O que você já esqueceu em viagem?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

O fio do meu barbeador -- que bom que o antigo funciona no novo

Depois de muito tempo voltando para casa com todas as coisas que tinha posto na mala ao partir, eis que eu voltei a perder coisinhas durante a viagem.

Em Orlando, num dia em que a mala tinha ficado no carro, e o carro tinha ficado o dia inteiro debaixo de um sol inclemente, tive a infeliz idéia de pôr um HD de 400 giga, com todas as minhas fotos dentro, para resfriar junto ao ar condicionado. Claro que esqueci o bichinho ali. (Calma. Este era apenas um dos meus três back-ups idênticos.)

No meio da viagem ao Caribe, esqueci o livro que estava lendo num dos carros alugados. Não, não me pergunte o que o livro estava fazendo fora de alguma bolsa. Eu mesmo estou tentando encontrar uma resposta para esta pergunta, e até agora nenhuma que eu dei me satisfez.

E finalmente, faltando uma semana para voltar, esqueci o fio recarregador do meu barbeador novinho. Só notei quando a bateria do barbeador acabou (algo bem freqüente, quando você usa o barbeador para fazer a careca falsa também). Tive que comprar um barbeador vagabundo pelo caminho.

No meu caso específico, fios são os campeões de esquecimento. Já perdi a conta de quantas vezes fui pegar fonte de computador ou cabos em geral no aeroporto, enviados depois de eu ter saído de casa sem eles.

E você? O que andou esquecendo por aí recentemente? E como fez para contornar a situação?

90 comentários

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Eu e meu marido adoramos viajar. O problema é que alguns objetos nossos também adoram viajar e mais - adoram ficar nos lugares para o qual viajam...hehe Mas é um pouquinho de nós espalhado nesse mundinho afora.
Então temos anéis que decidiram se mudar para o Cairo, uma squeeze verde e amarela que amou Istambul, 3 capinhas de máquina que se mudaram para Istambul, Santorini e Delft e Shampoo e sabonete líquido morando em Casablanca.
Em setembro estamos rumando a novas aventuras. Talvez mais algum objeto fique por lá...

Paulo Futami
Paulo FutamiPermalinkResponder

Recarregador de bateria de notebook no Hotel em Carmel CA, relógio em Amsterdã e outras coisas que ainda não senti falta!!

Leo
LeoPermalinkResponder

Mais um voto para o uso de check-lists. Eu uso as listas especificas do gmail tasks para cada tipo de viagem , mas uma solucao em papel tb funciona. Os itens sao as seguintes: passagens, mapas, dinheiro, cartoes, enderecos passaporte...

Vicente Frare
Vicente FrarePermalinkResponder

Minhas Havaianas eu quase sempre esqueço mas uma vez, depois de passar três dias fotografando Olinda (com filme PB) saí correndo do hotel pois estava atrasado e deixei dois rolos de filme em algum lugar do quarto. Ninguém nunca mais os encontrou e eu nunca mais voltei para fazer outras fotos. sad

Samira
SamiraPermalinkResponder

Já esqueci carregador de celular, bateria de máquina fotográfica, documento do sobrinho menor, chave do cadeado da mala, documento da imigração trancado na mala e já embarcada!, uma loucura! : )Ainda bem que os uruguaios do Buquebus foram camaradas: )

Lorena
LorenaPermalinkResponder

Em Dezembro último fiz minha mala para os EUA no invernão sem botar nenhum casaco, mas o pior foi agora em Junho que fui p/Miami e tive que trazer um carrinho de bebe para meu irmão, o top-super-mega carrinho, dificilimo de encontrar, foi uma novela para conseguir comprar e tive que pegar o que estava em exposição na loja (o último), que colocaram na caixa, mas aí quando cheguei no Brasil e meu irmão foi montar, estava sem as rodas, manco total!!! Minha cunhada quase teve o bebe, rsrs, a sorte que meu amigo ainda estava por lá, passou na loja, pegou as rodas e trouxe...

Vanessa Gulhanone

Já esqueci o Pimpão: ursinho-companheiro indispensável da minha filha,rs

Vanessa Gulhanone

ah esqueci uma máquina fotográfica também...

http://www.cinemarock.com.br

Claudia Beatriz

Eu só não esqueço a cabeça porque ela é grudada.
Lendo o seu post no carro ontem pelo celular(o marido estava dirigindo smile), na volta da nossa viagem, me lembrei que esqueci o cabo de força do laptop. sad Por sorte eu tenho backups! smile
Já esqueci biquini, minha saida de praia predileta, um terninho no hotel em São Paulo(liguei duas horas depois do check out, já no aeroporto e o quarto já tinha sido arrumado e NINGUEM achou o bendito! Fala serio ne?).
Carregador da bateria da minha CANON, carregador do celular. Mas o campeão de esquecimento: Condicionador.
Quando estou com meu marido, as chances são menores, porque ele normalmente faz uma uma geral, depois da geral, antes de sair do quarto do hotel. Numa dessas, ele descobriu minha carteira com todos os meus cartões, caida embaixo da cama. smile E até o fim dos séculos ele me lembrará disso!

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Eu nunca esqueci nada em hotéis(o marido sempre dá uma geral), mas indo pra SP(Juquitiba),de carro, deixei uma mala com todas as roupas e sapatos da minha filha(na época com 5 anos)
Sorte que alguns amigos ainda estavam no Rio(onde moro), pegaram a chave reserva com a vizinha(sempre deixo) e levaram a mala. O chato é que eles iriam só no dia seguinte. A filhota teve que ficar quietinha pra não se sujar muito e não precisar trocar de roupa!
Tive que aguentar a família toda falando no meu ouvido os 10 dias de férias.Aff!

Sara Elgenneni

Oi Ric, na última viagem que fiz, esqueci o cabo que liga a câmera fotográfica na TV...
Independente do que esquecemos, geralmente o fazemos para voltar depois... acho que é o inconsciente querendo ficar por ali, viajando...

Celina
CelinaPermalinkResponder

Em Nova Yoork, deixei minha carteira, com TUDO, no guichê de um teatro na Brodway, me dei conta quando fui pagar uma saladinha. Voltei e milagre, estava exatamente onde deixei, mesmo a fila estando gigantesa! Mas desde que comecei a viajar no mais puro estilo low cost de ser, levo e compro cada vez menos coisas. Sou e fiquei mais psicótica ainda com os ítens importantes e nessa última viagem (depois de ter esquecido minha velha e querida câmera no avião da Ryanair, voltando de Dublin) eu cheguei ao cúmulo de comprar uma carteira (horrorosa!) com uma correntinha para ficar amarrada na bolsa (que é sempre a tiracolo), um outro cordão para a (nova)câmera para que ficasse amarrada em mim,
e um porta passaporte/dinheiro/passagens/cartão, também de pendurar no pescoço. Eu parecia um varal nos aeroportos, pois nessas companhias a gente só pode levar a mala (nada de bolsa ou mochila). De resto, antes de viajar eu fotografo o que estou levando na mala, então tenho uma memória "fotográfica" do que tem que voltar para ela. Além disso, coloco etiquetas adesivas de cores diferentes nas reservas de hotéis e passagens, na hora de procurar é só ir direto na cor correspondente.

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Lembrei de um mega esquecimento...Indo pra Fortaleza no reveillon do ano passado pra esse...
Estava com todos os comprovantes e vouchers grampeados, entreguei no check in e nao devo ter percebido e deixei por lá!
Já dentro do avião uma das amigas pergunta...em que mesa vc esta na festa...e percebi o que tinha feito! Pedi pros comissarios pra passarem um radio pra ver se estava no check in e nada!!!! Voei 3 horas e meia tensa nervosa desesperada
Tive que me explicar pro carinha do transfer...pro carinha do hotel e pratiamente fazer ginastia pra conseguir meu ingresso na festa...mas a sorte estava do meu lado o tempo todo. Ainda bem!

lene
lenePermalinkResponder

Riq, qualquer hora faça um post nessa linha pra sondar se o pessoal aqui já passou por muitos furtos em hotéis.. já dei azar tanto no brasil quanto fora, dependendo do lugar se esquecer alguma coisa fora da área cadeada da mala, já era...

Kely
KelyPermalinkResponder

Oi Riq e trips!
Sei que não é da área do site, mas peço sugestões de um HD externo,
qual a marca que voces tem?
Pois tenho um da Seagate que parou de funcionar, simplesmente parou de ser detectado pelo pc (me ferrei total),
valeu pessoal

Sobre o post, geralmente esqueco minhas garrafinhas da Tupperware, e coisinhas no banheiro.

Ricardo Freire

Esses bichinhos são frágeis mesmo. Se não foi queda ou desligamento súbito, não desista do conteúdo do seu não. Leve num pecezeiro, que eu acho que ele consegue recuperar o que está dentro.

A minha dica (que peguei da Cora Rónai) é ter tudo triplicado. Assim se você perder um ainda haverá dois.

kely
kelyPermalinkResponder

Valeu Riq!
Vou comprar 3 novos, apartir de agora tudo triplo!!
Valeu

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Quando fui pra Portugal,este ano, imprimi todos os trajetos de carro pelo viamichelin.com (dica do Riq, claro)Quando estava de saída de Guimarães pra Santiago de Compostela, vi que tinha esquecido este trajeto no Rio mas consegui copiar no PC do hotel (à mão, pq o gerente não me deixou imprimir) Fiquei muito ansiosa pq ia mudar de país, mas deu tudo certo e ainda teve um ponto positivo: passei por Vigo, que é uma cidade linda, e no roteiro original, seria "bypassada".

cris maria
cris mariaPermalinkResponder

Quando estudante esqueci a barraca de camping dentro do ônibus que fazia Floripa - Garopaba, e só me dei conta quando chegamos na praia da ferrugem (de táxi) e percebi que minha bagagem estava mais leve.... sorte de ser cidade pequena e todo mundo se conhecer (o taxista resgatou a barraca porque conhecia o motorista do ônibus)! Enfim recuperei a "minha casa" de verão!

Hortencia e Liomar

Quando fui para Polinésia Francesa, esqueci do recarregador de baterias da minha máquina fotográfica. A sorte é que eu estava num cruzeiro e encontrei uma brasileira que muito gentilmente recarregava a minha bateria sempre que eu precisava.

Luiz Sergio
Luiz SergioPermalinkResponder

Em São Paulo esqueci minha carteira e a máquina fotográfica no cofre do Trypp Hotel em Tatuapé, e só percebi no aeroporto de Guarulhos quando pagava o táxi. Para minha sorte o taxista era conhecido do recepcionista do hotel. Liguei para o hotel, forneci a senha do cofre ao recepcionista, pedi que o mesmo entregasse os objetos ao taxista, e combinei com este último uma nova corrida para trazer os pertences ao aeroporto. Deu tudo certo, exceto o horário do vôo que perdi. Mas consegui outro vôo mais tarde (pagando a dieferença), e ainda conheci uma gata que viajou do meu lado!

Sara Soares
Sara SoaresPermalinkResponder

Oi!
Acho que essa gata sou eu.
Bjs

Silmara Colombo

Eu já esqueci o cartão para sacar dinheiro e tinha só 2 folhas de cheque. Estava em Fortaleza, numa viagem de 10 dias. Nunca usamos tanto cartão de crédito na vida...rs O problema é que água de coco, por exemplo, ainda não se compra no cartão. Não existe agência do meu banco lá. A solução foi cada vez que passávamos o cartão pedir com jeitinho pra passarem um pouquinho a mais pra termos dinheiro em espécie.

Sara
SaraPermalinkResponder

O meu caso talvez seja o mais cômico de todos.
Fui pra Buenos Aires com meu namorado e após ter saido de SSA, feito conexão em SP, etc chegamos exaustos no hotel. Depois decidimos jantar no La Caballeriza. O jantar estava perfeito, fomos um dos últimos a sair do restaurante. Pegamos um taxi e voltamos para o hotel. Eu estava morta, tinha até cochilado na mesa do restaurante. No dia seguinte, acordei, tomei banho, me arrumei e na hora de sair, quando procuro minha bolsa. Cadê? Nada de bolsa!!! E era uma bolsa grande que estavam meus documentos, passaportes, maquina fotografica, dinheiro entre outras coisinhas mais. Liguei desesperada no restaurante e nao atendia, afinal o restaurante nao estava aberto aquela hora do dia. Esperei até 11 h da manha e retornei a ligação, falei para o gerente que tinha perdido uma bolsa e o mesmo me falou que teria encontrado uma "carteira". Pensei, ai que bom! Pelo menos deixaram a carteira! Fomos até ao restaurante, na chegada me perguntaram o que havia no interior da bolsa e só depois de fazer uma descrição completa eles me apareceram com a bolsa INTACTA! Vale ressaltar que bolsa em espanhol é "carteira". Bom, fui salva pela honestidade de nossos hermanos.

FlaviaHC
FlaviaHCPermalinkResponder

Sou do time das que perdem pouco mas perdem bem!
Há mtos anos qdo estive em Portugal esqueci no hotel de Guimarães um casaco q tinha acabado de comprar, só percebi qdo cheguei no hotel da Cidade do Porto. O santo maridão concordou em pegar o carro e voltar lá p/ buscar o bendito!
Na mesma viagem, por alguma razão misteriosa, os tíquetes aéreos q nos levariam em seguida p/ Paris ficaram dentro do guia q usava p/ passear pela cidade e eu não percebi. Num dos passeios o guia caiu no chão e mtos papeis voaram. Recolhi o q pude e não me importei com o resto. Ao chegar no hotel vi q a passagem do meu marido estava junto com os papeis recolhidos, mas a minha saiu voando pelo Douro!
Naquela era pré-internet e pre-celular (quase pre-historica), não consegui embarcar sem ter q pagar o trecho perdido!
Acabei de voltar de Ushuaia e ao sacar $ no caixa eletronico deixei meu cartão de credito dentro da máquina, só fui perceber a noite. Tive q cancelar o cartão e estou usando o do santo maridão até agora pq o novo ainda não chegou....

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Viajei com minha filha de 13 anos à Paris no ano passado e ela esqueceu no hotel a carteira com 60 euros e um Itouch.
Nós achamos que tinham sido esquecidos no aeroporto e, para nossa surpresa, 10 dias depois chegaram ambos pelo Correio, enviados pelo gerente do HOTEL MODERNE SAINT-GERMAIN.

Só podemos elogiar e MUITO a recepetividade e educação do povo francês.

Lane
LanePermalinkResponder

Eu esqueci meu celular no México na verdade ele caiu da minha bolsa e não vi. A sorte que minha amiga encontrou, porém ficou lá e estou vendo uma maneira de trazer para o Brasil.

Nilmara Moyses

Eu queria muito a sorte de achar uma boa alma que tivesse achado minha máquina com todas as minhas fotos ou pelo menos o cartão com as fotos.
Acabei de voltar do leste europeu e antes tinha passado por várias cidades da Alemanha.
Em Bratislava perdi minha câmera com todas as fotos. Todos os registros da viagem. É triste viu.
Perdi um dia inteiro repassando por cada canto que tinha passado em Bratislava e nada de achar.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar