A primeira viagem à Europa

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Ponte Carlos, Praga

Se você vai aproveitar o real valorizado para realizar o sonho de viajar à Europa, entenda: não dá para abraçar o continente inteiro de uma vez só. Mas veja pelo outro lado: a Europa é como os melhores vinhos – vai melhorando com o tempo. Se você só pode viajar à Europa de dez em dez anos, saiba que daqui a uma década aquele pedaço que você não conseguir visitar agora vai estar ainda mais interessante.

Não tente fazer por conta própria o roteiro das excursões.
Nas excursões dá certo porque existe um ônibus sempre a postos, um motorista que sabe por onde está rodando e um guia que leva direto ao que ele acha mais importante. Na vida real você vai precisar fazer tudo sozinho – achar o endereço do hotel, andar de metrô arrastando mala e decidir o que fazer a cada momento. É muito mais divertido, mas leva muito mais tempo. Evite o pinga-pinga, parando em todas as cidades que se atravessarem no seu caminho. Procure dedicar pelo menos quatro dias inteiros para cada grande capital do seu roteiro. (Senão, deixe para a próxima.)

stpaul450.jpg

Não compre a passagem antes de resolver o itinerário.
É incrível, mas isso acontece com mais freqüência do que se imagina. O passageiro compra a passagem mais barata e depois é que vai tentar descobrir um jeito de cobrir o resto do roteiro. As viagens mais complicadas – como costumam ser as primeiras viagens – normalmente são melhor resolvidas quando você chega por uma cidade e volta por outra (e faz vários trechos aéreos internos que, quando comprados junto com a passagem intercontinental, podem sair mais em conta do que viajando de trem ou com companhias aéreas de desconto).

munique400.jpg

Trem não foi feito para dormir.
Passar uma noite no trem é uma bela experiência: não é lá muito confortável, mas rende ótimas histórias na volta e, vá lá, economiza uma noite de hotel. Fazer disso uma rotina, porém, é uma das maneiras de estragar a sua viagem. (Se é para dormir em beliche em meio a desconhecidos, prefira o albergue.) O trem é perfeito – e insuperável – em trajetos diurnos de até três ou quatro horas. Mais do que isso, considere o avião.

hamburgohbf450.jpg

Carro? Só em viagens pelo interior.
Mesmo depois da invenção do GPS, o carro continua não combinando com viagens longas pela Europa. Nas cidades grandes, carro é um estorvo: o trânsito é complicado, o estacionamento é difícil e caríssimo. As auto-estradas são ótimas, mas passam ao largo das paisagens mais bonitas e dos vilarejos mais pitorescos. Só alugue carro para explorar regiões delimitadas, com estradas vicinais, mirantes e paradas gastronômicas.

renault450.jpg

Reservar antes sempre é melhor.
Viajar sem rumo definido e sem hospedagem reservada é para quem tem tempo sobrando. Se você vai passar quinze, vinte ou trinta dias na Europa, não vale a pena perder meio dia toda vez que chegar a uma cidade. Faça suas reservas antes de sair: quanto maior a antecedência, melhores serão os hotéis que você conseguirá na faixa de preço que procura.

A Europa está nos detalhes.
Europa não é só igreja e monumento. Em vez de dar tanta importância aos cartões-postais que você não verá ao vivo na sua primeira viagem, dedique-se a viver os aspectos que são comuns a todas as cidades européias. Andar a pé e de transporte público; xeretar o pequeno comércio; sentar num café e ver a vida passar; comer coisas simples, feitas do mesmo jeito há séculos, são prazeres imbatíveis, que só se encontram no continente europeu. Não gaste seu dinheiro indo até a Europa só para ver. Use também os outros quatro sentidos, e você vai aproveitar muito mais.

nice450.jpg

A primeira viagem à Europa (II)

Pensando bem, a menos que você volte sempre para os mesmos lugares, toda viagem à Europa é uma primeira viagem. Cada vez que planejamos férias por lá, as mesmas dúvidas vêm à baila. Que cidades incluir e quais deixar de fora? Quantos dias em cada lugar? Avião, trem ou carro? O assunto rende um livro. Mas aqui vão algumas dicas para ajudar a montar o seu itinerário.

Procure reduzir o pinga-pinga.
Por mais cidades que você queira incluir no seu roteiro, evite dormir uma noite em cada lugar. Os procedimentos para entrar e sair de hotéis tomam tempo; carregar bagagem exaure a paciência. Eleja cidades-base de onde você possa fazer pequenas viagens bate-e-volta sem precisar carregar as malas o tempo todo. Numa primeira viagem de 15 ou 20 dias, o ideal é escolher três ou quatro cidades principais. Você vai se surpreender com a quantidade de lugares interessantes que você vai encontrar a até 1h30 de trem de distância.

veneza450.jpg

Simule os horários e os tempos de viagem de trem.
As melhores viagens de trem são as que duram até três, no máximo quatro horas, e não tomam a melhor parte do seu dia de férias. Para descobrir como o seu roteiro se comporta nos trilhos, simule suas viagens no site das ferrovias alemãs (http://bahn.hafas.de/bin/query.exe/en). Mas atenção para a pegadinha: use o nome das cidades nos idiomas locais (Venezia e não Veneza, Wien em vez de Viena). Assim você fica sabendo que a viagem mais curta entre Barcelona e Roma dura 18 horas, mas que de Viena a Budapeste são apenas 3 horas.

horariostrem600.jpg

Descubra as companhias aéreas low-cost da sua rota.
As Gol e as BRA da Europa são muito mais barateiras que suas congêneres brazucas. Comprando com antecedência, você consegue passagens de até 10 euros (com taxas, a conta costuma começar em 40 euros). Para saber quais companhias operam vôos no seu caminho, consulte o Skyscanner (www.skyscanner.net), que informa (em português!) rotas, disponibilidade e preços, já com todas as taxas incluídas.

Escolha seus hotéis com base na opinião de outros viajantes.
Qual o melhor hotel, na faixa de preço que você pode pagar, que esteja disponível nas datas em que você precisa? Sites como o TripAdvisor (www.tripadvisor.com) e Venere (www.venere.com) buscam essa informação baseados na experiência de hóspedes de verdade. Para a Europa, o melhor é o Venere, que organiza as resenhas por bairros: em vez de pesquisar a cidade inteira, você vai direto na localização que mais lhe interessa.

teresa450.jpg

Quanto mais países, melhor?
Não adianta: para a maioria dos viajantes, a primeira viagem a Europa é sinônimo de passar pelo máximo de países no mínimo de tempo. Se esse for o seu caso, deixe as grandes distâncias da Península Ibérica, do sul da França e talvez até da Itália para uma próxima; se você zanzar ali pelo norte da França, Bélgica, Holanda, Alemanha e Inglaterra, a cada três horas vai estar num país diferente, ouvindo um novo idioma. (Em contrapartida, se você quer saber qual é o melhor lugar da Europa para fazer uma viagem de um país só, a resposta é fácil: Itália.)

englischer450.jpg

Se você já foi à Europa, encerre a viagem na sua cidade favorita.
Gostoso mesmo é poder voltar a lugares como Paris, Londres, Roma ou Barcelona sem precisar bater ponto em absolutamente nenhum cartão-postal. Termine seus giros europeus sempre no mesmo lugar, e em três viagens você e sua cidade favorita estarão íntimos.

Leia também:

Europa: quantos dias em cada lugar?

Europa: avião, trem ou carro?


1049 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Wanessa
WanessaPermalink

Gisele, na revista Viagem e Turismo do mês passado (a mesma que trouxe a reportagem do Riq sobre o México) tem uma matéria comparando Barcelona e Valência. Tem várias dicas sobre Valência. Aliás, a matéria me deixou morrendo de vontade de ir!

Carmen
CarmenPermalink

Sylvia,
Lloret de Mar es una población costera pensada para el turista inglés, alemán e italiano que van a beber y de discotecas por la noche y no es Ibiza.
Los hoteles son malíssimos., aunque parezcan a simple vista que están bien, pueden estar situados en la carretera general (miles de carro al día).

Figueras sólo merece la pena si van a ver el Museo Dalí.

Es complicado, porque excepto en los hoteles del interior, los de costa son hoteles muy flojos, mucho peores que los de tres estrellas de Ponta Negra en Natal.

En Tossa hay un hotel:
www.goldenhotels.com

El Golden Bahía Tossa. Es un hotel para familias (alemanas, holandesas, francesas), es flojo, pero no está mal. Tiene tres piscinas y una climatizada.

Es mejor que cualquiera de LLoret, si exceptuamos el Alva Resort.
Cuidado con las carreteras de la Costa Brava son muy peligrosas y llenas de curvas.

Sylvia
SylviaPermalink

Obrigada Carmen !
Então qual seria tua sugestão para uns dias de mochila pela costa?
Figueres para o museu , de lá onibus para Cadaqués ?
E depois ? Alguma praia em especial .. ou Andorra ou .. ?

Carmen
CarmenPermalink

Sylvia,
Creo que lo mejor es alojarse en Begur y hacer excursiones o en Girona-capital y hacer excursiones.

Begur es muy bonito, divertido y tiene buenos hoteles:

www.aiguaclara.com -AiguaClara Hotel-
www.blissbegurhotel.com -Bliss Begur Hotel-

Cerca de Begur está El Convent
www.conventbegur.com

No son muy caros.

En Girona en el casco antiguo hay un hotel, que también tiene apartamentos turísticos (se puede cocinar y tienen nevera) se llama Històric
www.hotelhistoric.com

Desde allí puede ir a la Costa Brava sin problemas. Girona tiene un casco antiguo de época romana, judía, medieval...

Begur es pura Costa Brava y muy bonito.

Carmen
CarmenPermalink

Sylvia,

Si tu hija quiere "marcha" discotecas, "chicos", juergas y mucha diversión Lloret puede estar bien, pero no es una playa tranquila y los hoteles son muy, muy sencillos. Está lleno de rusos que buscan el sol.

La Costa Brava, en general, es de pueblos tranquilos, el mar profundo y muchos acantilados. En invierno está vacío, en verano no se puede estar de tanta gente.

Cadaqués es bonito, Port de la Selva, también, pero hay otros donde impera la ley del turista al estilo de la Costa del Sol. Grandes y altos edificios y masificación costera.

Te envio esta web para que busques lo que tú creas que le puede ir mejor a tu hija.

www.costabrava.org

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Que ótimo site, Carmen! (Adorei também os hotéis do outro comentário)

Beto
BetoPermalink

Já tão todos nos meus favoritos.

Emília
EmíliaPermalink

Adorei Girona, as meninas com certeza vão gostar também. E o museu Dalí vale a parada em Figueres.
Sylvia, eu também fiquei numa cidadezinha no interior chamada Olot, mas está mais indicada para quem quer fazer trilhas e coisas assim.

Emília
EmíliaPermalink

Mas o que eu gostaria mesmo é de fazer a rota das igrejas românicas...tem um roteiro bacaníssima no site.

Sylvia
SylviaPermalink

Quantas coisas ótimas!!
Obrigada Carmen , vou olhar tudo com calma smile
( já estava desanimada por não encontrar nada muito interessante
na minha busca solitária )
Os hotelões do goldenhotels.com são mesmo excelentes , e o de
Pinnet tem tarifas com meia pensão por 35 euros pessoa , o que faz
dele uma barganha perto dos hostels de Barça.
Creio até que dá para ficar ali uns 2 ou 3 dias e fazer bate-volta
as praias mais ao norte com facilidade , pode ser ?
( dá até para ir a Barcelona e voltar no mesmo dia .. )
Tens razão Carmen , Lloret é uma agitação e acho que é a cara de
quem está atrás de festa e com pouco dinheiro.
Vou dar uma passada no venere e ver o que encontro.

Emilia , não conheço Girona mas ir a Figueres ( pelo Dali ) é sem duvida
o melhor bate-volta de Barcelona. Acho até indispensável !

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Carmen, também adorei o site! Mas Sylvia, nessa fico te devendo: essa parte do roteiro das meninas é uma lacunona na minha carrreira de viajante :roll:

Carmen
CarmenPermalink

Sylvia,
El único hotel medio bueno de la cadena Golden es el Golden Bahía de Tossa. Los otro son muy flojos.
No hay combinación de tren para la Costa Brava. Hay una línea de autobuses Sarfa:
www.sarfa.com
Ir y volver de Barcelona a la Costa Brava en el mismo día sólo se puede hacer si tienes coche. Desde Girona-ciudad es más fácil.
Puedes encontrar alojamiento más barato en:
www.turismegirona.com/gerona.htm

Beijos

Sylvia
SylviaPermalink

Gracias Carmem!
Eu é qye inventei ( e consegui até agora) esta historia das meninas
ficarem em hotéis , no lugar de albergues , pelo mesmo preço.
O limite de gastos com hospedagem por dia é de 35 euros por pessoa,
que foi mantido ( na média ) nestes primeiros 45 de mochilão ( vip como
elas estão chamando smile ) . Em função da localização ser especial ultrapassei o orçamento em algumas cidades ( Amsterdam , Santorini e
Berlim ) mas agora elas precisam se manter nos 35 euros pessoa/dia
para dormir , se quiserem continuar viajando :roll: lol
Quando falei de ir e voltar no mesmo dia estava pensando em ficarem
em Pinet del Mar já que o hotel tem uma super infra estrutura e está
dentro do orçamento delas .
Na verdade é só uma idéia pois neste momento já vão ter estado
em Barcelona por 8 dias no total ( voltariam no caso de um evento qualquer ( acho ) ) .
Mas de Pinet é possivel ir de onibus até as praias próximas do norte,
e isso é uma ótima noticia !!
Obrigada pelos links !

Gisele
GiselePermalink

Ricardo e Wanessa, obrigada pelas dicas...
O que vc propôs Ricardo, eu até já tinha pensado...mas a inexperiência criou as dúvidas.
Com sua ajuda, vejo que pode realmente ser a melhor opção.
Abração...(preciso aprender a fazer umas carinhas...)

Carmen
CarmenPermalink

Sylvia, Pinet de Mar está por Múrcia al sur de Alicante. Pineda de Mar está cerca de Barcelona.

El hotel de la cadena Golden en Pineda de Mar tiene muchos años y se ha reformado, pero la ciudad NO es bonita, ni vale mucho la pena.
Es melhor que a sua filha lo sepa.

Gisele
GiselePermalink

Ricardo, vc tem razão...
Eu fico usando e abusando da experiência tua e de vários outros colegas do blog. Porém ainda não havia esboçado o layout a da minha viagem para vcs.
Isto se deve em parte ao receio de ser nova no blog e ficar parecendo que estou querendo consultoria ou algo do gênero...
Mas já que vc me deu uma (leve) repreendida:
1)Saída 01/12 com chegada em Lisboa.
2)Faço base em Lisboa e bate-volta em Óbidos e Évora.
3)Faço dois dias inteiros de base em Porto.
4)Chego a Madri ( low cost ) em 09/12 e saio 13/12.
Este meio da viagem está em aberto...daí as dúvidas quanto ao interior da Espanha.
5)Paris de 20 a 27/12 ( já com reservas), quando do retorno ao Brasil.
Como pode ver deixei relativamente poucas cidade para que não haja correrias, quero sentar e apreciar o povo passando...
Agradeço qualquer sugestão,

Beto
BetoPermalink

Gisele, se fosse você incluiria Barcelona nesse miolo vazio (tô falando do teu roteiro, obviamente wink ).

Beto
BetoPermalink

E daria mais um dia para a cidade do Porto.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Tá tudo certinho na sua viagem, Gisele. Só esses sete dias de carro entre Madri e Barcelona via Andaluzia é que estava esquisito.

