Como escolher o seu destino de neve na América do Sul: Chile ou Argentina?

  • 0
Mariana Amaral
por Mariana Amaral

cerro castor

Colaboraram | Natalie Soares e Ricardo Freire

Você já decidiu que suas próximas férias de inverno vão ser na neve, na América do Sul. Mas qual estação de esqui escolher? Os principais destinos de neve entre Chile e Argentina oferecem experiências diferentes tanto dentro das pistas quanto fora delas. Por isso, descubra o que você espera da sua viagem antes de decidir para onde viajar:

Na sua viagem na neve

  • Você quer apenas brincar na neve ou quer aprender a esquiar?
  • Você quer acordar na cidade ou quer acordar nas montanhas?
  • Não encontrar condições ideais para praticar esqui estragaria a experiência?
  • A diversão das crianças é o que mais importa?

Usamos as respostas a essas perguntas para comparar seis dos destinos de neve mais populares da América do Sul -- Bariloche, Villa La Angostura e Ushuaia, na Argentina; Valle Nevado, Portillo e Chillán, no Chile. Aproveite as dicas para escolher a sua:

Bariloche: para não-esquiadores

cerro catedral

Cerro Catedral

Bariloche é o seu destino de neve na América do Sul se esquiar não for prioridade. O Cerro Catedral, a estação de esqui de Bariloche, lota na alta temporada de inverno, o que pode significar filas longas para teleféricos e pistas para iniciantes bastante disputadas. Mas há muitas outros centros de inverno próximos onde brincar na neve, e muitas outras atividades para se fazer além do esqui, também. (Quem nunca ouviu falar do esquibunda?) Bariloche é especialmente recomendável para famílias com crianças pequenas, e para quem prefere as comodidades de se hospedar em um centro urbano charmoso, em vez de em um resort de esqui. A cidade tem cervejarias artesanais, bons restaurantes e hotéis, e vitrines para ver ao longo da avenida San Martín.

Neve mais garantida: do fim de julho ao fim de agosto.

Villa La Angostura: para neve com charme

cerro bayo

Cerro Bayo

Se a sua viagem à neve é também uma viagem de lua de mel, bodas, ou só uma desculpa para ficar abraçadinho no frio, a estação de Cerro Bayo, em Villa La Angostura, é a sua estação. Não muito distante de Bariloche, Cerro Bayo é um centro de esqui muito mais sossegado do que o Cerro Catedral, e oferece excelente infra para quem está começando no esqui ou snowboard. E se no meio da viagem você descobrir que não tem jeito para o esporte, a estação também oferece outras atividades na neve, como o tubing, além de teleféricos de cabine fechada para passear pelas montanhas. Mas a maior vantagem da estação é mesmo estar a poucos minutos de um dos vilarejos de montanha mais encantadores da América do Sul. Sua experiência na neve vai ser mais especial ainda com hospedagem nas pousadas aconchegantes de Villa La Angostura, com vistas para lagos e bosques nevados.

Neve mais garantida: do fim de julho ao fim de agosto.

Ushuaia: para neve certa

cerro castor

Ushuaia

Ushuaia é o seu destino de inverno na América do Sul se você procura as melhores condições para esquiar. O Cerro Castor, a estação de esqui de Ushuaia, tem a temporada mais longa da América do Sul, por ser a estação mais austral do nosso continente. Durante as férias de inverno, é improbabilíssimo sair de Ushuaia frustrado por não haver neve o suficiente para aprender a esquiar (sim, você pode não encontrar neve nas demais estações sul-americanas mesmo viajando em julho). A qualidade da neve no Cerro Castor também é bastante elogiada pelos experts. Ushuaia é um destino para toda a família, com atrações variadas fora da estação de esqui, como passeio de trenó, tour de barco e patinação no gelo -- mas é preciso saber que a cidade vai estar debaixo de neve o tempo todo durante a sua estadia, e que o centrinho tem mais o jeitão duro de zona portuária do que de um romântico vilarejo alpino.

Neve mais garantida: desde o fim de junho até o fim de setembro.

ushuaia-cerro-castor
A estação do fim do mundo

Ushuaia: como é esquiar no Cerro Castor

Valle Nevado: para uma introdução à neve e aos esportes

valle nevado

Valle Nevado

Valle Nevado, estação de esqui a cerca de 1 hora e meia de Santiago, tem dois modos de usar: como passeio bate-volta desde a capital chilena, ou como hospedagem em resort de neve. Por isso, serve tanto a você que vai sair de casa esperando curtir intensamente uma estação de esqui, como para você que quer ver e tocar em neve só por curiosidade. Para quem se hospeda, Valle Nevado dispõe de uma ótima estrutura para a prática de esportes, que poderá ser bem aproveitada havendo boas condições de clima. E é mais badaladinha, o que a faz um pouco mais interessante do que as demais para quem viaja em grupos de adultos. Quem estiver visitando por apenas um dia e precisa encarar duas vezes a estrada mais do que sinuosa como ida e volta da estação, a recompensa é a chance de chegar mais alto nas montanhas, passeando com o teleférico de cabine fechada. Mas é preciso saber que não há em Valle Nevado atividades recreativas como esquibunda ou tubing -- o negócio é esqui ou snowboard, mesmo.

Neve mais garantida: de meados de julho a início de setembro.

valle nevado
Diversão entre amigos

Uma Bóia em Valle Nevado

Portillo: para um intensivo nos esquis

portillo

Portillo

Portillo é o seu destino de neve na América do Sul se você quer fazer um intensivão nas pistas; melhor ainda se não for a sua primeira vez com esquis ou snowboard. Para principiantes esforçados, não tem problema: todo tombo será recompensado pela vista escandalosa que se tem da Laguna del Inca. O resort fica a 2 horas e meia de Santiago, longe para bate-voltas; o espaço nos restaurantes será menos disputado, e as filas de teleférico serão menores do que nas estações que recebem mais não-esquiadores. As instalações do resort são um pouco antiquadas, mas você só vai se importar muito com isso se não estiver passando tempo o bastante na neve (o que não deveria ser a intenção da viagem). O serviço, porém, é elogiado, e os equipamentos são renovados com freqüência. Como em Valle Nevado, em Portillo não existe esquibunda, tubing ou outras atrações de neve que não as esportivas.

Neve mais garantida: de meados de julho a meados de setembro.

portillo
Esqui à beira-lago

Uma Bóia em Portillo

Chillán: para descansar nas montanhas

termas de chillán

Termas de Chillán

Chillán é o seu destino de inverno na América do Sul se você quiser fazer das suas férias na neve uma viagem de descanso. Distantes de grandes centros urbanos e cercados por uma paisagem branquinha, os dois hotéis principais -- Termas de Chillán, mais tradicional, e Alto Nevados, mais novo e moderninho -- têm piscinas de águas termais como segundo principal atrativo de hospedagem. (Alto Nevados, principalmente; são 4 piscinas aquecidas ao ar livre.) A estação de esqui de Chillán tem estrutura mais modesta do que as do Cerro Catedral ou do Valle Nevado, mas um cenário bastante bonito, com pistas entre bosques nativos. Quem se hospeda em Termas de Chillán ou Alto Nevados pode, inclusive, com condições ideais de neve, já sair do hotel esquiando. Seus filhos não precisam de descanso? Ok: para eles existe também trenó com cachorros, motos de neve e paintball como atividades à parte.

Neve mais garantida: de meados de julho a meados de setembro.

termas de chillan esqui
Sossego e brincadeiras

Termas de Chillán: neve em família

Para quando marcar a viagem?

É impossível saber como a neve vai se comportar antes do começo da temporada. Cada ano é um ano. As temporadas nas estações de esqui da América do Sul começam normalmente no final de junho, e se estendem até meados de setembro. Pela qualidade e quantidade de neve, marcar a viagem para muito no início da temporada dificilmente é bom negócio; para o finalzinho, igual. Se tiver flexibilidade no calendário e puder decidir a viagem mais em cima da hora, marque em função dos boletins meteorológicos.

Leia mais:

12 comentários

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

A temporada promete. Tem nevado muito nas últimas semanas na Cordilheira, perto de Santiago. Valle Nevado está fazendo jus ao nome:
http://www.vallenevado.com/es/estado-de-montana/
Paso Los Libertadores (estrada para Mendoza) fechado por nevascas.

Danilo
DaniloPermalinkResponder

Sinceramente, acho que para quem quer esquiar (ainda que em nível apenas intermediário), a América do Sul é uma furada, pois o custo-benefício aqui é péssimo!
Já esquiei bastante no Chile, e apesar de ter uma boa estrutura (no caso do Valle Nevado), e qualidade da neve deixa a desejar. Se nevar durante a noite, a manhã será ótima, mas parte do hora do almoço as pistas já estarão bem icy, por causa das temperaturas.
Com o valor gasto para se hospedar, e se alimentar, por uma semana no Vale Nevado, é possível passar uma semana em uma cidade próxima a um resort TOP na europa (Inssbruck, Interlaken, Turin, etc) ou nos EUA (Snowmass, Salt Lake City, etc), ou mesmo se hospedar e esquiar em algum resort mediano nesses lugares (Okemo, Kitzbuehl, Solitude, etc), onde a neve será bem melhor, com uma area esquiavel mto maior, e uma infraestrutura igual ou melhor que as daqui.
Não estou dizendo que o Valle seja ruim, mas que o valor que se gasta lá é absurdo, e não condiz com o produto oferecido.

Michele de Oliveira Capiotti

Já tive a oportunidade de conhecer alguns destes lugares. Eu particularmente gosto bastante da combinação Valle Las Trancas + Nevados de Chilan, algo como Bariloche + Cerro Catedral. Acho que são alternativas para fugir dos altos custos dos resorts. Ainda não fui mas tenho muita vontade de conhecer Chapelco e San Martin de Los Andes.
Infelizmente tenho que concordar com o Danilo que o custo x benefício de se esquiar na América do Sul não é tão bom. No entanto a neve no Chile nunca me decepcionou e já ouvi de alguns entendidos que ela é de boa qualidade.

Alberto G. Martins

Ótimas dicas!
Acompanhando a fanpage www.facebook.com/vallenevadobrasil vi que a estação já está branquinha. As nevadas chegaram mais cedo e já estão falando em antecipar a abertura para fim de maio. Será que é possível? No site deles também dá pra ver a estação em tempo real pela webcam.

Eduardo Barros Leal

Estive em 2014 em Valle Nevado no Chile, e em 2015 em Bariloche , San Martin de Los Andes e Vila La Angustura na Argentina, as cidades Patagonicas na Argentina são mais aconchegantes, belas e preços mais em conta, este ano irei ao Oriente Médio, mas 2017 quero conhecer El Calafate, já a conheço pelos relatos deste BLOG, agora só falta por o pé.
Confesso que fiz a primeira viagem receoso, pois viajo só, mas as excelentes dicas deste blog me animaram a empreender a viagem e foi no final muito prazerosa.
PARABÉNS A VOCÊS !

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

El Colorado está abrindo hoje! Valle Nevado abre no dia 10 de junho, aproveitando a nevasca de 3 dias que vai começar amanhã. A temporada de esqui promete!

Jonathan
JonathanPermalinkResponder

Pessoal, como faço para ir até Villa La Angostura, saindo de belo Horizonte, tenho que ir até Santiago? obrigado!! em relação ao comentário do Danilo, achei conveniente a proposta dele, mas isso leva em conta o deslocamento (passagem, passaporte, etc...) ou é o custo apenas da estadia (hotel e alimentação)?? Valeu!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jonathan! Villa La Angostura fica a 80 km de Bariloche.

VITOR CARVALHO

Johnatan, vc tem que pegar um taxi do aeroporto de Bariloche até a rodoviária de Bariloche. Lá vc pega ônibus para villa la angostura. É bem barato. Em 2015 os horários eram tipo de 1 em 1 hora e o último era as 20 horas. Pense wm alugar um carro ja no aeroporto de bariloche. Mas pode tb ir de onibus. Em villa la angostura aluguei carro por preço mto bom. O Swift suzuki que aqui é o celta. Agente enfiava os esquis entre os bancos e as botas no porta malas e dava tudo certo. Ainda tínhamos facilidade para rodar a noite prós restaurantes. Lá é top!!!! Recomendo melhor custo benefício sol arrayan. Restaurante que ganhou o meu prêmio foi o "restaurante del puerto". Aproveite. Pra mim vai angostura só está tendo neve Boa na primeira semana de agosto. No resto é complicaado. Aquecimento, ele nino, tempo que a Argentina ficou com a esquerda no poder.... Tudo isso devastou e fez que não houvessem investimentos. Não tem canhões de neve!!!! Absurdo!!! Aluguei ontem uma quitinete em saasfee a 200 metros dos lifts por 2000 reais 10 dias. No natal de 2015. Fala serio!!! Na quinta agora estou indo pro valle nevado. Meteorologia péssima. Vamos confiar na altitude e nos snow cars para que tenhamos Boas pistas. Tá seco e esquentando muito de dia.abs

Rosa maria antao de santana

Tenho urgencia em realizar meus sonhos. E este é mais um deles.

Alexx
AlexxPermalinkResponder

Quem souber primeiro onde está nevando, por favor avise

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alexx! Já nevou nos principais destinos de Argentina e Chile. Agora é torcer para que venham novas nevascas -- se acontecer, pode ser que antecipem a abertura das temporadas.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar