Tous ensemble: allez le Brésil!

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Táxi embandeirado em Grand-Case, St.-Martin

Ontem no lado francês (St.-Martin) eu vi um carro chique com uma bandeira do Brasil e pensei: ué, o Brasil tem representação diplomática por aqui? Que desperdício de dinheiro público!

Mas logo depois vi uma van com duas bandeiras do Brasil. E um táxi com bandeiras do Brasil e um monte de cacarecos verde-amarelos no painel de controle.

Daí vi outros carros com bandeira da França, um com bandeira da Alemanha. São as torcidas!

Táxi embandeirado em Grand-Case, St.-Martin

Na Copa do Mundo dá pra torcer pelo Brasil como quem torce pro Manchester United ou pra Inter de Milão. E pelo que estou vendo, a torcida do Brasil em St.-Martin só perde pra da França :cool:

Já no lado holandês (St. Maarten) não tem nada disso. Até porque de holandês esse lado não tem nada. Mas faz de conta que eu não falei nisso ainda; esse é assunto pra ooooutro post...

23 comentários

Diogenes
DiogenesPermalinkResponder

Mas o desperdicio de dinheiro público acontece sim... O Brasil abriu representaçoes diplomaticas, no governo LULA, em Antigua e Barbuda, Bahamas, Santa Lucia, Granada, São Vicente e Granadinas, São Cristovao e Nevis, Dominica ... Isso só pra citar as do Caribe. Melhor nem falar as da Africa.

Isabel O., Portugal

Ouvi vagamente dizer (tapo sempre os ouvidos nesta matéria)que no 1º grupo estava Portugal e Brasil. Por favor contribuam para a nossa eliminação RÁPIDA para se acabar com "directos" de mais de meia-hora sobre tudo e coisa nehuma (as casas de banho do hotel, as ementas, as chuteiras, as casas dos rapazes, os seus cortes de cabelo, as meninas chorando por esse mega-brega do C. Ronaldo e por aí fora).
Podem-me acusar-me já de anti-patriota que não me importo. Acho deprimente que o nível de patriotismo de uma nação se meça pela sua relação (doentia) pelo fenómeno futebolês. Mas por cá é bem pelo superficial (contratos, lesões, escândalos com árbitros). Os nossos estádios estão montes de vezes meio vazios...
Há uns anos começou por aqui essa mania da bandeirinha, adereço praticamente desprezado pelos locais até 2004, e que continua a sê-lo... a não ser nestas alturas. E quem trouxe esta mania (que no Euro 2004 deu com tal febre que até o meu marido pôs discretamente no carro... até eu nele entrar, ficar em choque e retirá-la num segundo)? Mr. Scolari!!!

Este assunto traz ao de cima o pior que há em mim.
Oh Ric, desculpe lá o desabafo radical(ão).

Ricardo Freire

mrgreen
mrgreen
mrgreen

Claudia Beatriz

É uma época interessante para estar fora do Brasil e reconhecer os brazucas pelas cores! Por falar nisso, em que parte do mundo você vai estar durante a copa? Já sabe onde vai torcer pelo Brasil? wink

Ricardo Freire

Vou passar duas semanas da Copa no Brasil... mais não digo eekops:

Juliana Amorim

Oi Riq aproveitando a deixa: vc podia fazer uma enquete, daquelas em que leitores de "todo o mundo" colaboram, onde torcer pelo Brasil no MUNDO! Eu vou estar por Berlim , Bruxelas, Amsterdam,e tô meio perdida. Quebra o galho ai!!!! smile

Ricardo Freire

Boa! Vou fazer sim.

Juliana Amorim

Valeu!!!!!!!!!!!!

Marcie
MarciePermalinkResponder

Eu sei, por questões de trabalho, que no Parc de la Villette, em Paris, vai ter telão mostrando os jogos.Ouvi falar que vai ter na cidade, também, mas não sei onde, ainda. Em Londres vai ter também, veja aqui: http://jungledrumsonline.com/articles/top-tips-on-where-to-watch-the-games-in-london/. Em Madrid, vai ter na Casa do Brasil. Em Berlim, Munich, Frankfurt, Dusseldorf, Hamburg e Kohln também vai ter.

Juliana Amorim

Marcie, a Lina, do Conexão Paris, tb disse que vai ter Telão em Trocadero. Acho que fica mais perto pra mim.

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Falando de Brasil.... hoje eu comprei o meu primeiro chinelo para este verão. Gostei, ao momento, dum chinelo brasileiro. Estos chinelos são diferentes a outros chinelos. O texto da etiqueta dize: Deixe um pedacinho do mundo para mim.... em a etiqueta parece a imagem de um bebezinho sobre um chinelo. Eu pensei em todos os amantes dos chinelos, flip-flops o hawaianas. A marca é Goóc... e já estou adorando... agora eu tenho algo mais a gostar de Brasil.

...mais eu não sou de bandeiras...

Henrique
HenriquePermalinkResponder

Riq, perdoe-me, mas como acho no site suas postagens por ordem cronologica ? Por exemplo, onde vc estava e o que postou em março de 2010.

Ricardo Freire

Na barra lateral direita, onde está o Comentódromo, você vai ver outros três quadradinhos: + Recentes, Tags e Arquivo. Clique em Arquivo que aparecem os meses.

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Ahhh, pois me desculpem os "do contra" (rs) mas já coloquei a bandeirinha do Brasil (que desenhei com giz de cera com o Gabs) bem na janela da frente. Daí meu vizinho inglês imediatamente colocou a dele e depois o francê tb colocou. Em um dia entramos no clima da Copa aqui no prédio. lol

Clarissa M. Comim

Olá! Adoro seu site! Tbm li seus livros sobre viagens e amei! wink Parabéns por informar melhor as pessoas sobre viagens! smile abraços!

Gabi de Madri
Gabi de MadriPermalinkResponder

Eu estou a procura de uma bandeirinha do Brasil pra colocar aqui na mesa do escritorio, no meio de todos os espanhois que alias já estao se achando campeoes da Copa. Bandeirinha sim! Nao é nacionalismo, é disfrutar do espetaculo que é a Copa do Mundo, fazer parte do show! E se o Brasil ganha, melhor ainda neh gente?

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Gabi, não todos os espanhois.... e ademais está o medo. Eles estao se achando campeoes pelo medo a perder...

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Gente a Copa é uma festa mundial!!!!
A-d-o-r-o!
Mas, em casa meu marido O-D-E-I-A!
Resultado: as bandeirinhas já estão compradas .....wink

Fê Costta - viaggio mondo

O Brasil é fashion sobretudo durante a Copa do Mundo. Aqui em Dubai, as vitrines estão cheias de bandeiras do Brasil, as pessoas (árabes, indianos e otras cositas más)estão vestidas dos pés à cabeça com as cores do país, os carros estão enfeitados e a programação dos hotéis, todas também voltada para o Brasil. Se depender do Oriente Médio e da Índia, só vai dar Brasil nesta copa! Inshallah!! wink

Isabel O., Portugal

Embora se note que a minha opinião é tudo menos imparcial, acho que por cá há alguma divisão. Os entusiasmados de verdade, aqueles que se deixam ir pelo circo fabricado pelos media, e um grupo significativo (mas possivelmente minoritário) que está mortinho para que tudo acabe depressa porque não suporta tantas horas de não-jogo em torno de fait-divers.
Eu acho que por aí é diferente porque têm anos de glória por trás, e isso criou um grande élan entre os brasileiros. Nós nunca ganhámos nada importante porque claudicamos sempre nos momentos decisivos. Mas as pessoas têm sempre muita esperança renovada quando há estes campeonatos. Está bem...
Chegou por aí a notícia de assalto a jornalistas num hotel?
Dois portugueses estiveram de arma apontada. Espero que não se torne moda, pois isso agravaria a (má) imagem que o país tem pelo hemisfério norte em termos de segurança. Têm morrido imensos portugueses donos de estabelecimentos comerciais e fazendas, em assaltos (a colónia é grande) ao longo da última década.

Ricardo Freire

Isabel, minhas únicas fontes de informação no momento são a caixa de comentários do site e o Twitter. Vou ver o que saiu.

Fran
FranPermalinkResponder

Ninguém acredita, mas quando eu morei no Chile ficava impressionada com a quantidade de pessoas que saíam às ruas para comemorar as vitórias do Brasil durante as Copas de 94 e 98. Os próprios chilenos vestiam camisetas verde-amarelas, prendiam bandeiras enormes nos carros e saiam buzinando pela Av. Bernardo O´Higgins, parecia a Paulista. O Brasil tem uma torcida enooooorme fora daqui, e não é de brasileiros que moram fora não! grin

Jurema
JuremaPermalinkResponder

Eu morava na Alemanha, em Stuttgart, durante a Copa de 2002. Havia festa nos jogos do Brasil, de Portugal, da Turquia,da Espanha, da Coréia, cidade tinha imigrantes de todo canto. Mas, à medida que as seleções iam sendo eliminadas, a torcida brasileira crescia. Na final os que não eram alemães natos eram brasileiros desde criancinha. Nós ficamos com medo de ir torcer na final em lugares públicos, afinal torceríamos contra os donos da casa (achamos que era falta de respeito). Nós nos reunimos na casa de um brasileiro, que morava meio afastado da cidade. Acabou o jogo, Brasil campeão, Alemanha vice, e ficamos com uma vontadinha de sair comemorando, mas estava todo mundo meio assim... Aí um falou: vamos quietinhos até o centro, ver o que rola por lá? E fomos, "quietinhos" (ou quase).
Quando chegamos no centro da cidade, estava a maior festa... dos alemães!!! Comemorando o vice-campeonato! (Como a nossa seleção na época, a deles estava desacreditada, ninguém apostava que chegariam na final.) Descemos do carro, e o povo veio comemorar conosco! Até hoje, ainda lembro disso como um dos nossos mais interessantes choques culturais. Imagina se por aqui alguém sairia para beber e cantar e dançar e comemorar o vice??? E ainda confraternizar com a torcida vencedora???

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar