, mas é o suficiente para a gente ter a impressão de que a igreja está brincando de esconde-esconde.

Wilhelm Tell Express, SuíçaWilhelm Tell Express, SuíçaWilhelm Tell Express, Suíça

Quarenta minutos de Suíça depois, você chega ao lago.

De Flüelen a Lucerna

Fiz a minha travessia num dia perfeito de final de verão. As quase três horas do percurso não cansaram nada, tamanha a beleza da paisagem.

Wilhelm Tell Express, Suíça

A passagem em primeira classe inclui o almoço.

Wilhelm Tell Express, Suíça

Wilhelm Tell Express, Suíça

Wilhelm Tell Express, SuíçaWilhelm Tell Express, SuíçaWilhelm Tell Express, Suíça - capela de Guilherme Tell

Durante o passeio o barco diminui a velocidade ao passar ao largo de uma pedra pela qual Guilherme Tell, personagem mitológico suíço (mitológico no sentido de que não existiu de fato), teria escapado do barco em que estava preso pelos tiranos ligados aos Habsburgo, para continuar a luta pela independência suíça. Nesta pedra foi erguida uma capela (imagem acima, à direita), e não há quem não click click click.

Outro momento de significado histórico é quando o barco passa por Rütli, onde nasceu a Confederação Suíça.

Wilhelm Tell Express, Suíça

Wilhelm Tell Express, Suíça

Wilhelm Tell Express, Suíça

Wilhelm Tell Express, Suíça

Um pouquinho antes de chegar em Lucerna começam a aparecer mansões à beira-lago ou encarapitadas nas montanhas. Uma das paradas provoca a memória dos brazucas: Weggis. Weggis…. Weggis… meu Deus, de onde eu conheço esse lugar? UFA! LEMBREI: foi onde a Seleção Brasileira fez a preparação para a Copa da Alemanha em 2006. (Um minuto de silêncio em homenagem ao grande Bussunda, por favor.)

Chegando a Lucerna

Outra vantagem de fazer a viagem neste sentido está no fato da chegada a Lucerna pelo lago ser triunfal: os grandes hotéis típicos de balneário à sua direita, o centro histórico à esquerda. A estação de trem fica praticamente ao lado dos píers, caso você precise continuar a sua viagem. Mas eu recomendaria pelo menos um passeio pelo centro histórico. Para quem vai ficar mais pela Suíça, Lucerna é uma base ideal para a Suíça alemã: está a 50 min. de Zurique, 1h de Berna e 2h de Interlaken.

Quanto custa

Ao atualizar as informações do post (a começar pela mudança do nome do trem), deparamos com a página de preços e reservas dos trens panorâmicos suíços fora do ar. Atualizaremos assim que dispusermos da informação.

Ricardo Freire viajou à Suíça a convite do Swiss Travel System.

Leia mais:

 

68 comentários

Boa noite Bóia,
como faço para ir de Milão a Suiça (pensando em ficar em Lucerna) por trem panorâmico?? Li que posso fazer Milão-Tirano-Chur- Lucerna porém em vagões tradicionais né?! Não panorâmicos? Existe a possibilidade de se ir pelo Wilhelm Tell Express vindo de Milão?
O que você me sugere??
Agradeço desde já =)

    Obs: tenho quatro dias para ficar na Suiça..estou querendo ir a Berna, Zurich e ficar em Lucerna.

    Olá, Anna Carolina! Todos os trajetos podem ser feitos por trens convencionais. De Milão, compre passagem até Bellinzona, e pegue ali o Wilhelm Tell.

    Boa noite Bóia,
    estou olhando os horários do WTE e descobri que vindo de Milão-Bellinzona no trem mais cedo disponivel terei 07minutos para pegar o WTE..acho dificil conseguir..você não acha?? Vale a pena dormir uma noite em Bellinzona para conseguir pegar o WTE ou você me sugere mudar a estratégia??
    Muito obrigada!

    Olá, Anna Carolina! Se é para dormir na cidade onde você vai pegar o trem, pode dormir em Lugano. Você também pode ir via Lugano, que deve ter trens mais freqüentes a Bellinzona (esse é um chute de minha parte).

    A baldeação em 7 minutos é perfeitamente factível; o problema é se o trem vindo da Itália atrasar.

