San Martín de Los Andes: Rota dos 7 Lagos e Paso Córdoba

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Chegando a San Martín de los Andes

Depois de dois dias descansando, comendo muito bem e não se cansando de olhar para o lago em Villa La Angostura (não, ainda não postei sobre isso), pegamos o carro para ir a San Martín de Los Andes, vilarejo aonde se chega por algumas das estradas mais bonitas da região de Bariloche.

Na Rota dos 7 Lagos

Fomos por uma destas estradas, a Rota dos 7 Lagos, dormimos em San Martín e voltamos no dia seguinte por outra estradinha panorâmica, que atravessa o Parque Lanín e serpenteia pela Passagem do Córdoba (Paso del Córdoba).

Para quem está em Bariloche, a Rota dos 7 Lagos começa a 85 km da cidade, passando o centrinho de Villa La Angostura. O início da estrada é asfaltado, e passa ao longo de um braço do lago Nahuel Huapi e também do lago Correntoso.

Na Rota dos 7 Lagos

Mais adiante você vira à direita na Ruta 234, que tem 51 km de cascalho. É nela que estão os outros cinco lagões, mais alguns laguinhos que não entram na conta.

Atualização: desde 2015, a estrada da Rota dos 7 Lagos está totalmente asfaltada.

O cascalho

O ideal é fazer essa viagem num dia superensolarado, para ver a verdadeira cor da água. Eu não tive essa sorte -- apesar da previsão ser de sol, o tempo foi nublando pelo caminho.

Na Rota dos 7 Lagos

Outra idéia bacana é trazer um farnelzinho (!) e fazer piquenique à beira de qualquer um dos lagos. Todos têm áreas de camping ou praias públicas indicadas na estrada.

Na Rota dos 7 Lagos

Na Rota dos 7 Lagos

Na Rota dos 7 Lagos

110 km depois de te Villa La Angostura (195 km de Bariloche) você chega a San Martín de los Andes, uma cidade simpaticíssima à beira do lago Lacar -- o mais impressionante da rota, por estar espremido por um fiorde. Vou falar com mais detalhes de San Martín num post específico; este aqui é para falar dos caminhos.

Na orlinha de San Martín

No dia seguinte escolhemos voltar via o Paso del Córdoba mais para variar o caminho; não tínhamos muita expectativa pela paisagem.

Acontece que... gostamos mais desse caminho do que do outro mrgreen

Na Ruta 63

Primeiro, porque é bem menos percorrido -- tem menos movimento (e, nessa época seca, menos poeira). E depois, porque lá pelas tantas começam a aparecer formações rochosas louquíssimas.

Atravessar o Paso del Córdoba é emocionante (e perigoso, também; se vier um carro a toda na outra direção, pode te jogar desfiladeiro abaixo). A foto não dá conta de passar o risco.

O Paso del Córdoba

O Paso del Córdoba

Por este caminho, são 61 km de cascalho. E a distância de San Martín a Bariloche, 160 km.

Na Ruta 63

Na Ruta 63

Na Ruta 63

Na Ruta 63

Tem também um caminho inteiramente asfalto, que vai por Junín de los Andes, em 260 km. Mas este não passa nem por lagos, nem pelas rochas do Parque  Lanín.

Leia mais:

117 comentários

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Ricardo,

Adooorrro seu blog! Simplesmente maravilhoso!
Estou pensando em ir no início de setembro a Bariloche. Será que ainda pego neve? Queria tb conseguir fazer o percurso dos 7 Lagos... Sabe onde consigo saber se estará aberta a estrada?

É fácil alugar carro? O melhor seria 4x4, né?

Prometo que é a última pergunta (rs!)... 3 dias seria o suficiente para fazer esse percurso e ainda apreciar San Martin de Los Andes?

Bjão

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Aqui quem responde é a Bóia.

Se ainda houver neve, a estrada deverá estar fechada.

Se for a San Martín, fique duas noites.

Marilia Boos Gomes

Prezados Senhores, bom dia!

Recentemente, em 23 de outubro, fiz este roteiro em um dia, saindo de Bariloche às 8.00h. A desvantagem é que não sobra tempo para aproveitar San Martin de los Andes: é almoçar e voltar.
Penso que esta curta permanência na cidade não seja em vão: o caminho de volta é pelo Paso del Córdoba e requer muita atenção de quem dirige, o que resulta em um percurso mais demorado que o da ida, pela Rota dos 7 Lagos. Além do mais, pelo fato de esta estrada não ser asfaltada e ser perigosa, a dificuldade aumenta. O micro-ônibus em que estava teve problemas com um pneu e não houve jeito, teve que ser trocado. Mesmo assim, chegamos à Bariloche antes das 18.00h.
De qualquer modo, vale a pena.
Pelas fotos postadas dá pra ter uma idéia da beleza do percurso.
Cordial abraço da...
Marilia.

Camila Guerra
Camila GuerraPermalinkResponder

Estive em Bariloche em setembro de 2012 e fizemos o roteiro Bariloche x San Martín de los Andes, pernoitamos em San Martín e no dia seguinte pela manhã voltamos por Rinconada (o caminho todo asfaltado). Achei muito lindo, super bacana também.
Não arriscamos os Paso Córdoba pois fiquei com medo da condição da estrada já que o tempo estava chuvoso. Contei aqui: http://bit.ly/la-rinconada

São paisagens bem diferentes das que encontramos passando por 7 Lagos. Também vale a pena, especialmente para dias mais instáveis pois a estrada é muito boa.

Para ambos os roteiros, acho muito corrido fazer ida e volta num só dia. Quase não dá pra aproveitar os lagos e as paisagens.

Paso Córdoba vai ficar para uma próxima visita. smile

[]'s

Iracema Maria Gomes

Nossa acabei de chegar a 2 semanas de uma viajem de carro saindo do Brasil,para Buenos Aires.. Patagonia Argentina,chile,Argentina e Foz do Iguaçu..foram 20 dias maravilhosos...ameiiii,inesquecível as cordilheiras,os lagos tudo tudo..eu recomendo..os hotéis,enfim é loucura total..e magia.Beijos.

vania
vaniaPermalinkResponder

Iracema, gostaria de saber seu percurso nos minimos detalhes!pretendo fazer essa viagem de carro e sera de grande ajuda . Se possivel envie para meu email pois creio q a resposta sera um texto mt longo,obrigada

Helena
HelenaPermalinkResponder

Vamos para mendoza, gostaria de um roteiro para a nossa viagem e aproveitar para conhecer santiago de ônibus se não levar muito tempo.A nossa viagem pode ser de 10 dias

Grata

Debora
DeboraPermalinkResponder

Olá!

Gostaria de fazer esse passeio de bike com meu namorado mas tenho algumas duvidas:
- è perigoso?
- Aonde alugar uma bike?
- quanto tempo é o ideal?
- nas areas de camping dá pra alugar tudo lá ou tem que levar a propria barraca?

Muito obrigada!

Debora
DeboraPermalinkResponder

ah, esqueci de falar....
Quero sair de Buenos Aires e fazer o caminho de bike até San Martin. (se quiser juntas as duas perguntas pra ficar mais facil sinta-se a vontade) smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Debora!

Somos um site de turismo convencional. Para expedições de bicicleta, consulte fóruns de ciclistas. Note que de Buenos Aires a San Martín são 1.600 km. A distância de São Paulo a Porto Seguro.

Roberta
RobertaPermalinkResponder

Fomos a SM neste ano, sempre ouvia comentários sobre o Cerro Chapelco, e realmente a estrutura é muito boa. Alugamos uma 4x4 e fomos pela rota por Junin de Los Andes, cansativa demais. O visual é lindo, porém ficamos bem cansados. Na volta queríamos vir pela rota dos 7 lagos mas acabamos errando o caminho e viemos via o Paso del Córdoba, sinistro, estava anoitecendo e tem q estar muito atento pois essa rota é bem sinuosa. Foi bem mais rápido que a ida mas ficamos tensos.

Gabriela Barreto Trucco

Boa noite,
Estou com uma dúvida cruel. Estarei saindo de Pucon em Dezembro e não sei se atravesso para o lado argentino para fazer a rota dos 7 lagos, passar uns dias em San Martin e depois ir para Bariloche e Buenos Aires ou se saio de Pucon e passo uns dias em Puerto Varas sem ir para o lado argentino, finalizando a viagem em Santiago. A ideia era só ficar no lado chileno, mas fiquei muito interessada pelo lado argentino, em especial pela rota dos 7 segaos. Alguém tem conhecimento de causa para dizer se prefere San Martin de Los Andes/Bariloche ou Puerto Varas? Sei que é muito pessoal..

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriela! As duas viagens são lindas. A chilena será mais em conta. Para a Rota dos 7 Lagos você precisará estar de carro. Mas veja: é um passeio de um dia, você passará à beira de vários lagos... você também terá essa experiência beira-lago nos lagos andinos chilenos.

ARNALDO
ARNALDOPermalinkResponder

Penso em ir de carro de São Paulo a San Martin de Los Andes em janeiro/2015, sem pressa, para aproveitar as belas paisagens do roteiro. Nessa época não há perigo de neve? Pode me indicar uma rota segura?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Arnaldo! Não há neve em janeiro. Procure fóruns especializados sobre viagens deste gênero. Consulte rotas no Via Michelin: http://www.viamichelin.com/

Marta
MartaPermalinkResponder

Olá! Vou fazer o novo crucie dos lagos agora em janeiro (de Pucón até San Martin de los Andes). Durmo 2 noites em San Martin e de lá preciso chegar em Puerto Montt para pegar o vôo de volta à Santiago. Quero ir de ônibus, mas tá bem díficil achar os sites para ver horários e frequência. Pelo que consegui entender, vou precisar pegar um ônibus até Bariloche e de lá outro até Puerto Montt. É isso mesmo? Esse ônibus vai pela Rotas dos 7 lagos? Sabem me dizer qual a companhia que faz essas viagens/ Obrigada smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marta! Não há ônibus de San Martín para Puerto MOntt. Você precisará comprar uma passagem San Martín-Bariloche e outra Bariloche-Puerto Montt. O ônibus não vai pela rota panorâmica. Você também pode contratar um transporte particular para fazer a Rota dos Sete Lagos até Villa la Angostura e seguir a Bariloche.

Emerson
EmersonPermalinkResponder

Estive em dezembro/2014 pela região dos lagos, e fiz a a famosa rota. Claro que antes da viagem pesquisei bastante aqui no maravilhoso VnV... Mas enfim, vamos às minhas impressões: se você decidir fazer a famosa ruta de los 7 lagos, esqueça ir por Villa La Angostura (deixa ela pra volta). Siga pela RN40 em direção à margem leste do lago Traful e daí pegue a estrada de terra que vai para Villa Traful. No meio do caminho há um mirante que dá a vista mais linda de todo o circuito, depois dele tudo fica um pouco mais sem graça... Aproveite para almoçar em Villa Traful (dentre algumas opções existentes há uma senhora que no seu quintal - de frente pro lago - serve deliciosas massas e cerveja artesanal, há uma plaquinha na vila indicando "pasta casera de la costa", vá sem medo e com vontade!). Pare quantas vezes quiser ao longo do Traful, pois ele é, SEM DÚVIDAS, o lago mais lindo de todos!!!! Há linda praias pouco depois de deixar a vila, enfim, reserve muito tempo para o Traful, pois depois dele os outros não tem muita graça... No mais, reserve um tempinho também para o Lago Hermoso, esse também é muito bonito! Os outros você pára se tiver com muita vontade (paramos só para "fazer check in" mesmo)... Resumindo: os melhores e que mais valem a parada e contemplação são Traful e Hermoso. Durma em San Martin, reserve mais um ou dois dias para conhecer a região (o Lacar tem muita coisa linda - conheça Yuko), e depois volte passando por Villa La Angostura! Acho que essa é a melhor forma de fazer a rota. Ah, na ida ainda na estrada pavimentada, antes do Traful, há lindas paisagens que valem a parada à beira da estrada (veja no mapa um lugar chamado "Valle Encantado", ou "de los Duendes", algo assim), é deslumbrante e surpreendente!!! Essa região do "Valle Encantado" fica na beira esquerda da RN40 (sentido Traful/Confluencia), tem as famosas formações rochosas que chamaram a atenção do Ricardo Freire no Paso del Córdoba, mas com o plus de o caminho ser asfaltado e estar ao lado do Rio Limay, pois o rio em alguns trechos fica bem manso e largo, parecendo um lindo lago cristalino, por isso fique atento à paisagem para fazer algumas paradas bem interessantes às margens da RN40... Quanto ao Paso del Córdoba, não indico esse caminho de forma alguma, vez que você terá uma amostra das formações em "Valle Encantado / Duendes" (com o plus do lindo rio Limay), e o caminho do Córdoba está muito detonado (e passamos por lá no período seco) e é realmente MUITO PERIGOSO!!! São subidas e descidas pra lá de íngremes, com precipícios e tudo em CASCALHO DETONADO... Por isso, siga o conselho: ida por Villa Traful e volta por Villa La Angostura, assim é perfeito, e você passará meuito bem (incluindo refeições e fotografias).

Emerson
EmersonPermalinkResponder

Ainda sobre o meu comentário acima, o tal "Valle Encantado" fica na margem direita de quem segue pela RN40 sentido Traful/Confluencia, e não na esquerda, como escrevi inicialmente.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Emerson! Agradecemos o relato! smile

MAykon
MAykonPermalinkResponder

Visitarei a região em out. A principio seguirei o trajeto. Puerto Montt > Puerto Varas > Villarrica > Pucon > San Martin de los andes > Bariloche. A ideia é fazer o percurso em cada lado da fronteira de carro e atravessar de onibus. Porém estou com dificuldade de encontrar onibus que parta de villarrica ou pucan para san martin. Alguém já fez este percusso? se sim poderia compartilhar seu relato? obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maykon! O ônibus vem de Temuco. A cia. é a Igillaima: http://www.igillaima.cl/index.php?option=com_content&view=frontpage&Itemid=1

É possível comprar passagens online:
http://www.altanetpasajes.cl/WebPayNarbus/Transacciones/Compra_por_internet/FrameBusquedas.asp?FinSesion=S&Cliente=

Se não conseguir, compre ao chegar, é só passar na rodoviária de Pucón.

Leonardo Ferreira Riera

Graças ao vosso site que eu consegui entender a diferença dos caminhos entre Villa La Angostura e San Martín de Los Andes e tivemos a oportunidade de fazer os dois com muita calma, aproveitando as belíssimas paisagens que surgem a cada curva.
Fiz o relato no blog:
https://comidaparaviagem.wordpress.com/2016/01/10/rota-dos-7-lagos-e-paso-cordoba/

Eduardo Favila

Olá.
Vou correr em San Martin de Los Andes dia 09/04/2016 e meu voo chega em Bariloche antes do meio-dia.
Vocês tem alguma sugestão de locadora de carro?
A organização da corrida quer cobrar US$110,00 pelo transfer Bariloche-San Martin-Bariloche.
Um pouco salgado...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eduardo! O trânsfer parece salgado apenas quando você converte para reais. Um trânsfer de 55 dólares para 3 horas de viagem está até barato (caso seja 110 dólares por perna, não chega a ser absurdo).

Existe um aeroporto em San Martín com vôos diretos desde Buenos Aires. É para lá que você deveria ter comprado sua passagem; veja se não dá para alterar.

Faça uma cotação em várias locadoras pela Rentcars.

Amanda
AmandaPermalinkResponder

Boa tarde, pessoal!
estou indo para Bariloche em 23 de Junho de 2016. Gostaria de fazer a Rota dos 7 Lagos no dia 28/06/16 com carro alugado, saindo de Bariloche e pernoitando em San Martin. Vocês acham que é possível, já que a estrada está toda asfaltada?
Obrigada!! Adoro seu site. Todas as minhas viagens são pautadas nele!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amanda! Em princípio, sim! Mas evite dirigir se houver capa de gelo.

Gustavo Rabello

Gostaria primeiramente de agradecer ao pessoal do Viaje na Viagem e as pessoas que fizeram comentários. Utilizei diversas dicas deste artigo e fórum.
Fiz a Rota dos 7 lagos (Rota 40) no dia 26/10/2016 saindo de Bariloche sentido San Martin de Los Andes. O caminho é bem seguro e com tudo sinalizado. Lembro que é importante abastecer o carro antes de pegar a estrada uma vez que só encontrará posto de gasolina dentro das cidades. Os lagos são incríveis com destaque para o lago Espejo Grande e o Traful (que não faz parte dos 7 lagos mas vale a pena conhecer) e o Rio Villarino que é deslumbrante. Caminho 100% seguro (asfaltado). No dia seguinte saí de San Martin de Los Andes em direção a Bariloche pegando a Rota 63 (conhecido também como a Rota do Passo Cordoba). Esta rota é toda de rípio (terra, cascalho e pedra) e bem sinuosa, mas dirigindo com prudência não há perigo. É só não correr com o carro. A vista do lago Meliquina e das formações rochosas são sensacionais.
Creio que valha a pena fazer a Rota dos 7 lagos com retorno pelo Passo Cordoba. Obs: Por não estar acostumado a dirigir carro automático preferi pegar um manual. É importante que esteja seguro ao dirigir o veículo pois é necessário saber controlá-lo numa estrada como a Rota 63.
Abaixo segue o tempo que levei para cada rota:
- Rota dos 7 lagos (contando com paradas de 2h para almoço em Villa la Angostura, desvio para rota que segue para o lago Traful e paradas para tirar fotos e curtir o visual): início da viagem as 10h da manhã e fim da viagem as 19:20.
- Passo Cordoba (contando com paradas de 2h para almoço no lago Meliquina e algumas paradas para tirar foto, porém menos que na rota dos 7 lagos): início da viagem as 12:20 e término da viagem as 19:15.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar