Vai por mim: trem na Europa

Estação Atocha, Madri

Para mim o trem é a expressão máxima da civilização européia: eficiente, charmoso, democrático, tradicional mas em permanente modernização. No trem você viaja anônimo (só há check-in nos trens AVE espanhóis e no Eurostar, e a conferência de passaportes só acontece quando se ultrapassa a fronteira do espaço Schengen) e ninguém implica com o que você leva na bagagem de mão. Tampouco você é submetido às mesmíssimas explicações básicas toda vez que sobe num vagão. Quem nunca andou de trem talvez sinta falta daquele beabá que acompanha todo o penoso processo de check-in e embarque dos aviões. Mas basta chegar com alguma antecedência nas primeiras vezes, e logo você vai usar o trem com a mesma naturalidade dos nativos.

Para que serve

O trem é o meio mais rápido e civilizado de chegar a qualquer lugar situado a até 4 horas de distância. Para comparar: um vôo de uma hora de duração costuma resultar (pelo menos) nas mesmas quatro horas de viagem, contando os perrengues envolvidos no deslocamento, check-in e recolhimento de malas. (Para comparar tempo de vôo x tempo de trilhos, acrescente sempre três horas à duração do vôo.) O trem deixa você no centro da cidade, muitas vezes a poucos passos do seu hotel. É imbatível para explorar regiões delimitadas, com paradas em cidades de médio e grande porte, onde o carro seria um estorvo.

De Madri a Barcelona

Para que NÃO serve

Na hora de cobrir grandes distâncias, o trem perde feio para o avião. Oito ou dez horas num trem podem ser ainda mais desgastantes do que o mesmo período no ar. Trens também não são interessantes como se imagina para apreciar paisagens. Claro que existem as rotas realmente panorâmicas, mas são poucas (as da Suíça são imbatíveis). Nos trens de alta velocidade, então, só se vê um borrão na janela. Para apreciar o caminho (percorrendo estradas secundárias), o carro ainda é mais indicado na maioria dos lugares.


Estude sua viagem

Quanto tempo leva o trem entre Budapeste e Viena? Quais são as paradas intermediárias de Milão a Florença? Será que dá para ir e voltar confortavelmente de Paris ao Mont-St.-Michel no mesmo dia? O lugar para você começar a destrinchar a sua viagem de trem pela Europa é no site da Deutsche Bahn, a ferrovia alemã. Desde os primórdios da internet, a Bahn oferece o melhor (e mais amigável) banco de dados sobre as ferrovias de toda a Europa. Dica: simule viagens sempre nos próximos 30 dias.

Onde vão as malas (I)

Onde vão as malas? (II)

Onde vão as malas?

Com exceção do Eurostar que cruza o canal da Mancha, no trem europeu você não despacha as malas, nem tem nenhuma restrição de peso a transportar. A limitação está justamente no tamanho de bagagem que você consegue carregar sozinho para dentro do trem e armazenar nos compartimentos disponíveis. Malas maiores devem ser postas nas prateleiras que se encontram na entrada dos vagões; se já estiverem ocupadas, você vai ter que fazer força para pôr no compartimento acima do seu assento. A experiência leva os passageiros de trem a viajar leve. Procure viajar com uma mala de quatro rodinhas tamanho M (65 centímetros de altura, em pé). Leve também um cadeado de bicicleta para prender a mala ao gradil da prateleira, e assim não passar aflição enquanto a mala não estiver sob a sua mira (obrigado, Sylvia).

Dá para ir na segunda classe?

É o equivalente à classe econômica dos aviões — só que, em todo de até 10 anos de idade, é bem mais confortável do que a classe econômica dos aviões. É onde os europeus viajam.

A primeira classe tem assentos mais confortáveis e com um pouco mais de espaço; tem também menor disputa de espaço para colocar malas (até porque grande parte dos ocupantes são executivos que não vão com malas de turista). Em algumas ferrovias o wifi é incluído e pode haver café de cortesia. Na ponta do lápis, vale a pena quando aparece uma tarifa promocional.

Assento reservado

Tem que reservar assento?

Nos trens rápidos de Espanha, França e Itália, e em trens internacionais como o multinacional Thalys e o alemão ICE-Sprinter as reservas são compulsórias; só sobe no trem quem tem reserva.

Nos trens regionais em toda a Europa nunca é preciso reservar lugar (e na maioria das vezes isso nem é possível). Nesses trens pode-se inclusive viajar em pé.

Na Alemanha (com exceção do ICE-Sprinter), na Holanda (com exceção do Thalys) e no Leste Europeu os trens levam passageiros com e sem reserva. Os assentos reservados têm uma sinalização específica, que na maioria das vezes informa o trecho para o qual o assento foi reservado. Mesmo sem reserva, você pode ocupar esses assentos nos trechos em que não estejam reservados.

Um bom lugar para viajar sem reserva — nos trens em que é possível embarcar sem reserva — são os vagões-bares…

Trem noturno na AlemanhaTrem noturno na AlemanhaTrem noturno na Alemanha

Trem noturno: pense duas vezes

Muita gente sonha em viajar de trem à noite. Lamento informar que não é tão divertido quanto ver neve ou subir na Torre de Pisa. Trens chacoalham, fazem barulho, param em estações pelo caminho (ocasiões em que sobem e descem passageiros). Quem não está acostumado pode acabar pagando para passar a noite em claro. Chegar cedo demais ao destino também pode não compensar: poucas cidades funcionam antes das 9 ou 10 horas, e é provável que o quarto do seu hotel só esteja disponível depois do meio-dia.

Passes valem a pena?

Os passes de trem já não compensam como antigamente. Hoje em dia não são mais emitidos por dias corridos, e sim por dias estanques de viagem. Na ponta do lápis, só valem muito a pena quando envolvem longos deslocamentos – justamente aqueles trechos que são melhor feitos de avião. Comprando com antecedência trechos ponto a ponto diretamente nos sites das companhias ferroviárias européias você consegue tarifas descontadas. No entanto, para compras de última hora – quando os descontos já se esgotaram – os passes podem se justificar economicamente também. A maior vantagem é poder mudar o itinerário (dentro da área de abrangência do passe). A parte chata é precisar fazer reservas de assentos em trens rápidos ou internacionais – e pagar entre €4 e €22 de taxa suplementar por viagem. Nos trens noturnos os suplementos vão de €25 (beliche num compartimento de seis) a €105 (cabine individual). Os passes mais vantajosos são o German Pass (válido na Alemanha, com direito a ir até Salzburgo na Áustria e Basiléia na Suíça) e o Swiss Pass, que dá direito também a barco e ônibus.

Passagens avulsas: saiba os macetes

O melhor negócio é descolar seus trechos ponto a ponto diretamente nos sites das companhias ferroviárias européias. Comprar com antecedência no site do país no qual se origina o trecho pode garantir descontos de até 70%. Na Deutsche Bahn (Alemanha), trechos de €19 e €29 aparecem 81 dias antes da data. Na Voyages-SNCF (França), as tarifas Prem e Loisirs aparecem com 90 dias de antecipação. Na Trenitalia (Itália), as tarifas Mini (60%) dos trechos de alta velocidade aparecem com 60 dias (há leitores que estão achando com 90 dias, então comece pesquisando cedo). Na Renfe (Espanha), as tarifas Web e Estrella começam a pulular entre 120 e 90 dias antes da viagem. Você também pode xeretar ofertas nos sites do Thalys (Paris-Bruxelas-Amsterdã, com um braço Bruxelas-Colônia), NS Hispeed (Holanda), ÖBB (Áustria), SBB (Suíça), CP (Portugal), CD (República Tcheca) e TheTrainLine (Reino Unido). Para comprar passagens no Eurostar saindo de Londres, use Eurostar.co.uk; saindo de Paris, Voyages-SNCF.

Passagens avulsas: entenda as pegadinhas

Não tente comprar com antecedência demasiada: antes dos prazos descritos no parágrafo anterior, os trens (e os descontos) podem ainda não estar inseridos no sistema. (Isso é ainda mais verdadeiro no fim do ano, quando todos os sistemas meio que param à espera da mudança de horário de inverno, que acontece lá por 10 de dezembro.) No Voyages-SNCF, não saia da versão francesa; se você mudar para a versão inglesa, vai ser redirecionado ao site do TGV internacional, onde os descontos mais polpudos não aparecem.  Na Deutsche Bahn, as passagens com origem fora da Alemanha (por exemplo: Praga-Berlim) não dão direito a e-ticket; a entrega então é só pelo correio, que leva três semanas até o Brasil. Na Trenitalia, reserve os trechos em alta velocidade separadamente dos trechos regionais (que não oferecem descontos grandes porque já são normalmente baratos — obrigado, André Lot). A mesma coisa vale para passagens a Bruges; para conseguir desconto, compre a passagem até Bruxelas (o trecho regional quase não varia de preço e pode ser comprado na hora; não há reservas neste trecho). O maior problema os sites das cias. ferroviárias européias é que muitos deles (Renfe e Trenitalia, sobretudo) encrencam com cartões emitidos no Brasil. A querida blogueira Dri Setti, que mora em Barcelona, descobriu que o Diners Club é aceito sem problemas na Renfe; quem não tiver o cartão pode tentar os trechos espanhóis mais importantes no site de reservas Atrapalo.com.

Onde comprar em português

Caso você não queira esquentar a cabeça com sites estrangeiros e esteja disposto a pagar pelo serviço, há ferramentas próprias para brasileiros. A própria RailEurope (o consórcio de companhias ferroviárias liderado pela SNCF francesa) tem um site em português do Brasil; a TT Operadora é outro revendedor tradicional. Ambas aplicam sobretaxas aos trechos vendidos, mas de um tempo para cá já emitem passagens online em algumas ferrovias (antigamente as passagens vinham pelo correio).

Publicado originalmente na minha página Turista Profissional, que sai toda terça-feira no suplemento Viagem & Aventura do Estadão.

Leia também:

Trem na Europa: onde vale a pena, onde não vale por Ricardo Freire

Desmistificando a economia e a praticidade do Eurail Pass, no Dois Mapas

Europa: avião, trem ou carro? por Ricardo Freire

Viena a Praga de trem: como comprar a passagem pela internet por Ricardo Freire

Passo a passo: de Munique ao Castelo de Neuschwanstein de trem por Ricardo Freire

Passo a passo: bate-volta de Roma a Nápoles e Pompéia de trem por Ricardo Freire

Um  pulinho em Bruges, de trem por Ricardo Freire

Uma escapada ao Mont-St.-Michel, de trem e ônibus por Ricardo Freire

Madri: 5 bate-voltas fáceis de fazer, de trem por Ricardo Freire

Europa: monte sua viagem por Ricardo Freire

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email
Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


1.619 comentários para “Vai por mim: trem na Europa”

  1. Olá!
    Estou montando um roteiro assim:
    Chegada e saída por Paris, depois: Paris-Lucerna (sede), Lucerna -Colônia (sede), Colônia-Londres (sede) e Londres-Paris (sede). Todos estes trechos de trem.
    Existem trens que fazem direto Paris-Lucerna, Lucerna-Colônia, Colônia-Londres? Não queria fazer muitas trocas pois estarei com malas e também não queria ir de avião por companhias low cost também por causa da bagagem. Qual sua sugestão?
    Obrigada!

    1. Olá, Denise! Você pode ver horários em http://www.bahn.de/international . Simule sempre nos próximos 30 dias para ter idéia dos horários. Depois compre nas cias. nacionais.

      Já vou adiantando que o que você imagina não existe. Trens diretos existem em cidades que estão no mesmo tronco. De Paris a Lucerna haverá baldeação, de Lucerna a Colônia de uma a duas baldeações, de Colônia a Londres uma baldeação.

      1. Querida Bóia, aproveitei sua dica e corri para o site da voyages-sncf para comprar as passagens de trem entre Paris-Amsterdam-Bruxelas-Londres. Encontrei preços muito bons, contudo, não consigo efetuar a compra usando cartão de crédito por causa do sistema 3D de segurança. Entrei em contato com a Mastercard e com a CEF e ambos desconhecem esse sistema de segurança. Alguma dica para conseguir comprar as passagens sem esse empecilho?

    2. Viajar de trem ou metro em Paris é complicado, não tem escadas rolantes, nem elevadores, sofremos muito com malas pesadas, fomos de Londres à Genova, passando por Paris, achamos que era direta de Paris a Gênova, ledo engano sofemos com muitas baldeações e escadas enormes.

      1. Olá, Doralice! Desculpe: de Londres a Gênova se vai de avião. De Paris à Itália se vai de avião, e não de trem! Mesmo se a distância não fosse tão longa, há o problema da troca de estações de trem em Paris. Foi um erro de planejamento.

  2. Boa noite, estou tentando comprar a passagem de Bruxelas para Munique no site da NS Hispeed, para 10/04/2014, e não estou conseguindo.
    A mensagem pede para que eu ligue para fazer a reserva. Sabem me informar o porque disso?
    Eis a mensagem:
    “Notification
    Close
    Online, NS Hispeed sells a wide range of both trips departing from the Netherlands to other countries (one-way and return) and coming from abroad to the Netherlands (one-way and return), as well as a limited number of routes from abroad to another foreign country (one-way and return). Other trips can be booked by telephone via Customer Care (0900-9296, € 0.35 p/m) and at desks at Tickets & Service offices at all medium to large train stations.”

    1. Olá, Rodrigo! Como a viagem tem origem em Bruxelas e destino Alemanha, tente na https://www.b-europe.com/Travel ou na http://www.voyages-sncf.com . Talvez você consiga também na http://www.bahn.de/international .

      É uma viagem de 7 a 9 horas de duração, com 1 a 3 baldeações. Compare com o preço do avião, pode compensar voar.

    2. A NS não vende trens que não tenham origem ou destino na Bélgica.

      Compre seu bilhete na DB.

  3. Boia, boa noite, vi em seu site, uma ‘rota’ dos trens da Europa, por ex:
    Portugal faz Espanha e França
    França faz Italia, Espanha – Alemanha

    Nao me lembro exatamente se era assim, mas nesse post, vc falava sobre o caminho dos trens.
    Porem nao o encontro mais…
    Voce poderia posta-lo, novamente??
    Grata
    Aline

  4. Ola, boa noite!!
    Gostaria de ir de Trem de Paris até Berlim. Qual das cias faz este trajeto? Tem alguma que eu posso pegar direto ou por mudar de pais tenho que trocar de cia de trem?
    Obrigada

    1. Olá, Viviane! De trem você levaria entre 8h15 e 9h, com conexão em Colônia ou Manheim. Pode comprar em http://www.voyages-sncf.com ou http://www.bahn.de/international .

      Vá de avião.

  5. Olá.boa-noite.Gostaria de sua ajuda, se possível.tivemos um problema logístico em relação a nossa viagem e não temos como resolver.Iriamosde Munique á Praga e de lá faríamos a viagem de volta ao Brasil.Acontece que agora nossa passagem de volta será de Amsterdan..Achamos muito longe sair de Praga a Amsterdan e o custo vai ficar alto.Vc sugere alguma opção de passeio entre Munique e Amsterdan.Ficamos sem opção.Desculpe a longa explicação.Obrigada.

    1. Olá, Lucilia! Você incorreu no maior erro da compra de passagens internacionais. Veja:

      http://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum/

      O que você pode fazer é tentar inverter o seu roteiro par ir primeiro a Praga e depois a Munique, que está mais perto de Amsterdã.

  6. Olá, sou fã do blog.

    Só para informar que fui em 2011 e 2012 para a Espanha e nas duas vezes viajei de trem pelo país. Comprei as passagens pela Renfe, com bastante antecedência e nunca tive problemas com meu cartão de crédito emitido no Brasil. E não é o Diners. Comprei diversas passagens diferentes sem problemas.

    Abraços

  7. Bóiaaaa!
    Cá estou eu novamente! Acabei de efetuar a compra das passagens – Paris – Bruxelas e Bruxelas – Amsterdam diretamente do site SNCF. Tive o mesmo problema de uma garota que a verificação não funcionou (mas funcionou com o cartão Itau do marido – o meu é BB). Enfim, recebi uma confirmação de compra e os códigos das passagens, masss não recebi as passagens em si. Ainda as receberei? Help antes que eu me afogue! rsrs. Obrigada

    VOTRE VOYAGE

    PARIS vers BRUXELLES – le 12/05
    Référence du dossier : SVDQLE Nom associé : NASCIMENTO
    Vous avez choisi : le Ticketless Thalys
    Chaque billet sera adressé séparément par email aux adresses renseignées.
    Le jour de votre voyage, présentez soit votre billet Ticketless reçu par email, soit votre carte Thalys TheCard.

    2ème Passager
    (26 à 59 ans)
    Madame Ellen Nascimento
    Lors du contrôle à bord du train, vous devrez présenter votre billet Ticketless reçu par email.

    1. Olá, Ellen! O texto diz que as passagens serão enviadas por email.

  8. Bóia, estou tentando comprar o trecho Madri – Toledo em 01/05.
    Vários horários estão com a seguinte mensagem:

    El tren consultado no se encuentra disponible para la venta en estos momentos. Inténtelo de nuevo más adelante y disculpe las molestias.

    Será que as pasagens se esgotaram?

    1. Olá, Fábio! Ou estão lotados, ou não abriram ainda por se tratar de feriado.

      1. Bóia, o retorno esta ok.
        Pensei em comprar a volta e ir de ônibus. Estou vasculhando a internet e nada.. Sabe se tem alguma empresa que faz Madri – Toledo?

        1. Olá, Fábio! Compre em http://www.alsa.es . Mas por enquanto os horários de maio ainda não estão disponíveis.

  9. Boia, bom dia.
    farei o trajeto abaixo do dia 1 de Abril ao dia 11 de Abril e estou avaliando para ver qual trecho vale a pena fazer de trem e qual vale a pena fazer de avião.

    Você comenta em vários posts para utilizar o site da Bahn para destrinchar a viagem de trem pela Europa e pegar os dados sobre as ferrovias, contudo ainda não entendi como posso fazer isto por este site. Estou colocando Paris > London, por exemplo, e aparecem 3 opções de horário, mas sem indicação de valor. A única cia indicada nestas 3 opções de horário eh a Eurostar. Sendo assim posso entender que essa eh a única empresa que faz este trajeto neste dia, eh isto?
    Após isso devo ir no site da Eurostar e efetuar a compra por la?

    abaixo meu roteiro:
    Paris > Londres: ficando em Londres por 5 dias
    Londres > Amsterda: Ficando em Amsterda e talvez outra cidade proxima por 3 dias
    Amsterda > Bruges;Gent: ficando em Bruges e Gent por 3 dias
    Bruges > Paris (Retorno, pois moro perto de Paris)

    Obrigada,
    Viviane

    1. Boia,
      outra duvida ainda neste mesmo post.
      Qual estacao de trem devo selecionar em Amsterdam? Tem muitassss!!! ou qualquer uma eh aceitável?
      obrigada
      VIviane

      1. Olá, Viviane! De Londres a Amsterdã você pode ir de trem ou de avião. Compare as duas possibiilades. Para conseguir tarifas descontadas nos dois meios, você deveria ter começado a pesquisar com 90 dias de antecedência.

        O site da Bahn alemã tem o melhor database de horários, mas não informa preços de trens que não se originam na Alemanha ou não têm como destino a Alemanha.

        Compre Paris-Londres em http://www.voyages-sncf.com . Amsterdã-Bruxelas você pode tentar em http://www.nshispeed.com , http://www.thalys.com ou http://www.voyages-sncf.com .

        1. mto obrigada!! vou olhar tudo agora mesmo!! Ótimo carnaval!

  10. Bóia, em abril estarei na Itália e terei de ir de Veneza a Nápoles no dia 18/04. Minhas opções são:
    a) um trem rápido, que leva 4:55h e custa 95 euros, ou
    b) uma low cost, cujo voo demora 1:15h e custa 101 euros, já com a taxa para levar uma bagagem de 20 kg.
    (obs.: 18/04 é o feriado da sexta-feira santa, acho que os preços estão mais caros por isso. já dobrei e desdobrei meu roteiro, mas para evitar esse feriado eu teria que fazer uma coisa tão rocambolesca que acho que não vale a economia… rsrs)

    Bem, usando as dicas que o Riq propõe neste texto (somar 3 horas ao tempo de voo / trem vale a pena para viagens de até 4 horas), o trem levaria desvantagem (seriam 4:15h no avião versus 4:55h no trem). Porém, de Napóles irei direto a Sorrento de trem; não vou ficar na cidade. Os preços e os horários de chegada de ambos os meios de transporte são similares.

    Nesse caso, será que a vantagem de descer direto na estação em que vou pegar o trem para Sorrento não compensaria a viagem um pouco mais longa (além do fato de não ter limite de babugem)?

    Obrigada! Beijos e bom carnaval! :)

    1. Olá, Barbara! No caso, ir de trem será mais vantajoso. Você pode também ir direto a Salerno e alugar o carro por lá.

      Recomendamos viajar com pouca bagagem, havendo ou não low-costs envolvidas.

  11. Obrigada pela resposta, Bóia!

    Estou com outra dúvida: Farei minha viagem por quatro países (França, Suíça, Alemanha e Inglaterra), tudo de trem e muitas vezes bate-volta para cidades próximas. Gostaria de saber se é melhor comprar as passagens avulsas para cada ponto ou se vale a pena comprar o passe Eurail para cerca de 20 dias. Qual a vantagem deste passe?

    Obrigada!

    1. Olá, Denise! Por favor leia o que está escrito no texto sobre passes. Obrigada!

  12. Boia – Estou querendo comprar passagens de trem genova – roma – vi tudo na Raileurope – pergunto se comprar eles enviam por e-mail ou tenho que esperar postagem por correio – a segunda opção inviabiliza pois estou partindo breve (vou de navio) – pode comprar na hora?

    Agradeço

    Luiz Otavio

    1. Olá, Luiz! Vá até a última página antes de fechar a operação para ver os métodos de entrega dessa passagem. Podem variar.

      Leia mais:
      http://www.viajenaviagem.com/2014/02/comparacao-precos-raileurope-x-ferrovias-europeias/

  13. Obriga do pela dica – tive medo de ir ate a ultima pagina e comprar para ver método de entrega

    Na verdade vou passar muito pouco tempo em Roma – Chego a Gêenova de navio saído do Rio – 17 noites passando por Tenerife – Lisboa – Cadiz – Barcelona – Toulon – Genova e Roma é só saída – Passarei uma tarde uma noite e + 24 horas – vou ver o que puder e Coliseu e a Fontana di Trevi + o “Papa” rsrsrs

    Forte abraço

  14. Boia – Dando um retorno – Fiz como vc disse e antes de pagar me foi informado que seria enviado o bilhete por e-mail e eu o inprimiria – diante dessa informação fiz a compra e imediatamente recebi, apos confirmação de pagamento, o bilhete a ser utilizado no dia.

    Fico-lhe grato pela atenção e presteza no atendimento.

    Forte abraço

  15. boa tarde.
    Gostaria de viajar de trem de Praga para Munique em Abril. Entretanto entrei no site da Bahn e só aparecem onibus. Não existe trem de Praga para Munique? Obrigada

    1. Olá, Rosilene! Existem três trens por dia, mas levam 1h a mais que o ônibus. Por isso a Bahn oferece ônibus como se fossem trens. Prefira os diretos. Há horários mistos, em que se vai de trem até Nuremberg/Nürnberg e de lá de ônibus a Praga.

  16. Olá, estarei na frança em meados de junho durante dez dias, sendo que os dois últimos dias serão aproveitados no vale do loire. Gostaria de saber se há algum trem que vá de Tours ao Aeroporto Charles de Gaule?

    grato

    1. Olá, Pablo! Há trens diretos de St.-Pierre-des-Corps, a apenas 5 minutos de trem de Tours. Vale a pena, porque senão você precisaria ir a Paris e pegar a RER.

      Veja horários em http://www.voyages-sncf.com a partir de 90 dias de antecedência.

  17. Prezados,
    Pretendo realizar o seguinte trajeto, por trem:
    Paris – Copenhagen
    1.Copenhagen – Gronehave (Dinamarca)
    2.Gronehave – Helsingborg (Suécia)- trecho por mar.
    3.Helsingborg – Estocolmo
    4.Estocolmo – Helsinque (Finlândia)
    5.Helsinque – São Petersburgo (Rússia)
    É possível? Como brasileiro, necessito vistos na Dinamarca, Suécia, Finlândia e Rússia? Há cuidados especiais para fazer esta viagem?
    Posso adquirir as passagens daqui do Brasil?
    Guilherme.

    1. Olá, Guilherme! Só precisa de visto para a Rússia. Compre as passagens com antecedência pela internet.

      Leia sobre a Escandinávia e a Rússia em blogs que têm conteúdo destes países. A gente indica aqui:
      http://www.viajenaviagem.com/2011/07/blogs-e-dicas-de-escandinavia-balticos-e-russia-quem-tem/

    2. Prezado Guilherme,

      Fiz uma viagem de navio (cruzeio) pelo mar Báltico a 3 anos atrás, indo até São Petersburgo. Viagem linda e inesquecível. Não foi necessário tirar visto para a Russia, e nem foi exigido. No entanto, no site da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitéria)é apresentada a informação da necessidade de se ter a CARTEIRA INTERNACIONAL DE VACINAÇÃO.

      Boa sorte e boa viagem!

      Alfredo Palmer

  18. Boa Noite Boia! Primeiramente gostaria de agradecer a esse blog e aos comentários, que tem me ajudado e muito a organizar esse ano a minha primeira viagem à Europa. E por isso, me sinto na obrigação de ajudar a todos que também estão planejando a sua viagem relatando a minha experiência em várias etapas do meu planejamento.

    Enfim, quanto ao bilhete de trem, o único trecho que farei com passagem avulsa (o restante farei com o Swiss Pass), será entre Paris (Gare de Lyon) e Lucerna. Pesquisei pela SBB e na SNCF (versão francesa). Para o horário e trecho que eu queria, a SBB não vendia passagens com desconto pela internet, somente nas lojas da SBB. Então fui tentar na SNCF em francês, e estava quase o mesmo preço para o mesmo horário e tipo de tarifa (71 euros). Por curiosidade, antes da compra fui ver como estavam as tarifas para outras versões do site da SNCF e, na versão para a Espanha, a mesmíssima passagem estava 66 euros e o melhor, com entrega por correio gratuita. Para se ter ideia da economia, se eu fosse comprar pela Rail Europe A MESMA PASSAGEM com o custo de envio sairia a 140 euros. Sem pensar, comprei a passagem da versão em espanhol, mesmo com medo de não receber a passagem a tempo (minha viagem é em maio\2014)

    Ao contrário de do que muita gente relatou, não tive nenhum problema para pagamento da passagem pelo meu cartão de crédito (Ourocard). Digitando os dados do cartão e confirmando a compra, o próprio site redireciona para o Verified by Visa no Internet Banking do BB para que eu libere a transação com a minha senha. Confirmado a compra, já foi enviado a ordem para impressão das passagens e espantem vocês, em nove dias corridos chegaram minhas passagens aqui no Brasil.

    Uma dica importante: nas versões para outros países (seja para a Espanha, Suíça, etc) normalmente não tem a opção de autopreenchimento das cidades que ficam fora da França (no meu caso, Lucerna), então tive que digitar o nome da cidade em espanhol e solicitei a busca. O próprio sistema reconhece a cidade e já mostra as passagens disponíveis. Outra coisa é a localização da poltrona. Antes de selecionar a sua passagem, dá pra selecionar se você quer ir no corredor ou na janela (na figura do boneco na poltrona ao lado da mensagem “escolha sua poltrona” no idioma que vc escolheu). Caso não escolha, o próprio sistema escolherá um aleatório.

    Espero ter ajudado,

    Abs, Gustavo

  19. Boa noite Boia!
    Será que a segunda classe para bilhetes de trem pela rail europe para o leste europeu sao muito ruins? Mesmo com assemtos marcados correria o risco de viajar em pé? Tentei comprar a 1* classe mas recebi uma mensagem assim : ” Recebemos sua solicitação. A mesma não está confirmada e portanto não realizamos nenhum débito em seu cartão de crédito. É possível que algum trajeto solicitado não se encontre disponível na tarifa solicitada. Para que possamos confirmar sua reserva por favor entre em contato no telefone 0800 892 3012 de segunda a sexta de 10hs a 13hs ou de 14hs a 17:30.”
    A outra opçao, se houver reserva disponivel será, a 2* classe mas li em alguns posts a possibilidade de ter que viajar sem assento… Como estou indo com minha mãe de60 anos não queria correr esse risco.
    Obrigada!

    1. Olá, Ana Gabriela!

      Veja o que você consegue na cia. do país de origem do trecho.

      Leia:
      http://www.viajenaviagem.com/2014/02/comparacao-precos-raileurope-x-ferrovias-europeias/

  20. Bom dia!

    Estou querendo ir de trem de Bruxelas para Salzburgo na Áustria, e estou ciente que a viagem é demorada. Vi tarifas de 140 Euros/casal na primeira classe. A minha dúvida é a seguinte: Como trata-se de uma viagem longa, eu gostaria de poder contar ou com poltronas que reclinem bastante (leito) ou mesmo beliches. Existe algum padrão? Como identifico isso nas passagens?
    Meu receio é pagar mais caro na primeira classe e a poltrona reclinar pouco, impossibilitando realmente descansar/dormir durante o percurso.

    1. Olá, Rodrigo! Só há beliches em trens noturnos. Nesses você precisará comprar couchette, que vem em compartimento de 2, 4 ou 6 beliches de acordo com o trem — e custam caro. A poltrona da primeira classe reclinará um nadinha a mais que a segunda.

      Vai pelo Ricardo Freire: trem noturno é a pior viagem.

      Leia:
      http://www.viajenaviagem.com/2014/03/roteiro-de-viagem-dicas-para-montar/

  21. Olá Bóia, boa noite,
    Estou indo de Milão para Veneza de trem em junho e tenho dúvida se compro primeira ou segunda classe.Estou indo com meu marido e 2 adolescentes, pelo menos 4 malas grandes.
    Obrigada

    1. Olá, Alessandra! Troque as malas por malas tamanho M, com 65 cm de pé. Maiores do que isso, você vai se arrepender amargamente de ter pego trem, mesmo na primeira classe.

      Viajar de segunda classe é perfeitamente OK.

    2. Não há diferenças grandes entre as classes, como vemos nos aviões. É uma ou outra comodidade a mais. Se for uma diferença de preço muito grande, vai de segundona mesmo!

  22. Ola

    Como e a melhor forma para me deslocar de Roma para Lisboa??

    Obrigada

    1. Olá, Ana! De avião. De trem dá no mínimo 36 horas de viagem.

  23. Bom dia,

    Vou ficar alguns dias em Londres, quais países próximos sugere para visitar de trem?
    Obrigada.

    1. Olá, Sandra! Veja a seção “Daqui pra onde” desta página:

      http://www.viajenaviagem.com/europa/londres-ricardo-freire

  24. Boa noite Boia
    Estarei viajando de Paris a Beaune em maio de trem. Gostaria de saber se existe TGV para este trecho, me parece que o TGV me deixria em Dijon onde teria que pegar o trem Regional. Os vagões da 1ª classe têm o mesmo conforto do TGV?
    Aguardo seu retorno. Obrigado
    Luiz Morais

    1. Olá, Luiz! Há dois trens nessa rota, um Regional e um Regional Expresso. Não sabemos se há diferença entre os dois além de parar mais ou menos. O Regional Expresso leva apenas 19 minutos entre Dijon e Beaune. Você mal sentou, já terá que levantar.

  25. Boa tarde!
    em junho vou para Paris onde passarei 30 dias.
    Tenho idéia de fazer viagens bate-volta de trem ao redor de Paris e talvez ir a Bruges.
    Pergunto: seria vantajoso comprar o passe de trem?

    1. Olá, Sonia! Vale a pena comprar com 90 dias de antecedência no site da http://www.voyages-scnf.com .

  26. Boa tarde
    estou indo fazer minha primeira viagem sozinha e pra fora do Brasil agora em abril/14.
    Estou bem perdida então quanto mais info conseguir juntar será melhor
    Farei o passeio Alemanha (Berlim, Munique), Austria (algumas cidades) e Polônia. Estou vendo que existe a possibilidade de eu comprar uma passagem de trem que me dá possibilidades de algumas viagens dentro de um certo período e pelo o que pesquisei seria muito mais interessante eu fazer isso, correto?

    1. Olá, Camila! Na verdade, salvo exceções, passagens avulsas valem mais a pena do que passes de trem. Explicamos no post acima.

      Veja como montar a sua viagem à Europa aqui:
      http://www.viajenaviagem.com/europa/europa-como-quando-quanto-tempo/

  27. Pessoal, estou com um probleminha na compra, talvez vocês tenham alguma informação para me passar.
    Quero comprar um trecho no thello (noturno) entre paris e milao. Pesquiso no site da rail europe e encontro o horario que quero, saindo às 20 horas.
    Porém o preço é alto.
    Dai vou procurar no voyages sncf e nao aparece o horario que quero.
    Sera possivel ser “exclusivo” da rail europe?
    Estou com boa antecedência, quase 3 meses, queremos para. Dia 13 de junho….
    Obrigada!

    1. Olá, Camila! Não sabemos o que pode estar acontecendo, não temos experiência com trem noturno. Aproveite para considerar voar entre os dois lugares.

      Leia as considerações do Ricardo Freire sobre trem noturno:
      http://www.viajenaviagem.com/2014/03/roteiro-de-viagem-dicas-para-montar/

      1. Obrigada pela resposta!
        Justamente pelos comentários do Ricardo procuramos vôos, mas estamos numa escolha dificil!
        O fato é: passaremos o final de semana má Suíça com amigos que moram em Milão e depois voltaremos com eles para Milão.
        A opção mais obvia seria pegar um trem em paris e encontrar ele na Suíça e depois descer de carro com eles para Milão, onde passaremos uns dias. Porém estaremos com malas de duas pessoas para duas semanas e isso nao caberia nem de longe no pequeno carro que eles possuem junto com 4 pessoas.
        Então li as dicas do Ricardo sobre pensar bem no trem noturno e procurei passagens low coast. Achei e teria o problema da mala. Então pensamos em pegar a passagem mais cara que inclua a bagagem, mas estamos com medo pela distancia entre aeroportos e cidades, de perdermos a sexta inteira para conseguir chegar aos distantes aeroportos das low coast, e ainda precisaremos fazer o mesmo em milao ao chegar.
        As passagens pelas companhias aéreas tradicionais estão custando 600 euros.
        Então como ultima opção apareceu o trem noturno que nos deixaria perto da casa deles as 6 da manha, largamos as malas na casa deles e pegamos a estrada. Nao temos o inconveniente de ter que esperar um quarto de hotel, pq ficaremos na casa deles.
        Nao parece muito inteligente, mas nao estou encenando uma opção…
        :(
        Obrigada novamente!

        1. Olá, Camila! Pelo menos vocês já poderão assumir seus aposentos na casa dos amigos :-)

  28. Em Portugal a CP faz desconto de 20% se você viajar TAP.

  29. Olá , gostaria de saber se a idade mínima para se viajar de trem é mesmo de 4 anos, em setembro vou para a Itália e gostaria de fazer Florença -Milão de trem e Milão-Stresa com meu filho de 2 anos e meio. Será que nesses dois trechos há essa idade mínima? Obrigada.

    1. Olá, Mariana! Crianças menores de 4 anos podem viajar de trem, sim. Até esta idade, elas não precisam de passagem — mas não têm direito a assento, tendo que viajar no colo de um passageiro pagante.

  30. Olá, vou para Munique em setembro e de lá vou para Paris. Vi no texto que vocês falam para pensar duas vezes, pois o trem noturno é muito desgastante. O problema que de Munique para Paris quase não tem opções de voos e a maioria tem escala, o que faz com que o tempo de viagem suba para umas 6h (somando viagem e tempo de conexão)e mesmo assim as passagens são mais caras que a passagem do trem noturno primeira classe com cama para duas pessoas. Queria saber de vocês se mesmo assim insistimos em ir de avião, ou se nesse caso o trem seria mais recomendável. Obrigada!

    1. Olá, Marcela! Você deve estar pesquisando errado. Há 10 vôos diretos diários entre as duas cidades, 5 pela Air France e 5 pela Lufthansa.

      Leia sobre a experiência de pegar o trem noturno:
      http://www.viajenaviagem.com/2014/03/roteiro-de-viagem-dicas-para-montar/

      Da próxima vez, inclua todos os trechos aéreos na sua passagem internacional:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum/

  31. Olá Bóia,

    Estou na dúvida do melhor transporte entre Praga e Berlim. Aviao ou trem?
    Quanto tempo leva de aviao e de trem?

    Obrigada!

    1. Olá, Denise! É o trem.

      1. Obrigada, Bóia!!

    2. Olá Denise,

      Estarei viajando entre Berlim / Dresdem / Praga / Munique de trem em junho/2014.
      Pesquisei preços entre as cias RAIL EUROPE, TT e BAHN. Os melhores preços e com bons horários eu encontrei na BAHN, além da ser muito fácil e emitir o voucher eletronicamente.

      Boa sorte!

      Alfredo Palmer

      1. Obrigada, Alfredo!

        Vou pesquisar então!

  32. Oi Bóia
    Estou planejando sozinha e por conta própria uma viagem para Berlim e depois ônibus ou trem para Praga, Viena, bate e volta Bratislava e Budapeste. Gostaria de ir daqui já com tudo pago e reservado.
    Minha pergunta é: estas passagens de trem ou ônibus compradas na internet ( eurolines, db de, öbb, cz cd… ) basta imprimir aqui em casa e apresentar no embarque ou devo retirar/validar no balcão da empresa lå na hora???
    Obrigada

    1. Olá, Ivana! Você conseguirá comprar passagens e emitir bilhetes em casa para trechos originados na Alemanha, na Áustria e na República Tcheca, usando os sites das cias. nacionais. Para viagens originadas na Hungria, compre ao chegar. Não há outra maneira, a não ser que você queira pagar o sobrepreço da Raileurope.

  33. ola gostaria de saber em quais Companias posso comprar on line os tickets de trem entre Innsbruck e Veneza (Sta Lucia). Desde já agradeço.

    1. OEBB

    2. Olá, Thiago! Na http://www.oebb.at/en .

  34. Olá!
    Tentei comprar passagem para três pessoas no site cd.cz. De Praga para Viena no dia 25/05/2014 e não consegui no horário que queria 8:39 Hras para três pessoas, só para uma (será q já acabaram?!). Só consegui para as 6:39, só que não consigo finalizar o verified by visa. Acho que meu banco está com problemas, já liguei lá e não conseguem entender porque não finaliza. Existe possibilidade de comprar com dois dias de antecedência, lá em Praga? Fiquei preocupada de não ter mais vaga porque já não aparece no site todos os horários. O que vc acha? Sempre tem passagens? Obrigada
    Eliane

    1. Olá, Eliane! Sim, dá para comprar ao chegar.

  35. Oi Bóia!
    Desculpe a insistência, mas sou muito ansiosa! Acha que posso ficar tranquila que encontro passagens para comprar quando chegar em Praga para ir para Viena? Assim como de Viena para Budapeste? Todos os sites agora estão exigindo o verified by visa e não completa a compra! Terei que comprar também em Paris para Bruges e Amsterdam, se achar que não tem problema comprarei lá também!
    Obrigada mais uma vez.
    Eliane

  36. Olá,
    Comprei passagens de trem para mim e meu marido, 2ª classe, de Berlim até Praga. Não fizemos a reserva de assentos, mas agora estou preocupada com a possibilidade de ter que viajar em pé. Você saberia dizer se isso pode acontecer? Eles vendem mais passagens que poltronas existentes? Ou corremos apenas o risco de sentarmos bem longe um do outro?
    Muito obrigada,
    Abraços.

    1. Em fevereiro do ano passado fui em pé de Munique à Innsbruck, porque eu tive a genial ideia de economizar 3 euros ao não marcar assento. Mas penso que mesmo que eu tivesse reservado, eu não conseguiria chegar ao meu assento, de tão caótico que estava o trem, com pessoas sentadas em cima das malas nos corredores, e nas entradas e saídas dos vagões.

    2. Olá, Taís! Como o post acima explica, sim, você corre o risco de ir em pé.

1 ... 13 14 15

ATENÇÃO:
Antes de perguntar, veja se a dúvida já não está respondida no texto. Perguntas redundantes e comentários em maiúsculas serão apagados. Obrigado!