    Veja como se portar em baldeações imediatas:
    https://www.viajenaviagem.com/2014/03/conexao-trem-europa/

Será que se eu fizer a reserva com um dia de antecedência corro o risco de ficar sem? Chego em Lugano no dia 15/06, onde pretendo comprar o Swiss Pass, e no dia seguinte parto pra Lucerna.
Eu gostaria de fazer a reserva com antecedência porque estou viajando em grupo, mas todos os agentes de viagem que consultei parecem saber menos do que eu…

    Olá, Daniel! Para viajar num vagão não-panorâmico e para continuar no barco sem mesa marcada para almoçar, não é necessário reserva. Basta ter o passe.

    Pois é, Bóia, mas é que com esse relato do Ricardo Freire, acho que vou ficar um pouco frustrado se chegarmos lá e só tiver a possibilidade de viajar em vagão comum. rsrsrs

    Mas, enfim, pelo Rail Europe e agentes de viagem no Brasil é impossível. Só me resta tentar ligar para o telefone do site. Se eu tiver sucesso eu posto aqui. Obrigado.

Boa noite, Ricardo!
Gostaria de saber como fazer a reserva no trem Wilhen Tell.Vamos comprar o Swiss Pass na Suissa.Iremos para Lucerna no dia 30/06/2014
e estaremos em Lugano no dia 28/06.No dia 30/06 sairemos de Milao para Bellinzona para pegar o trem.Obrigada.

    Olá, Denesy! Você pode fazer a reserva para o Wilhelm Tell Express através de um agente de viagem, pelo telefone 41-900-300-300, ou em qualquer estação ao chegar na Suíça.

    A reserva de assento só é necessária para a refeição no barco e o vagão panorâmico no trem. Com passagem comum, ou com o Swiss Pass válido, você embarca tanto no barco como nos vagões convencionais do trem sem precisar de reserva.

Queria ver a regiao da toscana e tbm conhecer a Grecia Atenas e algumas ilhas. A medida que o interesse cresce tbm a duvida. Vc acha viavel essa junção? quais as opçoes de locomoção da Italia para Grecia Q vc sugere ? enfim me ajude a traçar roteiro. Tenho disponivel 20 dias em setembro. Como sempre conto com sua atenção. Obrigada

Bom dia Ricardo.
Como relatado nos posts anteriores há muita dificuldade para reservaar o Wilhelm Tell! Todos os sites direcionam para o swiss pass ou para o raileurope.com!
Minha pergunta: reservando o swiss pass e chegando na Suiça um dia antes do desejado para o passeio será que consigo fazê-lo? e faço a reserva na própria estação de Zurique?
Há alguma outra maneira de reservá-lo?
Chego em Zurich 09/05 e pretendo descer para Lugano dia 10/05.
Obrigado.

    Olá, Ronaldo! O site indica 4 modos de reservar o assento:

    – em qualquer estação na Suíça
    – pelo telefone 41-900-300-300
    – por agente de viagem

    Você pode tentar reservar o assento na estação de Zurique, se é o seu primeiro ponto na Suíça.

    Note que a reserva de assento só é necessária para a refeição no barco e o vagão superpanorâmico no trem.

    Com passagem comum ou Swiss Pass válido você embarca tanto no barco como nos vagões convencionais do trem sem precisar de reserva.

Boia, Obrigada pela Resposta.

Mas acho que expliquei mal no post acima. Eu sei que o classic Rigi é um circuito dentro dos arredores de Lucerna. A minha dúvida é que quando pegamos o Wilhelm Tell Express, ele tem um parte que é de barco (que ACHO que é igual à parte lacustre do Classic Rigi, assim como o Classic Rigi. A dúvida era: se eu fizer o Wilhelm Tell Express, é desnecessário fazer todo o classic rigi, uma vez que esse inclui o passeio de barco? Estou certa? Nesse caso seria melhor fazer apenas o passeio ao monte Tiltis ou Pilatus?
Obrigada desde já novamente!

    Olá, Gabrielle! O Wilhelm Tell Express inclui a travessia mais longa do lago de Lucerna. A travessia do Classic Rigi será menos ampla, mas repetirá uma parte do trajeto.

Boia, boa tarde!

Estou pensando em ir para a Suiça em setembro com meus pais.
Seria um circuito com base em Lucerna para conhecer Berne e depois ir para Locarno e de lá para Florença.

Eu já li vários posts que o Ricardo colocou, mas ainda continuo com algumas dúvidas, principalmente porque em viagens me locomovo com cadeira de rodas (levo a bengala em caso de subir escadas ou degraus).

1) Chegando em Zurique, há estação de trem no aeroporto que conduza a Lucerna? Se sim, está incluída no swiss pass?
2) Eu li sobre o Classic Rigi em Lucerna e fiquei com a seguinte dúvida: Como vou sair de Lucerna para Locarno utlizando o Wilhelm Tell Express, acredito que uma parte do classic rigi já fica contemplada nesse descolocamento (parte do barco), sendo assim, seria apenas uma ida ao monte Rigi. Essa ida é feita de trem? E se sim, incluída no swiss pass?
4) Como os deslocamentos de trem seriam: zurique – Lucerna, Luecern – Berne (ida e volta) e o ilhelm Tell Express, você acha que compensa o swiss pass?
5) De Locarno para Florença, como é o deslocamento de trem? Seria melhor avião?
Obrigada desde já!

    Olá, Gabrielle! Há pelo menos um trem por hora entre o aeroporto de Zurique e Lucerna. Todos os trechos de trem de passageiros na Suíça estão incluídos no Swiss Pass. As únicas exceções são alguns trens panorâmicos. Isto está exaustivamente explicado neste post, não há como não entender:

    https://www.viajenaviagem.com/2013/09/roteiros-trem-suica-swiss-pass/

    O Classic Rigi é um circuito circular que parte e volta a Lucerna. Não serve para ir a Locarno. Para ir a Locarno, use o Wilhelm Tell Express, que está descrito ao mínimo detalhe neste post. Basta reler o texto.

    Como já foi dito inúmeras vezes no post do Swiss Pass, não temos como fazer contas para cada leitor sobre se vale ou não vale a pena comprar o passe. O post do Swiss Pass traz todas, mas todas, mas todas as informações mesmo de que você pode precisar para fazer as simulações e contas por conta própria.

    https://www.viajenaviagem.com/2013/09/roteiros-trem-suica-swiss-pass/

    De Locarno a Florença, vá de trem via Lugano e Milão.

Olá, Boia. Bom dia!!
Li os comentários acima, mas ainda estou com dúvidas.
Quero fazer o passeio do Wilhen Tell, eu e meu marido. Com o Swiss Flexi Pass, posso utilizar o recurso de não pagar nada (salvo as reservas) ou isso é valido somente para o Swiss Pass?
Entrei nos links que você deixou acima sobre os valores das reservas dos complementos… se eu optar por não querer os suplementos (alimentação) ainda sim, preciso fazer a reserva? Para ter acesso àquelas poltronas giratórias, preciso fazer reserva da poltrona ou o flexi pass ja garante? Se precisar, como proceder, sem pagar o suplemento?
Ai… espero não ter sido confusa!
Obrigada!!

    Olá, Renata! O Flexi é um Swiss Pass.

    Para viajar no trem panorâmico você precisa da reserva e pagar o suplemento.

    Se não quiser almoçar a bordo do barco nem usar o trem panorâmico no trecho Flüelen-Lugano (ou seja: pegando trens convencionais), não é preciso reserva nem suplemento.

    Obrigada pela resposta, Bóia!
    Aproveitando, se eu comprar o flexi pass segunda classe vale para a reserva no Wilhelm?

    Olá, Renata! Sim. Você precisará pagar o suplemento correspondente à classe em que desejar viajar neste trem.

Olá Bóia!

pretendo fazer o trajeto Lucerna – Flüelen de barco e depois pegar o trem para Lugano, usando o swiss pass. Mas para simular os preços trecho-a-trecho, não achei no site http://www.sbb.ch nenhuma estação chamada Flüelen. Vc sabe se tem outro nome e onde eu consigo consultar os horários desse trecho?
Outra pergunta… eu consigo comprar o Swiss pass numa estação de Trem em outro país? Ou só chegando na Suíça mesmo?
Obrigada!

    Olá, Flavia! Antes de chegar à Suíça você pode comprar o seu passe pela internet (inclusive aqui no Brasil), mas retirará ao chegar.

    Aqui no meu navegador eu consigo simular horários de/para Flüelen…

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.