Caracteres

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Minha crônica no Guia do Estadão de hoje.

failwhale

O problema de explicar o Twitter é que o release inicial foi malfeito. Como assim, o Twitter é um “serviço de microblog”? Quem escreveu isso certamente nunca teve blog. As duas coisas podem até ter alguma ligação, mas são tão diferentes quanto o caju e a castanha.

É muito difícil resumir o Twitter numa definição que caiba em 140 caracteres. Basicamente porque o Twitter pode ser, sei lá, mil coisas. O máximo que alguém pode fazer é definir o que seja o Twitter na sua experiência particular. Ou então, num ataque de pretensão, dizer qual seria, no seu entender, o melhor uso do Twitter.

Pois bem. Eu vou dizer qual é, no meu entender, o melhor uso do Twitter.

Para mim o Twitter é o brinquedinho que promove qualquer um à função mais importante da sociedade da informação: a função de editor.

Nunca você teve tanto poder de editar a informação que consome. No Twitter, quem decide o grau de utilidade e de futilidade do que quer saber é você mesmo. Milhares de produtores e distribuidores de informação estão ao seu alcance – inclusive, por que não, os jornais, revistas, sites e blogs de sua preferência.

Quando você decide “seguir” alguém (ou “algum perfil”, no jargão da coisa), na verdade você está fazendo uma assinatura do conteúdo que essa pessoa (“esse perfil”) produz ou distribui. Uma assinatura que pode ser interrompida a qualquer instante, se você parar de achar suficientemente útil ou fútil o que lê.

Do arroto do bebê recém-nascido da sua amiga à morte do Michael Jackson, tudo sai primeiro no Twitter. E só as notícias realmente relevantes – seja a queda do avião no oceano, seja a surra de Melissa Cadore em Yvonne – continuam reperticundo por mais do que algumas horas.

(No Twitter tem de tudo, menos notícia velha.)

Se a essa altura do segundo tempo você ainda não aderiu ao Twitter, é porque deve ter entrado por cinco minutos e não entendido nada. É normal. Mas aceita um conselho? Tente de novo.

Para começar, não precisa escrever nada. Siga (assine) seus amigos e suas fontes preferidas de informação e diversão. Veja quem eles estão seguindo (assinando) e aumente seu cardápio. Preste atenção em quem eles retuítam – a retuitagem é a mais importante forma de edição no Twitter.

Rapidinho você vai entender para que esse troço serve. Aos poucos, você vai disparar menos emails. Vai aposentar os power-points. Vai tornar seu blog mais relevante. E quando se der conta, terá se transformado num editor.

56 comentários

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Vou resumir meu comentário a menos de 140 caracteres hoje: brilhante!

Lena
LenaPermalinkResponder

Pois é... está difícil não aderir a esta coisa... Até os bancos e corretoras já aderiram!!
Eu que já estava pensando em suspender a assinatura de jornal impresso, para ficar apenas com a edição eletrônica, mudei recentemente de idéia, pois os efeitos da luzinha do monitor na minha visão têm sido terríveis. Achei que tinha que diminuir as horas olhando para telas e telinhas, mas a coisa só aumenta!! Vou acabar cega e aí não leio mais nada!! Nem no papel , nem no vídeo :roll:

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Adoravel! Ja estou encaminhando por email para os amigos que ainda nao aderiram ao Twitter (em 140 caracteres! :mrgreensmile

Fred Marvila
Fred MarvilaPermalinkResponder

Um colega meu definiu o Twitter assim:

O Twitter junta a futilidade do Orkut com a velocidade do MSN.

E eu concordei com ele razz Mas hoje vejo que o Twitter consegue ser mais que isso. Eu até ganhei um ingresso pra ver a exposição sobre o Michael Jackson no Grammy Museum em LA... Problema é não ter viagem marcada pra lá sad

Alguém quer esses ingressos?

Tagil Ramos
Tagil RamosPermalinkResponder

Oi, Fred. Estou escrevendo um livro sobre o Twitter. Achei seu caso muito interessante. Vc poderia me dar uma entrevista por e-mail ou MSN?
Tagil Ramos
http://tagilramos.blogspot.com/

Patricia Braga

Perfeito, Riq!!! Já gastei muita saliva tentando explicar pra muita gente o Twitter! Vou mandar tua coluna pra todo mundo! Afffe povinho mais resistente a novas tecnologias.... rssss...
Beijo!

