Escondidinhos de Natal

Da minha página Turista Profissional, publicada toda terça-feira no caderno Viagem & Aventura do Estadão.

Prainha de Pirangi

Prainha de Pirangi

Nenhuma capital do Nordeste cresceu tanto com o turismo quanto Natal. Os visitantes, contudo, parecem movimentar-se sempre pelos mesmos lugares e nos mesmos horários. Pois bem: longe da Via Costeira, ou na contramão dos turistas, ainda se encontram lugares onde dá para curtir uma Natal diferente.Venha comigo descobrir essas delícias escondidas.

MANARY

Escondidinho do Manary

Escondidinho do Manary

É tão discreto que você pode passar por ele, no calçadão de Ponta Negra, sem se dar conta de que aquele muro guarda o melhor hotel de Natal. Mesmo que você não esteja hospedado, marque um almoço ou jantar à beira da piscina – e comece provando justamente o escondidinho (pode ser o tradicional ou o de bacalhau). Aproveite os tratamentos do recém-inaugurado spa Amana – experimente o tatame de microsseixos (manary.com.br; desde R$ 447).

 

PRAINHAS

Camurupim

Camurupim

O litoral imediatamente ao sul de Natal –  já no município de Parnamirim — reserva praias que não estão escancaradas para a estrada e, por isso, passam despercebidas pelos visitantes. A mais bonita delas é a Prainha de Pirangi, na ponta norte do bairro. Ignore os prédios residenciais às suas costas e deslumbre-se com a vista para as dunas e a Barreira do Inferno. (Para chegar, faça o retorno para pegar a pista em direção a Natal, passe o restaurante Paçoca de Pilão e entre à direita na rua do boteco Comeu Morreu; depois, pegue a segunda ruazinha à esquerda). Outra praia escondidinha do sul é Camurupim. Fica logo depois da Barra de Tabatinga, protegida da estrada por casas de veraneio. Estacione perto da pousada Porto Parus e mergulhe na gostosíssima piscina natural represada na maré baixa.

DUNAS NO CONTRAFLUXO

Ginga com tapioca

Ginga com tapioca

É praxe: em Natal todo mundo acorda cedo, pega um bugueiro e vai para as dunas de Genipabu. Quer fazer um passeio muito melhor? Espere até a tarde. Saia de Natal às 14h30, direto para as dunas fixas; curta o visual da Lagoa de Genipabu lá de cima. Programe com o bugueiro a chegada às dunas móveis lá pelas 16h. A luz vai incidir no ângulo mais bonito – e você vai se sentir o dono das dunas. Antes de voltar, passe no Mercado da Redinha, debaixo da ponte nova: procure a barraca de Dona Lurdes e experimente a tapioca recheada com ginga – um delicioso peixinho frito. Você não queria emoção?

LAGOAS DO SUL

Lagoa do Carcará

Lagoa do Carcará

Enquanto todo mundo vai apinhar as lagoas do norte – entenda-se: aerobunda e esquibunda -, a Lagoa do Carcará, no sul, rodeada por mata, fica sossegada (mas só de segunda a sexta; no fim de semana, os natalenses invadem). Outro programa sem multidões é o passeio de lancha pela Lagoa Guaraíras, terminando na praia de Tibau do Sul.

 

 

MARACAJAÚ NA CERTA

Parrachos

Parrachos

Os parrachos (corais) de Maracajaú são os mais ricos da costa nordestina. Para pegar a água cristalina, vá em época de lua cheia ou nova, num dia em que a maré baixa ocorra perto do meio-dia. Cacife o passeio de lancha; é bem mais civilizado do que o de catamarã (em vez de ir e voltar com a tropa toda, você vai num pequeno grupo e pode escolher entre vários horários para voltar).

 

 

PRAÇA DAS FLORES

Da Camilla

Da Camilla

A vida noturna dos visitantes é na Ponta Negra, mas os natalenses continuam gravitando pelos bairros centrais de Petrópolis e Tirol.

Nesta simpática pracinha de Petrópolis você pode curtir a noite sem turistas — nem as moças que andam atrás deles.

Beba no bar Jobim (número 756) e jante no bistrô Da Camilla (número 736).

216 comentários para “Escondidinhos de Natal”

  1. Olá Clarissa e a quem interessar possa…

    Eu amo Natal e sempre q eu posso estou lá para visitar a cidade e familiares e se tenho oportunidade, adoro escrever e falar da cidade… Desculpa se o post ficou um pouco extenso …

    Em novembro/2009, estivemos lá pela 1ª vez com a nossa princesa (que na época estava com 1 ano e 8 meses) e ficamos 10 dias.

    Nosso roteiro foi o seguinte :
    pegamos o carro alugado no aeroporto e partimos para São Miguel do Gostoso, são 85 km ao norte de Natal, em Touros, dica do Riq. O lugar não tem nada, é interior, com alguns restaurantes bem charmosos, uma tranqüilidade só, foi uma delicia ficar lá.
    Ficamos hospedados na pousada Mar de Estrelas (a dos ponteiros que o Riq indicou estava lotada e ai optei por essa q foi indicação de uma amiga), os chalés são deliciosos, o café da manhã espetacular. A pousada é um sítio e tem vários animais por lá … no final da pousada fica a praia. Ficamos lá 2 dias, percorremos algumas praias e foi muito gostoso, ficar em gostoso. Rs! Se eu não me engano o site da pousada é http://www.pousadamardeestrelas.com.br

    Dia 19, voltamos para Natal e ficamos em Ponta Negra. Na minha opinião Ponta Negra é o melhor lugar para ficar hospedado pois a praia é ótima e vc fica perto de tudo e ainda pode caminhar a noite tranquilamente. É claro que o turismo sexual ali naquela área cresceu muito, mas é muito facil vc identificar e encontrar o point + família e dos potiguares. Até pq encontrar uma capital no Brasil q não tenha prostituição é praticamente impossível nos dias de hoje.

    Eu não gosto da via costeira pois fica muito afastado de tudo e na praia dos artistas, nem pensar, já passou a época deles.

    Como já conhecemos natal e todos os passeios com emoção, procuramos um roteiro voltado para Sofia com praias bem calminhas…

    Ah evitamos ir a vários lugares no mesmo dia e procuramos curtir o lugar e sua tranqüilidade:

    • Lagoa de Pitangui (litoral norte de Natal), lagoa de agua doce, limpíssima, com vários peixinhos e cabanas, algumas dentro da água. É bom chegar cedo lá, pq esse lugar está no roteiro dos bugueiros e todos eles param lá por volta de 11hs e permanecem por 1 hora mais ou menos.
    Se vc quiser, na travessia do ceara mirim, a caminho da lagoa Pitangui, vc pode alugar um bugue e dar um pulo nas dunas fixas de Genipabu para conhecer e tirar umas fotos, lá em cima ficam os dromedários e etc… Como a Sofia ainda era bem novinha, não achamos conveniente ir nas dunas móveis, deixaremos para mais tarde, é lá que eles fazem os passeios com emoção.

    A lagoa de Pitangui tem restaurante e uma ótima infra-estrutura, não é barato pq é turístico. Lá Sofia brincou e depois eu forrei uma canga no chão e ela dormiu igual um anjinho na sombra.

    • Praia de Camurupim (Litoral Sul)

    Praia formada por grandes arrecifes em toda a sua extensão, constitui uma série de enseadas, sendo boa para banhos e caminhadas.

    Ótima para crianças, pois não há perigo de ondas. Atenção apenas para o trânsito de buggys na orla, essa indicação foi do Riq). Até então eu ia para Natal mas não pensava em programas e praias voltadas para bebês, tive que pesquisar … rs!

    Passamos um dia inteiro nessa praia, tem um restaurante lá (de praia) simples e não é caro, claro que eu não sei o nome, mas era o unico aberto. O banho de mar é delicioso e depois pode tomar uma chuveirada no restaurante.

    • Barra de Cunhau (Litoral Sul), é depois de Pipa (Tibau do Sul), quase 100km.
    Visitamos Pipa e fomos até Barra de Cunhau, almoçamos lá e depois fomos nas piscinas naturais de barra do cunhau, foi maravilhoso, as fotos da Sofia ficaram lindas. Só tinha a gente na praia. Lá em BArra de Cunhau tem algumas pousadas bem legais e com preços bons, mas o lugar não tem nada, exceto em épocas festivas.

    • Fomos no Parque Aguatico Ma-noa Park, fica em Maracajau (ao norte de Natal), é bem pequeno, mas tem ótimos brinquedos para as crianças pequenas. Vc pode ficar lá tranquilamente o dia todo. É uma delicia. É em frente a praia de maracajau. Se quiser, pode entrar no site (www.marcelovallin.com.br) para ver algumas fotos.

    • Outra praia boa para criança, é a praia do Forte, perto do Forte dos Reis magos. A praia é ótima, mas a freqüência nem tanto. Se for lá, procure ir dia de semana, final de Semana é muita farofa.

    • Vale uma visita ao forte dos reis magos, é bem gostoso e tem um lindo visual.

    • Conhecer o Centro de Turismo e o centro da cidade de natal + almoçar no Mangai (restaurante self service com comidas típicas nordestinas e totalmente tematizado. É muito fofo e se a criança dormir eles colocam uma rede perto da sua mesa … é muito bom !

    • Ficar um dia na praia de Ponta-negra que é uma delicia, andar até o morro do careca, depois almoçar no restaurante CAMARÕES (SENSACIONAL). Existem 2 restaurantes camarões em ponta negra, um é bem próximo ao outro. O que fica na Rua Engenheiro Roberto freire, ainda tem a vista da praia de ponta negra. Embora o restaurante seja sofisticado, os preços não são absurdos se for comparar com os restaurantes aqui do RJ. Eu amo Camarões, vale ir nos dois pois os pratos diferem um pouco.

    • Outro restaurante bom e com parquinho com caixa de areia e brinquedos de madeira para criança é o tabua de carne. Ótima carne de sol e outras comidas regionais.

    Outras dicas:
    • Para o litoral Sul, vc também pode visitar a Lagoa de Arituba, lagoa de água doce, point dos bugueiros q fazem o passeio para o litoral sul até pipa. Eles vão parando em todas as praias do litoral sul e aproveitam para parar nessa lagoa e refrescar um pouco. Geralmente ficam 1 hora mais ou menos. Eu prefiro a lagoa de Pitangui, mas vale conhecer.
    • Praia de Pirangi do Sul, novo point dos potiguares que vão com suas caminhonetes e estacionam na beira da praia e aproveitam para passear com suas lanchas (rs!). A praia é uma tranqüilidade, ótima para criança, e com várias barracas, uma delas inclusive foi indicada pela revista guia quadro rodas. Comida maravilhosa e bem barata. Vale passar o dia lá…
    • Lá perto mesmo tem o maior cajueiro do mundo e o passeio de barco do marina-badauê. O passeio é parecido com o de búzios, bem legalzinho. Eles passeiam por 4 praias e fazem uma parada para mergulho nas piscinas naturais. É bom ver a tabua da maré.
    • João Pessoa fica a 180 km de Natal, se vc tiver tempo, vale conhecer e pernoitar em João Pessoa. O Riq tem varias indicações de pousadas lá, eu gostei muito de Pouso Branco.

    • Outro lugar paradisíaco mas bem longe é galinhos. Uma tranqüilidade só, um marasmo maravilhoso e o lugar lindo, lindo, lindo! As 2 vezes q eu fui, contratei o passeio, é super cansativo e só indico para ir com criança se for pernoitar pq são quase 3 horas para ir e 3 para voltar. O Riq tem indicações de pousadas lá.

    Natal é lindo e tranquilo, mas é bom não facilitar…

    Um abraço,

    1. Super obrigada, Angélica! Otimas as suas dicas!!

    2. Bom dia Angélica

      Vou pela primeira vez a Natal e gostaria que fosse inesquecível. Como você conhece muito, gostaria de sugestões de restaurantes bons e obviamente que cobrem o que realmente a comida vale né…
      Te agradeço

  2. Clarissa…. estou indo com minha mãe e minha tia para Natal dia 28 de setembro…. Ainda não escolhi o hotel, porque estou muito em duvida entre os belos resorts na via costeira e os hoteis em ponta negra…. Se puder me dar uma opinião…
    Estou em duvida entre… Piramide, Imirá, Parque da Costeira, Pontalmar, ponta negra Beach, marsol e pestana!
    Anotei as suas dicas de passeio…. Pretendo fazer alguns, mas procuro muita badalação, praia cheia, gente bonita!!! nada muito calmo….
    Obrigada!

  3. Ricardo,
    Meses atrás, lembro de um post sobre um hotel/pousada boutique, se nao estou enganado (e posso estar) nos arredores de Natal. Era um hotel pequeno, bem exclusivo, de gringos (talvez portugueses). Sei que nao estou ajudando muito. Lembro de fotos lindas, uma piscina retangular bem perto do mar. Será que vc consegue me ajudar. Abs

  4. Muito obrigado, Ricardo! Abs

  5. Evitem o Pirâmide!! Está meio decadente e não vale o preço que cobram.
    O Vila do Mar tem um preço justo e está num ponto mais vivo da Via Costeira.
    O Ocean Palace é certeza de qualidade.
    O Sehrs é o mais novo de todos.

  6. Prezados(as) Ricardo, Clarissa e Angélica,

    Muito bom este post de vocês, desde o início, estive lendo com atenção, pois estou programando uma curta ida a Natal, entre os dias 30 e 03 de novembro, infelizmente, terei que ir no Feriado mesmo (coisas da correria da vida), enfim. Minha dúvida seria, neste pouco tempo, na verdade terei apenas 3 dias cheios em Natal e parte do dia 30 (tarde), o que vocês sugerem para que eu consiga tirar o máximo proveito. E como diz o Ricardo, fugindo ao máximo das “sacolinhas amaraleas”, risos.
    Será que é possível?
    Grande abraço a todos a parabéns pelo site.
    Márcio
    Brasília

    1. É sim. Não se preocupe, a cidade não estará lotada não. Escolha os passeios que mais te seduzirem.

  7. Olá,
    Tenho uma escala em Natal de pouco mais de 5 horas, entre Noronha e São Paulo – vale a pena pegar táxi e ir para algum lugar, ou é melhor ficar no aeroporto mesmo?

    O pior de tudo é que a escala é entre 17:00 e 22:30, ou seja, fim de tarde…

    Obrigado.

    1. Se o vôo chegar na hora, vale um almoço tardio no Camarões Potiguar, ou uma ceia nordestina no Mangai. O táxi leva menos de meia hora à cidade. Confirme antes se os restaurantes estarão abertos.

      1. Falaste bem… se o voo chegar na hora, o que não é tão comum como a gente esperaria que fosse hehe ;
        Valeu pela dica, e é bom saber que é só meia hora até o centro.

  8. Ricardo,

    Obrigado, amanhã confirmo voos e hotel (acho que ficarei no Rifoles) nao consegui reserva no Manary. De qq forma valeu pelas dicas.
    Abs
    Marcio – Brasilia

  9. Ricardo,
    Gostaria de saber se a praia de Ponta Negra é própria para banho na alta temporada, pretendo ir para Natal em janeiro e ficar hospedada em um hotel lá.

    Grata

    1. Sim.

    2. Arianne,

      Natal ainda não tem praias impróprias para o banho. Na verdade, algumas praias “ficam” impróprias dependendo principalmente das chuvas, pois acontece que muitos comerciantes fazem ligações clandestinas de esgotos para galerias pluviométricas. Então, em períodos mais chuvosos, há alguns trechos que “ficam” impróprios, mas não são permanentementes impróprios. Em dezembro, por exemplo, quase não chove, então você vai encontrar praias próprias e um mar muito bonito, morno e limpo. Semanalmente, a balneabilidade é verificada e há placas indicativas em todos os trechos. Na verdade, já li por aqui que o mar de Natal e do RN, em geral, quase não fica bonito, o que é uma grande injustiça. Nós que moramos no nordeste e nos deslocamos sempre entre os estados sabemos que a cor do mar muda muito, às vezes dentro de um mesmo mês, em todos os estados. Da Paraíba até o Piauí, há uma época do ano onde o mar não consegue permanecer bonito por dias consecutivos por causa dos fortes ventos, principalmente entre os meses de julho a novembro. Entretanto, de meados do final de novembro até junho, mesmo com chuva, nos dias de sol e céu aberto, o mar fica lindíssimo. Pode acontecer de você sair de João Pessoa com mar turvo e chegar em Natal com mar verdinho ou azul, no mesmo dia, ou vice-versa. Isso não é um indicativo que uma tem o mar mais bonito que a outra. Varia demais. Até mesmo Alagoas, que tem águas mais rasas e menos vento também sofre com faixas de areia pela costa. O mar nas cidades do nordeste é muito parecido. só quem reside aqui e se desloca em todas as épocas sabe. Não adianta pegar o carro e sair cruzando os estados de uma vez, pois vai encontrar muita diferença de um dia para o outro. Dezembro e Janeiro é uma ótima escolha para vir à Natal também por causa de intensa programação natalina gratuita: desfiles nas ruas, decoração caprichada, grandes shows populares com artistas renomados e grandes eventos culturais. E Natal está dando um salto na sua infra-estrutura como nunca visto antes. Até a Copa de 2014 estará 100% saneada; os projetos de mobilidade urbana (16 ao todo) já começaram a sair do papel e vão transformar a cidade de norte a sul; só como exemplo do interesse dos investidores por Natal, o edital do novo estádio que ficará logo após a entrada da cidade, foi lançado há dez dias e já tem 13 empresas e grupos, até estrangeiros, inscritos; o novo aeroporto já está com as pistas prontas e o edital para a construção do terminal de passageiros e cargas será lançado em breve, pois as duas audiências públicas já aconteceram (será um dos maiores da América Latina, e o primeiro no Brasil entregue à iniciativa privada. Gigantes da construção e operação de aeroportos pelo mundo já disputam o empreendimento nos bastidores); belos prédios residenciais de luxo e hotéis não param de ser erguidos; há bons restaurantes (inclusive o Camarões Potiguar abriu uma bela filial no gigante Midway Mall Shopping. Fica num espaço gourmet, em frente ao Teatro Riachuelo. O shopping, assim como todas as lojas Riachuelo do Brasil e fábricas Guararapes no RN, CE e SP pertencem a uma família tradicional do RN)e bares descolados para todos os lugares; a cidade tem uma orla ímpar, pois geograficamente é imbatível dentre as outras com tanta diversidade de praias em pequenas distâncias de uma para a outra. Você não vai encontrar uma orla reta com dezenas de prédios perfilados como nos outros lugares. Há uma área costeira ao centro, onde a cidade “nasceu”, e que por isso não é tão bonita, pois mistura muita coisa antiga, residências populares e de pescadores, alguns prédios muito velhos e até abandonados e uma área portuária. Mesmo assim, essa área ainda apresenta uma macro beleza quando vista do alto da ladeira do sol, além da praia do Forte dos Reis Magos, da visão privilegiada de Genipabu e da nova ponte estaiada. TODAS as capitais do nordeste possuem essa área antiga e portuária que não são lugares tão bonitos. A partir da ladeira do sol, indo mais ao sul, você encontrará uma via de 9km (via costeira) com hotéis e resorts sofisticados sem a presença de prédios ou casas (apenas um grande parque urbano de dunas e mata atlântica de um lado e o oceano do outro) até chegar em Ponta Negra que é a praia urbana mais bela do nordeste. Em todo esse trecho, você observa o mar um pouco do alto. Essa via, recentemente, passou por uma reforma e foi alargada, ganhando canteiro central com iluminação, um novo calçadão e ciclovia. Tanto ao norte, quanto se deslocando mais ao sul, você encontrará boas praias bem próximas a Natal. E o diferencial de Natal em relação a todas as outras capitais do nordeste: a cidade, desde a sua entrada é muito limpa e bela. Não é só uma orla bonita e acabou. A cidade, não só como praia, mas como cidade é muito bonita, cortada por várias ruas e avenidas largas com canteiros ajardinados e bem cuidados nas principais vias. Enfim, venha sem medo, que você encontrará um lugar especial. Natal não agrada a todos, pois nada nesse mundo agrada a 100% das pessoas. Porém, a maioria não tem do que reclamar. Há problemas como em qualquer grande cidade, pois afinal estamos no Brasil (embora mesmo assim não temos muita pobreza na capital, nem favelas [apenas pequenos bolsões de miséria]; é uma cidade relativamente segura e bem limpa), mas você vai gostar de Natal.

  10. Ricardo, gostaria de uma dica de hotel confortável e com bom atendimento, mas q não seja tão caro em ponta Negra. Grata

    1. Quality, Araçá, Coral Plaza Apart Hotel, Vip, Das Flores Inn.

      1. Ricardo, trips, vocês conhecem o Hotel Pontalmar, em Natal. Que tal?

        1. Olá, Dionísio! O hotel é vizinho do Rifóles. O Ricardo Freire manda dizer que nunca visitou. Vamos colocar a perguta no Perguntódromo :D

          1. Reservei o Pontalmar, pois é relativamente novo, a localização parece boa e a tarifa estava muito boa para o feriadão de corpus christi.

            Mas tenho que dizer que o Pontalmar já começou mal: não respondeu a nenhum dos meus dois mails pedindo informações sobre os serviços do hotel. Isso já há dias…

            Gozado que a Maracajaú Diver também não responde meus email pedindo informação sobre os horários de saídas nos dias em que estarei lá.

            O pessoal ainda tem que “comer muito feijão” para aprender a tratar bem o cliente…

            1. Que pena, Dionísio. Espero que eles respondam, em breve. Como eu fui por uma agência de viagens, não precisei manter contato com eles…

            2. Devido a outras recomendações, troquei o Pontalmar pelo Coral Plaza. Estou indo hoje. Vamos ver como avalio o hotel.

        2. Dionísio, estive em 2009 nesse hotel. Fechei um pacote e o preço estava bem em conta. Contratei sem meia pensão, mas quando cheguei ao hotel, me deram, de graça, o jantar. A comida era boa, e havia uma variedade considerável de pratos e sobremesas. Ah, o hotel também ofereceu um coquetel grátis bem legal.
          Achei o hotel bem agradável. Não é de frente para o mar. Ele fica em frente ao Rifóles que é de frente para o mar. Então dá para curtir a brisa da praia tranquilamente, principalmente da piscina, que é no último andar do hotel e é muito bacana.
          O hotel fica perto de feirinhas de artesanato e de um shopping. Também está próximo de ótimos restaurantes.

          1. JULIANE, muito obrigado pela gentileza!

  11. Em setembro desse ano fui em Maracajaú na lua cheia mas a água estava turva devido os fortes ventos que vinham fazendo. Além do mais, a água só fica mesmo cristalina entre dezembro e abril, aí sim vale a pena.

  12. Vera,

    Fiquei no hotel Divi Divi em junho deste ano e achei bem interessante. As diárias tem um preço bastante razoável e o hotel, apesar de simples, é limpo e muito bem localizado.

  13. Oi Ricardo,

    Estou cotando viagem em janeiro para Natal.
    Tenho dois filhos pequenos (2 e 4 anos) e queria um hotel bacana com praia legal bem na frente, mas não gigante e estilo mega resort como se propõe para quem viaja com criança. Fiquei em dúvida entre Manary e Pestana em Natal. A ideia é q tenha piscina gostosa e q dê para frequentar bem a praia (na maioria dos resorts a praia não é o forte e sim as piscinas e etc). Opinião??? Se tiver alguma sugestão de outro hotel no nordeste, será bem vinda tbm!
    Obrigada,
    Lu

    1. A faixa de areia mais amigável em Natal é a da Ponta Negra em frente aos hotéis Manary, Visual, Coral Apart, Araçá. O Pestana é bacaninha, mas a praia na Via Costeira não é própria para crianças.

      Para ver pousadas charmosas que aceitam crianças, leia:
      http://www.viajenaviagem.com/2010/10/enquete-pousadas-charmosas-que-aceitem-criancas/

      Resorts pequenos com praias calmas em frente: Costa Brasilis Santo André, Arraial d’Ajuda Eco Resort, Tivoli Praia do Forte, Nannai, Club Med Itaparica, Vila Galé Eco Resort Cabo de Santo Agostinho, Vila Galé Eco Resort de Angra, Meliá Angra, Portobello, Novo Frade, Club Med Rio das Pedras, Serrambi Resort, Miramar Maragogi, Salinas do Maragogi, Salinas de Maceió.

  14. Riq, como se chega a Lagoa do Carcará?? Grata!

  15. alguém conhece o kartodromo de natal? Pode dizer se no periodo do dia 30/12 até 03/01 vai está aberto ?

    1. Eliete, o kartódromo de Natal é aberto todos os dias, inclusive sábados e domingos, das 8 às 22h. Para usá-lo você tem de pagar uma taxa administrativa diária à Federação de Automobilismo do RN de R$ 40 e ter seu próprio kart, equipamentos de segurança etc. Não haverá funcionamento nos dias 24 e 25/12 nem nos dias 31/12 e 1º/1.

      Se você estiver se referindo ao kartódromo para correr de brincadeira, a Kurtkart funciona todos os dias das 17 às 22h. No dia 24/12 e 31/12, o horário de funcionamento é somente até às 20h. Nos dias 25/12 e 1º/1, não abrirá.

      Mais informações em http://www.kurtkart.com.br/

  16. Pessoal,

    Carnaval em Natal (pra relaxar): uma boa ou uma bela furada?

    1. Os hotéis devem estar cheios porque é carnaval, mas não há folia.

  17. Gente, uma dica que eu dou pra ficar em natal com liberdade e economia é alugar um apê mobiliado. Como se fosse Buenos Aires =)
    Uma amiga fez isso e adorou, me recomendou e eu irei fazer o mesmo agora em janeiro.
    Um apê de 2 quartos com vista pro marzão e na melhor região da praia da ponta negra(ao lado do tão recomendado restaurante camarões) saiu por 150,00 p ela e o marido em novembro. Entrei em contato com a proprietária, vamos eu , meu esposo e 2 filhos, ficou por 200.
    Pedi orçamento em alguns hotéis na mesma região e não ficou por menos de 630, nós 4.
    Só não tem café da manhã, mas isso não será problema, pois há uma franquia da Pão & Cia bem em frente…aqui em Manaus tem, é ótima.
    Aproveitando, vou repassar umas dicas gastronômicas que ela me deu:
    1- Ir até o Bar Páprica que fica na rua de baixo da av. principal e comer a pizza que tem uma massa deliciosa…
    2- Almoçar, claro, no camarões…no de cima e no de baixo
    3- Curtir uma noite no Sgt Pepper Bar e petiscar o cardápio
    4- comer uma batata rostie na Curva do Vento, que fica no alto de POnta Negra..
    5- dar uma passadinha no mangai e colocar no prato todas as comidinhas inéditas.

    pra quem quiser infos, vou deixar o email da dona do apê: daianabombonato@gmail.com

    1. Bem lembrado. Em Natal foram construídos muitos prédios vendidos para gringos como segunda residência. É lógico que muitos desses apês acabem no mercado de locação por temporada.

  18. Ricardo,
    Mais uma vez, peço suas valiosas dicas. Vou em março com meu marido e mais 2 casais. Ficaremos no Visual em Ponta Negra. Todos somos apreciadores de um bom café. Alguma sugestão?
    Amamos o restaurante Hibiscus em Maceio. Existe algum no mesmo estilo que voce recomendaria?

    1. O “Hibiscus” do RN é o Ponta do Pirambu, em Tibau do Sul (antes de Pipa).

      http://www.pontadopirambu.com.br

      Acredito que você encontre cafés na região da Praça das Flores, em Petrópolis.

      Mas com jeito de Natal sugiro tomar um café com tapioca no fim de tarde na Casa de Taipa, uma tapiocaria nos Altos de Ponta Negra.

  19. Ricardo,
    Agradeço muito as dicas. Só mais uma pergunta, o Hotel Visual é uma boa opção ou você tem outra sugestão de hospedagem em Ponta Negra?
    Vou fechar segunda o pacote. Obrigada novamente

    1. É bem localizado, na parte do calçadão que só tem hotéis. Nunca visitei. Na região já me hospedei no Manary, nos flats Araçá e Vip e na pousada Das Flores Inn.

  20. Grande Ricardo!! Achei seu blog por um acaso. Muito bom. Parabéns.

    Na oportunidade estava procurando algo bbb (bom, bonito e barato) em Natal. Acabei achando um comentário seu sobre a Pousada Laluna ( http://www.pousadalaluna.com.br ). Liguei, achei interessante e acabei fechando 10 dias em Janeiro. Como é um preço “camarada” para a época, posso optar por passar a noite em alguma outra praia e o preço não ficará “salgado”.

    Pergunta: Você sabe como está esta pousada atualmente?

    Grande abraço e um Feliza 2011.

    1. Não sei como está a pousada atualmente. Tenha em mente que é uma pousada simples.

  21. Olá Ricardo, vi que vc já ficou na pousada das flores inn, estou muito tentada em me hospedar lá, o que vc tem a me dizer da pousada.
    Os quartos que tem varanda de frente para mar, dá para ver o mar mesmo, tem também as varandas que ficam de lateral, qual é melhor? pois estou em dúvida se vai valer a pena pagar a mais pela varanda de frente e de repente nem da pra ver o mar direito, pois a pousada na verdade não é bem em frente ao mar né.

    1. Olá, Ossyomara! Perguntei ao comandante e ele explicou que a pousada está numa rua de trás. Ele não se lembra de ter visto o mar do quarto dele (e nem se lembra se o quarto era de frente). Ele recomenda que você ligue para a pousada e pergunte de que quarto há mais vista para o mar.

  22. Ricardo, vc que gosta de coisas diferenciadas, da uma olhada em um hotel em uma praia chamada cibauma, fica a uns 5km de Pipa…
    o hotel chama KILOMBO, procura no google…
    olha a suite zumbi…
    coisa de bacana mesmo…
    abs

  23. Sibauma…com S

    S de Sorry…

    ab

  24. Preciso de algumas dicas de hospedagem em Natal. Já anotei algumas dicas já postadas, mas gostaria de uma sugestão de hotel confortável que não seja resort, em Ponta Negra, que seja ideal para quem vai levar os pais (pessoas de idade que não gostam de caminhar mais do que 500 metros) que precisam de “tudo à mão”: praia, restaurante, mercado, farmácia, lojas, etc… sem abrir mão de um bom café da manhã.
    Agradeço desde já.

    1. Olá, Jaqueline! O Comandante sugere o Quality Suites, que fica na região de Ponta Negra melhor servida por comércio.

  25. Ok Ricardo.

    Grata pela dica. E em Pipa, o que você sugere?

    1. Olá, Jaqueline! Já li o Comandante falar bem da Toca da Coruja, da Marlins e da Pousada dos Girassóis. Enquanto todo o conteúdo de praia não é editado no site, sugiro que você encomende o livro “100 praias que valem a viagem” na sua livraria virtual favorita. :D

  26. Olá Ricardo, vou para Natal no fim de março, gostaria de dicas de passeios para ir com bebe de 1 ano. Vou ficar no Serhs, vi que tem alguma infraestrutura para bebe, como copinha.
    Grata!

    1. Olá, Fabiana! Tem um parque aquático em Pirangi Maracajaú. Mas aproveite o hotel, quem vai a resort com criança não precisa de mais nada, não é mesmo? :)

  27. A Bóia :

    acho que vc se enganou de praia…
    nao existe parque aquatico em pirangi…
    o que existe em Pirangi é um cajueiro, dito como o maior do mundo e uns recifes a uns 800m da praia, que se pode ir de barco no baixa mar.

    1. Olá, Thiago! Já consertei, obrigada!

  28. imagina…

    nao ha de que…

    passo meu verao nessa praia desde que nasci, por isso estranhei parque aquatico por lá…

    :) )

  29. Sehrs ou Ocean…eis a questão… família:2 crianças (2 e 5 anos), pais, avós e tios…arrisca sugerir um dos dois?
    MUITO obrigada!

  30. Ricardo,
    Vou para Natal dia 12 de março. Tenho buscado no google mapas as distâncias e caminhos partindo do hotel na via costeira em que vou me hospedar. Porém me parece que eles ignoram a existência da ponte Newton Navarro ficando tudo mais longe.É isso mesmo? Alguma dica para eu planejar melhor o passeio já que pretendo alugar um carro?

    1. Olá Eleonora segue abaixo um resumo da nossa viagem á Natal feita
      em Dezembro de 2010.

      Se vc tiver mais alguma duvida, fique a vontade para perguntar .

    2. Eleonora
      Natal é fácil de se localizar, não se preocupe. Estando na via costeira, voce terá saida fácil para todos os lugares.
      A cidade é bem sinalizada, voce não vai errar. Fora que o hotel com certeza vai te dar um mapa para os lugares turisticos.
      E voce só vai usar a ponte quando for para o norte, Jenipabu, etc.
      E não deixe de ir no Mangai, um buffet maravilhoso de comida tipica, inclusive indicado pelo VNV.

  31. Mais um ano se passou e para nossa alegria mais um sonho Realizado. Depois de conhecermos Serra Gaucha e Maragogi chegou à vez de conhecermos a Cidade do Sol.

    Em Dezembro de 2010 eu e meu esposo Herbert, fizemos essa viagem dos sonhos, foram 10 dias de muitas alegrias, descontração e o melhor um descanso merecido. Foi uma Viagem muito Especial!

    Antes de começarmos a contar a nossa maravilhosa experiência no território Potiguar, gostaríamos de ressaltar um ponto que para nós foi muito importante, o planejamento da viagem. Começamos a planejar em Agosto de 2010 para viajarmos em Dezembro de 2010 e foi tudo de bom, porque tivemos tempo de ver tudo com calma, fazer cotações, ler as especificações dos passeios, restaurantes, praias, anotar endereços dos lugares a visitar, e com isso fomos bem resolvidos no que íamos fazer, na verdade achei que não iria dar certo confesso, mas foi ótimo e maravilhoso, incrivelmente não perdemos tempo em achar os lugares, em resolver qual restaurante íamos comer, e qual passeios iríamos fazer. Levamos na bagagem um guia feito por nós e que nos valeu muito à pena!

    Há e com o planejamento conseguimos bons descontos, por fazer as reservas antecipadas mesmo viajando na Alta Temporada.
    No hotel fizemos amizade com um casal que disse que iam adotar a nossa idéia, eles acharam muito bacana e no final das contas eles participaram do nosso roteiro caseiro!

    Como opitamos em ficar na Praia da Via Costeira, que fica mais ou menos uns 7 km do centro, fizemos uma pesquisa o que seria mais vantajoso, alugar um carro ou andar de Taxi e nas inúmeras pesquisas decidimos alugar o carro até porque conseguimos uma tarifa super vantajosa.

    Na chegada nos direcionamos para a Locadora Avis e sem muita burocracia pegamos o veiculo que por sinal era um carro zero com 40 km andados, foi ótimo, carro limpo e com a manutenção em dia não tivemos problemas nenhum. Pronto, começa ai a nossa aventura pelas terras Potiguar!

    Natal é uma cidade espetacular, em diversos sentidos… As praias, as paisagens, o Sol o Mar… Enfim tudo de melhor está lá.
    O nosso lema é viajar sempre na baixa temporada, porque somos fã do sossego e da tranqüilidade, mas dessa vez resolvemos fazer diferente, resolvemos testar a Alta Temporada e tirar o Grilo de ser ou não ser muita muvuca.

    Então escolhemos uma data especial, o Natal. Passamos o Natal em Natal, e para nossa surpresa foi uma experiência ótima.
    Saímos de Campinas bem cedinho e antes do meio dia já estávamos desembarcando em Natal, quando chegamos lá um choque térmico… o tempo estava meio nublado, mas o cheiro de mar e o calor já predominava no aeroporto.

    Havia bastante movimentação no aeroporto, mas nada de tumulto o aeroporto não é muito grande por isso vc consegue se localizar fácil.

    Natal já se encontrava com cara de Alta Temporada, mas pela diversidade de pessoas nada se aglomerava em um único lugar, até porque a Cidade do Sol oferece para os Turistas Brasileiros e Estrangeiros inúmeras atrações, muita coisa bonita para se ver, muitos passeios, muito Sol pra curtir!

    É um Destino encantador, e percebemos que se ajusta a todos os gostos, e quem pensa que Natal não tem agitação se engana e quem pensa que Natal não tem tranqüilidade também se engana, tem muitas opções noturnas, bares, restaurantes e muita tranqüilidade na Praia da Via Costeira.

    Já na Praia de Ponta Negra estão os restaurantes, bares e casas noturnas da cidade, além da vista MARAVILHOSA do Morro do Careca, um dos cartões-postais de Natal. Ali há hospedagem para todos os gostos e bolsos, desde hotéis de luxo à beira-bar até simples pousadas e albergues, e a vantagem de ficar no local é que os passeios noturnos podem ser feitos caminhando, e já na Praia da Via Costeira estão os hotéis e resorts mais caros e exclusivos. Todos eles têm vista para a praia de um lado e para o Parque das Dunas de outro. A única desvantagem dessa região é que não há opções de restaurantes e bares próximos, nem mesmo shoppings, é preciso fazer uma longa caminhada ou dispor de um automóvel.

    Pra quem gosta da tranqüilidade e quer ficar na Via Costeira, como fizemos, a melhor opção é alugar um veiculo como já comentei acima, é muito fácil se locomover na cidade tudo é bem sinalizado e para você que não tem a possibilidade ou tempo para criar um roteiro caseiro como nós, não se preocupe, na sala do Desembarque tem uma prateleira gigante com muitos Folders de restaurantes, passeios, shoppings, e mapas.

    O GPS também é uma ferramenta importante na lista, com ele você vai pra qualquer lugar, a qualquer hora sem se preocupar em se perder ou ter que pagar um valor alto pelo Taxi. Da Via Costeira até a avenida principal de Natal dá nada menos do que R$ 30,00 pila.

    O Resort: A escolha pelo Resort não foi nada difícil, Natal tem inúmeros hotéis, mas quando vi o Sherhs Natal Grand Hotel foi amor à primeira vista, isso por que vi somente as fotos, mas foi muito melhor na chegada, amei a estrutura, os restaurantes em especial a Pizzaria Renato Magioni, o apartamento, tudo muito limpo, tudo muito cheiroso, uma área de lazer perfeita, alem de tudo isso não poderia deixar de falar da divina vista do Elevador Panorâmico que vai até o 7º Andar… Incrível !!!!

    Uma dica: mesmo sendo Alta Temporada vale à pena perguntar sobre um Upgrade, tínhamos comprado pela CVC a Suíte Junior, e como queríamos uma vista panorâmica do Mar e do Morro do Careca, solicitei a recepcionista e ela nos concedeu uma das melhores suítes do Resort, no quinto Andar em área executiva, foi simplesmente perfeito!

    O mensageiro brincou conosco dizendo que infelizmente tínhamos errado em pedir o upgrade porque a vista não era tão boa quanto a nossa antiga acomodação, levamos um super susto porque ele falou bem serio… Minha esposa quase teve um treco de ansiedade…. Mas na chegada do quarto ele não se conteve e começou a rir, dizendo que estava brincado e que estaríamos apreciando uma das vistas mais privilegiadas do Resort e por sua simpatia ele levou um boa gratificação.

    O nosso quarto se localizava em uma das colunas centrais do Resort, tínhamos vista de toda a área de lazer, do Mar e do Morro do Careca, um cenário de novela. Fora o luxo do quarto com 2 banheiros, um com banheira de imersão, sala, 2 TVs de LCD, cafeteira, 2 sacadas e uma cama gigante.

    Café da Manhã: Muita diversificação no café da manhã, tapioca feita na hora, um delicioso omelete com bacon, muitas frutas, pães de todos os tipos e saborosos pratos típicos da região… Um Buffet farto, que dava para se perder na escolha. O nosso pacote foi com café da manhã, porque queríamos explorar ao maximo cada cantinho de Natal. Todos os dias saímos para almoçar e jantar e aproveitávamos para conhecer pedacinho por pedacinho de Natal.

    Apreciamos a Culinária dos Restaurantes, Paçoca de Pilão na região Sul, Tábua de Carne Rodízio e Tábua de Carne a La carte que fica na Via Costeira e não deixem de irem ao Restaurante Camarões na Praia de Ponta negra comida deliciosa e atendimento Fantástico !!

    Passeios Litoral Norte e Litoral Sul: Como fomos com intuito de descansar e pela estrutura que o Resort nos oferecia, resolvemos fazer só alguns passeios e escolhemos os melhores… E não poderíamos deixar de fazer o passeio mais famoso da cidade do Sol, o Buggy nas Dunas de Genipabu (Litoral Norte)! É muito 10… a primeira pergunta que você vai ouvir é : “Com ou sem emoção?” A sua resposta é a senha para definir o passeio nas dunas fixas e móveis de Genipabu.

    Mas antes, nossa 1º parada é no Aquário Natural, passando pela praia da Redinha, logo em seguida já se avista o Aquário, ele não é mto grande, mas vale apena é legal e bonito, o aquário conta com a participação dos estagiários de Biologia e com muita alegria eles fazem a explicação de todas as espécies que o aquário possui e o mais emocionante é poder passar a mão no Tubarão Lixa… Da medo e ao mesmo tempo mta emoção!

    Do aquário partimos rumo as Dunas… se vc escolher com emoção, vc vai ter uma aventura com altas doses de adrenalina, as curvas são fechadas e as descidas são íngremes que se perde na imensidão da areia branca.

    Nas dunas vc faz uma breve parada para conhecer os Dromedários e até mesmo fazer o passeio que custa R$ 35,00 por pessoa. O Passeio de Buggy custa R$ 80,00 por pessoas, e cabe até 04 passageiros, vale à pena pechinchar com o bugueiro um descontinho. Logo após uma parada na Lagoa de Jacumã, é muito legal o aerobunda, é uma plataforma bem alta com uma tirolesa que você cai dentro da Lagoa, que tbm vc vai ouvir com ou sem emoção.

    Com o passeio de Buggy você aproveita todo o esplendor do litoral Potiguar, é só atravessar o Rio Ceará Mirim em balsas rudimentares e começar uma nova jornada litorânea. As praias de Barra do Rio, Graçandu, Pitangui, Jacumã e Muriú complementam em grande estilo o passeio que começa pelas dunas fixas e móveis de Genipabu.

    Para completar, o Bugueiro Onaird nos ofereceu uma extensão do passeio até Cabo de São Roque município de Maxaranguape, o ponto do Brasil mais perto da Europa e África.
    Cenário de varias novelas brasileiras, um espetáculo da Natureza.

    Lá conhecemos o Farol de Cabo de São Roque, e a exuberante arvore do amor, é uma incrível escultura natural, são duas arvores gameleiras que com a força do vento da maré fizeram que elas se abraçassem e hoje crescem 2 em 1, formando um arco gigante no centro da arvore como uma grande boca de baleia, possibilitando que as pessoas fiquem em pé. Os nativos contam que a lenda do local é que da sorte aos casais apaixonados, que quem não casou casa, e pra quem já casou nunca mais se separa.

    Outra visão marcante do passeio são as falésias, logo acima do Cabo, de onde se avista uma gigantesca floresta de coqueiros e palmeiras, enfeitada pelo horizonte azul de Maxaranguape, uma paisagem Paradisíaca!

    O Passeio dura o dia inteiro, é bom se proteger do sol por que no final da tarde…. Você não estará queimado estará Torrado!

    Com o carro foi muito fácil a nossa locomoção pela cidade… e por isso conseguimos visitar vários pontos turísticos da cidade, como o Forte dos 3 Reis Magos, o Shopping Potiguar de Artesanato com 3 andares, muita loja, muito artesanato, coisas lindíssimas que vc se perde na escolhas das lembrancinhas, o Mirante da Praia dos Artistas que por sinal uma vista deslumbrante, vários Shoppings de Natal, barreira do Inferno e o Litoral Sul.

    Como toda beleza do litoral Norte o Litoral Sul também reserva suas encantadoras paisagens, ali localiza o Maior Cajueiro do Mundo é mto lindo e realmente gigante, há um mirante para poder avistá-lo por inteiro… Vale à pena conferir e a taxa de entrada é um valor simbólico.

    Bem pertinho do Cajueiro tem o Complexo Marina Badauê, que faz o melhor e divertido passeio de Barco para as piscinas Naturais de Pirangi, fizemos esse passeio no Ultimo dia da nossa estada em Natal, foi Maravilhoso e recomendamos!! O passeio custa R$ 40,00 por pessoas, se você comprar o ingresso direto na loja da Marina Badauê no Praia Shopping sai por R$ 35,00.

    No barco a tripulação do Badauê IV serviu um delicioso Ula – Ula que pode ser com ou sem emoção, como o turista preferir!
    Após o passeio de barco, bate aquela fome e no próprio Complexo Marina Badauê tem uma comida gostosa e bem servida!

    Infelizmente não tivemos a oportunidade de conhecer a praia de Pipa e Maracajaú que é muito falado lá em Natal, mas com certeza não faltará oportunidades, pretendemos voltar a Natal e curtir tudo aquilo que não conseguimos curtir.

    Depois dos nossos passeios, curtimos muito o Hotel, fizemos amizades inesquecíveis… Aproveitamos ao Maximo!!

    E trouxermos na bagagem muitas lembranças e historias fantásticas de Natal!!

    1. Também vou pro serhs em lua de mel no dia 11 julho ,mandei um email para uma pessoa de la,vendo se poderia dar up grade,mas a mesma disse q nao trabalha com isso…fiquei triste,vi no comentario acima que eles deram pra vcs em dezembro,em alta temporada,espero que eu consiga….rs

      To super ansiosa pra ir a natal!!
      bjs

      michelle

      1. Michelle quem fala é a Rakane…. O Upgrade que conseguimos foi super na sorte … Eu tbm tinha ligado e enviado um email tentando conseguir o upgrade uns dias antes da minha chegada, e foi totalmente envão recebi a resposta exatamente como a sua, mas uma amiga me disse exatamente o que vou te contar…. tipo eu enfiei a cara e pedi para a Recepcionista, tem um cara que é gerente da Recepção ele se chama Gustavo… Vc pode tentar falar com ele na sua Chegada!!

        Uma coisa que percebi lá no Serhs é que eles são bem ruins de negociação, tem uma recepcionista lá que é bem chatinha, mas como eu falei é tudo na sorte…. E no dia eu peguei ela de bom humor rsrsrs e na hora ela me disse vou verificar com o Gerente pois não trabalhamos com upgrade bla bla bla … E foi ai que ela falou com esse Gustavo e veio com o upgrade da Suíte Executiva.

        O que eu recomendo vc fazer é pedir o upgrade na sua chegada, diz que vcs estão de lua de mel e gostaria de curtir um lugar mais reservado …. Na suíte executiva que eu fiquei Michelle é perfeita tínhamos uma visão ampla de tudo ….vista fantástica ficamos no 5º andar na área executiva !!!

        Essa suíte dá direito de Internet Grátis pelo tempo da sua estada, sendo que se vc precisar de usar, custa por 12 horas R$ 25,00 e por minuto 0,50 centavos… Da direito tbm de Café na manhã no quarto, cafeteira, banheira de imersão, 2 banheiros , chilenos e roupões de brinde fora os kits de beleza que as camareiras coloca no banheiro todos os dias … Sais de banho, kits de beleza dão até Kit de costura, enfimmm um monte de mimos que vale a pena enfiar a cara e pedir o upgrade …rsrsrrs principalmente para quem está de lua de mel !!!

        Eu tbm fiquei super ansiosa antes de ir….mas te garanto lá é muitooo bom …. Como relatei no meu comentário ….Serhs é um super Resort e Natal é simplesmente Fantástico

        Bjs!!

  32. Herbert e Rakane Costa e Nelma
    Muito obrigada pelas dicas e informações preciosas, com certeza serão usadas. Vocês foram demais.
    Como falta apenas uma semana estou super ansiosa para a viagem e torcendo para retornar desse passeio como vocês, com muitas lembranças e histórias fantásticas. Obrigada novamente.
    Eleonora

  33. Ricardo,
    Vi os comentários sobre o Ocean, acabei fechando somente o hotel com a CVC, estou indo no dia 16/abril com meu marido e uma filha de 1,7 meses, to super anciosa!
    Gostaria que vc nos desse algumas dicas, como restaurantes no almoço, passeios, aluguel de carro etc.

    Sempre que possa….te ouço na Band News!

    bjs

    1. Olá, Raio! Aqui quem responde é a Bóia, ajudante do Ricardo Freire :D Fuçando o que os leitores já falaram por aqui você vai encontrar um montão de dicas! Veja os comentários acima e os da página 1, clicando em “Anterior” ali embaixo. Caso tenha alguma dúvida específica, passe pra gente!

  34. Cheguei ontem de Natal, encantada com tudo de vi e gostaria de agradecer muito todas as dicas do site, elas me ajudaram a não perder tempo na busca de restaurantes e passeios.
    Fomos pela CVC mas alugamos um carro e fizemos todos os passeios separadamente com a comodidade de ir e voltar no horário que quiséssemos e parar para conhecer as praias e os vilarejos que nos interessasse.
    A locadora Serra Dourada apresentou o melhor preço (diária de 150,00 em uma Doblo com ar de 7 lugares).
    Gostei muito dos restaurantes Camarões e Mangai, a decoração é linda e a comida ótima. Aprovamos também o Tábua de Carnes e o Farofa D’água (bons preços e o último busca no hotel).
    Maravilhosa surpresa foi a praia de Tibau Sul (próximo a Pipa) e o day use Ponta do Pirambu com sua piscina e seu redário para descansar.
    O passeio de buggy ( 320,00 para 4 pessoas pela empresa Jacaré)pelas dunas de Genipabu é imperdível, a paisagem e demais, é um dia inteiro de aventura, esquibunda, tirolesa, passeio de dromedário, de jegue, nadar em lagoas e em praias desertas.
    Imperdível também é o mergulho nos parrachos (corais) de Maracajaú. Fomos de Jangalancha(como eles chamam a embarcação que transporta 6 pessoas e é coberta, pois o sol direto castiga muito)pagamos 80,00 por pessoa. É bom reservar e ir bem cedo, pois o número de pessoas é limitado. Nós demos sorte.
    Outra dica é a praia de Camurupim, ao sul. Fica logo depois da Barra de Tabatinga, na maré baixa (de manhã)formam piscinas naturais deliciosas. No caminho paramos na baia dos golfinhos pois a vista e linda e eles realmente aparecem.
    Achei a praia de Pipa muito lotada e um pouco suja, mais cidadezinha é super charmosa.
    Ponta Negra (como a maioria das praias urbanas) também estava suja e achei aqueles carrinhos de som que passam toda hora muito irritante.
    O Hotel Parque da Costeira é bom (apenas bom) e na minha opinião não merece as 4 estrelas. O que salva é a área de lazer. Falta capricho em tudo.
    Bom, espero com esse depoimento, ajudar aqueles que procuram dicas sobre essa cidade maravilhosa e bom passeio.
    Até a próxima.
    Eleonora

    1. Agradecemos o relato, Eleonora! ;)

  35. Olá,
    Queria saber se alguem mais locou apartamento em Natal. Vi algumas opções e são muito interessantes.
    Tem até opção de locar o apto mobiliado já com carro.
    O que me dizem?
    Desde já agradeço!

    1. Olá, Solange! Sua dúvida foi para o Perguntódromo; vejamos se algum tripulante aparece por aqui com dicas. Fique de olho!

  36. Olá, Ricardo!
    Leio sempre os seus posts antes de sair de casa para uma viagem.
    Quando fui à Porto de Galinhãas, fiquei no Pontal de Ocaporã, que você dizia estar localizado no ponto mais bonito de Porto de Galinhas e realmente foi uma excelente escolha.
    Agora estou indo à Natal com marido, filha de 5 anos, pai e mãe.
    Fomos em 2006 e ficamos no Ocean, mas agora, com filha pequena que adora mar e meus pais que preferem ficar no hotel e curtir o mar em frente e não fazer passeios, fico em dúvida sobre ficar na via costeira, no Ocean ou Sehrs, por causa do mar muito agitado.
    Tenho olhado o Rifóles, que ainda fica em Ponta Negra, onde o mar é mais calmo. Me pareceu que tem uma boa infra-estrutura, localização e atender a minha expectativa, que inclui uma boa praia, um bom café da manhã, conforto na medida e boas piscinas.
    Você tem algo a comentar sobre o Rifóles?
    Desde já agradeço.

    1. Olá, Yuka!
      O Rifóles fica na curva do mar entre a Ponta Negra e a Via Costeira. Mas o mar ali tem mais as características da Via Costeira do que de Ponta Negra. O hotel não chega a ser um resort, como seus outros candidatos.
      Já leu os posts dos resorts de Natal? Procure nesta página:

      http://www.viajenaviagem.com/brasil/resorts

  37. Adorei Natal, fui no final do ano passado. Fiquei no hotel Manary e adorei. O hotel é ótimo e o restaurante também. Não gostei dos passeio de bugue, pois vc não consegue desfrutar da paisagem, os bugueiros estão sempre correndo. Dica: não aceite o almoço nos restaurantes que os bugueiros recomendam, além de muito ruins são caros. Minha recomendação é alugar um carro e percorrer as praias. Eu fui p/ o Sul e adorei. É uma praia mais linda que a outra. Almocei no Paçoca de Pilão e tb gostei muito.

  38. Caros amigos.
    Vou pra Natal em junho e queria saber se alguém se hospedou recentemente no Holiday Inn e como ele está, se o café da manhã é bom. Estava pensando em ficar no Quality Suites mas a diferença para uma semana e para 5 pessoas é grande (+- 100,00/dia por casal).
    Agradeço se alguém puder contribuir.

    1. Em Natal não tenho sugestão, mas se puder, de uma esticada até São Miguel do Gostoso e fique na pousada Casa de Taipa. É um passeio que vale a pena, principalmente se você for até a cachaçaria Urca do Tubarão e até a Praia de Tourinhos para conhecer a Pedra da Baleia.

    2. Fiquei no Holiday Inn em Natal em 2008, achei bom, só o café da manhã é um pouco fraco, mas fica pertinho do Camarões, um excelente restaurante e bem perto da praia.

  39. Acho que o melhor de Natal é Pipa :-) Eu não voltaria a Natal.

  40. Bem… Certamente as capitais de médio porte do nordeste tem suas particularidades e a questão de gostar de uma mais do que de outra vai depender do ponto de vista do turista, do que ele está procurando. Por vários motivos diferentes e exclusivos (orla completamente diferente das demais, paisagens naturais deslumbrantes dentro da própria cidade, excelente infra-estrutura, prédios bonitos, ruas e avenidadas largas) eu ainda prefiro, sem sombras de dúvida, Natal. Se quiser uma cor de mar mais bonita por mais tempo no ano (todas vão ter por determinados período, desde que não esteja chovendo ou com muito vento), vá para Maceió; se quiser uma orla urbana (entre um pedaço da Ponta Verde e Pajuçara) com uma fileira de prédios legais, coqueiros, uma avenida, calçadão e praia no nível da rua, vá para Maceió; mas se quiser um cidade inteira, que não se resume a uma orla bacana típica de cidade brasileira no litoral (em todas você vai encontrar coisas parecidas) a única é Natal. E até em termos de praia urbana, no conjunto da obra, a via costeira e Ponta Negra são imbatíveis. (http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1372005)

  41. Mais fotos de Natal (e algumas poucas da bela orla de João Pessoa vistas do mar). As fotos de João Pessoa tem nome, o resto é de Natal. Basta rolar a galeria ao lado da foto principal e escolher as miniaturas para ver em tamanho grande. Natal não é injustamente famosa. É mérito, mesmo com todos os problemas que qualquer cidade do Brasil tem. ( http://www.flickr.com/photos/60886425@N07/5705835312/in/photostream/ )

  42. Boia, acabei de fechar uma semana na pousada toca da coruja, na praia do pipa. Sempre foi uma das pousadas na minha listinha “quero ficar” e nem pesquisei muito sobre a praia até ler no meu guia um comentário do Ricardo dizendo que os carros páram na praia e abrem o porta-malas para o pessoal curtir o som. tô em pânico, é isso mesmo?!

    1. Olá, Cássia! Aqui quem responde é A Bóia. Isso só acontece no Carnaval e na Páscoa. E a pousada não está na área mais muvucada da rua principal. Os quartos são bem recuados, junto à mata. Não se preocupe com barulho na Toca!

  43. Eba, valeu Bóia!

  44. Oi! será que em agosto pego tempo firme em Natal?. É feriado na minha cidade e estou pensando em dar um pulão até Natal…

    1. Olá, Sandra! Sim, nessa época já chove pouco.

      Leia:
      http://www.viajenaviagem.com/2011/01/ferias-no-brasil-como-fugir-da-chuva/

  45. Obrigadão Boia! Desculpe ter duplicado…

  46. Acabei de chegar de Natal. Fiquei no Coral Plaza e não me arrependi. O apartamento standard é excelente, enorme, com cozinha, sacada, sala, sofá, cama king, ótimo banheiro. Imaginem então os apartamentos mais caros. O café da manhã é bom, nada de mais, mas supre bem as necessidades de qualquer um, com sobras. Funcionários atenciosos e instalações bem cuidadas, com uma piscina bem agradável.

    Pena que achei Natal muito maltratada pelo “bicho homem”. Aquela natureza linda ali e uma ocupação – desculpem a palavra – bagaceira na orla de Ponta Negra, Praia dos Artistas e Genipabu. E o resortões são muito, mas muito feios para estar num local tão privilegiado pela natureza.

    Natal é uma cidade legal, mas está precisando cuidar mais da ocupação urbana e também privilegiar mais o turista que não vai atrás de sexo. Andar na Ponta Negra estava impossível…

  47. E aproveitando o ensejo da minha viagem Porto Alegre-Natal-Porto Alegre, incrível como eram desconfortáveis os assentos dos dois aviões da Tam que eu peguei na ida. Era que nem sentar em tábua. Não é mole fazer 5 horas de voo naqueles bancos, não…

    Mas, na volta, a Azul se mostrou bem mais confortável, com poltronas macias e que acomodam bem o corpo. Mas poderia dar uma olhadinha com carinho num apoio de cabeça melhor.

    Desculpem o “choro”, mas é que a gente de Porto Alegre viaja muitas horas para ir a qualquer lugar do Norte e Nordeste.

  48. Pessoal, tenho uma dica que acho que vale a pena compartilhar com vocês. É sobre um restaurante que está, merecidamente, fazendo um grande sucesso entre os natalenses.

    Na minha opinião, em matéria de restaurantes, o verdadeiro “escondidinho de Natal” hoje é o Oustau Bistrot, que fica na Praia de Pitangui, no litoral norte de Natal. É um pequeno bistrô que funciona na varanda da casa da chef, Mila, e só atende até no máximo doze pessoas por vez. É escondidinho porque não está assim tão à mão para quem está hospedado na Via Costeira ou em Ponta Negra. Mas também não está longe. Da Ponte Newton Navarro (esse é seu nome oficial, mas ela é muito mais conhecida apenas como “ponte nova”, que é aquela que fica ao lado da Fortaleza dos Reis Magos) até lá se gasta em média meia hora. Para encontrar, basta seguir as (poucas, infelizmente) placas para a Praia de Pitangui. Na rodovia principal que leva às praias do litoral norte, haverá uma placa à direita indicando a entrada para a Praia de Pitangui. É aí que você sai. Depois de entrar à direita rumo à Praia de Pitangui, virão dois pequenos povoados (umas poucas casas reunidas à beira da estrada). Quando você estiver no segundo povoado, ainda a uma certa distância da praia, comece a prestar atenção e a procurar o nome Oustal Bistrot pintado no muro de uma casa. É aí onde você terá uma de suas melhores refeições. Se se perder, pergunte a algum local onde é “o restaurante de Mila” e seguramente você encontrará seu rumo.

    O ambiente é BEM simples. Trata-se, como disse, de mesas dispostas em uma varanda de casa de praia. Não é à beira-mar. Lembre-se: você vai lá pela comida, não pelo ambiente. Mila, a chef, é portuguesa e morou na França por décadas. Veio conhecer as praias de Natal, apaixonou-se e decidiu vir morar no Brasil, na praia, e abriu esse bistrô. O cardápio é enxuto mas ela sempre tem opções fora do cardápio de comidas frescas, notadamente frutos do mar pescados no dia (lagostas, peixes, camarões). A mistura de sabores é perfeita e, como ainda é um “escondidinho de Natal”, o preço é uma barganha para o que oferece. A relação custo-benefício é ótima.

    Logo depois que se senta, chegam pães diversos de receita indiana, sempre quentinhos e feitos por ela no próprio dia. Depois, as opções de entradas variam entre pasta de bacalhau, suflê de camarão, shitake salteado na manteiga, coquille de frutos do mar e outras opções, inclusive com carne, pato etc. Como principal, recomendo a lagosta marroquina, o confit de pato com cogumelos salteados, o risoto negro com camarões grandes ou o filé com galette de batatas. Tudo em porções que, se não não generosas, não deixam ninguém com fome. As sobremesas vão de creme brulê a petit gateau de goiabada, passando por suflê de chocolate. O atendimento é feito pela própria Mila. Por isso, não se limite ao cardápio. Pergunte à chef o que ela pode fazer naquele dia, já que sempre existem alternativas disponíveis que mudam de acordo com ingredientes frescos ou sazonais que ela consegue. Aliás, o bistrô segue bem a linha de prestigiar ingredientes frescos e de excelente qualidade.

    Seja como for, independentemente do prato escolhido, Mila consegue harmonizar a comida de forma que o sabor permanecerá na sua memória ainda por muito tempo.

    O Oustau Bistrot não aceita cartão de crédito. Reservar é essencial, até porque o restaurante é pequeno e não abre todos os dias. Os telefones são os seguintes: (84) 3226-3346, (84) 9947-7818 e (84) 9431-4366. A carta de vinhos é bem limitada e a chef sabe disso. Por isso, ela permite que os clientes levem seu próprio vinho, cobrando uma taxa de rolha de apenas R$ 10. Excluindo as bebidas, espere gastar algo entre R$ 70 ou R$ 80 por pessoa por tudo (pães, entrada, principal e sobremesa).

    Tentei fazer um mapa para facilitar e mostrar que não é difícil encontrar o lugar mas o Google Maps ainda não reconhece a Ponte Newton Navarro (apesar de ela já ter mais de três anos). O endereço oficial do Oustau Bistrot é “Avenida Principal, 150, Extremoz, Rio Grande do Norte” (esse o Google Maps reconhece). Talvez sirva também para GPS, mas não testei.

    Recomendo demais o Oustau Bistrot para quem quer almoçar ou jantar bem e quer algo mais local, fora do circuito turístico. Quem já estiver pelo litoral norte, pode aproveitar a proximidade. Quem estiver em Natal propriamente ou no litoral sul e quiser aproveitar, por exemplo, um dia de chuva para se fartar comendo bem, tem aí uma excelente e recomendadíssima opção.

    1. O restaurante de Mila é mesmo maravilhoso. Comida saborosa e o ambiente, apesar de simples, é agradável. Bem “caseiro”, na verdade. Meu prato preferido é o camarão com abacaxi grelhado e passas brancas, mas tudo lá é delicioso.

      Além disso, dá pra encaixar o restaurante numa visita [fora do esquema "bugueiro"] às lagoas e dunas de Pitangui e Jacumã, que são bem próximas.

      Nas noites de janeiro, o restaurante costuma lotar de veranistas. Então, se for em janeiro, prefira o almoço.

  49. Olá pessoal, estou juntando as informações para viajar a Natal em março/2012, e quero fazer tudo por conta própria, sem agência de viagens. Meu interesse é me hospedar em Ponta Negra alguns dias, e também ficar uns dias em Pipa. Estou em dúvida se vale a pena ficar uns dois ou três dias em Genipabu ou apenas um passeio é o suficiente (minha viagem será de 8 a 10 dias). E mais, como vocês sugerem a sequência do roteiro, o que conhecer primeiro?
    Obrigada!

    1. Olá, Luciana! Apenas o passeio já é suficiente. O equivalente seria estar no Rio e se mudar para um hotel em Niterói só para ver as praias oceânicas e o MAC.

      Em março você encontrará vaga em todos os hotéis e pousadas. Uma boa estratégia é ficar três dias em Natal para fazer os passeios, então reservar três dias em Pipa para descansar. Os últimos dias você decide na hora onde quer passar, se esticando em Pipa ou voltando a Natal.

  50. Bom dia!!!
    Esta será minha primeira viagem a Natal, a princípio estava decidida a um resort com all inclusive, porém, de todos que foram me falaram que seria bobagem esse sistema, vez que como não conheço o local o ideal são curtir os passeios.
    Mas gostaria que fosse perto, se possível que visualizasse a praia.
    Como agora estou em dúvidas, qual o melhor hotel em custo benefício em Ponta Negra, aliás Ponta Negra é o melhor lugar para se hospedar um casal de meia idade?
    Agradeço e peço ajuda, pois estou com muitas dúvidas.

    1. Olá, Fernanda! Coral Plaza Apart, Araçá, Vip Praia têm boa localização e bom custo x benefício. Manary é o melhor hotel. Quality Suites e Holiday Inn Express, na avenida Roberto Freire (no alto do bairro, longe da praia) são os maiores hotéis do bairro.

ATENÇÃO:
Antes de perguntar, veja se a dúvida já não está respondida no texto. Perguntas redundantes e comentários em maiúsculas serão apagados. Obrigado!