8 coisas que você não deve esperar a próxima viagem para providenciar

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Certificado internacional de vacinação

Tomar vacina contra febre amarela

Outro dia uma alma aflita me procurou no Twitter porque tinham informado na Gol que era necessário certificado de vacinação contra febre amarela para viajar a Barbados. Eu respondi que não sabia disso, e que ninguém, em nenhuma das seis ilhas que visitei nesse giro pelo Caribe (incluindo Barbados), procurou pelo certificado no meu passaporte (eu tenho, válido até 2013).

Logo em seguida a coisa se esclareceu -- o certificado seria necessário para quem saísse da Região Norte. Mas essas coisas são obscuras, mesmo. De vez em quando aparece gente que fala da necessidade de vacina contra febre amarela para ir à Colômbia. Quando fui à Venezuela, em 2003 (fazer a foto da Bóia, haha), precisei da vacina -- mas não que a Venezuela exigisse. Voltei via Manaus, e a vacina seria necessária para voltar ao Brasil. Ou pelo menos foi assim que me explicaram.

Por essas e por outras é que eu sempre digo: pessoal, bora tomar a maldita vacina antes que seja necessário. É só passar num posto da Anvisa. É preciso se cadastrar no site da Anvisa (obrigado, Adolfo!); no cadastro você saberá quais postos estão aptos a aplicar a vacina.

A vacina só começa a valer 10 dias depois de tomada -- mas depois continua válida por 10 anos. É melhor tomar agora, que você não precisa, do que cair nesse papo-aranha, em que muitas vezes a gente topa com um funcionário mais realista que o rei, que descobre pêlo em ovo e outros lugares-comuns ainda piores.

A exemplo da vacina da febre amarela, há várias providências que você não deveria esperar pintar uma viagem para tomar:

Ter um passaporte com mais de 6 meses de validade

Alguns países só permitem a entrada de visitantes com passaporte válidos por pelo menos 6 meses depois da chegada. Não é o caso, por exemplo, dos Estados Unidos, que deixam você entrar mas limitam a permanência à validade do passaporte. Mas quem diz que todo atendente de check-in sabe disso? Em alguns aeroportos a moça não vai deixar você embarcar. E a fila do check-in não é o momento mais adequado para discutir legislação. Então não deixe o seu passaporte ficar próximo de vencer. Agende a renovação o quanto antes -- até porque ultimamente a coisa anda enrolada.

A propósito: ter um passaporte

Muita gente aproveita o fato de poder viajar para os países do Cone Sul com carteira de identidade para não fazer passaporte. Na minha opinião, é um erro. Quanto mais carimbos você tiver no seu passaporte, mais tranqüilo é passar pela fronteira de países com imigração encrenqueira. E a tal da carteira de identidade sempre corre o risco de ser recusada por atendentes de check-in ou funcionários de aduana que não achem que você é a mesma pessoa daquela foto de onze anos atrás. Passaporte já!

Visto americano

Não espere aparecer a oportunidade de viajar para os Estados Unidos para solicitar seu visto. Na última hora é um deus-nos-acuda -- o Brasil inteiro está querendo visitar a Flórida. À diferença do que muita gente pensa, não é necessário ter viagem marcada para pedir ou renovar o seu visto americano. Se você não mora numa cidade com consulado americano, fazer antes de precisar faz ainda mais sentido: você aproveita um feriado local ou pede uma segunda ou sexta de folga e faz uma viagenzinha a São Paulo, Rio, Brasília ou Recife para fazer o visto. Às vésperas de viajar, além de difícil de agendar, o procedimento acaba encarecendo a viagem aos Estados Unidos. Antes de precisar tirar o visto, dá para contabilizar o gasto como uma viagem de lazer. Agende já!

Mala boa

A gente só se dá conta de que está precisando de uma mala decente na hora de viajar. Mas aí costuma ser tarde demais. Aproveite a entressafra entre viagens e invista naquela mala bacana de quatro rodinhas (minha recomendação: compre o tamanho médio, de 65 cm de altura com a mala na vertical). Mala boa custa caro, e é bom você fazer esse crediariozinho meses antes de viajar.

Adaptador universal de tomada/cadeado TSA

Dois itens indispensáveis, e que na última hora são complicados de conseguir. Da próxima vez que você fizer compras online, procure esses dois itens e inclua na sua cesta. Poucas coisas são mais chatas do que chegar num lugar e ter que ir atrás de adaptador (pela lei de Murphy, a recepção do seu hotel sempre vai ter acabado de emprestar o último dos adaptadores do estoque).

Pay Pal

Para alugar apartamento ou fazer reservas com fornecedores alternativos, um PayPal (sistema internacional de pagamento entre contas de cartão de crédito) é fundamental. Demora algum tempinho, porém, até que a sua conta seja verificada e validada. Por isso, não espere precisar para abrir uma. Leia como fazer isso neste post aqui.

Esqueci alguma coisa? O que você recomenda que não se espere até a véspera da viagem para providenciar?

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire


480 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Marina
MarinaPermalink

Agora só falta o Riq fazer aquela listinha para arrumar a nossa mala!! Ou, melhor ainda, arrumar a nossa mala!!! hahahaha...

Perfeito esse post! Será devidamente impresso e cumprido!!

bjs

Zé Maria
Zé MariaPermalink

Um dock sider e um sapatênis devidamente carneados. Pra usar dia e noite.
Eu nunca achei graça nenhuma em tênis.

zuzu
zuzuPermalink

Riq
Voce tocou num ponto sensível : atendentes de check-in implicantes e despreparados. Minha irma, casada com um italiano, pai de seus dois filhos, que tem passaporte italiano, toda vez que sai do Brasil(ela mora nos EUA, e vem sempre nos visitar aqui, normalmente sem o marido) é uma novela. Eles entram no Brasil como estrangeiros e estao retornando ao seu país de moradia, voltando ao encontro do pai. Entao por qual motivo deveriam ter uma autorizaçao num cartório brasileiro do pai para sair do Brasil? Sao estrangeiros aqui, filhos de mae brasileira e pai italiano. E como um pai que ficou nos EUA daria essa autorizaçao(presencial?). Todas essas explicaçoes sao dadas no balcao do check-in, eles vao e voltam a PF, e continuam confusos. Todas as vezes embarcar de volta se torna um suplício. A ponto de minha irma, desta última vez, ter me dito que pensa em rarear as visitas de tanto que se cria caso. E a própria PF também se confunde. Entendo que esta questao envolvendo crianças de pais oriundos de países diferentes seja séria.Mas, neste caso, qualquer um compreende que eles entram como estrangeiros e voltam ao encontro do pai.Se a autorizaçao fosse exigida , seria no país de saída(os EUA nao exigem).
Sugiro uma boa dose de paciencia antes de qualquer viagem, para aguentar atendentes despreparados, filas intermináveis, ineficiencia cronica , falta de estrutura, principalmente no Brasil.

Arthur | Agora Vai
Arthur | Agora VaiPermalink

Zuzu, parece que me confundi. Sua irmã e seus sobrinhos são naturalizados italianos? Creio que sim, então não deveria haver essa confusão toda no check-in. Mas atendente de check-in e funcionário de imigração é o juiz supremo daquele pequeno pedaço... depende da cara de cada um.
Abs

mariana rib
mariana ribPermalink

filhos de brasileiros tem que apresentar autorizacao de viagem de menor mesmo que morem fora do brasil... nao tem rolo nenhum quando passo pela PF no brasil e aprensento a autorizacao do meu marido para eu viajar com meus filhos sozinha... a PF so' pede este documento quando saio do brasil,o documento e' facil de ser feito, basta pegar o formulario no site do consulado, notarizar e pagar a taxa no consulado... e' super facil e nao da' problema algum

mariana rib
mariana ribPermalink

note bem que quando a viagem e' feita com ambos os pais o documento nao e' necessario..

Luciana Bordallo Misura

Eu ia falar a mesma coisa que a Mariana falou. E que eu saiba filhos de brasileiros devem entrar no Brasil com passaporte brasileiro sempre, nao interessa onde eles nasceram. Foi por isso que fiz o passaporte brasileiro pra minha filha. Ela entra com o passaporte brasileiro e volta com o americano. Nunca deu problema.

Maryanne hotelcaliforniablog.wordpress.com

Tb tenho dupla cidadania e tenho que entrar no Brasil como brasileira, nao como estrangeira.

Arthur | Agora Vai
Arthur | Agora VaiPermalink

Verificar se a câmera e as pilhas / baterias estão OK ou já estão ficando esclerosadas. Nesse caso, vc vai ter que apelar para a câmera do celular ou comprar uma no local.

Carla
CarlaPermalink

Quando eu fui à Bolívia e ao Peru, em 2007, me explicaram que era o Brasil que exigia a vacina contra a febre amarela no retorno ao país - e foi dito e feito, havia funcionários da Anvisa a postos pouco antes da checagem de passaportes, na chegada. Fiquei imaginando se quem não tivesse o certificado de vacinação ficaria de quarentena... shock

Sylvia
SylviaPermalink

Hoje, dessa listona só tenho funcionando o pay pall e o visto , e que sem o resto não valem nadinha wink

Mac
MacPermalink

Pessoal pode marcar para tirar o passaporte no Shop Light, comprar mala pelo centro próximo a Sé, pegar o metro e descer na Brigadeiro, do lado impar fica um posto de saúde, Pasteur e tomar vacina na av paulista, 393.

Outros endereços em SP

http://www.cve.saude.sp.gov.br/htm/imuni/posto_fad1.htm

É rapidinho e é só uma picadinha =)

Aproveita, atravessa a rua e compra o adaptador de tomada no Mont Mare, que é o novo Stand Center. Pilhas recarregáveis, cameras, hd externo, tudo lá. Os preços não são melhores que da Sta efigenia, mas fikdika.

Qto ao visto americano Riq, fui ver para tirar antecipadamente e no novo processo eles pedem um endereço onde você ficará ... será que é possível tirar mesmo não tendo esse endereço ?

[ ]s

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Caramba, que eficiência smile

Acho que dá para escrever só "hotel". O endereço é para o caso de você saber que vai ficar numa casa de amigo/parente.

Esta página do iG diz até que o consulado recomenda que só se compre a passagem depois do visto concedido:
http://poupaclique.ig.com.br/materias/171501-172000/171956/171956_1.html

Carmem
CarmemPermalink

É isso mesmo! No site do consulado eles dizem pra esperar o visto ser concedido para depois comprar a passagem.
E quanto ao endereço, eles mesmos sugerem - na hora de preencher o formulário - que você coloque o nome de uma loja que vai visitar...Fiz isso! Aguardo o dia 22/07 pra fazer minha entrevista.
A viagem? Ainda não sei quando será, mas quando surgir a oportunidade, meu visto estará prontinho!

Mac
MacPermalink

Obrigado Carmem. Vou fazer issso também =)

vc já conseguiu tirar ?

Carmem
CarmemPermalink

Ainda não! Tenho entrevista marcada para 22 de julho.

Adolfo
AdolfoPermalink

Eu me lembrei que quando minha esposa foi tomar a vacina, fomos à Congonhas e apesar do posto da ANVISA, eles NÃO APLICAM a vacina contra a febre amarela. Precisa fazer um pré-cadastro, você imprime, toma a vacina em algum lugar que aplique (fomos ao Instituto Pasteur) e retornamos ao posto da ANVISA do aeroporto para a Carteira de Vacinação internacional. Bem diferente de quando eu tomei, que foi tudo no aeroporto mesmo. Detalhe importante : a vacina só vale a partir de 10 dias após tomada.

Sobre a mala é sempre um excelente investimento, mas vale uma sugestão = se for aos Estados Unidos, compre uma nova. Os preços são infinitamente inferiores ao do Brasil. Normalmente eu levo uma mala bem velhinha (se estiver meio detonada, melhor) e trago uma nova. Da última vez trouxe uma Samsonite de 65 cm por 150 dólares. O mesmo modelo aqui custa no mínimo 800 reais.

Visto americano no passaporte é sinônimo de passagem tranquila na maioria dos países (exceto o Irã e Coreia do Norte). Vale muito a pena e já me salvou de um chá de cadeira no México por causa de alguns brazucas tentando imigrar ilegalmente (apesar que hoje é mais fácil um americano imigrar para cá do que nós para lá).

Passaporte é legal porque a gente fica sempre com mais uma lembracinha da viagem e é sempre bom dar uma folheada nele de vez em quando para ver o quanto rodamos (ou voamos).

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Obrigado, Adolfo, pela atualização da informação sobre a necessidade de cadastro para a vacina de febre amarela. (Ô burocracia!) Acabei de atualizar no texto.

Ju Naliato
Ju NaliatoPermalink

Aqui no Rio passaram a fornecer o atestado internacional no próprio posto de saúde, onde é aplicada a vacina, sem ter que fazer a antiga peregrinação até o posto da Anvisa no Galeão. Mas parece que só alguns postos tem esse serviço (no da Gávea e do Catete, p.e.).

Ermesto, o pato
Ermesto, o patoPermalink

Eu comprei uma linda Sansonite (legitima, mas de uma coleção antiga) em St. Kits, média, por inacreditáveis 70 ddólares, ap´´os uma pechincha pataulica básica.

Em SP o outlet da le Postiche na 23 de maio custuma ter ótimas ofertas de produtos fora de linha ou com pequenos riscos.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Ano passado, antes de ir para o Peru, tomei a vacina contra febre amarela em um posto de saúde daqui de Niterói. Antes de aplicá-la, a moça me perguntou se era para viagem internacional. Eu disse que sim e ela anotou no meu cartão de vacinaçao o lote e o prazo de validade (do lote) da vacina que tomei. Sem estes dados eu não conseguiria o "certificado internacional de vacinação ou profilaxia " (de cor amarela) que tirei em um posto da ANVISA no Rio. Aliás, na porta do posto está escrito em letras garrafáis "Não aplicamos vacina". Ainda na Anvisa, a primeira coisa que a atendente checou foi se colocaram os dados do lote da vacina.Parece que esse é um erro bem comum...

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Adolfo e Riq,
Pelo que li no site da Anvisa http://www.anvisa.gov.br/viajante/ não é obrigatório fazer o cadastro, ele só facilita o atendimento. Será que me confundi? eekops:

Adolfo
AdolfoPermalink

Lu, pelo que me lembro, eles pediram o cadastro na hora. O problema foi a fila. E mais ou menos como o passaporte : da para fazer sem agendar mais demora (no caso da vacina, nem tanto).

Carmem
CarmemPermalink

Em Guarulhos também não dão vacina. Só emitem a carteira internacional mediante comprovante de vacinação nos postos de saúde.

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Muitissimo bem lembrado - preciso de um cadeado TSA dja! (nas outra questões da prova, passei por enquanto mrgreen )

gabebritto
gabebrittoPermalink

Ótimo post. Me ferrei justamente no item "visto para os EUA". Provavelmente eu e minha patroa teremos a semana que vem de folga. Se tivéssemos o visto americano, certamente passaria estes dias por lá. =(

Sut-Mie
Sut-MiePermalink

Em crianças, a vacina é aconselhável somente a partir de 9 meses...e já vi pediatras falando de 1 ano...Informem-se com o pediatra da criança!

Dionísio
DionísioPermalink

Fiz a vacina no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, e não demorou 2 minutos desde o momento em que entre na sala da Anvisa até o "tchau".

Dica: em Porto Alegre, vacinar-se no horário de almoço, em que o aeroporto e a Anvisa estão às moscas. E aproveitar para almoçar ali mesmo. Tem buffet barato, buffet caro, cafeteria, fast food...Ah, e nesse horário é relativamente fácil estacionar sem pagar.

Filipe
FilipePermalink

Toemi a vacina contra a febre amarela (pelas minhas contas ainda válida), mas, como muita gente, sei lá onde anda meu cartão de vacinação. Na época, nem marcado lá foi. Como fazer para comprovar?

Jurema
JuremaPermalink

Se você foi vacinado em um centro de saúde, eles devem guardar um "espelho" da sua carteira de vacina, com os dados de lote etc. Se você lembra onde foi, pode tentar voltar lá e ver se consegue uma segunda via.

Ermesto, o pato
Ermesto, o patoPermalink

Já passei na prova...

Mas acrescentaria dois itens : um sapato velho e confortável e um money belt, ou seja um cinto para guardar dinheiro.

Se voce não pode viajar agora, pensaria sériamente em comprar euro ou dólar, ou deixar o dinheiro em um fundo cambial, pois o Real está num dos seus melhores niveis dos últimos anos.

Quanto a vacina contra a febre amarela, para quem gosta de natureza, é bom te la sempre atualizada, pois infelizmente a febre amerela está voltando para varias areas urbanas, em lugares "teoricamente" seguros como Brasilia e Ribeirão Preto.

Zé Maria
Zé MariaPermalink

Uma money belt gordinha, dormindo com os bracinhos abertos embaixo de seu travesseiro é uma das melhores lembranças de uma viagem.

Leonardo
LeonardoPermalink

Ricardo,
Sobre a identidade para o Cone Sul... "funcionários de aduana que não achem que você é a mesma pessoa daquela foto de onze anos atrás". É necessário que a identidade tenha no MÁXIMO dez anos de expedição. Foi o que me informou o consulado da Argentina quendo fui pra lá há 3 anos.
Abraço!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Hmmm, acho que essa lei não tá escrita não. É senso comum.

Silvia Granata
Silvia GranataPermalink

È na Argentina que a identidade deles tem validade de 10 anos para viajar ao exterior. Sei disso como Argentina e ex-funcionaria do Consulado Argentino no Rio!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Gracias!

Ermesto, o pato
Ermesto, o patoPermalink

A minha tem mais de 10 anos e já fui várias vezes à Argentina sem problemas.

Lot
LotPermalink

Os tratados bilaterais estipulam que a foto deve ser recente e possibilitar a identificação do portador, além do documento estar em boas condições. Aí, vai bom senso.

Vicente Frare
Vicente FrarePermalink

E precisa ser o certificado laranjado da Anvisa. O dos postos de saúde municipais não são válidos. Fui barrado na porta de um voo para Bogotá por causa disso!!! Tive que literalmente voar até a Anvisa para conseguir o certificado internacional.

ana carolina
ana carolinaPermalink

O meu não é alaranjado, é bege.
Tomei a vacina, peguei o certificado do posto e levei à Anvisa no aeroporto para ganhar o internacional, mas me deram um bege, em 2008(eu ia passar pelo Panamá indo a Cuba e o Panamá exige), não alaranjado.
Tem mesmo que ser alaranjado?

ana carolina
ana carolinaPermalink

vou conferir em casa, mas o formato do meu é bem parecido com o da foto... só a cor que é mais discretinha...

Cris Campos
Cris CamposPermalink

O meu também é internacional e é bege.
Na Indonésia desconfiaram, mas abriram, leram e aceitaram na boa. Nos outros países nunca tive problemas.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

É trilíngüe português-inglês-francês? Está escrito Certificado Internacional de Vacinação?

Deise de Oliveira
Deise de OliveiraPermalink

Ótimas dicas. Fiz um post bem parecido lá no meu blog. A dica é se for tomar a vacina de febre amarela em Sampa, tomar no HC pois lá dá pra sair com o certificado na hora. Em outros postos de saúde a coisa é bem mais burocrática e complicada.

Cris Campos
Cris CamposPermalink

Até pra viajar pra alguns estados dentro do Brasil é preciso ter a vacina de febre amarela.
Eu sou do sul e tomei a primeira vez quando fui pra Chapada dos Veadeiros, Goiás. Mesmo indo de carro, se a polícia te parar na estrada tem o direito de pedir a vacina. Se você estiver sem a carteirinha pode precisar tomar de novo.
Depois só precisei trocar a carteirinha nacional pela internacional. Vários países não deixam mesmo entrar sem, principalmente na Ásia.

Rafael Carvalho
Rafael CarvalhoPermalink

Alguem sabe se na região de Foz e Missões argentinas e aconselhável ter certificado de vacina? Eu já tenho, mas terei que falar pro meu amigo que vai comigo!
Ótimo post, passei perrengue no México há quinze dias porque não tinha adaptador universal! Já estou providenciando o meu

Ermesto, o pato
Ermesto, o patoPermalink

Em toda a região tropical de mata é interessante ter por uma questão de saude. Quem quiser ver o que é uma febre amarela, leia o livro do Drausio Varela.

Naldo
NaldoPermalink

Interessante. Antes de fazer uma viagem pelos países da Ásia achei não sei como o comprovante de vacinação da febre amarela uns 4 anos atrás. Daí troquei pelo certificado internacional em guarulhos mesmo, mas o único que pediu a carteira foi a Thailândia. No guichê do passaporte o oficial pediu pra eu e meu amigo procurar o posto médico com o certificado e carimbar um formulário lá pra podermos entrar.

Acho que foi pq ele viu que éramos da América do Sul já que outros estavam passando direto, vai saber..

Ainda bem que viajamos preparados!

Sobre quem não tinha tomado ouvi dizer que eles aplicam na hora.. disso tb não tenho certeza.

Adriana Pessoa
Adriana PessoaPermalink

Muito cuidado com a vacina da febre amarela. SÓ se vacine se você for para uma região em isso seja necessário.
Eu tive meningite, fiquei muito mal anos atrás por causa dessa vacina. É claro que é raro, mas existe este tipo de reação. Quando fui para o hospital, aqui em BH, existia outro paciente com o mesmo problema.
Fica o alerta.

Lot
LotPermalink

A vacina da febre amarela é muito segura, mas, claro, há riscos. Todavia, na minha modesta opinião (não sou profissional médico, apenas tenho avançados conhecimentos de probabilidade e estatística), o risco implícito de contrair febre amarela (doença que é fatal em 40% dos casos, mesmo com o melhor tratamento possível no melhor hospital) não compensa o risco de problemas.

É a mesma história de vacinar criança contra pólio: algumas vão ficar com febre, algumas poucas no mundo inteiro morrerão, mas o risco de não vacinar e ter uma criança paralisada com atrofia dos músculos é muito maior.

Marcie
MarciePermalink

Preciso tomar vacina contra febre amarela, preciso tomar vacina contra febre amarela, preciso tomar vacina contra febre amarela...há dois anos repito este refrão, em vão. Quando o maridão teve que tomar para ir para Angola, foi muito simples: em NY você toma em qualquer posto de saúde. E quem falou que eu tomei? Preciso tomar vacina contra febre amarela, preciso tomar vacina contra febre amarela, preciso tomar vacina contra febre amarela.....

Mirella
MirellaPermalink

Marcie, toma aí no Brasil que é de graça em qualquer postinho de saúde!
Aqui é preciso pagar... pelo menos no Canadá... e custa no mínimo uns 100 doletas smile

Tania Janin
Tania JaninPermalink

Refrão não. Pelo visto vai virar mantra.

Camila Navarro
Camila NavarroPermalink

Eu também peguei o certificado da vacina rapidinho em Guarulhos, nada de burocracia!

Já quanto ao visto... sad Preciso arrumar tempo para isso, mas pra quem não está em uma das cidades com consulado, esse item é o mais difícil. Estou como a Marcie: Preciso tirar o visto! Preciso tirar o visto! Preciso tirar o visto! Preciso tirar o visto!

Paty
PatyPermalink

A chata, mas alguem tem foto do adaptador?
Já cada um mais esquisito que o outro! e na europa é tudo um diferente do outro, me perco!
Joguem a boia, pleeease rsrsrsrs

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Compra um "universal" que serve pra todos. Cada universal tem um design diferente, mas funcionam smile

Paty
PatyPermalink

joguei no mercado livre. vou procurar aqui em poa. um igual! obrigada!
parabens pelo blog/site acompanho a muito tempo. recomendo ele muito sempre.

Paty
PatyPermalink

Vacina contra febre amarela: ok
Ter um passaporte com mais de 6 meses de validade: ok
Visto americano: pensando no assunto
Mala boa: eu sempre falo que vou comprar mala boa, mas todo mundo sempre diz que é bobagem, porque eles acabam danificando, mas tô com vc Riq! Mala boa!
Adaptador universal de tomada/cadeado TSA: providenciando, lembrei de qd quebrou o cadeado no aeroporto de barcelona. hauhauha q raiva deu =(
Pay Pal: ok, não vivo sem!

Saber como ligar para o Brasil, eu sempre levo uma listinha com numeros e saber onde é a embaixada.

Augusto
AugustoPermalink

O conselho de comprar um adaptador é perfeita. Não conseguiu comprar um antes da viagem? Leve um T (tbem conhecido como Benjamin). Em alguns países resolve bem a situação. Na França consegui adaptar meus aparelhos sem problemas.
Abçs

Ila Fox
Ila FoxPermalink

Caraca, devia ter lido este post antes da minha viagem pros EUA. Estou na correria do visto, vou pro consulado faltando uma semana para embarcar, se é que vão me entregar o visto a tempo (moro em BH). sad

Ricardo, tem algum jeito de chegar lá no dia da entrevista no consulado e dizer que precisa do passaporte com o visto com urgência? no site deles só aceitam agendar com urgência por motivos de saúde e trabalho. sad

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Vixe, não sei...

CarlaZ
CarlaZPermalink

Eu precisei do visto com urgência e era só pagar uma taxa (que acho que foi R$81 ou R$87) que entregavam no dia seguinte, pelo menos no Rio.

Inclusive, no dia que fiz a entrevista estava meio doente e fui embora esquecendo de pedir, chegando em casa meu chefe falou que eu precisava do visto para o dia seguinte! Liguei pra transportadora dei o número do meu protocolo de entrega normal e eles agendaram para o dia seguinte pagando a taxa para o motoboy, deu tudo certo.

Ila Fox
Ila FoxPermalink

Hmmm vou tentar isso! valeu!

Dani S.
Dani S.Permalink

Tem jeito não, Ila. O que vc pode fazer é pedir para buscar pessoalmente o visto (eles entregam no dia seguinte, salvo engano), ou deixar procuração para alguém pegar pra vc (acho que tem o modelo na embaixada). Se não tiver jeito, vc pode já pagar o sedex, que eles mandam pra sua casa o passaporte pronto. Só não sei em quantos dias...

Ila Fox
Ila FoxPermalink

Nhaim, neste caso eu teria que remarcar meu vôo (eu sou de BH), vamos ver o que rola, dependendo do que responderem no consulado eu fico para pegar pessoalmente ou peço para entregarem em casa. wink

Angela Bruno
Angela BrunoPermalink

Oi, Ila,

Você já verificou a possibilidade de antecipar a sua entrevista? De repente você consegue uma desistência ou até a abertura de novos horários em dias mais próximos, pelo próprio Consulado. Boa sorte!

Ila Fox
Ila FoxPermalink

Agora não tem mais como antecipar, comprei as passagens de avião já. Nhé. sad
Na época cheguei a ver para ir em recife e Brasília (que tinham datas mais próximas), mas seria muito longe para eu ir, além de que não conheço as cidades. sad

Ernesto, o pato
Ernesto, o patoPermalink

Mande o e mail para o consulado com um anexo de sua passagem. E possivel que funcione.

Paty
PatyPermalink

E visto americano agora, voltou a valer por 10 anos! É agora que tiro o meu. =D

José Luiz - Viver a Viagem

Eu tenho cidadania espanhola e antes de viajar no ano passado para a Europa eu fui renovar meu passaporte espanhol pois ele teria menos de 6 meses para vencer na época da viagem.

Portanto, faltando uns 8 meses para vencer o passaporte eu fui no consulado espanhol em Santos e deixei lá para renová-lo...

A surpresa foi quando eu busquei o passaporte e eles renovaram mas a data de validade foi mantida igual!!! Me disseram que só renovam a data de validade quando se renova com menos de 6 meses para vencer!!! Ou seja, se vc for viajar nesse limite fica impossível renovar o passaporte com antecedência!!!

Não sei se isso só acontece com o espanhol, mas de toda forma, fica a dica!

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

Como o brasileiro eles renovam sempre que vc conseguir agendar na PF, salvo houve alguma mudança do ano passado pra cá. Meu marido estaria com o dele como validade menor a 6 meses na data da irmos aos EUA ano passado, mas renovou ainda com 8 meses de validade. Se alguém mais atualizado souber de alguma informação diferente dessa, por favor, desconsiderem essa, que é apenas uma experiência pessoal.

Adri Lima
Adri LimaPermalink

Antes de viajar acho que é bom botar no checklist "testar todos os equipamentos que vai levar". Alguém ja falou acima sobre pilhas... parece óbvio ms tem gente que esquece...

CarlaZ
CarlaZPermalink

Tomei a vacina mesmo sem precisar...um belo dia botei na cabeça que ia a Los Roques (ta...nunca fui...) e fui no posto de saúde, no metro da Siqueira Campos aqui no Rio. Tranquilo. Mas nao fiz cadastro na internet nao...só fui lá...
Depois no dia de alguma viagem...passei no aeroporto para pegar o cartao e grampear no passaporte.
De posse de passaporte, visto, mala, vacina, adaptador, paypal estou apta a viajar! Só faltam as férias sad

Rodrigo Barneche
Rodrigo BarnechePermalink

Hehehe, só um detalhezinho básico wink

Dani S.
Dani S.Permalink

O ideal é também, com antecedência, providenciar aquelas roupas térmicas, pra quem for viajar no frio (o bom mesmo é comprar em alguma viagem e guardar).
Outra coisa legal de achar com calma são potinhos de 100 ml, transparentes e com tampa boa (de preferência de rosca), pra colocar xampu e condicionador (que na hora do aperto a gente nunca acha em casa). Em lojas de suprimentos para perfumes ou de embalagens sempre tem.
Providenciar um canivete também é legal (e sempre útil) wink

Marcus Castro
Marcus CastroPermalink

Fui me vacinar contra a febre amarela quando fui para o Egito há uns dez anos. E me vacinei contra tifo também. Estive em todos os países da América do Sul, exceto as Guianas, e nunca me pediram, mas é bom ter.

Só um alerta: para quem é alérgico a ovos e derivados (como eu sou), a vacina não faz efeito algum. Na verdade, até te dá uma pequena reação alérgica, nada demais.

Quando fui tomar tinha lá um aviso sobre isso, avisei que era alérgico e a médica me disse isso. Aí eu pedi que eles carimbassem o papel mesmo assim, nada feito. Para ter o papelzinho amarelo, só com a reação alérgica. Vítima da burocracia, acabei levando a espetada.

Sei que todos sabem, mas o cadeado TSA é útil especialmente para os EUA, onde a alfândega abre muitas malas mesmo. Se for um cadeado normal, tipo esses de academia, eles arrebentam o bichinho e vc fica lá espumando depois achando que foi assaltado

PêEsse
PêEssePermalink

Estou ficando um rapazinho. Tenho tudo da lista e ainda tenho a permissão internacional para dirigir.

Aproveito o post para dizer que baixei o aplicativo "Frommer's Travel Tools" para o iPhone e estou gostando bastante. É gratuito e tem muita coisa interessante (inclusive um conversor de moedas que funciona offline e uma "packing list" excelente que pode ser personalizada e impedir o esquecimento de algo importante).

Luciana Bordallo Misura

Pra fazer antes da viagem: ligar pra(s) operadora(s) do(s) seu(s) cartao(oes) de credito e checar as coberturas que elas oferecem. Tem operadora que oferece seguro pro carro, seguro bagagem, seguro saude, concierge internacional, vale a pena se informar direitinho. Nos sempre usamos um cartao especifico pra alugar carro que tem o seguro melhor e um outro pra comprar passagem porque cobre bagagem perdida automaticamente.

PêEsse
PêEssePermalink

No item "ligar para o cartão de crédito", ajuda ligar avisando que vai fazer viagem internacional. Mesmo os cartões internacionais já previamente habilitados para gastos no exterior podem ser bloqueados por razões de segurança (quando se faz muitas compras internacionais próximas umas das outras, quando se muda de país em intervalo curto etc.), ficando bloqueado até que o cliente faça um contato telefônico para confirmar algumas compras, solicitar o desbloqueio etc.

Com essa ligação prévia, que toma no máximo cinco minutos, o atendente inclui no sistema a informação específica da viagem e as chances de cartão ser bloqueado por segurança diminuem, reduzindo-se também as chances de se perder tempo entrando em contato com o cartão para desbloqueá-lo. Por cautela, eu sempre digo que vou viajar dois dias antes e digo que vou voltar dois dias depois, para ter a certeza de que vou estar garantido desde a saída e por um prazo maior na volta, caso aconteça algo.

Magrineli
MagrineliPermalink

Riq, agradeço a vc novamente aquele e-mail enviado antes da nossa primeira viagem a europa (conhecida como Eclético Relato: Missão Europa) lembrando do adaptador universal de tomada. Salvou a pátria. Para quem vai voar de TAP minha dica é comprar o adaptador vendido pelo serviço de bordo. Comprei na ida e não me arrependi. Não achei coisa melhor (nem ia gastar meu tempo procurando - tinha mais o q fazer) Valeuuuu!!!

Vinícius
ViníciusPermalink

Pessoal,

Respeito, mas, não concordo com a observação de uma colega por aqui. A vacina da Febre Amarela é muito importante, inclusive aqui no Centro-Oeste é comum tomarmos de 10 em 10 anos. Nunca escutei falar em problemas com ela, a não ser um cara que com medo tomou um dia e depois repetiu a dose no dia seguinte, quase morreu. Em 2008 tivemos aquela correira aqui no DF com as mortes dos macacos, salvo engano também em SP.
Existem estudos (não tenho o link) que dizem! dizem! que ajuda inclusive contra a dengue.
Se for viajar para áreas endêmicas tome a vacina, inclusive para o centro-oeste e outras "matas".

Vejam esse site, inclusive SP tem área de "potencial Risco".
http://www.febreamarela.org.br/prevencao.html
http://www.febreamarela.org.br/mapas.html

Esse outro é muito interessante:
http://www.cives.ufrj.br/informacao/fam/fam-iv.html

Abraços
Vinícius

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

E eu acho também que, se é pra dar algum efeito colateral, é "melhor" que seja quando você está longe da data da viagem...

Sem a pressão de viajar também há tempo de conversar com um médico e perguntar sobre sensibilidade à vacina devido a condições pregressas.

Rosa
RosaPermalink

No aeroporto de Brasília é rápido, indolor e grátis. E seguro, naturalmente. Não precisa de agendamento.

SaraJ
SaraJPermalink

Oi gente.

Precisei tomar a vacina contra a febre amarela para ir a Bolívia esse ano (fui em março).

Fui em um posto de saúde perto da minha casa, ela carimbou uma carteirinha nova (então se você perdeu sua carteira de vacinação não tem problema).

Depois, no dia da viagem (não aconselho, pode ficar encima da hora), no aeroporto, fui até a sala da Anvisa onde a atendente me perguntou se eu havia feito o tal cadastro no site. Como eu nem sabia disso ela indicou uns computadores para fazer o tal cadastro no site, ali mesmo (leva uns 2 minutinhos).

Após isso fui ao guichezinho que tem e a moça já emitiu a carteirinha internacional.

Bom, acho que no total, fiquei entre 5 a 10 minutos para fazer o tal cadastro e a emissão da carteirinha, mas claro, quem conseguir fazer tudo antes não corre eventuais 'perigos' de tudo dar errado!

Abraços,
Sara

thatiana
thatianaPermalink

Gente...morro de medo de ter o visto negado...uma vez q nao trabalho fora...mas tenho marido e filhos aqui...
Se eu chegar lá no consulado (moro perto) e querer tirar um visto pra uma possivel viagem em 2011, cola??

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Leve toda a documentação que prove o seu vínculo com o Brasil (trabalho do marido, escola do filho, escritura, etc.)

Augusto
AugustoPermalink

Alguém sabe o procedimento quando o passaporte vence, mas o Visto Americano ainda está válido? Imagino que se viaje com o passaporte novo e o antigo. Alguém já passou por isto?
Abçs

Lot
LotPermalink

O procedimento é esse que vc citou: passaporte antigo com visto + novo válido por pelo menos 6 meses.

Augusto
AugustoPermalink

Obrigado...

FABIANA
FABIANAPermalink

Me surgiu uma dúvida lendo este post. Moro em Brasília e irei pra Miami via Manaus, por ser região norte, de floresta e tal... Eles cobram esse tipo de vacina, eu já a tenho, entretanto não tenho nenhum certificado internacional, tenho apenas o carimbo no cartão de vacina do governo daqui mesmo. Serve??

Obrigada!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Tem que emitir um certificado internacional na Anvisa.
Mas os Estados Unidos não exigem essa vacina não.

Lot
LotPermalink

Manaus não apresenta um risco de febre amarela maior do que Goiânia ou Brasília, por exemplo. Por ano, os casos de febre amarela nem são muitos, mas a taxa de morte dos contaminados é altíssima.

Mariana "de Toledo" (@merel)

Adorei o post! Ultra útil smile

Anderson
AndersonPermalink

Riq e amigos viajantes,
fui pra Jamaica e apesar de nao checarem la, tomei a vacina a febre amarela. Fui à policlinica da minha cidade, ou posto de saude qualquer, tomei a vacina e fiz uma nova carteira de vacinacao de adulto. Antes de embarcar, em GRU, fui a ANVISA, que fica ali em baixo perto dos caixas eletronicos e me cadastrei e eles emitiram o certificado internacional que fica grampeado no meu passaporte!
Foi bem simples... e agora tenho por 10 anos!
Abracos

Marcus Castro
Marcus CastroPermalink

Fabiana, o carimbo que você tem deve ser no seu cartão de vacinação, útil para controlar sua vacinas e validade. Mas, no exterior, só o papel amarelo tem valor, por ser o certificado internacional.

Tweets that mention Vacina contra febre amarela: não espere até precisar -- Topsy.com

[...] This post was mentioned on Twitter by Ricardo Freire, Ricardo Freire, Ricardo Freire, _tete and others. _tete said: concordo plenamente e estou em dia! Dicas do @riqfreire: providências que vc deveria tomar mesmo sem viagem prevista. http://migre.me/UY19 [...]

Alex Melo
Alex MeloPermalink

Esse negócio de paypal eu achava que era besteira também, até que fui alugar ap em NY e demorou tanto a validar minha conta no paypal que simplemsnete desisti de esperar e passei os dados do cartão de crédito por email, mesmo com medo.
No final, deu tudo certo e 2 dias depois confirmaram a maledeta validação ehhe

Febre amarela tenho história interessante. Eu já tenho a vacina a tempos, mas quando fui para a Bolivia em 2007, por Corumbá/Puerto Suarez, tinha um grupo que só ia para ver um jogo de Libertadores em Santa Cruz e não se atentou a nada. Prá que: o cara da alfandega bolivia encasquetou com eles e não deixou entrar sem a vacina. Depois de passarem todos, os sem vacina tiveram uma boa conversa com o carinha e resolveram o problema com 50 dólares cada!

Lot
LotPermalink

Lamentável!!! Tanto o policial que pediu propina como os malditos que pagaram a mesma.

Rodrigo Barneche
Rodrigo BarnechePermalink

Quando fomos fazer o tour no Salar de Uyuni nos pediram a carteira de vacinação na aduana boliviana. Segundo nos disseram, a vaciana é obrigatória para viajantes de países que dividem 'amazônias'. Nós não tínhamos a carteira, mas o guia da excursão (Flavio, da Cordillera Traveller de SPA) disse que dava um jeito e fizemos o tour tranquilamente.

Luciana
LucianaPermalink

Ricardo, uma dúvida que pintou agora, que eu acho que tu não vai saber me responder, mas e quando a mentecapta aqui, que vos fala, se vacinou e perdeu a carteirinha, faz o quê?

Jurema
JuremaPermalink

Já respondi ali em cima para o Filipe: "Se você foi vacinado em um centro de saúde, eles devem guardar um “espelho” da sua carteira de vacina, com os dados de lote etc. Se você lembra onde foi, pode tentar voltar lá e ver se consegue uma segunda via."

Marcus Castro
Marcus CastroPermalink

Isso mesmo, eu perdi a minha certa vez e fui lá conferir se isso era verdade mesmo (achava impossível), e era.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Oba!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Pergunta prum médico se tem problema de tomar nova vacina antes do tempo...

Maryanne hotelcaliforniablog.wordpress.com

Tem problema tomar a vacina nates do tempo sim ( claro que nao 6 meses antes, mas anos antes). Acabei de ir pra Manaus e tomei a vacina de febre amarela no dia que cheguei no Brasil. Como estava com a maior pressa e nao podia perder nenhum dia por causa dos 10 dias pra fazer efeito, fui num posto particular e paguei R$ 165. Mas deu tudo certo.

Sheila Machado
Sheila MachadoPermalink

Habilitar o cartão de débito do seu banco para fazer saque e débito internacional. Às vezes demora, porque o banco precisa enviar um novo cartão de débito para você, caso a sua conta não preveja esse serviço.
E, se já tiver o cartão de débito, se lembrar de reabilitar a função de saque internacional no site do banco ou na agência antes de viajar. É só informar as datas aproximadas da viagem ao exterior

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ótimo!

Rafaela Ventura
Rafaela VenturaPermalink

Só prá lembrar, vacina de febre amarela não é só prá viajar. Todo mundo que vive no Brasil deve estar com a vacina em dia. SP é área potencial de risco, Minas é área endêmica( tome vacina de febre amarela pra viajar prá Ouro Preto, rsrsrs). E toda vacina tem complicações, mas as graves são muito raras (febre amarela- encefalite pós-vacinal 1:17 milhões de vacinados). Quem é alérgico a ovo não deve tomar a vacina da rede pública, e sim procurar uma clínica especializada em vacinas.
Quem viaja com crianças deve se informar sobre as vacinas obrigatórias no destino, pois tem várias que são obrigatórias nos US e Europa que não fazem parte do calendário vacinal da rede pública brasileira. E existe sempre o risco de pedirem o comprovante de vacinação na alfândega.