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Mto bom! Vou espalhar pros que sempre me abordam com a tríplice pergunta sobre o serviço: "o que é, pra que serve e como utilizar o Twitter?"

Felipe "F2"
Felipe "F2"PermalinkResponder

Belo conceito. Na pratica, porém os brasileiros utilizam como qualquer outro serviço da web: para se expor e transformar em feira.

Malu
MaluPermalinkResponder

E eu ainda não entendi como faço para acompanhar todas as tuitadas. Será que instalei errado o twitter.com? Por quê não aparece no twitter.com/maluparis a conversa de quem eu estou seguindo? Oh! vida! Que página devo deixar aberta para acompanhar? Podem rir mas quem pode me dar um Help? O texto da crônica do Estadão de hoje me deixou com mais vontade de entender essa coisa toda. Thanks para os da Bóia.

Ricardo Freire

Não adianta deixar a página aberta, Malu; tem que dar "reload" (ou clicar em "home" de vez em quando), porque a conversa não se atualiza automaticamente, não. (A não ser que você instale um programa como o Tweetdeck, que vai atualizando as tuitadas em tempo real).

Só aparecem as conversas paralelas entre duas pessoas que você esteja seguindo. As conversas paralelas entre uma pessoa que você segue e outra que você não segue não aparecem.

Siga mais gente, que fica mais interessante! Depois você dá "unfollow" em quem você não gostar, não se acanhe não smile

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Malu, vc faz login mas não deixa aberta na pagina do seu profile /maluparis e sim na HOME do twitter (http://twitter.com/home) . E dar reload sempre que aparecem as atualizaçoes.

Fabiana
FabianaPermalinkResponder

Oi Ricardo, já que vc resolveu ajudar os ainda ignorantes no assunto... help! To apanhando pra caraca, não sei o que posso ou não fazer... por exemplo, se eu quiser escrever algo pra vc eu não posso a não ser que vc também me siga? É isso?
Sorry novamente, não tenho a menor pretensão de torná-lo professor de twitter, até porque a-d-o-r-o sua(s) viagem(ns).
Tks!! wink

Ricardo Freire

Fabiana, só pessoas que se seguem mutuamente podem enviar DMs -- direct messages, que são mais ou menos como emails, só que pelo Twitter, e limitadas a 140 caracteres. A DM só é lida pela pessoa a quem é endereçada.

É possível mandar uma mensagem aberta para qualquer pessoa que tenha Twitter, siga ela você ou não. Se você começar a frase com a arroba da pessoa (no meu caso, @riqfreire; no caso do Luciano Huck, @luckhuciano, haha), a mensagem vai ser lida apenas por essa pessoa (caso consulte a sua página de "replies") e também pelas pessoas que coincidam de seguir tanto você quanto a pessoa a quem você enviou a mensagem.

Se você colocar a arroba no meio do texto, a mensagem vai ser lida por todo mundo que te segue e pela pessoa mencionada (desde que ela se dê ao trabalho de ler a página "reply". O @huckluciano, que tem 650.000 seguidores e milhares de gentes mandando mensagens, não deve ir nessa página muito seguidamente, não... Eu vou sempre.)

Fabiana
FabianaPermalinkResponder

Obrigada, Ricardo! Não querendo mas já te fazendo de professor de twitter, só mais uma perguntinha: e como, então, eu consigo ler todos os posts do seu twitter? (juro que depois desta eu paro...).

Ricardo Freire

Depois de registrada, é só entrar na página de quem você quer ver todos os tuítes e continuar clicando ao pé da página em busca dos tuítes anteriores.

Mas esse não é um bom uso do twitter, não. VocÊ vai ver que no dia a dia você quase não vai fazer isso. Os tuítes das pessoas que você segue vão ficar armazenados na sua página -- se você quiser ver os antigos é só ir clicando ao pé dela.

Entre e use. O twitter é intuitivo e você vai aprender na prática.

Fabiana
FabianaPermalinkResponder

Com certeza, a prática é tudo! Gradicida pelas dicas, agora continuo acompanhando seu blog e twitter. E vou deixar o twitter me levar...

Arnaldo - Fatos e Fotos de Viagens

Bem a propósito sua crônica. “O Twitter libera o redator de diários que há em cada um dos seus 14 milhões de usuários, que visitaram o site 99 milhões de vezes no mês passado para ler mensagens digitadas em telefones celulares ou computadores. Analisadas individualmente, muitos dessas mensagens, ou "tweets", de 140 caracteres parecem vazias.” (New York Times, em “Encontrando uma utilidade no emaranhado de pensamentos do Twitter”).

Em 2006, quando o Twitter estava apenas começando, os três homens sentiram um pequeno terremoto em São Francisco. Cada um pegou o seu telefone para fazer um tweet sobre o fato e descobriu tweets de outras pessoas na cidade. Naquele momento, ocorreu a eles que o Twitter poderia ser mais útil para uma outra coisa - uma reportagem de primeira página, não apenas para amigos, mas para todos que a lessem.

O Twiter é algo assim como uma espécie de Web 2.0, uma rede paralela, de pessoas (em nosso caso, viajantes) plugadas e reunídas numa comunidade de colaboração e relacionamento on line. Pode-se igualmente compará-la ao resultado de um misto de MySpace, de Orkut, de MSN, de Yahoo Respostas e de E-mail, todavia é fundamentalmente um meio de estar "hiper-conectado".

Pode ser uma ferramenta de emergência em tempo-real, tanto quanto pode ser uma de comunicação sem nenhuma emergência ou importância. Pode ser encarado também como um tira-dúvidas expresso, ou com uso semelhante ao de um telefone celular, só que conectado a uma rede de usuários, não apenas ao outro número com o qual se fala.

HÁ exemplos surpreendentes e curiosos de como o Twitter está crescendo e poderá chegar até mesmo a um lugar onde ainda não conseguimos enxergar: a Cidade de Portland, Oregon – USA, tornou-se a primeira cidade nos Estados Unidos a lançar seu programa oficial denominado "Twisitor Center", que conecta os seus visitantes com aqueles que podem responder questões relacionadas a viagens à cidade.

É possível imaginar o Twitter como uma plataforma de procura na Internet? Só o tempo dirá, mas uma coisa é certa: o Twitter está mudando a blogosfera. E mais - para aqueles atentos ao que acontece com o mundo da Internet e como o seu conteúdo é divulgado - o Google, o Yahoo e a Microsoft já olham para o Twitter como um potencial concorrente no mercado das Search Engines. Recentemente seu criador deixou de vendê-lo por exorbitantes milhões de dólares, por certo porque sabe que valerá bilhões, como são essas coisas no mundo da Internet. Essas gigantes da Internet já sabem como uma nova plataforma como o Twitter - cujo crescimento foi de 900% no último ano – pode afetar em curto prazo as três maiores do mercado.

Os médicos já usam o Twitter para pedir ajuda e compartilhar informações sobre os seus procedimentos. No Hospital Henry Ford, em Detroit, cirurgiões e médicos residentes trocaram "tweets" durante uma operação recente para a remoção de um tumor cerebral de um homem de 47 anos de idade que sofria de convulsões. (New York Times, em “Encontrando uma utilidade no emaranhado de pensamentos do Twitter”).

Elas usam um sistema algorítimico gigantesco de recuperação de dados na rede. O Twitter – ao contrário dos sites de procura – pode vir a ser uma ferramenta de informações relevantes e bem mais precisas, baseada em “colaboradores” on line, uma espécie de Web 3.0. Não sem motivos o market share das três grandes foi dividido com a pequenina Twitter. Não me espantarei se em breve o Twitter aparecer nos noticiários como “A Aquisição da Década”!

E VIVA o TWITTER

Arnaldo - Fatos e Fotos de Viagens

FONTE: "Viagens 2.0 - Ou como a Internet mudou nossas viagens"

Lá no Fatos & FOtos de Viagens

Alexandre Giesbrecht - AVIVIXE

Não sei se resume o Twitter, mas cá está a coluna resumida em 136 caracteres: "O Twitter, microblog, pode ser mil coisas. Experiência particular, brinquedinho de editor. Informação ao seu alcance, sem notícia velha."

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Malu, clique na coluna da direita onde aparece o seu login (maluparis) e aí vai aparecer a tela com todos que responderam a você, sem precisar procurar na tela inicial em milhões de twitters. Pelo que eu entendi, é isso que vc quer saber.

Mas no meu caso, estou meio destwitado. No começo, quando eram poucos "seguidores", dava para conversar com todo mundo como se fosse o MSN, mas agora com um monte de seguidores e bilhões de msgs, já me perdi totalmente. Me desanimou.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Riq,
vc quase me convenceu com essa crônica brilhante!
(Patricia Braga, não é questão de ser resistente a novas tecnologias...estou agora mesmo trabalhando num sistema que substitue toneladas de papel...é priorização mesmo de tempo). Para entrar e ficar destwitada, como o Arthur disse, preferi não entrar!

Alex Bez
Alex BezPermalinkResponder

Ricardo, olha a saia justa que eu me meti semana passada: o meu chefe pediu para eu explicar o que exatamente era o twitter, rsrsr, pois eu era, nas palavras dele: "um cara antenado com as novidades"
Resumo da opera, tentei explicar o que nem eu sabia, mas tinha uma ideia de que era uma especie de mini-blog. No final ele ainda me pediu para criar um perfil pra ele, vc pode acreditar nisso?
Vida longa ao seu blog, uma delicia de ler, todos os dias!

Luciana Assis
Luciana AssisPermalinkResponder

Eu sua seguidora aqui e lá.
Normalmente eu prefiro ficar "à espreita" mas, hoje, foi impossível não me manifestar: a sua definição foi perfeita!
E, realmente, ele nos faz dar mais importância aos blogs...

Thereza
TherezaPermalinkResponder

Olá Riq ... desculpe a pergunta off topic ...vou viajar em out p/ Europa e gostaria de uma ajuda ...vamos 11 dias e pretendo ficar 5 dias em Paris e depois pensamos em alugar um carro e dar uma volta por lá ... o q vc acha ??é muito pouco tempo ? qual região fazer ?? bom ... agradeço a ajuda. abraços, Thereza

Ricardo Freire

Saindo de carro de Paris, você pode ir ao Vale do Loire e chegar a Mont St.-Michel. Ou dar um rolê por Normandia e/ou Bretagne, também chegando a Mont St.-Michel. Veja dicas aqui:
http://www.viajenaviagem.com/2009/05/bretagne-pra-vanessa/

Para o outro lado, dá para fazer Champagne e chegar à Alsácia.
http://www.viajenaviagem.com/2009/06/hoteis-na-alemanha-e-alsacia-pra-lu/

Outra boa pedida é pegar um TGV a Avignon ou Aix, alugar um carro por lá e fazer a Provence.
http://www.viajenaviagem.com/2009/06/na-provence-com-a-claudia-carmello/

Simule itinerários em http://www.viamichelin.com

Outra boa pedida é

Ricardo ideia
Ricardo ideiaPermalinkResponder

Genial Cris!!!!

Aline
AlinePermalinkResponder

Nossa! Que legal isso aqui! Boa definição, hein!

Fernando Luz
Fernando LuzPermalinkResponder

Se eu escrevess bem, escreveria como o @inagaki. smile

Merél, Mariana "de Toledo", @merel, como preferir...

Curti muito a crônica! Não tinha ainda pensado por esse lado, mas é exatamente por aí.

Lembrei que outro dia encontrei uma menina chatachatachatachata que ficou me azucrinando a paciência um ano e meio atrás, falando ininterruptamente sobre como o Twitter ia revolucionar a Internet.

Ela veio com um sorriso de "não disse?" e puxou o mesmo assunto.

Eu que sou taurina não dei o braço a torcer. grin Mas foi só de birra mesmo. Aqui, entre gente bacana, posso admitir que realmente a adesão de determinadas pessoas ao Twitter fez com que ele se tornasse uma ferramenta de informação e de troca de idéias sem qualquer comparação. Sem mencionar a deliciosa possibilidade de estar mais próximo de pessoas que até então seriam inacessíveis - o seu jornalista preferido, o seu ídolo da TV, todo mundo ali dizendo o que pensa, in real time.

Twitter é muito bacana para os bons editores. Quem souber quem seguir e compreender o propósito vai adorar a ferramenta, com certeza.

Minha única questão atual é que muitos conhecidos estão substituindo o Orkut pelo Twitter, e já já sei que vai começar a rolar aquele "Mas por que você não está me seguindo também?".

Posso até curtir algumas pessoas, gostar bastante delas em outros contextos, mas olha, muita gente não sabe "se" editar.

beijo grande!

Silvia Oliveira - Matraqueando

"(...)é porque deve ter entrado por cinco minutos e não entendido nada."

GLUPT! sad

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Preciso derrubar minhas barreiras psicológicas quanto ao Twitter. Já estou lá há um tempão e ainda não saí da fase de ser apenas seguidora. Vou ver se coloco como meta pros próximos dias...

Viajante Oficial

O escritor José Saramago disse o seguinte sobre o twitter:

"é mais uma evidência de que o ser humano caminha para o grunhido".

Quem discorda ?

Ricardo Freire

Bom... aparentemente... ahn... só um pouquinho que eu ler de novo o post.

Bem... se eu entendi direito o que eu escrevi... eu creio que eu discordo, sim mrgreen

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Viajante, já até citei essa do Saramago num dos meus poucos twitters (ok, reclamei do TWT, mas critiquei o TWT exatamente no TWT, rsss...) É impossível se comunicar com 140 caracteres.

Merél, Mariana "de Toledo", @merel, como preferir...

Eu não sei se discordo, mas vou adorar se a gente se entender só grunhindo!

Prolixos, tô fora!

Carla
CarlaPermalinkResponder

Eu concordo em tese, e discordo na prática. Vejo assim: eu seleciono quem sigo, portanto escolho aqueles que dão um jeito de ser sucintos na hora de se comunicar e conseguem transmitir o que querem dizer. Mas, se fosse ler aleatoriamente o que rola no Twitter, concordaria 100% com o Saramago... wink

Thereza
TherezaPermalinkResponder

Riq ... um super obrigada pela dica da França ... vou pesquisar. Abrçs Thereza

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Discordo: acho super possível e viável se comunicar dessa forma. Exercitamos o poder se síntese tb. E isso, principalmente para as mulheres, é uma maravilha.
Agora, gente posso falar: eu também tenho uma "preguuuuuuuuuuiça" de explicar o twitter. Ele já faz tanto parte da minha vida que nem imagino como era o mundo sem ele.
Quando alguém me solta um "Sabe, eu não entendo esse negócio de twitter, como funciona?" Eu já faço um meio sorriso amarelo e mudo de assunto.

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Paula, acho que um dos problemas do TWT é que, ao dar um reply para várias pessoas, os caracteres dos users CONTAM no total de 140, que já é exíguo. Acho que isso não deveria acontecer, o total dos caracteres dos usuários a quem vc se dirige deveria ficar fora da contagem, bem como certos links - em vez do TWT já reduzir ANTES o link que vc indica, se ultrapassar o limite ele já dá erro. O mesmo para as msgs diretas, que funcionam como um e-mail, mas tb estão sujeitas ao limite. NO LIMITE...
Abs!

Gi
GiPermalinkResponder

Olá.
Acabei de me registrar e estou adorando tudo isso!!! smile
Vou viajar e já anotei vááárias dicas.
Como estou prestes a passar dois meses fora, fiquei tão entusiasmada que vou fazer um blog de viagem!!!

Pessoal, vocês são ótimos!

Marcelo,obrigada. Adorei o viaje na viajem!!!

Gislene (Gi)

Gi
GiPermalinkResponder

Oooops!

Viajei na "viajem"!!!! smile)) Meus dedinhos foram mais rápidos do que eu... Quando se trata de digitação, eles têm, praticamente, vida própria!
Vamos consertar a tempo... e viajar na viagem... e somente na viagem... smile)))))

Beijocas,
Gi

Leonardo Luz - BrasiLéo / @leonardoluz

Muito legal.

Por meio do Twitter me atualizo dos principais assuntos do mundo e também das futilidades. O grande benefício é que eu corro os olhos e acesso os detalhes, caso me interesse.
Para nós, blogueiros, tb é mais interessante ainda. Gostamos de interagir, assim, de maneira rápida, prática e falando de muitos assuntos ao mesmo tempo.
Para os que eu ainda não estou seguindo, vou procurar e seguir!

Façam o mesmo!

Abs.

Lu
LuPermalinkResponder

Oi, Riq e trips,

Estou na área de novo. A viagem foi ótima! Em breve farei comentários no post "Hotéis na Alemanha e Alsacia para Lu", a menos que o Riq sugira outro lugar. Deixa só eu acabar de chegar. Mais uma vez, super-obrigada por todas as dicas, foram super-úteis.

Qto ao twitter, depois de ler esse post, realmente deu vontade de tentar. Tal como algumas pessoas já falaram aqui, tenho receio de entrar e ñ acompanhar, de modo que venho adiando. Mas, acho que agora chegou a hora. Fui lá no site, mas ñ entendi mto bem. Procurei por from:riqfreire e apareceram 3 comentários. É assim mesmo que devo fazer?? Desculpem a ignorância, mas tenho algumas dúvidas, e agradeço se puderem me ajudar:
- tenho que me inscrever, ou só se eu quiser ter seguidores?
- posso só assistir e depois se gostar me increvo? Como faço isso?
- tenho que ter un codinome?
- só p/acompanhar os meus ídolos, tenho que saber o nome que eles usam (p.ex., o Riq é @riqfreire). Como faço p/saber esse @...? Só tenho acesso a isso se a pessoa me der?
- como faço p/me manter informada dos comments dos que quero acompanhar? Existe alguma maneira de isso aparecer numa mesma tela, ou tenho que abrir uma tela p/cada pessoa que queira acompanhar? Ou recebo os comments por e-mail?

Ricardo Freire

Respondendo:

- para ter as tuitadas de todos os que você quer seguir reunidas numa mesma página, é preciso se inscrever. Você até pode bisbilhotar quantos você quiser sem estar inscrita; mas daí vai ter que pular de página em página. Você entraria no twitter como alguém que entra em vários blogs, o que tira a praticidade do twitter.

- sim, você precisa ter um nome que ainda não tenha sido usado.

- para achar pessoas, clique em "find people". Escreva o nome da pessoa e vão aparecer todos os perfis assinados por pessoas com o mesmo nome. Então você descobre quem é que você quer seguir. (Pode seguir todos também, não tem problema... depois que você descobrir quem são os falsos, é só dar um "unfollow").

- depois que você se inscrever, todas as tuitadas das pessoas que você segue vão aparecer na sua página. É preciso dar "refresh" para ver as mais recentes. Ao é da página você pode clicar em "anteriores" e ver o que você perdeu nas horas/dias em que ficou desconectada.

Lu
LuPermalinkResponder

Valeu, Riq, vou tentar. Fui no site, mas ñ achei o find people. Ele só aparece na pág que eu esteja inscrita?
Bjs

Ricardo Freire

Só aparece o find people depois que você se loga. Se você não fizer perfil não vai aparecer o find people.

Lu
LuPermalinkResponder

Valeu, Riq,
VC acha que seria interessante ter um e-mail só p/o twitter? P/evitar spans e outras porcarias...

Ricardo Freire

Lu, ninguém fica sabendo o email de ninguém no twitter. Pelo email você só recebe avisos se alguém começa a te seguir ou se alguém mandou DM (direct message). Você não precisa subir foto, não precisa pôr seu nome verdadeiro.

Lu
LuPermalinkResponder

Ai, que ignorância, a minha!!!! Sorry...

Ricardo Freire

Lu, não dá pra entender o Twitter sem se inscrever e usar um pouquinho. Você não precisa contar pra ninguém que entrou, e se não gostar pode apagar tudo e não deixar rastros. Mas é tudo muito intuitivo, basta um pouquinho de uso.

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

Riq, o Twitter é mesmo uma ferramenta muito útil. Um exemplo: essa semana, o @aventureiros descobriu o meu blog e disse que ia tuitá-lo. Bastou isso pra quase bater o record de visitantes (só perdeu pro dia q apareceu aqui)!

Mesmo reconhecendo o valor, fui deixando o Twitter de lado, acho que por não poder acompanhar o dia inteiro. É que, sem acompanhar em tempo real, eu acabava só vendo "notícia velha"...

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Eu ainda não me entendo por lá. Impliquei, travei, não me achei...desculpaê.
É um MSN coletivo aonda podemos ler as mensagens não enviadas diretamente para nós.
No entanto, Riq tem razão quando diz que aparece muita informação bacana por lá.
Assim, eu mais olho do que participo. Por enquanto.

let’s blogar » Twitter, por Ricardo Freire

[...] da crônica que o Ricardo Freire escreveu sobre o twitter. Se vc não entendeu ainda pra que serve o twitter [...]

Cesar
CesarPermalinkResponder

Até que enfim alguém conseguiu resumir essa nova ferramenta da web. parabéns!

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Eu que reclamei dos 140 caracteres... Agora tem o WOOFER, onde o MÍNIMO são 1.400 caracteres. É sério e ao mesmo tempo uma paródia do Twitter, a começçar pelo nome e pelo símbolo (um cachorrão): http://woofertime.com/

Twitter Trackbacks for Caracteres « Viaje na Viagem [viajenaviagem.com] on Topsy.com

[...] First Tweet 17 days ago carjahara Carlos Jahara Pra quem não sabe o que é o Twitter. E porque vale a pena aderir. http://www.viajenaviagem.com/2009/08/caracteres/ view retweet [...]

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 2 de outubro de 2017. Obrigado pela compreensão!
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar