Coisas que o blogueiro não pode fazer por você

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

FAQs da BóiaBem-vindo ao Viaje na Viagem. Pouco a pouco estamos construindo o site com o maior volume de informações quentes de viagem em língua portuguesa.

Se você recebeu o link para este post como resposta à sua pergunta, é sinal de que está pedindo algo que o blogueiro, infelizmente, não tem condições de fazer.

1. O blogueiro não pode decidir por você.

Eu precisaria conhecer você, suas companhias de viagem, saber de suas viagens anteriores. E mesmo assim seria responsabilidade demais sobre as minhas costas. Eu posso no máximo desaconselhar alguma alternativa por conta de clima, preço ou finalidade (ou aconselhar outra pelos mesmos motivos). Busque o máximo possível de informações, e você decidirá com segurança. Para aprender a fazer pesquisas no site, clique aqui.

2. O blogueiro não tem como emitir opiniões sobre todos os hotéis do planeta.

Paris tem 1.800 hotéis; Nova York, mais de 500. Há 60 resorts em Punta Cana e dezenas de pousadinhas domiciliares em Fernando de Noronha. Eu sou apenas um, e nem que quisesse daria conta de visitar/me hospedar em todos os hotéis sobre os quais você me pede uma opinião.

Se eu não dei minha opinião sobre o hotel que você procura, é porque eu não tenho opinião sobre ele. Mas transferi a sua pergunta ao Perguntódromo, onde quem sabe alguém que já tenha se hospedado possa responder. Tem dado certo.

Ultimamente tenho me especializado em estudar as melhores localizações para os hotéis. Invista algum tempo para ler os posts de cada destino (procure pelo menu da barra do alto da página) e você certamente vai entender em que região você vai se dar melhor. Para saber como é o hotel que você procura, o caminho mais rápido é jogar o nome do hotel no TripAdvisor, um site que reúne resenhas de hóspedes. Mas antes veja aqui como analisar as resenhas.

3. O blogueiro não pode elaborar roteiros personalizados.

Infelizmente eu não posso investir no planejamento da sua viagem o tempo que a sua viagem precisa e merece. Procure os destinos no menu (é só passar o mouse na barra do alto da página), fuce os posts e as caixas de comentários: você vai encontrar vários roteiros prontos para se basear.

4. O blogueiro não pode planejar a sua viagem minuto a minuto.

Se ainda não existe um post "O que fazer em x dias em tal lugar", eu não tenho como escrever esse conteúdo na hora, só para você, respondendo à sua pergunta. Eu adoraria, mas não dá. Desculpaê. Procure os posts dos destinos, leia as caixas de comentários, garanto que você vai conseguir montar seu próprio roteiro.

5. O blogueiro não pode escrever um guia completo para responder à sua pergunta.

Nem o blogueiro, nem os comentaristas. Navegue pelos posts do destino, xerete as caixas de comentários, e você vai se inspirar para fazer uma linda viagem. Para aprender a vasculhar o site, clique aqui.

6. O blogueiro não tem como prever os seus gastos.

Cada pessoa é diferente e tem o seu estilo. De hospedagem em albergue + compras em supermercado até relais-château + restaurantes estrelados existem infinitos estágios intermediários. Para ter idéia de diárias de hotel, basta pesquisar em sites como Tripadvisor, que fazem um comparativo de diárias de hotéis no seu destino, nas datas exatas em que você quer viajar. Quanto a alimentação e transporte, fique tranqüilo: no terceiro dia você já terá se ajustado à sua realidade financeira.

7. O blogueiro não tem como atestar a idoneidade de sites e empresas.

Se você me perguntar sobre algum site ou empresa  que eu nunca tenha usado, sua pergunta será tranferida para o Perguntódromo, onde com alguma sorte aparecerá alguém que tenha tido alguma experiência. O mais rápido nesse caso é jogar o nome da empresa ou do site no Google, junto com palavras como reclamações, problemas, complaints, problems.

Muito obrigado pela paciência de ter lido até aqui. Continue viajando na viagem: você vai se surpreender com o volume de informações quentes que você vai descobrir pesquisando por conta própria.

Leia também:

Pontos de partida para viajar na viagem

Como pesquisar no site: é fácil