Deixe quatro dias para Barcelona. Sobram três dias. Vá de trem a Sevilha, fique dois dias, de lá a Granada, e voe a Barcelona de low-cost.

Beto
BetoPermalink

Desculpaê, não havia lido que ela já planejava Barcelona.
Riq, olha o xongas.

Sylvia
SylviaPermalink

Carmen , vou seguir tuas dicas .
Obrigada novamente.

Liciana
LicianaPermalink

Sylvia, tudo bem?
Aproveito para perguntar em que hotel as meninas ficaram em Amsterdan, e já puder mandar o nome com a avaliação do mesmo será ótimo!
Desde já, obrigada.
Bjs

Sylvia
SylviaPermalink

Liciana : Best Western Eden - Amsterdam

Carmen
CarmenPermalink

Ricardo,
¿Sólo 1 día en Granada?. ¿No es un poco precipitado?. Las distancias son largas de Sevilla a Granada.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

É só para visitar o Alhambra, mesmo, Carmen -- e com hora marcada para a tarde da chegada ou a manhã seguinte eekops:

Ingrid
IngridPermalink

Olá Pessoas...

Sem querer abusar, alguém poderia me dizer quantos dias seria ideal (visitar os principais pontos) em cada uma dessas cidades para minha 1ª viagem à Europa. To numa super dúvida entre as cidades já q não conheço nada... e só tenho 35 dias (vida de assalariada...).. então terei que escolher.

1- Munique
2- Salzburg
3- Praga
4- Berlim
5- Amsterdam
6- Paris
7- Barcelona
8- Roma
9- Florença
10- Veneza

Obrigada pela ajuda !!!

Sylvia
SylviaPermalink

Para meu gosto pessoal Ingrid ,
Paris, Barcelona e Roma 4 ou 5 dias em cada
Berlim e Praga 3 ou 4 dias em cada
Amsterdam Florença e Veneza 3 dias em cada

Liciana
LicianaPermalink

Sylvia, obrigada.

Gisele
GiselePermalink

Ricardo, você não sabe como fico mais tranquila ( e lisonjeada) em relação ao teu aval do meu roteiro...pois como o tópico já diz...sou marinheira de primeira viagem.
Agradeço também aos outros colegas que sempre estão prontos a ajudar...
Obrigada e grande abraço a todos.

Ingrid
IngridPermalink

Obrigada Sylvia !!

Mas 3 dias em Veneza, para quem não está indo 'de casal', mto tempo não?? As pessoas falam pra mim que em 1 dia se conhece Veneza toda... que mais tempo é só pra quem está fazendo uma viagem romântica...

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ingrid, um dia basta se você só quiser tem um "cheiro" de Veneza (e se chegar num daqueles dias, talvez o cheiro não seja tão agradável, ha ha).

Mas se você quiser entrar nos palácios, igrejas, galerias, museus; visitar as ilhas; e se perder de verdade -- então você vai precisar ficar mais tempo.

Sylvia
SylviaPermalink

Um dia em Veneza é como se tu estivesses vendo um filme .
O legal de Veneza é caminhar e se perder, encontrar um café local
uma tratoria desconhecida , fazer uma imersão ( mesmo que rapida ) .
Se é para atravesar o garnde canal , descer "na Praça" ," passar na Ponte"
uma tarde basta ( assim como um dia em Roma num city tour sem sair
do onibus tb é suficiente para ver tudo smile )

Deborah
DeborahPermalink

Pessoal, Encontrei o site em pesquisas do google e realmente adorei.
Em janeiro de 2008 vamos para Lille, França para onde minha filha se mudou recentemente. Vou com meu filho e os sogros de minha filha, sendo que um deles (o sogro) tem dificuldades de locomoção (ele se apoia em bengala).

A idéia inicial é fazer o passeio do Glacier Express e depois ir para Viena. Qual é o melhor roteiro? Gostaria também de umas dicas na Alemanha, Slovenia, Norte da Itália, Hungria e Polonia devem estar muito longe não. Abs

Roberta
RobertaPermalink

Sou nova aqui...mas gostaria da ajuda de voces...
Pretendo viajar entre os dias 16/01 até 01/02...pensei Paris, Londres...e o que mais poderia incluir?Primeira vez que vamos...
Aceito sugestões...pensei depois de ler varias dicas chegar em paris e Voltar por Londres...
Agradeço desde já
Abraços

Ingrid
IngridPermalink

Roberta,

Acho q vc tem dias suficientes pra conhecer Paris, Londres e esticar até Amsterdam. Não sei quanto tempo vc pretende passar em cada lugar, mas acho q pelo menos pela Holanda dá pra vc dar uma voltinha !!

Roberta
RobertaPermalink

Obrigada Ingrid...eu tinha pensado mesmo...voce acha que é melhor eu já chegar em Amsterdam? ou deixar pra sair de lá? Eu penso que mais dias em Paris...e o restante dividir entre Londres e Amsterdam...
Muito obrigada pela atenção
Roberta

Ingrid
IngridPermalink

Roberta,

Escolha o lugar de chegada de acordo com os preços. Veja a passagem mais barata. Os 3 paises são bem pertinhos... Não vai fazer mta diferença.

Murilo
MuriloPermalink

Olá Pessoal,
Conheci recentemente este blog e achei muito interessante. Estarei realizando minha primeira viagem para a Europa em outubro e, como todos, tenho algumas dúvidas na escolha do roteiro. Terei 15 dias e planejo passar uns 4 ou 5 dias em Paris, mais 3 ou 4 em Londres e terminar a viagem em Amsterdam, de onde retornaria ao Brasil.
Minhas dúvidas são as seguintes:
1) Ainda não comprei as passagens, mas a melhor proposta prevê uma escala em Madri na chegada. Devo ficar uns dois dias e conhecer a cidade e arredores ou tocar direto para Paris ???
2) Deveria incluir Barcelona no passeio ???
3) Pelo que li, Praga é uma cidade espetacular e tenho também muita vontade de conhecê-la. Deveria aproveitar agora ou deixar para uma outra ???
4) Vale a pena conhecer Amsterdam ou deveria refazer tudo e incluir Praga ou Barcelona de qualquer jeito ???
Enfim, gostaria que vocês me ajudassem a escolher o melhor roteiro nesses 15 dias, mais ou menos dentro dessas hipóteses.
Agradeço desde já !!!
Abs

Roberta
RobertaPermalink

Oi Murilo...eu estou aqui tbém achando otimo o site...to ficando ate biruta...hahaha de tanta informação...preciso descobrir um jeito para ir armazenando tudo...
Estou querendo o mesmo roteiro que voce...mas eu só posso ir em janeiro....vamos encarar o frio mesmo...
Estou vendo tarifa e não sei se voce viu o site do Rodrigo (Aquela Passagem)...hahaha essa noite sonhei com preço de tarifa...de tanto que li as dicas por lá...
Ingrid obrigada pela ajuda...tem uma tarifa boa pela KLM...por isso pensei em chegar por Amsterdam...voce me ajudou bastante...
Abraços

Sylvia
SylviaPermalink

Com 15 dias no total , vcs tem que descontar os dias em que estarão
viajando e no minimo meio dia para os voos internos .
Nas grandes capitais é preciso ficar no minimo 4 dias .
Com 15 dias é preciso escolher 3 cidades ( e talvez uma pequeninha
no caminho ) .
Barcelona é melhor que Madri , se tiver que escolher entre uma e outra
( e não for um apaixonado por museus eekops: )

Murilo
MuriloPermalink

Silvia,
Obrigado pelas dicas... As três capitais então devem ser Paris, Londres e Amsterdam... Porém, continuo na dúvida, melhor conhecer Barcelona (já que não sou tão louco assim por museus...) ou Amsterdam ?
E qual cidadedezinha você incluiria nesse trajeto (eu tinha pensado em Bruges, mas depois que eu li algumas opiniões nesse blog, resolvi esquecer, mas...). Talvez alguma na França (Reims) ou na Holanda (Delft)...
E quanto ao transporte, melhor fazer de trem ou avião? Avião sai mais barato, mas por trem não vale a pena por ser muito bonito e por perder menos tempo com espera em aeroporto e traslado? Ou estou enganado ?!
Roberta, dei uma olhada no site e realmente tem muita dica legal, valeu !
Abs

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Todas essas cidades são espetaculares, Murilo. De todas, a que se presta melhor para ficar pouco tempo é Amsterdã. Em todas as outras você vai precisar de quatro (Barcelona, Praga) ou cinco (Paris, Londres) dias inteiros para destrinchar.

Escolha três, faça bem as três, deixa as outras para a(s) próxima(s).

Com exceção de Paris-Londres e Paris-Amsterdã, todos os outros trechos devem ser feitos de avião.

Murilo
MuriloPermalink

Obrigado, Ricardo. Parece que há um consenso de que é melhor conhecer bem poucas cidades do que mal a muitas... também concordo.
Acho que Paris e Londres são imperdíveis, só faltando definir a terceira.
Minha dúvida ainda persiste quanto a ir ou não a Amsterdam, e optando por não ir, escolher entre Praga ou Barcelona (!?)
Qual a sugestão ???

Sylvia
SylviaPermalink

Amsterdam é uma capital pequeninha Murilo , e eu sou suspeita pois
é uma das cidades que mais gosto .Londres , Amsterdam e Paris combinam muito bem entre si , são proximas e muito diferentes uma
da outra . Praga é linda demais, mas eu deixaria para ir para lá entre
junho e setembro.
Barcelona é tudo de bom mas precisas 4 dias no minimo .
Se conseguires mais dois dias ( 17 no total ) podes fazer Amsterdam, Barcelona, Londres e Paris eekops:

Murilo
MuriloPermalink

Silvia, agradeço pela atenção. Realmente, mais dois dias seriam ideais, mas não sei se vou poder. De todo modo, gostei da ênfase que deu para Amsterdam e acho que já tenho uma boa noção...deve ser mesmo muito legal.
E Londres-Amsterdam deve ser feito de avião ou de trem ?
Em tempo: Porque Praga é melhor entre junho e setembro ?

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Murilo, também acho que vc poderia fazer Paris-Londres e Amsterdã nesta primeira vez; elas são tão diferentes que vão casar perfeitamente no seu roteiro. A Sylvia falou sobre conhecer Praga entre junho e setembro provavelmente porque é a época do verão, quando a cidade fica muito mais bonita e interessante.

Murilo
MuriloPermalink

Olá Mari. Legal, acho que estou convencido quanto ao roteiro.
Vocês acham que seria melhor fazer o trecho Londres-Amsterdã de trem ou de avião. Acho que o trem é mais caro, mas tbém não é mais astral ?
E as distâncias aos aeroportos de Londres não são um empecilho muito grande ?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Do jeito que você conseguir mais em conta, Murilo.

Existem inúmeras possibilidades.
1) Aéreo Brasil-Londres-Brasil ou Brasil-Paris-Brasil e trechos europeus por low-cost ou trem
2) Aéreo Brasil-Londres//Paris-Brasil e trechos europeus por low-cost ou trem
3) Tudo de avião, com os trechos internos acoplados à sua passagem intercontinental.

Só orçando de todas as maneiras para ver.

Eu chutaria que dá para fazer um bom negócio emitindo a passagem inteira de avião do Brasil.

Sylvia
SylviaPermalink

Praga é linda . Ponto . lol lol
Mas fica mais linda quando não congela os ossos e não chove .
Em outubro alem da chuva as temperaturas costumam ficar entre 3 e 6 ° .

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Pelo astral, Murilo, concordo: o trem é mais gostoso. Paris-Amsterdã dá 4 horas, Amsterdã-Londres também.