Tour secreto do Vaticano: o PêEsse fez

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Ingresso do Scavi TourO PêEsse é um fuçador de primeiríssima categoria. Descobriu que é possível visitar a Necrópole dos tempos romanos onde está a tumba de São Pedro. Que pouquíssimos visitantes são admitidos por dia. E, veja só: nem caro é.

Com o quê, deu um jeito de se encaixar num grupo.

Quer saber como, quanto e por quê? Passo o microfone ao PêEsse:

Pesquisando na Internet, tomei conhecimento de que a Necrópole (“Cidade dos Mortos”) do Vaticano estava aberta para visitação. É lá que está o túmulo original de São Pedro. Em resumo: o último desejo do Papa Pio XI, morto em fevereiro de 1939, foi ser enterrado o mais próximo possível do túmulo de São Pedro. O Papa Pio XII resolveu atender o pedido de seu antecessor e determinou que algumas escavações fossem feitas porque sempre se soube que a Basílica de São Pedro tinha sido construída onde São Pedro havia sido crucificado, mas não se sabia exatamente onde isso teria ocorrido.

Os escavadores terminaram descobrindo uma necrópole romana dos tempos pagãos bem embaixo da atual Basílica de São Pedro. A escavação continuou em segredo (isso foi durante a II Guerra Mundial e receava-se que se Hitler descobrisse se interessasse pelo lugar) e o túmulo original de São Pedro terminou sendo descoberto.

Em um altar existente nessa necrópole descoberta nas escavações foram encontrados restos mortais que, depois de estudos científicos e religiosos, foram anunciados como sendo os de São Pedro. Os ossos eram de alguém com setenta anos, com marcas de crucificação nos pés (São Pedro foi crucificado de cabeça para baixo, a seu próprio pedido, porque ele que não se sentia digno de ser crucificado da mesma maneira que Jesus Cristo) e que estava enterrado no altar principal de uma igreja, o que seria uma indicaria respeito e relevância.

A Necrópole fica embaixo da Basílica de São Pedro e tem um procedimento bem particular de reserva, já que somente no máximo duzentas pessoas por dia, em turnos de doze pessoas por vez, podem ingressar nela -- e nem todos os dias há visitações. A visitação é conhecida como “Scavi Tour”. Na verdade, o procedimento todo é feito de modo a não estimular muito a visitação, talvez para criar um ar de mistério e de dificuldade.

Primeiramente, envia-se um e-mail para o Escritório de Escavações do Vaticano (scavi@fsp.va e uff.scavi@fabricsp.va) informando o número de pessoas que participarão da visita, já com indicação dos respectivos nomes, os dias em que os interessados podem participar da visitação e os idiomas desejados para o tour.

Quanto mais dias e idiomas disponíveis a pessoa tiver, mais chances tem de ser aceita. Essas chances aumentam ainda mais se o pedido de visitação for feito com antecedência. Em março de 2010, enviei o e-mail com três semanas de antecedência e disse que estava disponível nos cinco dias em que ficaria em Roma para tours em português, espanhol e inglês.

Em seguida, você receberá uma mensagem automática apenas confirmando que o Escritório de Escavações do Vaticano recebeu seu e-mail. Isso não significa muito.

Só depois, em um prazo variável, você receberá um e-mail dizendo o dia e a hora em que você foi aceito no tour. Se você quiser o dia e o horário que eles lhe ofereceram, tem dois dias para mandar uma nova mensagem agora enviando os dados de seu cartão de crédito. Se não mandar nesse prazo, sua reserva é imediatamente cancelada. Não dá para barganhar o dia e o horário. Ou se aceita ou se recusa.

No meu caso, o e-mail chegou no dia seguinte com um tour reservado para as 13h15 de um dos dias que eu havia sugerido e eu imediatamente respondi aceitando e informando os dados do meu cartão de crédito. O tour é necessariamente guiado e custa doze euros por pessoa. De acordo com o site oficial, aparentemente não há intermediadores. Só o próprio Escritório de Escavações do Vaticano (Ufficio Scavi) pode vender o Scavi Tour.

Uns dois ou três dias depois, você recebe novo e-mail, desta vez encaminhando um recibo de pagamento que deve ser impresso e levado no dia da visita para ser trocado pelos tickets.

No dia da visita, você tem de ir ao Ufficio Scavi, um escritório bem pequenininho que fica dentro do próprio Vaticano. Eu tive um pouco de dificuldade para encontrá-lo mas agora é fácil. Na praça, de frente para a Basílica de São Pedro (olhando para ela), caminhe para o seu lado esquerdo e vá entrando no Vaticano (no Vaticano, não na Basílica) até topar com os guardas do Vaticano (aqueles das roupas de cores engraçadas). Basta perguntar sobre a “scavi tour” e eles indicarão o caminho. A partir daí é simples. Chegando na portinha do Ufficio Scavi, entregue o voucher que recebeu por e-mail e receba os tickets.

A visita é muito interessante. Começa pontualmente no horário, por isso é bom estar lá uns dez minutos antes, fora o tempo de encontrar o lugar. No meu caso, o guia era um seminarista americano. Ele começou dizendo que aquele não é apenas mais um passeio como o Coliseu ou a Fontana di Trevi, mas algo diferente, em que além de se entrar em contato com a história antiga de Roma, tem-se contato muito próximo com São Pedro. Em seguida, leu um trecho da bíblia e o passeio começou.

O caminho é estreito (lembra as catacumbas da Via Appia Antica) e escuro, mas nos lugares certos a iluminação é suficiente. Durante o percurso, o guia vai explicando como os ossos de São Pedro foram encontrados (a historinha que resumi acima) e você os vê exatamente no lugar em que teriam sido localizados. No trajeto, passa-se pelo túmulo do Papa Pio XI (aquele que pediu para ser enterrado o mais próximo possível do túmulo de São Pedro, dando origem a tudo). A visita se encerra na parte de baixo da Basílica de São Pedro, onde ficam os túmulos dos demais papas. Com isso, de quebra, ao fazer a Scavi Tour você ingressa na Basílica de São Pedro sem precisar ingressar naquela fila enorme.

Pessoas com menos de quinze anos não são admitidas. Não se permitem fotografias. Bolsas, mochilas, câmeras etc. precisam ficar guardadas em um lugar específico. O passeio todo é bem silencioso e acontece em clima bastante respeitoso. O passo-a-passo para a reserva está aqui. Além disso, maiores informações sobre a Scavi Tour podem ser lidas em inglês nesses sites:

Stpetersbasilica.org (também aqui)

Vatican.va

Slowtrav.com

Recomendo, inclusive para quem não for religioso.

Obrigado, PêEsse!

Foto gentilmente surrupiada daqui.

232 comentários

Lili-CE
Lili-CEPermalinkResponder

Dica quentíssima. Adorei, PêEsse!

Thiago Parente

Gostei da descoberta. Esse é um tour que gostaria de fazer.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Olá PêEsse!!!

Graças às suas dicas e orientações, no dia 09/06 eu visitei os museus do Vaticano de manhã e à tarde fiz a visita guiada (em espanhol). Foi emocionante pisar naquele solo e sentir toda a atmosfera de história e fé.

PêEsse
PêEssePermalinkResponder

Que bom que deu certo, Carla. Como eles não permitem fotos, só indo mesmo. Por mais que a gente tente, nunca vai conseguir contar/escrever como é realmente.

Eduardo M.
Eduardo M.PermalinkResponder

Considero este passeio o ponto alto de uma visita a Roma. Imperdível!
Quanto antes marcar, melhor. Reservei com uns três meses de antecedência; tentei reservar para amigos com cerca de um mês de antecedência e nada feito.

Larissa Oliva
Larissa OlivaPermalinkResponder

Muito obrigada PêEsse, pela dica! Estivemos em Roma agora no início de outubro e amamos o Vaticano!! Seguimos seus passos e fizemos o Scavi Tour, que é imperdível mesmo!

Edith
EdithPermalinkResponder

PêEsse, suas dicas são ótimas. Já recebi a confirmação para a minha visita e fiz o pagamento.
Vc disse que a visita termina dentro da Basílica e é preciso comprar ingresso também pra Basílica? Quais são os locais que precisam ingresso no Vaticano?

PêEsse
PêEssePermalinkResponder

Edith, não é necessário comprar um ingresso específico para a Basílica. O tour pela Necrópole vai prosseguindo e termina naturalmente na parte de baixo da Basílica, entre os túmulos de São Pedro e do Papa João Paulo II. Nesse lugar o tour acaba e você a partir daí faz o que quiser, inclusive permanecer dentro da basílica pelo tempo que desejar.

Luna
LunaPermalinkResponder

Olá, vou seguir seus conselhos e fazer esta visita. Também estou pensando em agendar a visita noturna no museu do vaticano, o aque acha? Gostaria de tirar uma dúvida, visitarei a Villa Borghesi, é preciso pagar entrada para andar nesta villa ou só para entrar na Galeria Borghesse? Você acha 'imperdível' visitar a galeria, ou apenas passear pela villa?
Obrigadaa!

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

FAltou dizer: em condições normais de temperatura e pressão, esse trajeto todo (Leonardo Express + metrô + taxi) leva 1h05-1h15 desde o momento em que vc embarcar no trem.

Ludmila
LudmilaPermalinkResponder

Oi Gente!
Ano passado tentei a visita scavi e não consegui, nem deram bola pro meu email... Nem pro email do meu marido, pensei que era implicância com meu sobrenome árabe e ele tb mandou, Rsss.
Esse ano já confirmaram a visita e com guia em português!(que eu nem sabia que tinha...)
Só tem um porém...
Vacilei na hora de fornecer as possíveis datas pra visita e acabaram marcando pro dia da nossa chegada e como era pegar ou largar, `Bora tentar a sorte.
Marcaram pras 14:35 do dia 31 de maio. Chegaremos no mesmo dia de um voo Atenas- Roma pela easyjet as 11:30 no Fiumicino, reservei um hotel "colado" na Basilica (Le Torri dei Papi) pra tentar deixar as malas e sair correndo.
A minha dúvida existencial é a seguinte: Qual o meio mais rápido pra chegar lá? Mandei email pro hotel porque pelo site eles dizem dispor de serviço de transfer... Alguém tem alguma sugestão?
Abração, galera da Bóia.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Se a visita é essencial para você, eu tentaria ajustar o resto da viagem. Se isso não for possível, a forma mais rápida de vc chegar na Basilica é de trem (porque elimina riscos de congestionamento): pegue o Leonardo Express até Termini, siga de metrô até a estação Ottaviano e de lá pegue um táxi até a porta do Hotel.

Transfer de hotel é fria: eles podem estar esperando outros passageiros, ou a caminho de outros hoteis.

Sem trânsito, é mais rápido pegar um táxi direto do aeroporto, mas é bem caro e é difícil nào ter trânsito nesse horário.

Estude antes direitinho como ir do terminal onde vc vai aterrisar até a estação de trem em Fiumicino, e também dá uma estudada no mapa de como sair da estação Roma Termini e ir para a estaçõa de metrô (é subterrânea, mas sempre ajuda já saber onde ir, passando pela bilheteria).

O vôo AThenas-Roma é intra-Schengen, então nào tem controle imigratório.

Luna
LunaPermalinkResponder

Vou ficar apenas 3 dias em Roma, reservei o 1º dia para Termas de Carcalla, Circuito Coliseu, Piazza Campo di'Fiori, Travestere. 2º Passeio a Necroli Vaticano, Museu do Vaticano, Castelo S'Angelo (só a vista), Piazza Papolo. 3º Piazza Spagna, Fontana de Trevi, Villa Borghese. Eu gostaria de saber se vocês acham impérdível visitar a Galeria Borghese ou apenas a visita ao parque?

Muito obrigada e adorei todas as dicas!!
Luna

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Eu acho a Galleria Borghese "O" museu de artes plásticas clássicas a ser visitado na sua viagem se você só tiver um para escolher.

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Após a resposta com a data da visita marcada, tentei enviar os dados do meu cartão de crédito. Entretanto, o pedido foi recusado. Gostaria de saber os dados que são necessários do cartão. Além do nome do titular e o número do cartão, é necessário enviar mais algum dado?

Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! É melhor checar diretamente com eles!

Samuka182
Samuka182PermalinkResponder

Cara, fiquei de mandar o cartão de crédito, fico meio receoso... não é perigoso mandar todos dados assim?

Aguardo retorno.

Samuel.

Samuka182
Samuka182PermalinkResponder

RESERVEI PARA DIA 30/06 EM ITALIANO. FOI BARBADA! HEHE

Marcelo RJ
Marcelo RJPermalinkResponder

Acabei de agendar para 09/08, alguém teria a informação de quanto leva esse Scavi tour, pois me agendaram para as 09:30h e gostaria de comprar logo pela internet, o ingresso do Museu do Vaticano, mas para isso terei que calcular mais ou menos o tempo desse passeio agendado.

Val
ValPermalinkResponder

é muito claustrofóbico? adoraria fazer, mas....

RosaBsb
RosaBsbPermalinkResponder

Val, apesar do nº limitado de visitantes, os espaços são pequenos, tudo bem ventilado e iluminado, caminhos estreitos e as pessoas vão se revezando nos corredores para todos verem, não é muito, mas é um pouco claustrofóbico. No início é mais apertado, logo os espaços vão se abrindo mais. Depois de superado os primeiros momentos, fica bem tranquilo.

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Gente ... eu fiz esta visita sem pagar nada e sem agendar nada, simplesmente eram umas 17 hs e vi um povo descendo uma escadinha atras de um altar da basilica, o guarda falou que era só descer.Descemos também e lá estavam estes tumulos, vc vê em 20/30 minutos e sobe outra escada que dá em pateo que é a entrada para subir até a cupula.

Danilo
DaniloPermalinkResponder

Essa é a visita às tumbas papais, e não o "tour secreto".

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Ah, não é nada claustrofóbico!!!
A subida para a cupula é + ou - , vc vai subindo e como é uma abóboda a parede vai ficando inclinada, mas tem alguns respiradouros e lugares para parar e dar uma descansada.

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Não falo italiano. O email para o Escritório de Escavações do Vaticano, para marcar a visita pode ser escrito em qual idioma?
Obrigada,
Adriana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriana! Escreva em inglês!

MICHELLA
MICHELLAPermalinkResponder

alguém conhece um guia brasileiro que possa fazer tour de 1 ou dois dias em Roma?

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Oi Michella... eu sou brasileira e faço passeios e conheço guias que falam portugues (mas nao sao brasileiras)... bom o site, tb aconselho este passeio da Necropole Vaticana. Patricia

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Graças a essa dica...consegui a autorização para participar junto com a minha mãe do Scavi Tour em outubro...segui as dicas...passei o e-mail em italiano...e deu certo...já recebi a confirmação...meu irmão vai agora em setembro e arrisquei para ver se tinha disponibilidade...e confirmaram também...provavelmente pq agora não é alta temporada...conto tudo depois q voltarmos ...obaaaaaa...beijos a todos

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Adriana usei o google tradutor para a tradução...simples assim...rsrssr...e ainda floreei...

Elisabete Lopes

Oi pessoal, segui as dicas do PêEsse, e foi facil, já recebi os voucher para novembro com guia em portugues.

Ramon
RamonPermalinkResponder

Queria ir, mas estarei em Roma com meu filho de um ano......

Vaticano: um reino que não é deste mundo | O Cachambi é aqui!

[...] Scavi Tour: a dica do Scavi Tour eu peguei no blog do Ricardo Freire.  Escrevi um e-mail para o Ufficio Scavi (o escritório do Vaticano que cuida do Tour) com uns [...]

aldeniz
aldenizPermalinkResponder

oi.
uma perguntinha: ja que nao pode entrar de mochila, nem maquina e etc. tem algum lugar pra guardar essas coisas antes de entrar na visita a necropole? obg

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aldeniz! Quando não dá pra entrar com mochila, sempre tem onde guardar grin

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Então, vi essa dica no site e resolvi tentar. Irei para Roma em Maio com meu marido, irmão e cunhada, e mandei hoje (06/02) a solicitação para o e-mail indiado aí no texto, incluindo as datas que estaríamos em Roma e falando que qualquer horário para nós estava bom. Disse também que éramos brasileiros que poderíamos fazer o tour em português, espanhol ou inglês. Qual não foi a minha surpesa quando meia hora depois, recebi um e-mail dizendo que a minha solicitação tinha sido aceita, que a visita estava marcada para dia 16/05 às 15:00hs e com guia em português....rs
Tô passada até agora....Já mandei o número do cartão de crédito e agora aguardo a confirmação de pagamento!

Micael
MicaelPermalinkResponder

Ola pessoal,
segui as dicas do blog e rapidamente ja me confirmaram o horario com o guia em portugues, agora só esperar dia 16 de abril....mandei o email em portugues mesmo, mas eles me responderam em espanhol.

Micael
MicaelPermalinkResponder

EU de novo,
Qual a dica para visitar todo o vaticano nesse dia??? Por onde começar ja que o meu "Scavi Tour" está marcado para as 14:45h??

Taisa
TaisaPermalinkResponder

Gente, mandei o e-mail hoje pedindo para agendar para semana que vem e consegui o tour em português!!! Onde eu agendo o tour no museo??? Tks

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Taisa! O passo-a-passo está todo descrito no post acima!

Vavá
VaváPermalinkResponder

Oi Micael,
seguindo as dicas preciosíssimas do PeÊsse, fiz o Scavi Tour em janeiro, durante minha visita a Roma. Considerando que o Vaticano não fica tão próximo ao Centro Histórico de Roma (me hospedei próximo à Escadaria Espanhola) programei um dia completo por lá. Como minha visita foi às 14:30, fiz da seguinte forma:
Comprei meu ingresso online para o Vaticano às 9:00 da manhã (era o primeiro horário). Visitei as diversas alas até as 13:00 mais ou menos. Aconselho reservar pelo menos uma hora entre a saída do Museu e a chegada ao Scavi Office, porque ficam um pouco distantes um do outro (eu não sabia disso - achava que podia acessar a Basílica pelo Museu e não deu certo. Fiquei perdida dentro do Museu também). Tivemos que correr um pouco até chegar ao local. Como eu não fiz a lição de casa direito (li o post, achei que tinha entendido e seria tranquilo achar a entrada do Scavi Office), demoramos um tempão para achá-lo, pois quase ninguém sabia nos informar..rsrsrs). Você tem que passar pelas Colunas da Praça de São Pedro e atravessar a rua, onde se deparará com os guardinhas de roupa colorida que o PeÊsse mencionou. A visita dura em torno de 1:30 e termina junto aos túmulos dos Papas, dentro da Basílica de São Pedro. Aproveitamos para comprar as lembrancinhas e visitar o prédio. Quando terminamos, já beirava as 17:00 da tarde e estávamos exaustos. Mas valeu a pena e deu para ver muita coisa. Eu não sou super fã de museu (meu marido é), mas o Museu do Vaticano é lindo, tem muito coisa para ser vista, nem que seja ficar passeando pelas galerias. Considerando que você terá que fazer umas pausas para lanche e almoço, achei o nosso programa bem redondinho. Se sobrar algum tempo, você pode visitar o Castelo de Santo Ângelo, um pouco a frente do Vaticano, próximo ao Rio Tibre. Disseram que do alto tem-se uma bela visão de Roma. Espero ter ajudado!

Micael
MicaelPermalinkResponder

valeu vavá pelas dicas...vou reservar a parte da manhã para o museu do vaticano, essas diversas alas inclui a capela sistina neh??

Vavá
VaváPermalinkResponder

Micael,
A visita ao Museu do Vaticano, inclui, sim, a Capela Sistina. E, mais uma vez, a dica do PeÊsse foi perfeita (tem outro post sobre o assunto). Logo que entramos, fiz o roteiro curto e fui direto à Capela, e tivemos mais ou menos meia hora de exclusividade, já que havia no máximo umas 15 pessoas lá dentro. Nós alugamos o áudio guia durante a visita. Apesar de ser baixa temporada, o Museu estava bastante cheio. Vale muito a pena comprar o ingresso pela internet.

Micael
MicaelPermalinkResponder

Vavá, muito obrigado pelas dicas...ajudou e muito!!!!!

Vavá
VaváPermalinkResponder

Ontem eu li alguns posts da Nívia, do blog Viagens Invisíveis, que esteve em Roma recentemente e pelas informações descobri por quê eu não consegui chegar à Basílica de São Pedro pelo Museu. A Nívia informa que há uma saída pela Capela Sistina. Só que durante a minha visita nenhum funcionário ou guarda nos indicou essa saída, sempre nos mandavam para a entrada principal. Pelo relato da Nívia entendi o problema: nós havíamos alugado o áudio guia, que deve obrigatoriamente ser devolvido na entrada do Museu (inclusive para resgatar o documento de identidade). Se você sair para entregar o equipamento não tem como voltar. Então fica a dica: quem alugar o áudio guia não conseguirá acessar a Basílica de São Pedro pela Capela Sistina. Faz toda diferença para quem está com horário marcado, pois o caminho é longo.

Micael
MicaelPermalinkResponder

fizemos o tour dia 16/04 foi muito bom.....recomendo, ficamos o dia todo no vaticano....de manha visitamos o museo, valeu a pena ter comprado pela internet pois a fila estava enoooorme....nesse dia tava lotado o museo e principalmente a capela sistina....a tarde fizemos o scavi tour, show de bola, com essas dicas foi tudo tranquilo não tivemos nenhum contratempo...valeu e abraços a todos que colaboram com o blog!!

Vavá
VaváPermalinkResponder

Bóia,

Postei um comentário e não apareceu... Será que dá para recuperar? Obrigada!

cris
crisPermalinkResponder

super obrigada pela dica! Na segunda, 20/02, enviei o email e hoje já estava com tudo agendado pro dia 16/04.

Rafael Victor
Rafael VictorPermalinkResponder

Muito obrigado pela dica Ricardo e PêEsse. Já encaminhei o e-mail, obtive resposta e irei efetuar o pagamento hoje.

Informo aqui que o processo mudou um pouquinho. Agora o pagamento é feito online. O escritório encaminha um e-mail com uma senha e você acessa o sítio virtual deles e faz o pagamento por lá.

Grande abraço.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Olá, gostaria de saber se alguém já fez o tour noturno pelos Museus do Vaticano e Capela Sistina, e qual o horário que vale mais a pena. No site do Vaticano a venda de ingresso para as visitas noturnas já estão abertas e fiquei pensando se não é mais tranquilo que pela manhã, mas meu medo é a iluminação não ser tão boa e eu não conseguir ver as obras com detalhes.

Maria Clara
Maria ClaraPermalinkResponder

Boa noite pessoas, oi Bóia...ainda não fui, mas está chegando...
Agradeceria saber se alguém por aqui já usou o Roma Pass e,em caso positivo,se vale a pena. Ainda não consegui entender bem como ele funciona.
Grata, Maria Clara.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Clara! O Roma Pass é super útil para "furar fila" em determinadas atrações como o Coliseu, que costuma ter filas longuíssimas. Ele dá direito a entrada gratuita nas duas primeiras atrações visitadas, e desconto nas seguintes.
https://www.viajenaviagem.com/2009/07/como-furar-fila-legalmente-em-museus-e-monumentos-na-europa-e-nova-york/
http://www.romapass.it/

Diana
DianaPermalinkResponder

Oi! No fim desse post tem o link para uma outra dica da mesma pessoa (o PêEsse), relativa à visita ao próprio museu e à Capela Sistina, como passar por ela duas vezes durante o tour, ou encontrar mais vazia, não entendi bem, mas eu não consegui entrar...

Kristen
KristenPermalinkResponder

Diana, eu tive a mesma dificuldade que você para achar essa dica. Quando vc clica no link indicado, cai na página principal de Roma. Daí é só vc rolar os comentários até o final, clicar na lista de comentários nº 1 (fica logo acima da palavra "comentódromo") e procurar o comentário do Pê Esse de 09/04/10. Eu não vou colar aqui pra vc porque é muito grande e vai cair na caixa de spams. Em todo caso, eu sugeriria à Boia colar esse texto aqui no post mesmo para ele não ficar perdido na caixa de comentários.
Pelo que eu entendi, basicamente a dica é reservar o museu no primeiro horário, ficar na fila bem antes da abertura e assim que abrir ir direto para a Capela Sistina, que ainda estará vazia. Depois você volta para o início do tour, faz a visita normal e depois passa pela Capela Sistina de novo.

Diana
DianaPermalinkResponder

Muit, muito obrigada Kristen!
Vou ler agora!
Mas já reservei meu tour do Museu do Vaticano e não foi no primeiro horário...

Roberta  Mares
Roberta MaresPermalinkResponder

Eu fiz o scavi tour no dia 27/03, em português e tenho que dizer que foi inesquecível... o melhor que me aconteceu em Roma, e olha que não sou tão católica assim, mas achei emocionante. Não deixem de reservar esse passeio

Ney
NeyPermalinkResponder

Eu e minha esposa faremos em Maio e já estamos super ansiosos...

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Estou programando as pressas uma viagem para Europa em junho deste ano. Li a dica do Scavi Tour, adorei e achei que talvez nem conseguisse mais. Mandei o mail hoje mesmo e a resposta veio rapidíssimo! Agora só falta pagar smile

Felipe Nóbrega

Seguindo as dicas de todos aqui, farei a visita com guia em Português no dia 24/07. Mandei o e-mail ontem a noite e hoje já recebi a confirmação do passeio. Agora uma dúvida: envio meus dados do cartão por este e-mai lque recebi ou aguardo outro com algum link que irá me redirecionar para um site para pagamento? Fiquei em dúvida pois no e-mail que recebi menciona algo do tipo!
To na expectativa já!!!!

Rodrigo Amorim

Bom dia!

segui as dicas para reserva e em menos de 12 horas mandaram a confirmação do Scavi tour com o dia que escolhi e ainda em Português!

Só ocorreu uma alteração, agora, vc faz o pedido, eles confirmam e depois de 5 dias chega um boleto online para ser feito o pgto. Não é mais necessário o envio das informações do cartão de crédito para a confirmação do Passeio, o pagamento passa ser a confirmação.

A unica coisa que não entendi direito e se alguém puder me informar é o seguinte:

Entendi que não é possivel usar cameras, mas estando com uma tenho aonde guarda-la dentro do Vaticano? Ou não pode levar nesse dia? Pergunto isso porque ter que deixar a camera no hotel pra depois voltar pra buscar é um pouco trabalhoso!

Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rodrigo! Quando não é permitido fotografar, ou você deixa a câmera no guarda-volumes (e isto está cada vez mais raro; há guarda-volumes de museus que ficam com a mochila mas pedem que você leve a câmera consigo), ou carrega com você mas não pode usar. Provavelmente será essa segunda alternativa. Não precisa deixar a câmera no hotel.

Jacqueline
JacquelinePermalinkResponder

Eu fiz esse tour. Valeu muito a pena. O guia foi um padre brasileiro de Curitiba, muuuuito simpático. É muito interessante fazer visita guiada (não!! não é comparável com um livrinho guia!! é muuuuito melhor)conhecemos história não só da construção do Vaticano, mas também de Roma. Adorei!!

malena
malenaPermalinkResponder

Olás!

Vim agradecer as dicas sobre o Scavi Tour! Foi um dos pontos altos da visita a Roma, e olha que não sou católica... E o grupo que fez a visita parecia excursão do Viaje na Viagem rs... Acho que só 1 pessoa não tinha levantado a dica aqui grin
Obrigada!

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Oi, super dica! ,onsegui..foi bem tranquilo.mas to com uma dúvida. Meu voo esta programado pra chegar em roma 9h. E minha visita tah marcada pra 14.30. Acham que têm tempo yranquilo? Será em janeiro. Obgs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriel! Era melhor não ter compromisso assim logo no dia da chegada, para dar tempo de sair do aeroporto, fazer check-in e se entender nos arredores do hotel primeiro.

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Valeu! Vou tentar chegar no dia anterior... neste caso Dá tempo de fazer Museu do Vaticano + Basílica de S. Pedro (com visita na cúpula) ou seria melhor fazer a Basílica depois do Tour? Mais uma vez muito Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriel! Faz-se a Basílica depois do museu do Vaticano, há uma passagem da Capela Sistina direto para lá.

Monique
MoniquePermalinkResponder

Segui as dicas daqui e consegui a visita com guia em português para o mês que vem.
Agora queria uma dica,fico 3 noites em Roma, chego dia 15/11 a tardinha e agendaram minha visita pro dia 16/11 as 14h, ou seja meu primeiro dia inteiro de viagem no Vaticano, vcs acham que é uma boa opção? Porque mandei o e-mail pedindo autorização para os 3 dias e me enviaram logo para o primeiro dia mesmo e queria muito fazer.Obrigada e parabéns pelas dicas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Monique! Você já terá dormido uma noite e estará descansada.

Cassiana
CassianaPermalinkResponder

Apenas para animar os atrasadinhos como eu...estarei em Roma de 25/11 a 05/12, mandei o e-mail dia 15/11 e já me responderam no dia seguinte agendando para o dia 29. Fiquei muito feliz que ainda deu tempo. O guia será em espanhol, mas está ótimo.
Valeu pelas dicas!!!

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Olá Bóia!
Como sou muito apressadinha, mandei email pedindo visita para o Scavi tour para abril de 2013 e dei opções de 3 dias: 1, 2 e 3. Eles já me responderam marcando para o dia 3 de abril às 14.15 com guia em português, que maravilha! Após ler com atenção com tradutor dr.google vi que não irá abrir dias 1 e 2 de abril de 2013 por causa da páscoa e eu gostaria de deixar avisado aqui para a galera que queira programar para esse período.
Um abraço.

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Ola...pretendo ir ao Vaticano numa 4a feira, quando tem a bencao do Papa ao meio dia. Duvidas:eh possivel fazer o Museu do Vaticano e Capela Sistina antes e depois voltar a Basilica de Sao Pedro?? Alguem ja fez o tour dessa forma??Grazie smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! Que tal marcar sua visita para a tarde? Costuma ser menos cheio do que de manhã, e há uma passagem da Capela sistina à Basílica no fim do tour.

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Super obrigada....fiquei com receio de fazer o Museu a tarde na 4a feira por achar que esse seria o "roteiro" daqueles que ficam para a bencao do Papa...de repente, o Castel Sant Angelo poderi ser uma opcao de manha? Grata!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! São públicos diferentes. Mas qualquer dessas estratégias funciona. Reserve sua visita ao museu pelo site.

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Super obrigada, como sempre!

Erica
EricaPermalinkResponder

Olá!!!!
Vou pra Roma em Março de 2013, quero assistir a audiencia papal na quarta feira, e consegui agendar a visita a Necropole na quinta às 14:30, em qual dia será q ficaria melhor eu aproveitar para fazer a visita ao Museu do Vaticano?
Grata!!!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Erica! Tente a quarta mesmo.

Cynthia
CynthiaPermalinkResponder

Oi gente,
Vou pra Roma em fevereiro/13, chego dia 09 e consegui agendar minha Scavio tour pra 09, às 14:30h, recebi o e-mail ontem. Só tem um porém, todo mundo tá dizendo que eles pedem o número do cartão de crédito e tal, mas no meu e-mail eles disseram que o pagamento é todo on-line, que é pra eu esperar eles mandarem outro e-mail com o código pra pagamento. Alguém que vai viajar esse ano pode me dizer se foi assim? rsrss...
Outra dúvida, qual a melhor localidade pra se hospedar? Alguém que foi ficou em hostel e pode me indicar algum? que fique próximo da maioria dos pontos turísticos ou próximo de alguma estação de metrô, pra economizar mesmo com deslocamento. Grata.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cynthia! Você é a primeira leitora que comenta sobre mudanças no procedimento. Depois conte para nós como funciona agora!

Veja onde ficar em Roma na página-guia:
https://www.viajenaviagem.com/europa/roma-ricardo-freire/

Leitores indicam albergues aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2011/04/albergues-hostels-pelo-mundo-os-relatos-dos-leitores/

Pesquise também no Hostelworld.com.

Isabel
IsabelPermalinkResponder

Olá...vou para Roma semana que vem e gostaria de saber se é necessário pagar para entrar na basílica ou eu só preciso pegar uma fila para entrar.obrigada!!!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Isabel! Para entrar na basílica não se paga.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar